Desde que o rumor de que a Apple está mesmo desenvolvendo um carro começou a ganhar força, Elon Musk (cofundador e CEO da Tesla Motors) tem falando bastante por aí sobre o tema. Já noticiamos que as empresas estão vivendo uma guerra no Vale do Silício quando o assunto envolve contratação de engenheiros — enquanto a famosa montadora de carros elétricos roubou mais de 150 empregados da Apple, a Maçã também contratou especialistas da Tesla (incluindo alguns bem importantes, ainda que Musk tente negar isso ao afirmar que a Apple só contrata pessoas que a Tesla demite).

É bom que a Apple está se mexendo e investindo nessa direção. Mas carros são muito complexos quando comparados com telefones ou smartwatches.

Elon Musk, CEO da Tesla.

Pois agora Musk voltou a falar sobre o assunto. Em uma recente entrevista para a BBC News, ele falou um pouco da estratégia da empresa (que lançará o seu terceiro carro com um preço mais em conta para tentar expandir a penetração da fabricante no mercado automotivo), do papel da Tesla de ser uma catalisadora do mercado de veículos elétricos, do futuro, entre outras coisas. Mas é claro que a Apple não poderia ficar de fora do bate-papo.

Ao ser perguntado sobre se a Apple lançará um carro elétrico e se poderia ser considerada uma ameaça à Tesla, Musk disse que acredita, sim, num carro sendo lançado com o logo da Maçã, afirmando ser muito difícil esconder algo assim quando você precisa montar uma equipe com cerca de 1.000 engenheiros. “É um segredo aberto”, disse ele. O executivo também disse que a companhia comandada por Tim Cook provavelmente fará um bom trabalho (ainda que seja uma área muito complexa), mas que não enxerga a Apple como uma ameaça pois ela deverá expandir o mercado de carros elétricos.

Percebeu a mudança no discurso dele? Pois é.

Sobre a Apple estar mesmo entrando neste segmento, a cada dia isso está mais claro — recentemente, por exemplo, a empresa registrou três domínios relacionados a carros. Não há muito mais o que esconder/negar. Sobre a Apple não ser uma ameaça à Tesla… bem, dificilmente Musk abriria o jogo e falaria que a Apple poderia, sim, ser uma grande ameaça. A resposta dele foi bastante inteligente pois a Apple de fato ajudará a expandir o mercado caso lance um carro elétrico.

Agora, se pararmos para analisar todas as grandes linhas de produtos da empresa (Macs, iPods, iPhones, iPads, Apple TV e, agora, Apple Watch), todas incomodaram a concorrência. Alguns de forma muito agressiva (como iPods, iPhones e iPads); outros de forma mais tímida (como Macs, Apple TV e Apple Watch), mas é inegável que eles causaram um grande impacto na indústria como um todo.

Não estou dizendo aqui que a Tesla se enfraquecerá/morrerá daqui a alguns anos (como a atual BlackBerry, que deixou de ser a gigante que era). Longe de mim falar e querer que algo assim aconteça. Mas é claro que, internamente, Musk já deve estar, sim, bem preocupado e atento aos movimentos da Apple nesse mercado.

[via AppleInsider]

  • Leonardo Souza

    Vai vencer quem conseguir popularizar o negócio primeiro…

  • Matheus Pedrosa

    Apple popularizar alguma coisa? Com os preços que ela cobra…

  • Alexandre

    O carro da Apple será extremamente compacto e não terá uma bateria que dure suficiente.. Rs.Agora falando sério, acredito que a Apple faça um carro para apenas uma pessoa, extremamente revolucionário e todo no touch.

  • Helbert

    “Mas é claro que, internamente, Musk já deve estar, sim, bem preocupado e atento aos movimentos da Apple neste mercado.”

