Novo processo acusa Apple e outras empresas de infringirem patentes de memórias flash


iPhone e memórias NAND flashA BTG International — subsidiária norte-americana da BTG, uma firma britânica de licenças médicas e inovações — entrou na semana passada com um processo na corte do Texas, nos Estados Unidos, acusando Apple, ASUSTeK, Dell, Lenovo, PNY Technologies, Sony e Transcend Information de infringir cinco de suas patentes — registradas de 1995 a 2000 — relacionadas a tecnologias de memórias flash utilizadas em chips da Samsung Electronics.

Os projetos têm relação com chips de células de memória não-voláteis alteráveis eletronicamente (Electronically Alterable Non-Volatile Memory with N-Bits Per Memory Cell), normalmente encontrados em eletrônicos domésticos. No caso da Maçã, estaríamos falando de iPhones, iPods e até mesmo do MacBook Air.

A empresa solicita ressarcimento por danos e uma injunção permanente contra as três acusadas, visto que todas teriam conhecimento sobre as infrações e teriam decidido ignorá-las deliberadamente.

[Via: 9 to 5 Mac.]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: