Agora vai: iPhone 4 branco deverá finalmente chegar ao mercado nas próximas semanas [atualizado 2x]

Depois de um atraso praticamente irrisório, de apenas dez meses, o iPhone 4 branco deverá chegar ao mercado nas próximas semanas, afirmaram três fontes da Bloomberg Businessweek. Segundo uma delas, a nova cor do aparelho estará disponível tanto em versões GSM quanto CDMA.

iPhone 4 branco

O suposto motivo para tamanho atraso seria a dificuldade de manter a integridade da tinta, que descascaria sob forte calor, disse outra fonte. Dado o sucesso no lançamento do iPad 2 branco, é de se esperar que esteja tudo resolvido com o gadget menor.

A chegada do iPhone branco às lojas nas próximas semanas vai condizer perfeitamente com o prazo dado por Phil Schiller via Twitter: a primavera do Hemisfério Norte. Será que agora vai?

Atualização (14/4 às 11h36)

A Reuters agora deu seu pitaco independente sobre o assunto, afirmando, com base em duas fontes, que a produção do novo iPhone 4 branco já começou na Ásia — mais uma vez sob responsabilidade da Foxconn, controlada pela Hon Hai Precision Industry.

Soa como algo bastante quente, desta vez.

Atualização II (14/4 às 15h37)

O Wall Street Journal também entrou na dança, mencionando que a própria Apple confirmou o lançamento do iPhone 4 branco durante a primavera do Hemisfério Norte. O que ela não afirmou, porém, foi qual modelo estará disponível primeiro, se o GSM ou o CDMA — ou até se a disponibilidade será simultânea, como disseram as fontes da Bloomberg Businessweek.

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.