Saiba o real motivo da compra da PA Semiconductors pela Apple


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
23/04/2008 às 23:01

P.A. SemiA discussão sobre a compra da PA Semiconductors pela Apple foi muito boa, durante o dia de hoje. Porém, até a seguinte matéria do EETimes ser publicada, muito havia ficado no ar quanto ao objetivo de Steve Jobs com seu investimento.

A Apple não quer os produtos da PA Semiconductors, e sim o seu talento intelectual de engenharia. Em outras palavras, o conhecimento e experiência de toda a sua equipe de funcionários, composta por cerca de 150 pessoas.

Já no dia 21, a PA Semiconductors informou aos seus consumidores que havia sido comprada e não poderia mais garantir o suprimento dos seus chips. Até aquele momento o nome da Apple não havia sido citado, mas eles afirmaram de que esta poderia suprir chips sob o estado EOL’d (End Of Life), com a condição de que ela conseguisse transferir a licença da tecnologia para a nova dona.

A licença em questão trata-se provavelmente da arquitetura PowerPC licenciada pela IBM Corp., o que permitiu que a PA Semiconductors criasse seu próprio chip PowerPC do zero.

Outro aspecto bastante interessante da aquisição é que grande parte dos clientes da PA Semiconductors são do exército norte-americano, o que levanta a possibilidade até mesmo da compra ser barrada, caso componentes não possam ser entregues.

Fica a pergunta: o que Steve Jobs pretende fazer com todo esse talento de engenharia? Se formos parar pra pensar friamente, a Apple pagou cerca de US$2 milhões por funcionário. Tem coisa grande por trás disso…

Posts relacionados
Comentários

Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: