Código encontrado no iOS 9.3 beta corrobora rumores sobre o fim da saída para fones de ouvido no “iPhone 7”

Até agora, tudo o que tínhamos sobre o suposto fim da saída de 3,5mm para fones de ouvido no “iPhone 7” eram informações de múltiplas fontes. Agora, pela primeira vez temos algo mais “concreto”.

O mesmo hacker que há poucos dias descobriu que a Apple já está fazendo experimentos com a tecnologia Li-Fi encontrou em códigos da primeira versão beta do iOS 9.3 isto aqui:

Segundo ele, a referência é algum tipo de verificação que o sistema operacional poderá fazer para confirmar se o dispositivo em questão tem ou não a saída de 3,5mm.

Mesmo com tudo isso, vale lembrar que a “novidade” ainda não passa de um rumor — bastante polêmico, é verdade. É bem possível que a Apple esteja cogitando a questão, mas nada impede de ela descartar a ideia até o produto final e ninguém garante que isso irá acontecer já no “iPhone 7”. O tempo dirá.

[via iPhone in Canada Blog]

  • Raphael Pereira

    Vish…Agora ficou sério.

  • Vem ai o iPhone Paper!
    Acho que a Apple quer chegar nisso!

  • Vinícius Rocha

    uhum… descartar… a realidade é dura, mas ela está forçando a barra para perder usuários mesmo.

  • Ravagnani

    Os que criticam são os mesmos que criticam a Apple de não inovar, estamos em 2016, já passou da hora de aposentar a entrada de fone de ouvido, torço para que a Apple seja a pioneira! 😉

  • Gustavo Michels

    Apple já reinventou tantas coisas e não perdeu usuários, hoje é tudo bluetooth nada como remover o fone de ouvido e virar bluetooth =)

  • pois eh… povo quer o q? ficar parado no tempo? por favor neh.. nao há como negar q fones sem fio sao sim muito mais confortáveis de se utilizar, mas a galera prefere reclamar do q evoluir! e depois ainda reclamam q os iphones nao trouxeram novidades… vai entender!

  • Ubirajara Batalha

    Nos preços cobrados eu acho que já passou da hora de o fone de ouvido que vem na caixa do iPhone ser um bluetooth e pra ela nem sairia tão caro assim incluir um fone bluetooth na caixa do iPhone, mas ela está muito mesquinha! Cadê a qualidade do produto e experiência de uso que ela tanto frisava ser seu diferencial frente à concorrência?! pra quem está sempre ocupado sabe mt bem o quão bom é ter fones de ouvido bluetooth!

  • Marcelo Ferraz de Souza

    O único problema dessa inovação é o fato de a Apple querer cobrar US$ 100 em um fone lightning (ou R$ 800,00 aqui) e ainda mais caro por fones bluetooth…

  • Bruno Sousa

    Para mim, retirar ou não a saída de 3,5mm não faz a menor diferença.
    O que me incomoda é a razão para isso: deixar o iPhone mais fino.

    Ao invés de priorizar o Calcanhar de Aquiles do iPhone – a bateria – a Apple está se preocupando em deixar o iPhone mais fino.

    Parece que o sonho de termos iPhone com bateria descente está mais longe do que imaginávamos.

  • Vinícius Rocha

    Só se no mundo de vocês substituir fios será a revolução. É certo que fios ainda sejam uma forma meio antiga, mas ainda não foram substituídos 100%. Um fone bluetooth poderia ser não uma substituição, mas um adicional. Por que remover uma porta que é padrão desde 1878 (http://www.bbc.com/news/magazine-35253398)? Não é por motivos técnicos, de engenharia, que venham por melhorar a vida, no caso do USB Type-C, HDMI ou Lightning. É só mesmo para forçar os usuários a comprar adaptadores para os seus fones de ouvido.

    Ahh, mas vão colocar os fones de porta Lightning! Mas quem tem um fone tipo P2 terá que comprar o adaptador para lightning.

    Tenha paciência, mas mexer em questão fundamental é no mínimo fazer os usuários de bobo.

  • Vinícius Rocha

    É certo que fios ainda sejam uma forma meio antiga, mas ainda não foram substituídos 100%. Um fone bluetooth poderia ser não uma substituição, mas um adicional. Por que remover uma porta que é padrão desde 1878 (http://www.bbc.com/news/magazi… Não é por motivos técnicos, de engenharia, que venham por melhorar o nosso uso, como no caso do USB (não o Type-C), HDMI ou Lightning. É só mesmo para forçar os usuários a comprar adaptadores e mais adaptadores.

    Ahh, mas vão colocar os fones de porta Lightning! Mas quem tem um fone tipo P2 terá que comprar o adaptador para lightning.

    Tenha paciência, mas mexer em questão fundamental é no mínimo fazer os usuários de bobo.

  • Apple ama adaptadores.

  • paulobr

    É bem certo que o fone venha junto com o iPhone, como sempre foi.

  • Eu tenho um 5S… Pego um 6 e 6S na mão e não sinto a menor diferença!

    O que sinto de melhor no 6/6S é por causa do tamanho da tela, o que até facilita a digitar, mas da espessura do aparelho, acho isso uma cisma da Apple que não deverá levar em lugar nenhum, só numa bateria menor ainda, além da câmera saltada porque a carcaça não consegue acomodar as lentes adequadamente…

  • Maganeses

    Ou não. Poderá vir simplesmente um adaptador e um fone convencional.

  • Andar com celular + adaptador Lightning é sacanagem, rs…

    E diga-se de passagem, acha-se fones intra-auriculares de 40 reais com mais qualidade do que os bluetooth de 100 reais… Tenho um headphone bluetooth de 200 reais da Philips que tem uma qualidade sonora ainda aquém do meu igualmente Philips de 70 reais, rs…

  • Maganeses

    Qual a necessidade de um um celular tão fino? Não imagino que não haja outras prioridades pra eles: bateria, tela, acabamento, resistência, …

  • Maganeses

    1. Criar o celular mais fino possível.

    2. Criar uma capa de celular grossa e, esteticamente, feia.

  • Dian de Paula

    Mas será mesmo que o iPhone será mais ‘fino’?

    Pode ser que não tenha mais o conector P2, mas que tenha uma bateria maior ou até mesmo que seja mais ‘gordo’ que o atual iPhone 6…

  • Luciano Tallada Sato

    Muito tempo atrás eu achava que o Bluetooth iria morrer, afinal ele sempre foi “ruinzinho” estava lá mas não era eficiente. Mas não, ele evoluiu e hoje está “bem bão”, ando pela minha casa com meu Sony ZX750 e ele funciona muito bem a distância. Acho que é esse o futuro, mais um device para carregar na tomada.

  • Renato Miranda Gonçalves

    todo mundo ja viu o tamanho da entrada p2, e o quanto ela se extende para o interior. Comparando com o lightining da pra ver que o negocio é 3x maior, então imagina a limitação que isso deve estar pondo quando todo espaço dentro desses novos aparelhos é precioso. Eu vou sentir falta caso ele se vá, e vou precisar me adaptar, mas é uma evolução normal, é o próximo passo. A apple não pode parar e simplesmente se acomodar, deixar o iPhone um pouquinho mais gordo porque já tá bom o suficiente. Se ela fizer isso é melhor mesmo ela mudar de nome e passar a marca, que é sinônimo de inovação, para outra empresa que esteja disposta a evoluir. Não sejam acomodados, um exemplo está no carregamento sem fio, todos esperam ansiosos para o dia em que não será preciso carregar o iPhone por um fio, por que o mesmo não acontece com os fones de ouvido? Pessoalmente, eu já cansei de ter que comprar carregadores novos porque o fio quebrou, assim como cansei de comprar fone novo pelo mesmo motivo.

  • Luiz Fernando

    O John Ive ta muito soltinho na Apple ultimamente, alguém apaga o fogo dele pf. Cadê o presidente dessa empresa?!

  • Renato Miranda Gonçalves

    Se voce não sente a diferença talvez ela tenha feito um bom trabalho, não? Se a apple fez o iPhone 5s em uma certa espessura, é porque ela julgou ser boa, então no iPhone 6 ela tentou repetir, mas provavelmente, por ser maior, ele devia dar a sensação de ser mais grosso, então ela diminuiu a ponto que não se sinta a diferença. Não sei, mas é uma possibilidade, já que voce não sente a diferença.

  • Luiz Fernando

    E desde quando tirar a entrada P2 vai ser uma inovação? O objetivo geral será o mesmo, escutar música, só que ao invés de haver dois caminhos pra isso, haverá só 1. Daqui a pouco a Apple não vai permitir o formato MP3, pq a qualidade é ruim em relação ao M4a

  • Boa hipótese! Se tivessem mantido a mesma espessura numa tela maior, daria a impressão de ser muito “tijolão”, assim se diminui a espessura pra compensar (digamos, mantendo a mesma massa)…

  • Bruno Sousa

    Só acho o seguinte. A Apple precisa priorizar o principalmente problema do iPhone, a bateria.

    Chega de se preocupar com a espessura. Já está perfeito.

  • Luiz Fernando

    Se a Apple inventar de vender adaptador pra colocar os fones de fio na porta Lightning, ela vai ta fazendo o que fez com o macbook 12, tirar a porta usb convencional, e obrigar você a comprar um adaptador pra utilizar a porta usb que já vinha de graça no aparelho

  • Apple Loves Adapters! hahaha

  • Jayme Prado

    O ipod shuffle tem uma entrada P2 e é ridiculamente fino, duvido que o iPhone 7 seja mais fino que um shuffle atual. Essa retirada da entrada está mais pra empurrar um avanço tecnológico do que pela desculpa da espessura.

  • Luiz Fernando

    Se no Macbook 12 que é caríssimo não veio adaptador pra utilizar uma usb convencional, a Apple não vai perder a oportunidade de faturar milhões vendendo um adaptador pra sua menina de ouro que é o iPhone

  • Maganeses

    Particularmente, aposto que não virá fone bluetooth, tampouco virá adaptador. No máximo, virá os mesmos fones, talvez, remodelados ou com alguma melhora. O que Luiz disse é fato, se em Mac não vem, muito menos virá em iPhone. Apenas lamento essa limitação, pois, como passo trabalho com pouca entrada USB, passarei trabalho com fone (?). Qualquer um que entenda minimamente sabe que, hoje, nada supera cabo, então, prefiro qualidade. Além disso, o cabo do fone jamais incomodou alguém. Em relação à espessura do iPhone, já virou piada.

  • Jaide Murilo Ferreira da Silva

    Acredito que a Apple manterá a opção com fio,mas ao invés de usar a saída P de 3,5 mm, poderá usar a saída lightning, desta forma o som seria de qualidade digital, e evitaria a necessidade de uso exclusivo pelo Bluetooth. Além do mais o mesmo cabo poderia servir para carreguar o headset caso o mesmo tivesses opção wireless … E provavelmente irão vender adaptadores P2- Lightning para que possamos usar os fones antigos…

  • Vinícius Rocha

    Mas é o que ela vai fazer com a próxima geração do iPhone… Vão simplesmente abandonar para forçar o consumidor a comprar o adaptador dela, pois ela pode simplesmente bloquear adaptadores de terceiros.

  • Leonardo Negrisoli

    Outra coisa… eu gosto de usar um fone mais “vagabundinho” pra ir à academia, pois suo e isso acaba danificando o fone de certa forma….
    Aí eu compro um fone bluetooth, uso na academia e zoa todo o fone…

    Eu odeio pensar na ideia de ter que comprar um adaptador para FONE DE OUVIDO! Qual é a fuckin’ necessidade de remover isso agora? Deixar mais fino o cel? