Apple Music já teria superado a marca de 10 milhões de assinantes pagos


O CEO da Apple, Tim Cook, participou em outubro da conferência WSJDLive e, na ocasião, revelou que o Apple Music já tinha conquistado 6,5 milhões de assinantes pagos. Outros 8,5 milhões estavam no período trial gratuito, totalizando 15 milhões de pessoas. Os números foram, posteriormente, confirmados de maneira oficial pela Apple na sua última conferência de resultados financeiros.

Em meados de dezembro, o analista Mark Mulligan apostou que, até o fim deste ano, o Apple Music chegará a 20 milhões de assinantes pagos. Pois, de acordo com o Financial Times, a Apple já estaria agora na metade do caminho.

Fontes do veículo afirmam que o Apple Music já superou a marca de 10 milhões de assinantes pagos. Em junho do ano passado, o Spotify divulgou o seu último número oficial — que era, até então, de 20 milhões. De lá para cá isso já deve ter aumentado (possível que já esteja na casa dos 25 milhões), mas é incrível a performance da Apple em tão poucos meses, enquanto o seu principal concorrente está no mercado há anos. O número gigantesco do Spotify vem, é claro, do seu plano gratuito; com ele, o serviço totaliza 75 milhões de usuários no mundo todo.

Se a Apple mantiver esse ritmo, não me surpreenderia se ela superasse o Spotify em assinantes pagos até 2017. A força dela é enorme, e vale lembrar que o Apple Music já vem “embutido” no iOS, no OS X, no watchOS e agora também no tvOS, além de estar disponível no iTunes para Windows e, mais recentemente, como um app para Android.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: