Seria o iPad um Kindle-killer?


Na última quarta-feira, Steve Jobs não lançou somente uma tablet; ele apresentou um novo dispositivo multi-touch com um aplicativo sensacional para leitura de ebooks embutido e uma nova loja de conteúdos online integrada à iTunes Store. Sim, estamos falando, respectivamente, do iPad, do iBooks e da iBookstore.

Quando Jobs citou as capacidades de leitura de livros eletrônicos no iPad, todos logo se questionaram: seria o novo produto da Maçã um Kindle-killer?

iPad e Kindle

Foto: Eddie Wong

Como faria Jack, o Estripador, vamos por partes:

Por algum motivo, a Amazon prefere não revelar a quantidade de Kindles vendidos até hoje. O TechCrunch divulgou ontem, porém, que fontes próximas à companhia afirmaram que ela superou os 3 milhões de unidades em dezembro. Enquanto isso, analistas como Gene Munster já preveem que a Apple venderá isso de iPads só em 2010, podendo chegar a 12 milhões em 2012.

Uma coisa é fato: essa concorrência acirrada só tem a _nos_ beneficiar, como consumidores. E você, já chegou a alguma conclusão? 🙂

[foto: Eddie Wong, via Flickr]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: