Best Buy tenta voltar atrás na sua declaração sobre vendas de notebooks e iPads, mas já é tarde


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
18/09/2010 às 10:17

Tenho quase certeza de que os fornecedores da Best Buy não ficaram nada felizes com o que seu CEO, Brian Dunn, supostamente falou sobre as vendas de notebooks e iPads em sua rede de lojas. “Supostamente”, pois ele veio a público para desmentir o que fora publicado:

Brian Dunn, CEO da Best Buy

Os relatos da derrocada [dos notebooks] foram grosseriamente exagerados. Apesar de eles terem sido em parte alimentados por um comentário no Wall Street Journal atribuído a mim, eles não são um reflexo preciso do que estamos vendo atualmente. Na verdade, vemos algumas mudanças nos padrões de consumo, com vendas de tablets sendo uma oportunidade incremental. E conforme dissemos durante nossa divulgação de resultados recente, acreditamos que computadores continuarão a ser um presente muito popular neste fim de ano por causa dos benefícios distintos e desejáveis que eles oferecem aos consumidores. É por isso que pretendemos oferecer uma ampla seleção de produtos e acessórios de computação para atender à demanda que esperamos nesta estação.

Valeu pela tentativa de insinuar que o WSJ distorceu um comentário — isso pouco depois de uma firma de análise de mercado mais ou menos confirmar o que fora dito. Como dizem, “a palavra dita, a pedra atirada e os comentários que destroem a reputação de seus parceiros de mercado não têm volta”. Pelo menos eu acho que o dito popular era assim.

[via 9 to 5 Mac]

Posts relacionados
Comentários

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: