Undercover ajuda na recuperação de MacBook roubado e leva polícia a traficantes na Noruega

Quão feliz deve ser para uma companhia ver seu projeto se tornando matéria de capa de jornais por ter sua utilidade comprovada na prática? :-) Nem imagino, mas a história é fantástica. O Undercover, sobre o qual falamos em fevereiro de 2008 e há um mês ganhou uma versão para iPhone, foi protagonista em uma aventura policial na Noruega, no início deste mês.

Petter Røisland com seu MacBook recuperado pelo Undercover

O software de segurança ajudou Petter Røisland, de 23 anos, a recuperar seu MacBook roubado, mas foi além: levou os policiais ao núcleo de uma grande rede de traficantes de drogas procurados há anos na Noruega. O programa proporcionou evidências cruciais para o desmantelamento da união criminosa.

O laptop foi roubado em 9 de fevereiro passado, mas só dois meses depois foi ligado e conectado à rede pela primeira vez, ativando o Undercover e começando a enviar informações à Orbicule, já em contato com a polícia. Os caras chegaram até mesmo a identificar a localização geográfica aproximada dos acessos via IP, obter fotos dos bandidos pela iSight do MacBook e screenshots da máquina em uso.

Custando US$49, o Undercover pode parecer caro à primeira vista, mas em casos como este seu valor se torna imensurável. Demais.

[Via: Macworld.]

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.