Às vezes eu me pergunto por que executivos de certas empresas inventam de tecer comentários e apostas sobre produtos concorrentes, em vez de tratar do que lhe realmente diz respeito. E isso inclui gente da própria Apple, ok?

A declaração do dia, obtida pelo Trusted Reviews, veio do gerente sênior de comunicações para o Microsoft Surface, Dan Laycock:

A Microsoft realmente quer que você carregue apenas um dispositivo para uso como tablet e PC. Já o iPad Pro será sempre um dispositivo acompanhante. As estratégias são bem diferentes.

Sim, simplesmente porque o iPad Pro roda o iOS — e não o OS X, já que este não foi concebido para touchscreens —, Laycock não enxerga nele potencial para ser um dispositivo de criação e nem independente de um Mac/PC. iPad Pro este, por sinal, que já roda apps como Word, Excel, PowerPoint, Outlook e OneDrive totalmente adaptados para a sua tela de 12,9 polegadas.

Ninguém, nem mesmo os principais executivos da Apple, acredita que o iPad Pro é o dispositivo ideal para qualquer tipo de usuário. Muita gente ainda prefere um notebook, assim como usuários mais avançados precisam de desktops bastante parrudos. Mas é inegável que o iPad Pro (ou mesmo o Air) já pode ser um substituto ao Mac/PC para bastante gente, ainda mais quando usado com o seu Smart Keyboard.

E eu nem vou tratar aqui do potencial aberto pelo Apple Pencil

[via iClarified]

  • Flavio Barboni

    E o executivo da Microsoft tem razão. Esse potencial citado pelo autor do post (smart keyboard e apple pencil) é extremamente caro e tão inacessível quanto o próprio iPad Pro. Não tem como acreditar em um produto tão caro, o nicho se tornou muito restrito. Há soluções no mercado bem mais acessíveis, como os próprios híbridos (tablet + pc) que usam Windows.

  • hecnpo

    Concordo com a questão do preço e digo mais: um tablet que rode um sistema de desktop acaba sendo muito mais útil e completo. Ainda existem muito programas e sites não adaptados para sistemas mobile como o iOS e que rodam apenas (ou rodam melhor) no PC/Mac.

  • Chicão

    O Laycock tá certo…

    No mais, trabalho com texto, edição de fotos e vídeos.
    NENHUM tablet me serve.
    Todos são fracos e não dão conta da produtividade.

  • Quando testei o Apple Pencil senti um lag bastante desconfortável desenhando. Achei um produto caro para um problema tão banal. Gostaria de ouvir a opinião de ilustradores profissionais.

  • Zelotes Universal

    Tenho ipad e ele me serve para o básico, sempre vai ser o acompanhamento. ..

  • Anderson Siqueira

    Também testei e também percebi bastante lag. Mas aqui no MM tem muita gente que não vai admitir isso e vão citar vídeos de divulgação patrocinado pela Apple com designers de renome elogiando o produto como prova da magnitude desse produto descabido.

  • Hades666

    Até hoje não entendi o iPadPRO?!?! Dito como um “aparelho” para criação, imagens, etc…..se não pode rodar um PS da vida, serve para que???

  • Hades666

    Eu deixei de comprar iPads no iPad3, não tenho utilidade nenhuma para ele. Esposa comprou um iPad Air2 fica atirado em um canto sem uso.

  • Frederico Louzada

    Chamar esse iPad de pro só pode ser brincadeira. Pro por ser uma tela grande??? O surface pro da um banho. A Apple já teve dias melhores….

  • Paulo Nunes

    O problema não é o que a Microsoft coloca; afinal, o iPad pro não foi feito com o mesmo propósito que o Surface Pro, e por melhor que ambos possam ser, ainda não temos a união perfeita entre desempenho, autonomia (bateria) e portabilidade para que usuários “heavy” e profissionais dispensem o bom e velho desktop (ou laptop profissional). A Apple hoje é mais diversificada que nunca, e isso não tem impedido as pessoas (quem tem grana pra isso, é óbvio) de terem vários iProducts ao mesmo tempo, mesmo com funções redundantes, porque o importante é que os produtos são bons, sedutores, com qualidade e usabilidade bem acima da média. Se o produto é de nicho restrito, não importa, a Apple de hoje tem condições de fazer isso, ela tem bilhões de dólares em caixa para experimentar com produtos novos. Quão restrito é o nicho do Apple Watch Edition, por exemplo?

    Já a microsoft não tem a opção de lançar aparelhos desktop (ou laptop) à vontade, já que não pode concorrer com as parceiras pra quem vende seu software. Então resta a ela abraçar esta ideia de produzir algo que não concorra diretamente com seus parceiros mas ao mesmo tempo tem a contraditória ambição de “matar” o PC e os tablets de uma só vez, algo que pode se revelar um tiro no pé. Afinal, o mercado de PCs só cai; se a Microsoft realmente acerta a mão no Surface, ela agrava a crise dos computadores convencionais que usam Windows.

    E ainda há outro problema, que a Microsoft ainda não resolveu e a Apple sabiamente desviou-se de abordar diretamente até então, “comendo pelas beiradas” (enquanto converge aos poucos os elementos do iOS e do OSX), apenas: como criar um sistema operacional que satisfaça o uso pesado de usuários de notebooks e desktop e ao mesmo tempo se saia bem num dispositivo touchscreen? Como mesclar a usabilidade prática do iPad com a capacidade de gerenciamento de dados e customização do sistema que oferece um computador de mesa? Essa tarefa é dificílima, pois usar dois sub-sistemas que se alternam torna as coisas pesadas demais em termos de processamento e armazenamento. Simplesmente adaptar um sistema de desktop para a tela touchscreen não é a solução e a Apple sabe disso desde o princípio. O inverso também é extremamente impopular no mundo da TI, transformar o SO de um desktop num sistema limitado, fechado e pouco flexível como o iOS. Quem primeiro desenvolver o híbrido funcional desses dois tipos de sistema, mata a charada e muda tudo.

  • Novelli Michele

    É caro pois são os melhores acessórios para o melhor iPad ate hoje. Claro o iPad pro seria muito mais util se a Apple tivesse criado uma versão especial do iOS especialmente para ele, mas vamos ser sinceros, o iPad pro é muito melhor de que a maioria dos computadores rodando windows por ai. E não, não existem atualmente soluções no mercado, o que existe são alternativas que são bem mais acessíveis, mas, infelizmente, uma mer••, como por exemplo esses “híbridos”.

  • sigma7777777

    O iPad só voltará a fazer sentido novamente para mim quando ficar hiper leve e quem sabe dobrável, tal como essa solução da Samsung que espero que seja lançada no mercado. No meu ponto de vista um tablet é destinado a 70% de consumo de conteúdo e aproximadamente 30% para produção, mas eu particularmente prefiro uma solução como essa da imagem e utilizá-lo exclusivamente para consumo de conteúdos especialmente textuais e de imagens.

  • Bruno

    Também concordo.
    Estou trocando meu MacBook Air pelo Surface.

    Vou manter o iPad Mini só pra leitura.

  • frederico

    Se sua esposa não quiser vende barato que compro. tenho iPad Air 1,2 e uso ambos o tempo todo, agora mesmo estou usando ele…

  • Use um Surface Pro e vai mudar de idéia

  • A Apple tá perdendo tempo ao não colocar telas touch em seus notes, e não colocar um trackpad nos teclados dos iPads – depois de usar um Surface, ou híbrido, não tem como voltar.

    Também discordo sobre desempenho e bateria não serem satisfatórios – os Surfaces tem no mínimo 5 horas (minha média é 7 horas), e além dos dos Intel Core M (usado no Macbook) pode-se escolher os i3, i5 ou i7 e ficar feliz.

  • evertjr

    eu não sei, nunca testei, mas pelo que li o input lag dele é bem menor que de tablets como a cintiq da wacom. Talvez tenha sido o app que vc utilizou. Acompanho o forum do app Procreate e não há nada alem de elogios do iPad Pro e do Pencil como ferramentas para artistas.

  • Paulo Magrani

    Qual modelo cê usa?

  • Testei um Surface Pro 4 numa loja da Microsoft. O resto é iPad Pro.

  • Frederico Louzada

    Exato. Tenho um surface pro 3 e para mim é o melhor aparelho que já tive na minha vida. Sem fanboiolismo, até mesmo porque tenho um iPhone. Mas o surface agora com o Windows 10 está em um nível superior. A Microsoft está no caminho certo, só fico imaginando como serão os próximos surface…

  • Luiz Fernando

    Pra mim é melhor comprar um notebook/mac do que comprar um tablet que tenta ser um notebook

  • Luiz Fernando

    Pior que é verdade, eu já vi vários vídeos de usuários utilizando da Apple pencil, e o lag é um dos menores já vistos pra uma stylus

  • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    depois dessa parte “iPad pro é muito melhor de que a maioria dos computadores rodando windows por ai” não tem COMO NÃO RIR.

    existe notebook torno de 3mil aqui no BRASIL rodando uma GTX 980M

    você tem que pesquisar melhor às coisas. tenho um PC GAMER que eu rodo 60 FPS 1080p qual quer jogo atual sem dar uma travada no PC.

    PREÇO desse iPad PRO você monta um PC com uma GTX 980TI para rodar os jogos em 4K.

  • eu tinha Air 2, acabei vendendo 5 meses depois voltei para ele. como poder no perfil ate tenho uma foto dele hihi

  • Eu vi um dos vídeos com o tal Lag e a culpa é claramente do App. Testei pessoalmente na Apple Store (Puerta del Sol, Madrid) e no Notas é incrivelmente instantâneo, bem como num outro programa de desenho que o camarada da loja me mostrou também (mas não lembro). A implementação dos detalhes de como aproveitar o lapis mudam muito de App para App…. Exemplo: no Notas da Apple, fui inclinando o lápis devagar e a transição de um contorno fino para um sombreado largo foi acompanhando mais uniformemente…. já no outro App, eu ia arrastando e inclinando, mas ficou em traço – e de repente, quando passei de uma certa inclinação, ficou 100% sombreado. Achei o lapis SENSACIONAL – mas depende do App usar bem.

  • hecnpo

    Cara, um conselho… não tire selfies com um tablet.

  • “A Apple tá perdendo tempo ao não colocar telas touch em seus notes, e não colocar um trackpad nos teclados dos iPads – depois de usar um Surface, ou híbrido, não tem como voltar”

    Cara isso não faz nenhum sentido. Ou ela Mata o iPad colocando os touch nas telas ou mata os notes colocando trackpad nos teclados dos iPads.

    Será que usuários querem mesmo um note com trackpad e ainda ficar tocando na tela? Pra que um cursor de mouse no iPad que é todo baseado em icones e pensado para ser tocado por dedos?

    Não faz sentido, nem é usual. Uma coisa que faz de tudo um pouco faz tudo mal feito.

    Existe uma coisa que se chama UX (User experience) e nunca ninguém se atenta. Quando se é desenvolvido um produto ou programa é pensando como o usuario vai utilizar e tals (caso se interesse procure na net).

    Mas não pode confundir uma coisa com a outra.

  • Mubarak Nunes Machado

    Independente da sua máquina, o problema continua sendo o Windows, sem querer criar polêmica, é claro. kkkkkk

  • Mubarak Nunes Machado

    Se vai trocar, é bom preparar um ótimo sistema de backup, afinal Windows é Windows! E é bom sempre se antecipar aos trabalhos porque, na última hora – sabe como é né? – pode travar. Kkkk

  • Mubarak Nunes Machado

    Incoerente por parte desses que defenderão. Se o produto está ruim tem que se criticar para haver melhoras, especialmente num espaço dedicado como esse.

  • Mubarak Nunes Machado

    Isso não é uma selfie, por estranho que pareça. Kkkk

  • Mubarak Nunes Machado

    Tô contigo, mas não sou fanboy. Rs

  • Mubarak Nunes Machado

    Também acho um problema a falta de ferramentas profissionais, mas aí os culpados também incluem os desenvolvedores. Todos erraram.

  • hecnpo

    Enfim… mas parece e não fica legal (;

  • Mubarak Nunes Machado

    Concordo contigo em gênero, número e grau. O que comentei acima foi uma sátira ao Eduardo Braga. Kkkkk

  • coloca memoria ram DDR4 de 32GB com 2666 Mhz = R$ 2,000
    Processador Intel i7 4790k 44Ghz = R$ 2,000
    GTX 980Ti com 6GB = 3,300

    de resto? placa mãe, fonte não vai gastar tanto TOTAL = R$ 8,000

    agora esse valor me mostra um macbook,imac rodando jogos 4K, abrindo mais rapido os programas.

  • eu queria ver esse windows travando no meu PC rodando jogos pesados como GTA 5 e ao mesmo tempo eu abrindo navegador Chorme com jogo minimizado sem dar uma travada.

  • eu uso essa foto somente em blogs né o.O

  • Sergio Luith

    Kkkkkkk

  • Marcelo

    Os executivos de empresas não “inventam de tecer comentários”.. é alguém que pergunta… e eles como TODO MUNDO tem alguma opinião sobre os produtos (tanto deles quanto dos concorrentes) . O problema é que normalmente as entrevistas somem e só fica o comentário como se o cara tivesse ido publicamente falar mal do produto concorrente…

  • Marcelo

    A ideia do note com trackpad e touchscreen não é pra usar ao mesmo tempo.. no momento de lazer vc vira o teclado (ou tira dependendo do modelo) e usa o touch pra navegar na internet, usar apps, etc.. e depois pra trabalhar vc usa o teclado e trackpad.. O que realmente não faz sentido é o que a Apple fez no Pro… colocar um teclado pra “produtividade” e esperar que o usuário use teclado e touch

  • Marcelo

    como os desenvolvedores “erraram”? A Apple acabou de lançar o iPad Pro.. software profissional leva tempo pra ser feito.. não da pra comparar com os apps simples do Watch que em uma semana já estavam na loja

  • Entendi a sua ideia, mas ainda não faz o menor sentido. Sistemas diferentes, públicos diferentes, maneira de utilizar diferentes. Um é feito para clicar com o dedo e outro com o cursor do mouse. Ou um vai ficar extremamente grande para um mouse ou outro muito pequeno e uma experiência horrível para tocar com o dedo.
    Isso que vc citou de virar o teclado e usar a tela ja foi feito por grandes empresas e até hoje não dominou o mercado. As pessoas querem coisas fáceis, querem pegar, utilizar e concluir que é o que cada produto separado proporciona, a partir do momento que tem que fazer o usuário pensar como utilizar já se perde grandes pontos no processo de adesão… Pode ser que para vc funcione mas nem todos são assim e por isso a MS criou o surface… pra quem quer um OS de desktop sempre a mão, portátil e sem ser um notebook.

  • Juliano Santos

    Eu uso bastante meu iPad para navegar na internet e jogar. Já tentei usar para trabalho e não deu, ainda prefiro o notebook.

  • Renato Aguiar

    Eu não gosto de meio termo, não gosto de ter uma máquina que não faz bem o que preciso. A abordagem da Microsoft pode ser interessante, mas o aparelho deles nem é um tablet e nem é um computador e ao mesmo tempo é os dois, ou a tentativa modesta de ser. Fui usuário do Windows desde o 3.1 e odeio este sistema (adora antes), quando conheci o Mac pela primeira vez em 2007 foi muito fácil trocar e hoje não tenho as dores de cabeça que tinha no passado. como o Mac é melhor!!! Comecei com um Macbook, e depois que usei o iMac vi que a vantagem de trabalhar numa máquina parruda, com tela grande, para trabalhos de design é bem melhor e mais ergonómico, principalmente para quem fica horas e vara madrugadas trabalhando. Tenho uma mesa digitalizadora da Wacom Intuos Pro, e sempre desejei a Cintiq. Mas como artista plástico sempre vi que o iPad teria potencial para desenhar e desenvolver criações, só que não esperava que um dia a Apple iria produzir um produto focado neste mercado, afinal, nem todos desenham, fiquei surpreso e gostei muito do que ví. Muitos APPs há por vir, a partir disto, a Adobe por exemplo, esta desenvolvendo muitos apps para criação no iPad. Vislumbro que realmente este é o futuro das artes, esta no começo, mas ninguém mais vai usar lápis, tinta e papel, já não estavam usando, imagine agora? Sem gastar tinta, nem papel, sem fazer sujeira e em qualquer lugar e hora, posso desenhar, e facilmente acessar a criação no meu iMac, fantástico. O único problema é o preço, sobretudo na atual situação econômica do Brasil, com impostos caros e dólar nas alturas, o preço esta muito salgado e fica muito complicado investir neste equipamento agora. Tenho certeza que este equipamento tem muito há evoluir e quem sabe ficar mais acessível. Se não acho nenhum notebook ergonómico para trabalhos parrudos, imagina um iPad? Não acho que o iPad ou qualquer tablet que venha a existir, seja adequada para trabalhos assim, mas para acessar conteúdo, leitura, ver um filme, jogar, fazer apresentações, uso em reuniões, entre muitas outras coisas é ótimo. Eu não teria como levar meu iMac numa reunião de negócios, por exemplo, e eu não vou usar o iPad para trabalhar, claro que não. E jamais eu gastaria dinheiro num Surface da vida, pensando que ele iria resolver tudo, seria muita ingenuidade minha. Quem sabe funcione para quem não precisa de tanto. Mas pra mim funciona melhor ter os dois, um para cada tarefa ou situação.

  • Phillip César

    ipads sempre serão acompanhamentos, se querem mobilidade e trabalhar de verdade, comprem um macbook.

  • Tão falando que o Samsung talvez saia por 499 dólares com Windows 10. Dependendo do desempenho se for isso mesmo, tchau iPad.

  • Rodrigo Gomes da Silva

    Vc esta comentando de 2015, ou esta falando suas experiencias com windows 98 e maquina de escrever? Por sinal, capaz de nem lembrar em q ano viu ultimo windows travar

  • Frederico Louzada

    A apple deve ter feito algum convênio com ortopedista depois desse teclado do ipad “pro”. é só usar uma semana esse negócio que seu punho vai para o espaço ….

  • Frederico Louzada

    kkkk melhor resposta até agora! pensei a mesma coisa !

  • Leonardo Caldas

    Seu argumento não faz sentido quando se pensa em produtividade.

    O que a Apple criou foi um tablet no qual se pode fazer uma série de tarefas. Ele provavelmente vai ser muito útil para nichos específicos (um que me vem à mente de imediato são artistas gráficos), mas ainda assim, é só um tablet, e como tal, limitado… E o SO que vem nele não colabora para a quebra deste paradigma. Foi um SO pensado para celulares e tablets, e ainda que não se possa dizer que ele vá na contramão da produtividade, ele definitivamente tem o consumo de conteúdo, e não sua produção, como meta.

    Você vai me desculpar, mas “o iPad pro é muito melhor de que a maioria dos computadores rodando windows por aí” é argumento (!?) de fanboy. É melhor porque? Ele tem excelente hardware. Fato. Tem uma harmonia entre o hardware e o software que roda nele que só agora outras empresas (Microsoft, por ex) estão conseguindo. Mas daí a dizer que se consegue o mesmo nível de produtividade que se conseguiria com aplicativos e um SO otimizado para atividades de produção de dia-a-dia? Me parece uma temeridade.

    Mania mais sem noção essa de ficar esculhambando os produtos de concorrentes baseado em “achismos”.

  • Paulo Nunes

    Que tarefas você executa em seu Surface?

  • Isso não é mais polêmica, é (perdão pela palavra) ignorância forçada.
    O windows não é mais, há muito tempo, um sistema instável e inseguro. Ele tem sim pontos que precisam ser melhorados, assim como o OSX.

    Uso Windows 10 e Ubuntu para trabalhar, e Mac para uso pessoal. Em todos os casos exijo muito de cada computador, rodando ferramentas de programação, virtualização, edição de vídeos e jogos.
    Acredito que minha experiência diária com estes 3 equipamentos me dá condições para dizer:
    Os 3 são os melhores para a proposta que apresentam e nenhum deles é melhor absoluto.

    Obs.: Reforço que não estou chamando você de ignorante, mas chamo de “ignorância forçada” o ato de ridicularizar a Microsoft e seus sistemas com base num passado que já foi superado.

  • Frederico Louzada

    Discutir com fanboiola é inútil, nem tente. Há um tempo atrás disseram aqui que o iPad Air era mais poderoso que o surface pro 3…. A loucura é grande…

  • Principalmente criação de textos acadêmicos (Word, OneNote) – é um Surface 2 ( 2Gb de memória e Win 10 não tem muito poderes computacionais).
    Depois uso para qualquer coisa do trabalho – apresentações, anotações para reuniões, acesso rápido a email, web etc. Uso ele 5-7 horas por dia, todo dia.

    As únicas coisas que ainda uso desktop (MacMini i5 com 16 GB) é para programar ou usar ferramentas Unix (adoro o terminal!), algo 3D (Blender), jogar ou rodar algo no iMovie ou Garageband. Quando tiver um Surface 4 ou SurfaceBook, só colocaria ele num monitor de 24″ Full HD ou 4K e só usaria o Mac pra softwares exclusivos.

  • Surface 2, x386

  • Pensava 100% igual até usar o Surface. Desprezava, dava risada. Agora faz todo o sentido.

    Como eu sei? Simples – TODA a vez que vou usar um note, tenho o reflexo de tocar na tela durante o uso. Já internalizou. Isso é natural, como quando você precisa mover algo na tela, explicar uma foto, imagem, gráfico e pronto – só faz com o toque por que é mais rápido que entrar em menus, escolher opção etc.

    Sobre trackpad num tablet dou um exemplo do meu uso – criação de texto e uso da web/PDF. Uso o gesto de 2 dedos para rolar a tela, dar zoom e alterno rapidamente em digitar. Ter de levantar o braço toda a vez para fazer esse comando (rolar tela ou zoom) é impossível.

  • Pedro Henrique

    Seja lá onde for, nunca faça isso. Troque a foto pelo bem da vida!

  • Cássio Teixeira

    Eita! Forçou a barra ai heim!

  • Vinícius Rocha

    Nunca que um tablet terá o mesmo espaço que um notebook. Comprei um iPad mini justamente para mudar um pouco os ares de desenvolvimento, mas nunca foi uma boa ferramenta. Trabalhar com produção gráfica, programação nele? Esquece.

    As pessoas têm mania de achar que um PC vai ser substituído pelos smartphones, tablets, etc, mas assim que veem como é difícil manipular até mesmo uma interface voltada para mouse, teclados (no caso de sistemas operacionais de computador), entendem que não é bem assim não.

    Tenho um notebook, um iPhone e um iPad. Cada um com a sua área de atuação.
    Não tem como um substituir o outro. Na verdade, eles se complementam entre si.

    Comprei o iPad para ver como as fontes são renderizadas no OSX (o iOS é um derivado dele), pois como mexo com webdesign, preciso saber como os elementos gráficos estão comportando em cada dispositivo.

  • Mubarak Nunes Machado

    Alguns detalhes a adicionar:

    (1) Não levem tanto pro lado pessoal. Vejo muita emoção e pouca razão.

    (2) Voce não fala sobre as especificações de cada máquina que comparou em seu comentário.

    (3) No meu trabalho as máquinas são equipadas com Windows e possuem boa configuração de hardware.

    (4) Pessoalmente, sempre dou suporte a amigos que utilizam as versões mais recentes do Windows. Não disse que ele não presta, disse apenas que vez por outra ele vai travar ou ter um comportamento que prejudica o trabalho.

    (5) Não disse que isso nunca acontece com o Mac. Apenas dei a entender que não acontece com a mesma frequência quando estamos falando de hardware de mesmo nível.

    (6) Também comprei um Macmini de entrada há alguns anos, mas procuro mantê-lo atualizado e não consigo entender essa lentidão a que você faz referência. Não estou desmerecendo o que você disse mas pode haver mais coisas que você talvez não tenha mencionado.

    Por fim, acho importante a discussão, mas creio que podemos ser um pouco mais bem humorados e menos apelativos pra que o tom do fórum seja mais agradável e até confiável.

    Forte abraço a todos e obrigado pelo feedbacks do meu comentário.

  • ninguém está te xingando, simplesmente você disse que Windows não presta. Meu windows não trava, não compara PC de lojinha menos de R$2,000 com um iMac de R$ 10,000 https://uploads.disquscdn.com/images/a7c7e93e1addc823e4a6aaab87b3be5d39e90fe4b9755d9f0361fe58c95a7dad.jpg
    pelo jeito você não entende nada de hardware, pesquisa por PC rodando jogos em 4K com 60 FPS ou processadores top de linha como Intel Xeon.

    Tenho um macbook que eu uso coisas basica, enquanto meu Windows roda jogos pesado, tem 3TB de HD só para carregar arquivos e jogos. rodo um SSD para sistema e alguns programa, minha maquina não custou mais de 4mil. Posso trocar às peças quando for preciso, isso nunca vou fazer em um macbook,imac

  • Fernando

    Isso aqui é um campo para comentarios pessoais certo? Logo, é o meu comentario, o meu ponto de vista, e consequentemente, é uma observação PESSOAL. Se voce nao concorda com o que citei, voce está no seu direito, porem eu estou informando aos futuros compradores de mac que leem isto aqui, para já ficarem calejados que o mac apesar de bom, não passa de um computador como qualquer outro. Essa magica do mundo perfeito do OSx não existe.

    Sobre a configuração das maquinas, eu jamais sairia de um pc bom para comprar um mac pior.

    As configurações:
    • Pc com 4GB com 2HDs (sendo 1 apenas para arquivos)
    • Placa GForce que nao me lembro o modelo, mas rodava jogos como SF4 numa boa
    • processador Intel Core 2 Duo com Windows XP.

    Meu macmini
    • processador i5 com 1HD de 500GB (maior espaço do que as 2 somadas que eu tinha no pc)
    • os mesmos 4GB de memoria
    • OSX El Capitan

    Troquei um pc mediano por um mac similar, porem, com uma leve melhora no processador e no espaço em disco. Era de se esperar que eu tivesse em mãos um computador que continuasse me atendendo bem como o antigo Windows.

    Mas isto não aconteceu.
    E eu credito este fato as atualizações anuais do sistema que a apple faz. Eu nao sou o unico que tenho mac em minha familia e rede de amigos e a cada upgrade de sistema, todos nós sem excessao reclama da mesma lentidão (demora em carregar sistema, demora em abrir programas, etc) conforme relatei acima.

    Se o meu mac está com algum problema, entao o de todos os meus amigos também estao, e olhe que cada um tem um mac diferente (eu tenho o mini late 2012, outro o imac late 2012 e outros o macbook pro late 2013).

    Contra fatos nao há argumentos rs…
    a apple dá para nós atualizações gratuitas anualmente para tornar nosso atual computador lento e nos obrigar a trocar por outro ou fazer upgrade de peças (quando possível).

    Esse esquema que ela faz para mim já está claro há muito tempo.

  • Mubarak Nunes Machado

    Bom dia, prezado. Agora sim ficou um comentário mais técnico, que realmente ajudará os leitores.

    Também tenho um Mac mini late 2012 e não vejo essa lentidão que você mencionou. Me lembro, é claro, que houve uma atualização que deixou os Mac’s mais lentos. Nisso você tem razão. Mas ao atualizar pro El Capitan a lentidão não existe mais.

    Só que pode haver inúmeros fatores relacionados a isso que eu não posso avaliar sem um conhecimento mais concreto.

    De qualquer forma, levantei a “crítica” acima porque sempre senti falta de comentários mais embasados pra formar minha opinião. Acho que você também, no começo, precisou disso. Se seu objetivo é informar, excelente. É dos mais nobres. Isso realmente ajuda.

    Acho que os SO’s, até certo ponto, trazem um pouco da paixão que se tem por um time de futebol. Mas isso não pode privar de informações relevantes quem ainda não tem um “time”. Kkkkk. Parabéns e abraços.

  • Fernando

    Obrigado pela resposta 🙂

    Mas diferente de futebol, que apesar de torcer por um time, nao morro de amores pelo mesmo. Tem uma regra que levo a risca que é: O meu time de futebol, a marca da minha roupa, ou do meu eletronico nao paga as minhas contas, de modo que, se hoje esta me satisfazendo no que preciso, continuarei usando/torcendo, caso contrário, compro um produto de outra marca/ou deixo de torcer…rs

    Tenho uma visao muito clara qto a isso e no meu comentario o que queria passar é que o mac é um bom pc, mas nao tem magica. Ele tem mais status do que propriamente qualidade superior aos concorrentes, principalmente aos notebook da Microsoft.

  • O Surface Pro 4 ou o SurfaceBook, ambos nas versões com i7 e 16 GB de memória, seriam opções para trabalho com fotos e creio até video 1080p60.

  • Sim, a biblioteca tem de ficar em disco externo com uma interface rápida. E tá de parabéns hein (devidamente seguido no Flickr).

  • Paulo Nunes

    Obrigado, César! Vi lá que me adicionou.

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.

O MacMagazine faz parte do grupo iMasters, mantido pelas seguintes empresas: