Depois de levar um Globo de Ouro e ser indicada para o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por seu papel em “Steve Jobs”, Kate Winslet ganhou agora mais um prêmio.

Conforme informou o Daily Mail Online, a atriz inglesa de 40 anos, que fez o papel de Joanna Hoffman (ex-chefona de marketing do Macintosh), ganhou o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante do Critics Circle Film Awards.

O filme também estava concorrendo a outros troféus (Michael Fassbender para Ator do Ano; Aaron Sorkin para Roteirista do Ano; Elliott Graham para Editor do Ano), mas nenhum deles conseguiu vencer. Fassbender também concorreu ao prêmio de Ator Irlandês do Ano, assim como Winslet também estava na disputa pelo de Atriz Britânica do Ano, mas eles também não levaram.

Em uma nota relacionada, não deixe de conferir a nossa crítica do filme. 😉

[via Cult of Mac]

  • Gustavo Jaccottet

    Não entendo o que se passa com a Academia de Hollywood, quais os seus critérios, enfim. O Aaron Sorkin merecia pelo menos a indicação para Melhor Roteiro Adaptado, o filme merecia a indicação a melhor filme. Tudo bem que os diretores indicados se saíram bem melhor que o Danny Boyle, especialmente o George Miller com Mad Max.

    Mas daí eu escuto comentário: Steve Jobs é um tema batido. Eu respondo: o nazismo também é, a pedofilia na Igreja Católica também (e Spotlight é o favorito ao Oscar). A forma de como o SJ foi abordado é genial. Me agradou e ainda me agrada.

  • Hades666

    Sem comentarios para a obra épica…….

  • Adrian Demoner Malta

    E ela vai ganhar o “Oscar” ainda… Pode apostar!

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.

O MacMagazine faz parte do grupo iMasters, mantido pelas seguintes empresas: