Sete iPads de segunda geração foram furtados da fábrica da Foxconn em Jundiaí

Recentemente falamos que a fábrica da Foxconn em Jundiaí recebeu a certificação necessária e já estaria montando iPads 2 de 16GB. Mas a notícia de agora não é boa: segundo informa o Rede Bom Dia, sete unidades foram furtadas da instalação.

iPad 2 com a bandeira do Brasil

A falta dos aparelhos foi sentida na segunda-feira (9/4), durante a conferência dos estoques, contudo a polícia foi comunicada apenas na quarta (11/4). Um dos supervisores da Foxconn foi à polícia e entregou imagens gravadas do circuito interno de segurança. Ainda de acordo com o empregado da montadora, as unidades estavam em uma sala cujo acesso é bem restrito, com as chaves em poder de apenas um gerente. Além da polícia, a própria Foxconn iniciou uma investigação a fim de apurar como o furto aconteceu.

Vários empregados já reclamaram do rigor da vigilância ao qual eram submetidos na empresa — alguns relataram que nem mesmo poderiam ir ao banheiro sozinhos, já que todos eram sempre vigiados. Conversas entre o Sindicato dos Metalúrgicos e a Foxconn aconteceram e, desde então, a coisa melhorou um pouco. Contudo, a empresa poderá usar este episódio como prerrogativa para voltar a aplicar duras regras de vigilância. Veremos.

[dica do Thiago]

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.