MacMagazineTV: como resgatar promo codes da App Store, tanto pelo Mac quanto pelo iPhone

Com a liberação do resgate de códigos promocionais da App Store para o mundo todo, achamos por bem aproveitar a oportunidade e gravar uma nova vídeo-aula mostrando para vocês como realizar o processo — tanto no iTunes do Mac OS X quanto pela App Store no iPhone. Sempre linkávamos para o tutorial sobre iTunes Gift Cards, mas agora temos este separado, dedicado ao assunto. 😉

Resgatar um promo code é muito simples, como vocês verão no vídeo, mas para quem está chegando agora à plataforma ou nunca ganhou um, as instruções a seguir podem evitar dores de cabeça:

Algumas particularidades sobre esses códigos promocionais:

  • Eles são válidos por 30 dias a partir da data em que foram gerados pelo desenvolvedor. Portanto, se você ganhou um, resgate-o o quanto antes.
  • No Mac é possível resgatar tanto apps para iPhone/iPod touch quanto para iPad, mas a inversa não é verdadeira. Se você ganhou um app para iPad, não conseguirá resgatá-lo usando o seu iPhone.
  • Cada promo code só pode ser usado uma única vez, por uma única pessoa.
  • A mesma página “Redeem Code” da iTunes pode ser usada para resgatar não só códigos promocionais da App Store, como também iTunes Gift Cards e cartões de presente vendidos em Apple Stores.

Alternativamente, você pode favoritar esta URL no seu navegador — ela o leva diretamente para a página de resgate de códigos, no iTunes. Bem simples e rápido. 🙂

Tudo esclarecido, pessoal? 😀

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.