Venda de peido gera US$10 mil por dia na iPhone App Store

É Natal! E Joel Comm deve estar rindo à toa (e está, veja a foto dele no topo do site): mais de 40 mil pessoas já baixaram seu aplicativo iFart Mobile e estão se divertindo com sons de peidos. É ou não é um tipo de entretenimento típico estadunidense? 😛

Depois da mudança de política da Apple, programinhas como o dele entraram na App Store e estão flatulando faturando uma nota. Em um só dia, o iFart Mobile — que custa US$1 — rendeu cerca de US$10.000 para Joel e, em menos de duas semanas desde o seu lançamento, já chegou ao posto de número 1 entre os aplicativos pagos de toda a loja da Maçã.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=RRLLsj8DdAw[/youtube]

O MacRumors teve acesso aos números do desenvolvedor, os quais compilei numa tabela já com as contas de lucro realizadas. Como vocês sabem, o desenvolvedor fica com 70% de tudo o que vende na App Store — isto é, o Joel tira US$0,69 por iFart Mobile vendido.

Data Total de Vendas Ranking na App Store Lucro do Joel
14/12 841 unidades 76º no geral US$582
15/12 1.510 unidades 39º no geral US$1.046
16/12 1.797 unidades 22º no geral US$1.245
17/12 2.836 unidades 15º no geral US$1.965
18/12 3.086 unidades 10º no geral US$2.138
19/12 3.117 unidades 9º no geral US$2.160
20/12 5.497 unidades 4º no geral US$3.809
21/12 9.760 unidades 2º no geral US$6.763
22/12 13.274 unidades 1º no geral US$9.198

A parte mais louca? Agora que chegou ao topo da lista, o app tende a vender ainda mais unidades, diante de tal visibilidade. E a Apple dizendo que isso tudo era de “utilidade limitada para a comunidade”. Veja só o que ela faturou só nesses poucos dias, com o iFart Mobile. 🙂

Se houver algum erro no post acima, selecione-o e pressione Shift + Enter ou clique aqui para nos notificar. Obrigado!

Sobre o Autor

Fundador e editor-chefe

Graduado em Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda na Universidade Salvador – UNIFACS, admira a Apple e os seus produtos desde quando adquiriu seu primeiro iMac (um G3 Blueberry), em agosto de 2000. Não desgruda do seu iPhone 7 Plus (preto matte) e costuma trabalhar num MacBook Pro Retina de 15 polegadas, mas também usa um iPad Pro como quebra-galho em certas ocasiões. No tempo livre, adora brincar com a Apple TV esparramado no sofá.

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.