Aconteceu o que a Motorola temia: Apple abriu dois processos alegando a violação de seis patentes

Você se lembra de quando a Motorola abriu um processo pedindo a invalidação de várias patentes da Apple? Ela fez isso temendo que tais inventos fossem usados pela Maçã como munição num processo. Bem, como dizem nos Estados Unidos, “too little, too late”: dois processos foram abertos contra a Motorola, acusando-a de infringir um total de outras seis patentes da gigante de Cupertino.

Meio logo da Apple

Apple processa Motorola

Logo da Motorola

A lista de aparelhos que incorrem nessas infrações é extensa (DROID [2, X], Cliq [XT], BackFlip, Devour [A555, i1], Charm e por aí vai…), e a Apple requer no processo que um júri reconheça as infrações como diretas e de má fé (o que resultaria em danos triplicados), impeça a ocorrência de novas infrações, proveja uma indenização e royalties pelo uso dos inventos, além do pagamento das custas com os advogados (tudo com juros).

Entre essas seis patentes, basta uma para fazer a Motorola passar por um grande aperreio, sem falar que usar o Android está começando a ficar perigoso. Como o fim deste processo pode levar meses (ou anos) para chegar, é bom aproveitarmos esse meio tempo para atualizar o gráfico de quem processa quem entre as gigantes de tecnologia.

[via Patently Apple]

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.