    Enquanto a Apple deixa bem claro que o maior objetivo é o nosso dinheiro, Musk demonstrar ter planos muito mais audaciosos… (SpaceX por exemplo)
    Acredito que ele tenha “preocupações” muito maiores do que a entrada da Apple no mercado de carros.

    Enquanto uma faz caneta de U$ 100 e capinha de celular com tumor, o outro faz módulos de lançamento de foguetes espaciais reutilizáveis…

  • Tácio Lobo

    Sou fã do Musk, da Tesla e da SpaceX, mas discordo da sua perspectiva de que o Musk tem objetivo menos financeiro que a Apple. Essa comparação não é válida, pois são momentos bem diferentes das duas empresas. A SpaceX ainda é uma “startup”, a Tesla em várias linhas pode-se considerar também. É claro que isso permite à elas muito mais liberdade para serem experimentais e “menos focadas” no financeiro do que a Apple.
    Além disso, lembre-se que os investidores da TSLA exigem resultados financeiros trimestrais excelentes tanto quanto os da AAPL…

  • Gabriel Moura

    Chuto mais na voz…

  • Rodrigo Fogagnolo

    Não é “Longe de eu falar”?

  • Adorei como você escolheu os extremos opostos. É claro que os negócios e as ideias de Musk são muito interessantes e devem ser aplaudidos de pé. Mas resumir a Apple a uma empresa que faz lápis de US$100 e capinha de celular com tumor é deplorável.

  • Matheus Augusto

    Mas quantas vezes vc ve um carro da tesla rodando no Brasil? Eu particularmente nunca vi

  • Isso é um grande risco de negócio para a “Maçã”, a área automobilística é muito mais competitiva e cruel do que essa de gadgets eletrônicos… Me fez lembrar a guerra que a “Gurgel Motores” travou aqui no Brasil até falir…. Vamos ver…. – A sorte está lançada!

  • Helbert

    Enquanto um faz planos pra bombardear Marte com armas nucleares pra tentar tornar o planeta habitável para os humanos, a outra tá planejando retirar a saída P2 do iPhone…

    Só pode ser piada ahahahaha

  • Alexandre

    Sim, pode ser também. Mas imagino uma cápsula individual mesmo, super segura pra uso urbano, que todo mundo vai querer e vai acabar com o mercado de carros, essas tranqueiras gigantes.

  • Beleza, encerrarmos a discussão aqui.

  • Saulo Tadeu

    Eu acho que se começa a diversificar muito, enfraquece no todo.

  • Chicão

    E vc acha que vão abrir 600 css da Apple aqui?

  • Daniel Conte

    Tesla S s2

  • Daniel Conte

    faz sentido mas tem um grande DEPEEEEENDE ai, mas no geral é assim mesmo.

  • Gabriel Moura

    Concordo quedeve ser algo pequeno e super seguro. Teria ate uma vibe ambiental de usar menos materiais e pa

  • Gustavo Jaccottet

    Se a Apple for realmente lançar um carro, alguns detalhes já teriam vazado, especialmente no que diz respeito aos itens de segurança, seguindo as exigências da FIA, do Governo dos EUA, da UE e do Japão. Testes como o de resistência de materiais, componentes que usem radiofrequência, baterias (se o carro for elétrico) e/ou unidades motrizes (se for híbrido, o que deve ser o mais provável, se a Apple realmente lançar um carro).

    Mesmo assim duvido muito, pois nada foi testado em competições. Há o Rally Dakar, a Le Mans Series (cuja grande vedete são os Audi Híbridos, com unidade motriz à pressão por Turbo Diesel, associado a um moto elétrico e dois motores de recuperação de energia, sendo um de energia cinética e um de energia térmica, além de ser biturbo), a Dakar Series e a Fórmula-E (que usa carros 100% elétricos).

  • Os Teslas nunca foram testados em competições e mesmo assim estão ai.

  • Mas o Gurgel não tinha US$ 203 bilhões.

  • Leonardo

    “CEO da Tesla afirma que não enxerga a Apple como ameaça”…
    Bom, se eu estivesse no lugar dele procuraria um ótimo oftalmologista, pois já ouvi essa frase de outros CEO’s e essas empresas não existem mais!
    =p

  • Deboísta

    A ideia inicial não é popularizar ou baratear nada (é ser muito alienado quem pensa isso), mas sim fazer com que as pessoas se disponham a pagar caro por um produto TOP que terá o que há de mais moderno embarcado, sendo símbolo de alta tecnologia, conforto e status. A Apple, Tesla, Audi, BMW e as outras fabricantes top de linha não tem como objetivo inicial a venda em massa de carros elétricos. Nas primeiras décadas desse mercado, serão produzidas e vendidas uma quantidade significativamente menor (se comparadas aos motores em combustão), focadas em um público de alto padrão. E outra, é idiotice falar que vai chegar aqui no Brasil muito caro. É só vc colocar uma coisa na sua cabeça, ele não está sendo feito para o nosso mercado consumidor. Da mesma forma, um Camaro custa 25 mil dólares nos EUA e aqui o preço é muito superior.

  • Leonardo

    Só se popularizar lá fora porque aqui sem chance!

  • João Alves

    O que parece é que a Apple está vislumbrando uma estagnação do mercado de celulares, que é seu principal negócio. Por outro lado a Tesla está demonstrando que ainda tem muito o que melhorar nos carros. A Apple tem dinheiro, já provou que pode modificar completamente o rumo de uma indústria (do qual ela faz parte ou não), gosta de desafios, então pensaram: por que não? Não temos como saber se vai dar certo, mas que a notícia é boa isso é. No mínimo vai dar uma agitada na indústria.

  • Gustavo Jaccottet

    Tens certeza? Pois o Model S teve parte de seus componentes testados em outros carros e agora a empresa deve participar pelo menos das 24hrs de Le Mans.

    As competições são parte do mundo automotivo, pois é o melhor meio de se aferir a qualidade do equipamento como um todo. Os Tesla são menos reais que os Buggies de Jean-Louis Schlesser, responsável pelo desenvolvimento de carros que hoje são usados pela Citröen e pela Renault, tudo nas pistas do Dakar. O mesmo vale para os híbridos desenvolvidos na F1 e até para os V12 dos anos 90, que ainda são utilizados em alguns modelos de Ferrari.

  • fulvioramos

    Sinceramente… Não tem pq a Tesla se preocupar. A Apple, se entrasse no mercado, o aumentaria e não roubaria clientes da primeira. Capaz, aliás, de roubar do resto da indústria, mas fazer carros em escala é muito mais difícil que fazer celulares na China.

  • fulvioramos

    eu ri…

  • Marco Túlio da S Lima

    Quando vi aquele protótipo de painal de carro todo em vidro da Corning pensei logo no carro da Apple. Acredito que ainda vai demorar alguns anos para o produto ser lançado. Mas com certeza vai mexer com o mercado e expandir a fatia dos carros elétricos e inteligentes.

  • Guilherme Andrade

    Quanto choro… Claro que é uma empresa mais importante! Ela simplesmente pretende colocar baterias em todas as casas e extinguir os carros movidos a combustíveis fósseis. Fora o Elon Musk que é um grande CEO. Morreu Jobs ficou o Musk.

  • Filipe

    Eu juro que tento, mas meu cérebro não consegue imaginar o preço do Apple Car no Brasil.

  • Paulommc

    Se a Apple quiser competir com a Tesla vai ter que ralar muito. Esse P85D é maravilhoso, quero ver a Apple fazer melhor.

  • Alexandre

    A Apple apresentará um protótipo, a princípio. Depois de anos o carro chegará ao mercado com os devidos testes.

  • Alexandre

    Sim, a Apple só estaria entrando nessa de iCar se tivesse surgido uma grande ideia. Ela não criaria mais um carro elétrico. Deve ser algo muito surpreendente.

  • Adão Marcio Ferreira

    Quem acompanha a corrida do carro elétrico sabe que a Tesla do Musk quase foi pro chão e enganou muitas pessoas nos EUA, pequenos investidores e gente que comprou e levou safras de carros bomba no início. Ele não eh tão querido por lá, e tb não é tão esperto sem grana.

    Se a Apple fizer um carro pequeno que consiga popularizar no mundo, venceu. Nem nos EUA a Tesla é opção.
    E ele falar que o setor de carros é complexo, tá brincando, foi o mesmo que o pessoal da GM falou para ele e olha a Tesla ai gente, imagine a Apple com mais poder financeiro.

    Mas no final acho ruim que cada vez mais vemos gigantes se tornando muito maiores. Acabou a era de novas empresas surgirem do nada e virarem gigante.

  • Na minha opinião, o carro da Apple vai ser o começo do fim…veja o Apple Watch, ou o Apple Music como exemplos – não fazem a diferença o bastante, tanto faz com ou sem eles.

    Veja a situação do Apple Maps – patinho feio dos serviços de mapas; da Siri – que evolui muito devagar – dos preços etc.
    Tenho certeza que as ideias do Watch do Apple Car viera do Jobs, mas uma coisa ele tinha que era matadora – ele só colocava um produto quando ia arrebentar. vejam a diferença do tablet PC, lançado pela Microsoft em 2003, e do iPad em 2011.

    Na era Jobs cada novo produto estava 2 a 3 anos na frente de TUDO no mercado, agora nada de revolucionário foi lançado, apenas melhorias em design ou equipamento.

    Tesla desbancou TODAS as fabricantes do mundo – isso não é para amadores.

  • A única coisa que está emperrando a Tesla neste momento é a produção de baterias. Musk já deu a entender que o Model 3 (o modelo que será vendido na casa dos U$ 30,000) depende da conclusão da Gigafactory, que é uma fábrica de baterias que está sendo construída em parceria com a Panasonic.

    Uma vez concluída e em pleno funcionamento, a Tesla estará 5 anos a frente da concorrência em matéria de carros elétricos movidos a bateria.

    A não ser que a Apple venha com algo revolucionário, dificilmente terá condições de incomodar a concorrência no início.

  • Lucas Reis

    Meu receio é a apple lançar uma carro sem a cara da apple, pois ultimamente só tenho visto a apple lançar coisas para ver como ela pode ganhar mais, estou começando a sentir falta daquela apple idealizadora que SJ fez.

  • Caio Henrique

    Recomendo a biografia do Elon Musk.

  • Ovídio Andrade

    Eu concordo com a Tesla, a Apple vai entrar nesse segmento como uma “iniciante” no assunto, poucas pessoas podem confiar a vida em um veiculo recém lançando por uma empresa que não domina muito bem o mercado. Diferente de um gadget um carro não é algo que as pessoas simplesmente trocam a todo ano (pelo menos não todas), e tenho certeza que na hora de escolher em qual investir, eu mesmo investiria em uma empresa já com experiência.

  • Caio Ferreira

    Ué . . e não popularizaram os Smartphones e tablets e computadores de mesa no passado ? Como sempre muito caros mas a forma como eles fazem a coisa faz os concorrentes mudarem e isso populariza os produtos do segmento independente da marca e preço 🙂

  • Caio Ferreira

    Faz muito sentido

  • Caio Ferreira

    alem da saida P2 eles foram “só” a empresa que mudou toda forma como as pessoas do mundo todo interagem desde seu inicio.

  • Alexandre

    Sim, Steve Jobs só lançou produtos de sucesso…

  • Gustavo Jaccottet

    Mas todo o protótipo tem que ser testado. As peças desses protótipos testadas em outros carros. Pneus tem que ser desenvolvidos, da mesma forma que suspensão…

  • Leonardo Souza

    Não é a toa que o iPhone é o aparelho mais popular do mundo… aqui é “artigo de luxo”… lá fora é popular, principalmente nos EUA.

  • Que legal!
    Encontrei mais um cara que acha que os carros sao tranqueiras gigantes.
    Para o dia a dia, os carros sao pouco práticos, e as motos, inseguras demais.

    Se a Apple encontrar o meio termo perfeito, como encontrou nos tablets, será surreal.

  • Gabriel Moura

    Nesse quesito do surpreendente nem sei visse, pois o Apple Watch é normalzin…

  • Oscar Raposo

    A Palm tb não via a Apple como ameaça e vimos no que deu

  • G4 Cube, .mac e e o iPod “gordo”. No seu histórico, isso são detalhes. A Apple está apostando pesado nesse carro, e Jobs foi bem rápido matando os produtos/serviços que não deram certo. Veremos.

  • Jean Pierre Reis

    se o Watch Edition custa uns 150k o carro deve ser um pouco mais que um Bugatti Veyron!

  • Jayme Prado

    O carro da Apple deve ser belo e ultra tecnologico, pena que a duração da bateria vai ser um problema.

  • Cássio Teixeira

    Sou leitor assíduo do MM e só hoje é a segunda matéria que vejo os editores daqui mostrarem o tanto que estão bitolados e fechados no mundo Apple. Sei que o site é sim para a empresa, mas um pouco mais de lucidez não faria mal.
    Para existir uma empresa, é necessário que exista outra, a Tesla esta na vanguarda dos carros, ela esta no lugar que a Apple estava quando lançou o iPhone e não parece que esta em desvantagem. Seguindo os não tão gloriosos e muito maquiados ultimos lançamentos de maçã, eu penso um pouco mais no quão errado poderia ser ela entrar num segmento já avançado e com empresas dedicadas somente nesse segmento.

  • Tiago Celestino

    Desde que os rumores começaram, me faço a seguinte pergunta: por que a Apple está pensando em um carro? Seria para investir a grana? Para tentar concorrer com a Google? Porque com a Tesla, ñ vejo concorrência alguma.

    Convenhamos, ter um carro é totalmente diferente de um gadget.

  • Tiago Celestino

    Por que o carro da Apple seria popular?

  • Leonardo Souza

    O iPhone é o aparelho mais popular dos EUA e um dos mais populares do mundo… Se ela não se posicionar no ramo dos carros de alto luxo vai vender muito lá fora… o Brasil não existe pra Apple.

  • Leonardo Souza

    Será ultra fino, com pouca autonomia, só aceitará recarga nos postos Apple, a carroceria será em alumínio 7000 e só virá com os bancos, ar condicionado e vidros elétricos como acessórios.

  • Tiago Celestino

    O carro da Apple não vai ser popular porque tem outros produtos que a grande maioria quer. É outro segmento, outra proposta.

    Prefiro esperar para ver se realmente estão querendo desenvolver um “carro popular”.

  • No brasil são anos que os carros andam com o logo da maçã atrás…

  • Aqui somos muitos, mas a fatia de gente que tem dinheiro e trata o seu dinheiro como se pudesse cortar dois 00 em tudo que vê ainda é grande.

  • Se a gente pensar que o iMac foi feito com a ideia do ferro de passar, já sabe a sequencia, o inglês vai pegar um smart+tesla e fazer o iCar revolucionário que ninguém tinha pensando ainda.

  • Iago Drumond

    Adão,
    Você começou seu argumento se referindo às primeiras “safras” de carro da empresa, como se isso fosse um grande enorme defeito de caráter de Elon enganando muitas pessoas, como se ele sequer tivesse querido que os carros iniciais tivessem apresentado problema. Isso simplesmente aconteceu como é comum de acontecer com primeiras gerações de produtos, e nunca ouvi dizer que esses clientes ficaram desamparados muito menos que “ele não é tão querido por lá”, posto que a fila de espera para carros da tesla é absurdamente grande.
    Ele foi quase pro chão, foi. Um dos motivos foram os problemas nas safras iniciais, mas se recuperou.
    E mais, ele não é tão esperto sem grana?? Ele não nasceu com dinheiro, estudou muito, estava fazendo doutorado de física quando resolveu largar para seguir uma ideia que teve com a internet (uma ideia meio que um google maps + yelp, mas isso lá em 95…) que lhe rendeu alguns milhões de dólares, que investiu e criou o pay pal, que vendeu por 1,2 BI para o Google em 2003 (se não me engano) e então foi perseguir seu sonho de ajudar o mundo

    Concordo com o segundo parágrafo mas vale lembrar que a própria Tesla quer lançar um carro mais barato, seu objetivo não é carros de luxo, mas antes, precisaria da tecnologia evoluir.

    A Tesla surgiu do nada e está virando uma gigante, quanto tempo você acha que demora isso? Não sei exato, mas a Tesla tem cerca de uma década

  • Iago Drumond

    Tácio, espero que tenha usado a palavra “startup” como a ideia de começo, pois a SpaceX é uma empresa que está começando, mas está longe de ser uma startup.
    Para quem não sabe dia 21 de dezembro a SpaceX conseguiu levar satélites em órbita e voltar com o foguete para que seja reutilizado. Algo que a NASA nunca conseguiu fazer,
    Agora, que eles estão no começo de sua jornada estão, afinal seu projeto a longo prazo é colonizar marte

    E a Tesla não tem um objetivo financeiro, tem uma necessidade de capital para bancar seus projetos e evoluir a tecnologia, a Tesla tem um objetivo filosófico (em palavras do próprio Elon em entrevista), que é desenvolver meios de transporte movidos a energia solar e toda a indústria de energia solar e tudo o mais, por uma questão de sobrevivência da espécie, para você ter noção, todas as patentes da Tesla são liberadas para uso, e na mesma entrevista, quando perguntaram e ele sobre os acionistas, ele disse duas coisas, em primeiro lugar que sempre deixou bem claro o objetivo filosófico da Tesla, em segundo que acha que ela continuará relevante no futuro, enquanto produzir bons automóveis

  • Iago Drumond

    Isso me preocupa também quanto ao carro da Apple… Espero que eles surpreendam! Pois ainda há muitas coisas que não foram desenvolvidas nos tesla que poderiam, coisas simples, e coisas fundamentais, por exemplo, pneus, rodas, espelhos, faróis, parabrisas, coisas simples, mas que a tesla não mexeu, ou alguma mais relevante como produção de energia com placa solar no teto do carro… E sabe-se lá mais o que!

  • Iago Drumond

    Isso ele disse pois não pretende dominar o mercado, nunca foi seu objetivo, e sim desenvolver a tecnologia de veículos elétricos pois é uma necessidade para a humanidade neste século. Uma prova? Todas as patentes da Tesla são abertas.
    Nesse contexto, a apple de fato não seria uma ameaça, e sim uma parceira.

  • Interessante. Faz sentido.

  • Sim, mas um carro esportivo 100% elétrico, com uma rede de abastecimento gratuita cobrindo EUA e Europa, a venda direta ao (sem concessionárias), as melhorias em segurança da bateria além dos termos regulatórios, além do ultimo update de software, que faz com que os sensores do carro leia a pista constantemente para evitar acidentes etc tem sido MUITO à frente da concorrência. O serviço pioneiro OneStar da Chevrolet é legal, mas chega a ficar embaraçoso comparado ao que a Tesla oferece.

    Essa era a sensação que Jobs trazia ao lançar mega produtos – deixavam o antigo líder em vendas/tecnologia/etc parecendo uma porcaria sem valor de um dia para o outro.

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.

O MacMagazine faz parte do grupo iMasters, mantido pelas seguintes empresas: