Para Michael Dell, falar de uma era pós-PC é “loucura completa”


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
19/09/2011 às 16:49

Em entrevista ao Financial Times, Michael Dell soltou uma de suas pérolas (algo quase no nível de “Eu fecharia [a empresa] devolveria todo o dinheiro aos acionistas”): para ele, essa conversa de pós-PC é pura balela, que tablets e smartphones não estão substituindo computadores tradicionais e as vendas continuam crescendo — especialmente em mercados em desenvolvimento, como a China.

Michael Dell

“Há um bilhão e meio de PCs no mundo e, enquanto a Gartner muda suas estimativas aqui e ali, ela também estima que haverá dois bilhões de PCs no mundo até 2014”, disse o executivo. “Então, quando eu olho para isso, acho que a ideia de que o PC não está mais aqui é uma loucura completa.” Tão louco quanto comprar ações da Apple quando elas valiam em torno de US$5, presumo. Here’s to the crazy ones!

Bem, se até a Microsoft está se rendendo aos paradigmas da era pós-PC, creio que o momento seja muito infeliz para falar uma coisa dessas. Mas, assim como aconteceu com a NASDAQ:AAPL, o tempo vai dizer se ele está certo ou errado.

[via Electronista]

Posts relacionados
Comentários

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: