Revista ProXXIma, da Meio&Mensagem, é a primeira a usar solução de publicações digitais da FingerTips

Nos últimos meses, a FingerTips trabalhou na criação de uma solução de publicações digitais destinada a incluir revistas no iPad por meio de aplicativos da App Store, a exemplo do que começou a ser feito de forma individual por algumas editoras brasileiras, como a Abril. A primeira revista a tirar proveito dos resultados do projeto da desenvolvedora paulista já está na loja da Apple: a ProXXIma, do grupo Meio&Mensagem.

O principal objetivo desta solução é oferecer às editoras a oportunidade de adaptar suas revistas para a plataforma móvel da Apple rapidamente, algo que nem sempre é possível devido aos investimentos eminentes que são necessários para diagramá-las especificamente para a tablet. Teoricamente, é possível oferecer inovações em interfaces de usuário por meio desse processo, mas, para muitas editoras, adotá-lo pode ser pouco viável porque nem todas podem aumentar sua força de trabalho para se dedicar a produtos como o iPad.

Já as edições da ProXXIma para iPad são criadas com base em uma tecnologia mais simples, que aproveita o trabalho das editoras para a edição impressa de uma revista na criação do seu formato digital. É possível ler todas elas através da interface multi-touch da tablet em qualquer orientação e, ao mesmo tempo, oferecer conteúdos extras aos usuários no topo disso, como vídeos especiais, referências a pessoas, empresas e muito mais.

Com o iPad na vertical, o leitor também pode usar alguns recursos especiais na parte inferior do aplicativo. É possível realizar buscas pelo texto, escrever anotações em algumas cores diferentes e selecionar áreas de uma página (ou uma página inteira) para destaque na seção de marcadores —os quais, além de facilitar a busca por áreas de referência, podem ser compartilhados via email ou Twitter.

Com essa estrutura, a ideia é que mais editoras brasileiras se interessarão pela possibilidade de oferecer suas revistas no iPad, já que os pré-requisitos para a conversão delas são bem menores e a experiência final de uso não é tão prejudicada. Outro ponto positivo é que os usuários podem fazer downloads de novas edições em um tempo muito menor, já que o peso delas não é tão exorbitante quanto o de uma Wired, por exemplo.

A primeira edição da revista ProXXIma para iPad requer o iOS 3.2 ou superior e não custa nada na App Store [23,7MB]. O grupo Meio&Mensagem preferiu que cada uma das suas revistas fosse convertida em um app próprio para iPad, mas a FingerTips afirma que as editoras podem optar por lojas próprias dentro de um único aplicativo para a venda de edições, segundo suas necessidades.

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.