Patenteie para travar: somente para seus olhos, somente pela sua voz

Privacidade. Às vezes tudo o que uma pessoa quer é poder ler seus emails no iPhone ou no iPad sem precisar se preocupar com olheiros que ficam tentando ver o conteúdo da tela de soslaio — e o fato de o display desses gadgets ser IPS não ajuda. :-P

A Apple, percebendo isso, acaba de publicar uma patente que trata justamente de uma forma para proteger informações exibidas na tela de um gadget. Não é a solução mais elegante do mundo, mas pode ajudar bastante quem lida diariamente com informações confidenciais… como os engenheiros que trabalham na própria Maçã. É, acho que isto daria uma ótima ferramenta interna, em Infinite Loop.

Patente de óculos especiais de privacidade

Oops, estou divagando: o invento trata do uso de óculos especiais para permitir que apenas o usuário consiga visualizar informações na tela de um aparelho portátil. Alternativamente, o mesmo sistema poderia ser usado para exibir imagens tridimensionais ou permitir a interação em games para vários jogadores ao mesmo tempo — bastaria fazer a ofuscação funcionar seletivamente para cada olho ou usuário. Qualquer pessoa sem os óculos especiais veria uma imagem alterada de forma a ficar irreconhecível.

· · ·

Design de ícones de configurações e playlists

Outras patentes incluem um sistema de reconhecimento de voz para identificar usuários e executar comandos (muito próximo do controle de voz que já existe, por sinal), além do design do ícone de configurações e do de playlists no iOS.

[via Patently Apple]

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.