Imagens do dia: a evolução que nós nem percebemos

É incrível ver como, em poucos anos, a tecnologia evolui. Não tem muito tempo, em 2007, a Apple lançou o primeiro iPhone com uma tela de 3,5 polegadas e uma resolução de 480×320 pixels (163 pixels por polegada). Hoje, sete anos depois, vimos a chegada do iPhone 6 Plus com uma tela de 5,5″ e uma resolução de 1920×1080 pixels (401ppp).

Comparativo de telas de iPhones

Clique/toque para ampliar.

Analisando números assim pode ficar difícil de entender o que isso representa, mas a imagem acima não deixa dúvidas de como a tecnologia está evoluindo a passos largos.

Comparativo de telas de Macs

Clique/toque para ampliar.

Quer ficar ainda mais impressionado? Esta outra imagem, publicada pelo Things of Interest, compara a tela do primeiro Macintosh (9″; 512×342 pixels; 72ppp) com a do iMac Retina 5K (27″; 5120×2880 pixels; 217ppp). Incrível, não?

Comparativo de iPads

Clique/toque para ampliar.

Outro comparativo que merece destaque é este, acima. Impressionante o que a Apple fez em apenas quatro anos, não? Você pode empilhar dois iPads Air 2 que eles ainda assim não atingem a espessura do iPad original!

Aí, eu pergunto: o que veremos daqui a três, cinco anos?

[via Kyle Van Essen, The Loop, ParisLemon]

Se houver algum erro no post acima, selecione-o e pressione Shift + Enter ou clique aqui para nos notificar. Obrigado!

Sobre o Autor

Graduado em Comunicação Social pela ESPM-RJ, teve seu primeiro contato com um produto Apple (um iMac G5) em 2005, quando trabalhava em uma produtora de eventos. Logo após foi morar em Londres e voltou com um iMac G5 (iSight) na bagagem. Sempre que passa na frente de uma Apple Store é abduzido. Carioca, flamenguista e viciado em Coca-Cola Zero, tem um MacBook Pro Retina (meados de 2015), um iPhone 7 Plus, um iPad Pro de 9,7 polegadas (Wi-Fi), um Apple Watch Nike+ (Series 2), uma Apple TV (3ª geração) e um AirPort Time Capsule (5ª geração).

  • A pergunta é moleza de responder! iDevices mais e mais caros no Brasil! 🙂

  • iPaper? 😛

  • Quem me dera ter esses novos iGadgets: eu ainda estou no iPhone 4S (comprei no início de 2012) com iOS 7. :/

  • ArielMarques

    A Apple pensa design.
    Isso realmente me deixa extremamente feliz!

  • Claudinei Silva Santos

    Ainda assim, se um leigo que nunca tenha tido contato com iOS ver isso, vai pensar que a interface Realismo é uma evolução da atual “Flat” pois apesar das telas estarem com essa qualidade incrível os detalhes sumiram é deram lugar a borrões e transparência.
    Meu monitor de tubo de 14 polegada já faz isso.

  • Percevejo

    Uma aposta minha. Não tá longe de termos essas luvas inteligentes pra nós consumidores comum não. iPod – iPhone – iPad – Apple Watch – iGlove.

  • Gustavo Jaccottet

    Se a Apple não “inventar moda”, uma evolução, com Devices cada vez mais intuitivos e uma capacidade de invenção cada vez maior. O Apple Pay está aí para mudar as transações comerciais no curto prazo. É uma pena o tratamento dado ao iPod e ao MacMini. Se a Apple não repetir os erros ali vistos, teremos a primeira empresa a bater na casa de 1 trilhão.

  • Cello Engine

    Daqui a 3 anos teremos memórias (ram e flash) soldadas na placa lógica. ops…

  • Gustavo Jaccottet

    No Fórum do MM havíamos apostado numa Máquina de Café… nomes: iEspresso, AppleEspresso…

  • Gustavo Jaccottet

    E pensa em tornar o que é simples mais simples ainda. O Apple Pay está aí para provar e o AppleWatch vai ser um divisor de água na indústria dos vestíveis.

  • ArielMarques

    Exatamente isso!
    Essa é uma filosofia antiga dos caras.

    Você citou dois produtos que são exemplo de como a Apple simplifica as coisas.

    NFC para efetuar pagamentos era algo que já tentaram fazer. Mas aí, a Apple coloca as mãos nisso, chama a galera dos bancos e diz “Vamos fazer isso direito?”

    E o Apple Watch, que nem preciso dizer nada né? hahaha

  • Gustavo Jaccottet

    E é claro que toda empresa oscila, especialmente em se tratando da Apple. Mas essa filosofia de tornar simples, fácil e acessível aquilo que já existe e colocar isso ao toque dos dedos, nossa, isso é algo que só a Apple consegue fazer. Aqui não estou agindo como Fan Boy, mas pensando de forma lógica: a Apple pensa as coisas da forma mais simples possível, patenteia e ainda lucra com isso.

  • Percevejo

    E pela primeira vez na história da Apple um iPhone pode custar mais que um macbook air vendido na própria loja. Apesar de caçula a Apple Store BR pode entrar pra historia de todas as Apple Stores do mundo.

  • Strobel

    Como UI/UX Designer, eu não acredito muito nisso porque a evolução da interação humano-computador tende sempre a ser mais objetiva e a exigir cada vez menos esforço pro usuário realizar suas tarefas. Se surgir uma interface como a da foto, em que o usuário tenha que fazer muito esforço pra interagir, ele não terá uma boa experiência.

  • Eder Paes

    Muita evolução e o Magic Mouse continua devorando ferozmente as pilhas…

  • Barbosa Lima

    Felizmente, usufruirmos a evolução que percebemos.

  • Barbosa Lima

    Eder Paes, existe um dispositivo que carrega o Magic Mouse automaticamente quando você coloca o mouse sobre ele. “The Magic Charger”

  • Eder Paes

    Eu acho essa solução bem interessante, porém cara. Tenho 8 Magic Mouses na minha agência, fica inviável. Já tentei também as pilhas / carregador da Apple, e não são como prometem.

  • Filipe

    Quem diria q veriamos um LG G3 com o dobro de resolucao do iphone 6.

  • Guilherme Rocha

    Seguindo a nova lógica: Apple Paper

  • Gustavo Jaccottet

    Mas ele não um iPhone. Nem tudo é resolução. Para muitos consumidores, dentre eles eu, a confiabilidade que os produtos da Apple passam, somado-se isto ao minimalismo, simplicidade, inovação, inventividade e mundanidade, torna algumas diferenças irrelevantes.

  • Guilherme Rocha

    Esquecem o Tom Cruise!!!!
    Tb sou UX designer e estou compartilhando esse video que ajuda a explicar melhor:

    https://www.youtube.com/watch?v=J_dXLjx-NcY

  • Bruno Abreu

    Os pagamentos móveis chegaram gradualmente, e, de repente, de uma vez só. O Google já oferece pagamentos móveis por três anos, e Walmart e Best Buy têm falado sobre pagamentos móveis desde 2012, mas a Apple é a única empresa que muitos observadores disseram que poderia levar rapidamente uma massa crítica de pessoas a acenar seus telefones no ar para comprar tudo que estiver em seu caminho.
    Os varejistas, as empresas de cartões de crédito e os bancos estão apostando no novo sistema de pagamento móvel da Apple, o que torna mais provável que ele tenha sucesso. O Apple Pay é um ponto de inflexão, uma excrescência, para as principais instituições que dependem desse sistema.
    Se o Apple Pay tornar-se tão onipresente quanto a maioria dessas empresas esperam, ele não vai mudar apenas a forma como os consumidores pagam suas coisas, ele vai remodelar as instituições financeiras que facilitam nossas compras. Isso não é uma boa notícia para todos – porque muitas empresas vão se sentir pressionadas a juntar-se a Apple, se não elas não quiserem ser deixadas para trás.
    Vamos ver o que cada uma dessas instituições ganham (ou perdem) com isso.

    Apple
    Cada vez que um cliente fizer uma compra com o Apple Pay, a Apple ganha uma taxa de 15%. isso não parece muito, mais os pesquisadores dizem que essa taxa será responsável por US $ 1,6 bilhões de em receita projetada para 2017, mesmo na pior das estimativas. Os analistas dizem que o Apple Pay vai gerar uma receita de US $ 118 milhões em 2015 e US $ 310 milhões em 2016.
    E o mais importante, se o Apple Pay for bem sucedido, isso irá aumentar a demanda por dispositivos da Apple. Assim que os clientes estiverem usando o Apple Pay e todas as suas compras estiverem atreladas aos seus telefones, vai ser muito mais difícil deixar a Apple pelo Android ou outra plataforma de smartphone.

    Bancos
    Os consumidores não terão de pagar essa taxa de 15% sobre as operações do Apple Pay. Mas os bancos vão. Os seis grandes bancos que se inscreverem no programa da Apple não estão nem um pouco entusiasmados com isso. Mas a longo prazo, eles esperam que o Apple Pay faça as pessoas se afastarem do uso de dinheiro para transações que são executadas através da rede. As compras on-line serão muito mais rápidas também, porque os cliente não terão que inserir suas informações de faturamento a cada vez que fizerem uma compra.
    Finalmente, o Apple Pay usa um sistema criptografado em todas as transações financeiras que torna difícil qualquer tipo de hacking. Os bancos terão menos violações cibercriminosas para se preocupar já que eles são responsabilizados financeiramente. Os bancos até podem ganhar menos dinheiro no final, mas eles podem aumentar seu controle reduzindo as fraudes.

    Empresas de cartões de crédito
    Visa, MasterCard e American Express só têm a ganhar com o Apple Pay. Assim como os bancos, essa nova forma de pagamento empurra os clientes para o seu negócio de crédito global. É por isso que eles vão incentivar inovações como o Apple Pay, se eles não o fizerem, serão o pior inimigo do seu próprio crescimento.
    Mas a uma outra razão para as empresas de cartão de crédito estarem entusiasmadas com o Apple Pay: há uma outra alternativa, chamada CurrentC, que pode ser o pior pesadelo para elas.
    O CurrentC é um sistema de pagamento dos mega varejistas Wallmart e Best Buy. É um sistema que pode cortar o gasto com empresas de cartões de crédito completamente. Enquanto o Apple Pay deixa o sistema de cartão de crédito tradicional intacto, o CurrentC vai bani-las das suas transações. O CurrentC é um programa que ligará seus pagamentos diretamente com a sua conta poupança. Nenhum intermediário, nem Apple, nem empresas de cartão de crédito. O crescimento da ameaça do CurrentC faz cada vez mais o Apple Pay parecer mais como um bote salva-vidas frágil para as empresas de cartão de crédito do que a lancha super-rápida que a Apple está prometendo.

    Varejistas e comerciantes
    Os que já começaram a usar o Apple Pay na segunda feira, possuem o mesmo esquema de arrecadação obtido com cartões de crédito e débito. Só que agora, esse novos cliente podem gastar dinheiro mais rápido. Mas se eles puderem gastar dinheiro mais fácil, os varejistas podem ganhar dinheiro com mais facilidade também.
    Para eles, o Apple Pay é uma boa maneira de fazer com que os clientes paguem mais rapidamente, o que poderia levar os varejistas a adotar mais linhas de self-checkout; para os comerciantes isso significa pagar menos caixas. Menos custo com mão-de-obra, mais desemprego.
    Mas a Apple Pay também reforça um sistema em que os varejistas têm de continuar a pagar por cada operação de crédito e cartão de débito. Dessa forma o Apple Pay não trás nada de novo, pelo contrário, o Apple Pay só vai consolidar cada vez mais o poder dessa mesmas instituições.
    Mas o CurrentC, também não ajudaria muito, porque ele permitiria que os varejistas pudessem coletar dados específicos dos clientes. Isso permitiria que empresas como Walmart segmentar os clientes da mesma forma que o Google e o Facebook direcionam seus anúncios.

    Apple Pay
    Ainda não existe quaisquer dados sobre o sucesso do programa. É muito cedo para saber quantas pessoas têm utilizado ou quanto dinheiro a Apple fez com ele.
    Mas todas essas instituições acreditam que a maneira com que nós pagamos pelas coisas está mudando e é bom ficarmos atentos. Em todo caso, veremos que a segurança desses pagamentos vai aumentar muito nos próximos cinco anos.

  • Thiago Drummond

    Como UI/UX Designer, eu não acredito muito nisso porque a evolução da interação humano-computador tende sempre a ser mais objetiva e a exigir cada vez menos esforço pro usuário realizar suas tarefas. [+1] Faço das suas, as minhas palavras.

  • Daniel André Beck

    Apenas uma correção na última imagem: o iPad original (WiFi + leve) pesava 680 gramas.

  • Percevejo

    Do que adianta ter um android da vida (envolvo todas as marcas)
    se a alma do smartphone, isto é, o sistema operacional, ainda é muito deficiente? Podem vir a sony com z3 que pula dentro d’água e não morre afogado. Pode vir Samsung com galaxy que vc olha pro lado e o video para :-O Samsung que mexe tanto no SO e torna a experiência de ter android muito pior. Podem vir os androids que for que eles nunca vão superar o iphone nesses 5 quesitos importantíssimos e imbatíveis. E acredito que muitos que escolhem o iPhone olham pra eles e não pensam 2 vezes.

    1. Sistema Operacional

    2.Pós-compra. Deu problema no seu iphone eles te dão outro novo e vc não precisa esperar por semanas pra ter o mesmo aparelho consertado. Repetindo. O mesmo aparelho consertado!

    3. Segurança no Sistema Operacional.

    4. Qualidade nos produtos.

    5. Vida útil muito maior que os outros. Ex.: a pessoa que comprou um iphone 4 em 2010 foi atualizando o iOS até 2014. Obs: Parou em iOs 7.
    Agora me diz até quando um Galaxy s1 da samsung lançado em 2010 foi capaz de seguir recebendo atualizações de sistema?

    *Bonus. Hoje uma LG G3 é lançado a 2.399 e amanhã já cai pra 1.399 (Cissa magazine).
    Já o iPhone hoje pago caro nele mais uns 6 meses depois vendo bem e não perco muito dinheiro. E ainda coloco um pouco de grana pra pegar um novo lançado.
    Já vendi muitos iPhones pra pessoas e alguns android. Conheço o mercado de várias marcas. Tenho um segredinho pra te contar: iPhone vende que nem água! A procura por ele é tão grande que vc nem tem ideia.

  • Filipe

    Concordo. Se vc percebeu meu comentário simplesmente pontua a evolução sim, apontada na matéria em termos de resolução (foi quase isso que ela abordou). A última parte foi apenas para demonstrar que há inovações e revoluções em todas as partes, em sentido amplo. Nada demais. Abs.

  • Bruno Ciro do Nascimento

    Os ícones de pastas do yosemite são um terror a parte. Quem consegue ficar com eles na tela por mais de 30 minutos e não ter vontade de trocá-los? OBS: Utilizem o aplicativo LiteIcon para isso

  • Jaime Camargos

    Concordo. A Maçã comeu mosca feio ao não lançar o iPhone 6 com 4K. IMac com retina combina muito mais com um iPhone 6 4k. Bons tempos em que a Apple colocava agente no top da tecnologia. Editava DVD’s no iMac G3 que deixavam os clientes babando enquanto a PCzada nem sonhava em fazê-lo.

  • Bruno Ciro do Nascimento

    Troca essa porcaria de mouse por um da Microsoft. Pode ter certeza que é um dos melhores mouses que existe hoje em dia.

  • Filipe

    KKKK. Acho massa quando a gente comenta algo bem simples mas que não traz nenhum tipo de conceito, vem a galera com um texto ENORME pra demonstrar que o iphone é phoda. Vou justificar, por conta do tempo, só os 5 itens que foram considerados essenciais:

    1. Sistema Operacional – subjetivo, muitos preferem o Android.
    2. Pós-compra – concordo. Apple é sinônimo de garantia enquanto ela existe e ponto. Seu preço agregado não é a toa por isso produtos tão caros.
    3. Segurança no Sistema Operacional – subjetivo. Android customizados como os da Samsung são tão seguros quanto.
    4.Qualidade nos produtos. – subjetivo. Nem precisa mencionar os diversos problemas de qualquer aparelho smatphone do mercado. Alumínio e vidro não são sinônimos de qualidade.
    5. Vida útil muito maior que os outros. Comparar Galaxy S com iphone 4 é uma covardia e incoerência. Pegue um iphone 4 que SII ai sim. Pois o S foi lançado em março de 2010 enquanto o 4 foi em setembro.

    Por fim, calma meu jovem, não precisa me convencer que o iphone é sinistro e que vende. Os iblogs e dezenas de lojas e balanços financeiros estão ai pra isso. Abs.

  • Percevejo

    Ainda acredito no poder que as mentes inteligentes por trás dessas grandes empresas tem pra tornar as coisas cada vez mais intuitivas. Depois que o grafeno foi descoberto quem sou eu pra duvidar do que esses engenheiros são capazes? E querendo ou não o grafeno substituirá as tecnologias introduzidas nos smartphones atuais. Acredito tanto no grafeno quanto no “iGlove”.
    Mas enfim, o tempo dirá se eles não seriam capazes de criar uma “iGlove” dessa que tenha tanta praticidade de se usar.
    Ponho fé nas mentes inteligentes que estão por trás dessas coisas.

  • Paulo Roberto Ramos de Andrade

    Vc vai me desculpar, mas falar que o problema de segurança no Android é subjetivo faz todo o seu argumento cair por terra…

  • Gustavo Reis

    É hora de irmos no Paraguai e no Uruguai e compramos os iDevices. Força aos contrabandos!

  • Gustavo Reis

    E o que vós pensais do transumanismo?

  • Gustavo Reis

    Meu Magic Mouse consumiu as pilhas inteiras apenas em um dia ou dois dias!

  • Gustavo Reis

    Qual é o modelo do rato da Microsoft? Eu pretendo comprar aquele rato da Logitech, que é igual ao Magic Mouse, mas oferece os USBs, um que conecta-o ao computador por bluetooth e outro que carrega a bateria da Logitech, sem precisar de pilhas.

  • Filipe Dos Santos Reis

    Penso que talvez a Apple vá investir na parte do HomeKit focado em automação residencial. Como alguns já disseram aqui: “tornando as coisas simples mais simples”. Algo do tipo Philips Hue ou Wemo mas melhorado

  • Eder Paes

    O Multi-Touch do Magic Mouse nenhum outro substitui, além da durabilidade, tenho Mouses com 5 anos e se mantém impecáveis. Eu acredito que os Microsoft são bem superiores para jogos.

  • Eder Paes

    Pois é, os meus chegam a durar 1 semana com uma boa alcalina ou recarregáveis, não mais que isso.

  • Percevejo

    “Seu preço agregado não é a toa por isso produtos tão caros”.
    Preço de lançamento do Samsung Galaxy S5 nos Estados Unidos: US$650

    Preço de lançamento do iPhone 5s nos Estados Unidos: US$650

    Ah tá! O americano pagar mais barato que no Brasil não tem esse mesmo direito de trocar por outro em caso de defeito? Apple adota isso porque também confia na qualidade de seus produtos. E também sabe que não vai viver de ficar trocando aparelhos com problemas.
    Então me diz por que LG, sony e samsung que vendem seus aparelhos na mesma faixa de preço do iPhone também não oferecem a mesma politica de garantia?
    Quis dizer a nível global amigo.

  • Gustavo Reis

    Pior que ele também consume quase as minhas pilhas recarregáveis apenas em dois dias. É incrível que essas mesmas pilhas recarregáveis do meu teclado bluetooth de Apple duram apenas 3 ou 4 semanas! Isso intriga-me. Parece-me que o Magic Mouse tem o mesmo problema que a bateria dos iPhone 4, 4S e 5 têm.

  • Eder Paes

    Não existe uma atualização faz muito tempo, não entendo como ignoram um acessório que é largamente utilizado. Será que lá na Apple eles tem mega, super, hiper pilhas? Deviam lançar uma nova versão recarregável com cabo lightning, seria muito bom!

  • Thiago Drummond

    Devo concordar com você, Bruno.

  • Gustavo Reis

    Infelizmente, tu tens razão. Apple não tem tempo de corrigir as baterias, o Magic Mouse e até mesmo o iOS 8.1 que acaba com os iPhones 4S.

    Eu tentei actualizar o meu iPhone 4S e ele pediu-me para plugá-lo ao computador actualizar via iTunes. Eu actualizei via iTunes e não consegui, e transferi de novo para restaurá-lo e não consegui. Transferi o IPSW e também tentei actualizar e restaurar. Meu iPhone 4S não inicia mais e está sem iOS e está morto e pediu-me de novo para plugá-lo via iTunes

  • Renato

    Kkkk essa foi a melhor

  • Strobel

    Obrigado pela contribuição. Esse vídeo traduz perfeitamente o que eu sempre falo quando vou explicar UI/UX pra alguém.

  • hhahhaha! Ah eh!! Verdade!! 😀

  • Percevejo

    Bom vídeo. No minuto 16 você vê o tb grafeno que falei entrando ai. Mas ainda acredito no uso doméstico dos 2. Uma vez assisti um evento da TED que um cientista fala sobre o que defendo. Quanto achar eu solto ele aqui. Bem interessante também.

  • Paulommc

    Apple Paper Air 3S Plus, ou algo assim cheio de números ou complementos. kkkkkk

  • Percevejo

    A ideia do meu primeiro comentário está dentro do transumanismo. No futuro o transumanismo será introduzido por completo na humanidade. Hoje já existem exoesqueletos. Logo as maquinas estaram dentro da gente. Sendo assim é impossível luvas como essas não virem pra uso pessoal nas nossas atividades do cotidiano.
    Agora a única coisa que o transumanismo “prega” e discordo completamente é a imortalidade. O ser humano pode criar coisas pra prolongar seu tempo de vida na terra mas imortalidade é impossível. E pensar assim é uma coisa bem antiga. É só olhar pra civilização egípcia. Pensamento de milênios atrás.

  • Veremos de longe sem poder comprar.

  • Gustavo Reis

    Sou adepto do transumanismo. Imortalidade é possível apenas no holografia. Tu já assististe ao filme “Homem de Aço” no qual o pai do Kal-El copiou o próprio cérebro e o DNA e armazenou no holograma e transformá-lo numa pequena pedra?

  • Percevejo

    Que nada rapaz. A gente sempre dá um jeitinho. Olha os nossos irmãos paraguaios ai. Pra driblar os altos preços o pobre sempre dá um jeito. Contrabando “legal” tipo o daquela loja Casa & Vídeo tem aos montes.

  • Estou usando o Logitech Ultrathin Touch T631. Tem os gestos multi-touch e nada de pilha! Encontrei na Apple Store.

  • Percevejo

    Concordo mais o maior medo da humanidade e deixar que essas coisas fujam do controle. E cara. Vc como adepto sabe que isso vai gerar muita resistência. Não é algo fácil de ser implantado.

  • Eder Paes

    Valeu pela dica, parece ser bom mesmo! Curti o recurso Easy-Switch, funciona bem?

  • Gustavo Reis

    É porque eles são muito religiosos e creem muito na teoria da conspiração e acham que a tecnologia quer nos controlar e tornar-nos zumbis. :-p

  • Funciona muito bem e fácil de configurar. O material dele também é melhor que o Magic Mouse e bastante leve. OBS: ele é menor que o mouse da Apple. AH! Carrego ele com o carregador 5V do iPod.

  • Percevejo

    Vai chegar um tempo que o ipad Air fara jus ao seu nome Air. Mexendo nele no banco da praça se vier uma ventania e vc não segurar ele com firmeza ele voa pelo Air. hehehe

  • Meu magic mouse fica encostado. Muito incômodo, kkk.

  • Percevejo

    Slogan da apple pro seu iPad Air daqui a 5 anos: Numa ventania segure bem o seu iPad porque se não ele pode voar pelo Air!

  • Percevejo

    Rapaz concordo plenamente com a apple de não colocar isso nos iPhones agora. Concordo mesmo. 4K pro consumidor tá fresco ainda. Não existem quantidades significativas de vídeos no youtube pra vc assisti-los numa tela 4k de um smartphone.
    Não existe tantos títulos de filmes pra isso também.
    Sem falar que não penso usar um iphone como uma ferramenta profissional de trabalho. Cara, vc quer vê uma coisa que se a apple fazer arrebentaria no mercado? Criar um smartphone que faça um fotógrafo deixar sua Canon profissional ou Nikon profissional em casa. O que chegou perto até hoje foi o Lumia 1020 que testei em estádio uma vez. Aquele zoom reinventado dele chama atenção de quem é fotógrafo hein!
    Pra mim, a apple faz o mesmo que com o Apple Watch.
    Deixou as empresas irem lançando os delas e viu a hora certa de também lançar. Detalhe: a Apple já trabalhava nele.
    Olha eu não quero ofender ninguém. Agora que eu precisar defender a Apple defenderei e a hora que eu precisar criticar tb criticarei. Como por exemplo desnecessidade de ela ficar lançando iPad todo ano. Não estou aqui pra massacrar Samsung, sony, Google etc. São grandes empresas. Além de iPhone também utilizo um android. Só quero destacar que existem coisas como essas 5 razões que expus pro Filipe que a gente quer ver também nos produtos que usam o sistema da Google. Que também é uma gigante da tecnologia. Taí o grande buscador que é o youtube. Conhecemos os grandes projetos dela.

  • Percevejo

    E vc ter uma tela 4K também demanda de uma boa bateria. E vc sabe que a apple tem que ouvi mais seus consumidores sobre isso também. E só pra terminar. A apple gosta de entregar algo refinado pros seus consumidores. Fazer o que a sony fez com o Z2 que colocou capacidade de ele filmar em 4K mas com aquecimento instantâneo da bateria e com isso ele não passar de 5 minutos de filmagem em 4K então seria melhor nem colocar.
    Não dá pra entregar um produto com erros que irritam.

  • Robinho Simões 

    Meu Magic Mouse é mesmo mágico então, pois uso as pilhas recarregáveis da própria Apple e troco no máximo duas vezes por mês. Esse mês troquei uma vez só. E ele já tem uns quatro anos quase e já o derrubei umas 50 vezes no mínimo.

    Mas concordo que já passou da época da Apple atualizar sua linha de mouses e teclados.

  • Fernando Pitsch

    Espero que caminhemos para a evolução das baterias, isso sim seria uma nova revolução.

  • Fernando Teixeira

    Quanto a espessura dos aparelhos, é realmente incrível, venho pensando ja faz um tempo sobre isso, tudo começou quando notei que os aparelhos estão quase com a mesma espessura das portas de fone de ouvido, a partir dai comecei a imaginar: como eles poderiam diminuir ainda menos? A resposta, claro, adotar fones bluetooth, mas ainda assim haviam outras complicações que na época eu não dei continuidade no pensamento, mas agora que parei para pensar novamente, deu aquele estalo. Alem da compra da beats, para fornecer esses fones bluetooth, haveria ainda o lightning, que, mesmo sendo pequeno acaba ocupando espaço e espessura no aparelho, maaaass, com o carregamento indutivo no apple watch as coisas começaram a fazer mais sentido. Agora imaginem um iphone sem as entradas de fone e lightning!!!

  • paulobr

    As pilhas da Apple são muito boas.
    Duram tranquilo uma semana aqui na empresa. E recarregam em um período (menos de 4 horas).

    Para mim é a melhor solução.
    Todos aqui usam pilhas da Apple no Magic Mouse.
    Pena que a Apple Brasil não vende mais e precisa importar (mais isso ainda).

  • Rodrigo Afonseca

    E no quesito wearables, Apple Skin! 😉

  • gersonjunior87

    Cara, 15% não parece muito? Você esta louco!? Isto é um absurdo. 15% de 1000 é 150. Absurdo.

  • Alexsandro Junior

    Não é 0,15%? Tinha visto isso em vários sites e até aq no próprio MM…

  • Bruno Abreu

    Zero à esquerda, é isso mesmo, Alexandre!
    0,15%

  • Bruno Abreu

    0,15%

  • Viny Azevedo

    As pilhas do meu Magic Mouse duram quase 1 mês, tranquilamente, e do teclado duram mais ainda, tipo uns 2 meses.

  • contrabando nada! viremos “executivos de fronteira”. kkkkkk!

  • poxa rapaz, aqui dura 1 mês e meio. Uso aquelas recarregáveis da sony.

  • guerra

    Boicote!

  • magno fh

    🙂

  • Bruno Ciro do Nascimento

    Desde quando comprei meu teclado microsoft, nunca troquei a pilha. Isso faz quase 1 ano!

  • Bruno Ciro do Nascimento

    Microsoft Wireless Mouse 5000 ou Microsoft Sculpt Comfort Mouse. Ótima ergonomia. Para teclados recomendo um Microsoft Sculpt Comfort Keyboard. As pilhas duram uma eternidade. Do meu teclado nunca troquei, e já tenho há quase um ano. Do mouse troquei 2 vezes (Troquei aproximadamente a cada 5 meses)

  • Bruno Ciro do Nascimento

    Compre as pilhas Sony originais. Tem ótima qualidade e ótima duração.

  • Wilkinson Luciano

    iPhone com tela maior

  • Gustavo Reis

    Trocaste as pilhas cada 5 meses? O problema do Microsoft Sculpt Comfort Keyboard é ter falta de ⌘ e ⌥. E usar o ABNT. Eu teria muita dificuldade de utilizá-lo ou ficaria confuso. Já estou acostumado com vários teclados, mas posso ficar confuso e dar erro.

  • Bruno Ciro do Nascimento

    Do mouse sim. E uso ele durante todo o horário comercial (8:30 – 17:30) 5 dias por semana. Sobre as teclas, é tudo questão de costume… utilizei por um bom tempo com o Mac, e as teclas ficam assim: Alt = Alt/Option | Win Key = Command

  • JFX

    hahahaha porcaria.

    Esse pessoal é engraçado.

  • JFX

    É cabeça de PCzeiro/Androideiro que precisa de features recém-nascidas para justificar um novo device.

    É ridículo.

  • JFX

    é foda, cara… um bom exemplo disso foi mostrar foto pra minha vó na época do iPad 1. A primeira reação dela foi falar “tem mais foto?” e deslisou o dedo na tela trocando de página, como num álbum físico.

    A facilidade e simplicidade no uso do iOS é surreal.

  • JFX

    eu acho que a tendência é do iPod morrer. É meio obvio isso até.

  • JFX

    é só atualizar pro 8.1 =)

  • Bruno Ciro do Nascimento

    JFX: Não é piada. O magic mouse é uma porcaria sim:
    – Devora pilhas como se fosse um controle de videogame
    – Tem péssima ergonomia
    – Sincroniza com dois iMacs ao mesmo tempo

    Tente usar um laboratório com 20 deles, e você vai descobrir sobre o que estou falando.

    Resumo da ópera: foram para caixa.

  • Gustavo Jaccottet

    Morrer ou ficar ali, de lado. Recebendo um remake, mas sem grandes novidades, até ser esquecido, como a Apple vem fazendo com o MacMini.

  • Gustavo Jaccottet

    O Celular da minha Avó, de 85 anos, é um iPhone 4S.

  • JFX

    mesma idade da minha. =)

  • Gustavo Jaccottet

    Eu espero que o iOS não “empaque”. Essa idéia da Apple de aproximar o OS X do iOS e não o iOS do OS X é o que talvez dê vida e fluidez ao iOS no longo prazo.

  • JFX

    Tomara. Eu acho que vai ser o primeiro caso mesmo. Acho que o OSX aprendeu mais com o iOS do que o contrário e tb acredito que eles possam virar um só daqui a 2 anos, por exemplo, num iOS X.

  • Gustavo Jaccottet

    Não, isso não vai ocorrer.

  • Percevejo

    Pilha? Em plena era atual ainda existe isso?
    Tá na hora de a Apple enxugar seus produtos que dependem disso e incluindo os fones da beats.

  • Bruno Ciro do Nascimento

    Para mouses/teclados não há escolha. Ou você vai disponibilizar cabos num laboratório de iMacs, pra que quando estiver acabando a bateria as pessoas utilizem o mouse/teclado conectado no usb??

  • Percevejo

    Ué! É só vc carregar a bateria sem a necessidade de pilhas. Pra isso uma bateria que dura uns 2 dias.
    E depois que acabar vc pode carregar e ao mesmo tempo ir usando. Algo simples. Na minha opinião as pilhas ja deveriam ter morridos. Mas é aquela história de que a medicina já tem remédio pra curar todas as doenças. Só que as industrias farmacêuticas ganham milhões com a venda de remédios que ajudam controlar tal doença. Assim continuam sendo com as pilhas. Essas pragas que só agridem o ecossistema.

  • Bruno Ciro do Nascimento

    Carregar a bateria, sem necessidade de pilhas?! Você quer trocar todas pilhas por baterias proprietárias, é isso? Não compreendi sua afirmação.

  • Gustavo Reis

    Comprarei o mouse.

  • Gustavo Reis

    Não achei as pilhas recarregáveis na loja da Apple Store Brasil. ‘-‘

  • Robinho Simões 

    Eu comprei o carregador da Apple na loja online e já veio com as pilhas. Mas pararam de vender já faz tempo.

  • Gustavo Reis

    Que triste. 🙁

  • Filipe

    Meu mouse da Dell WM123 já faz mais de 3 meses que tenho uma pilha da duracell nele e nada ainda. E olha que uso direto sempre que posso pois utilizo muito softwares de engenharia como CAD, Matlab/Simulink.

  • Filipe

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.