RED atualiza e revela mais detalhes sobre as suas novas câmeras EPIC e Scarlet

Nós falamos bastante sobre as novas câmeras EPIC e Scarlet no dia 13 de novembro, mas de lá pra cá a RED decidiu atualizar algumas coisinhas.

Basicamente, os caras estavam frustrados com certas limitações de sistema que dizem respeito ao processamento de sinais digitais e taxas de dados REDCODE dentro dos “cérebros” das máquinas. Por isso, algumas medidas foram tomadas de maneira que eles pudessem ter um controle maior sobre todo o processo de desenvolvimento dos produtos, incluindo o design dos eletrônicos e fabricação de sensores.

O time de engenharia da RED também inventou uma forma de evitar limitações anteriores. Por isso tudo, eles decidiram reescrever as especificações do sistemas em prol dos consumidores, todas elas detalhadas neste post dos fóruns Reduser.net. Os preços também foram melhorados, o que é muito bom.

[Via: Photography Bay.]

Se houver algum erro no post acima, selecione-o e pressione Shift + Enter ou clique aqui para nos notificar. Obrigado!

Sobre o Autor

Fundador e editor-chefe
Google+

Graduado em Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda na Universidade Salvador – UNIFACS, tem paixão pela Apple e seus produtos desde quando adquiriu seu primeiro iMac (um G3 Blueberry), em agosto de 2000. Não desgruda do seu iPhone 6 (cinza espacial) e costuma trabalhar num MacBook Pro Retina de 15 polegadas, mas também usa um iPad Air como quebra-galho em certas ocasiões. No tempo livre, adora utilizar a Apple TV esparramado no sofá.

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.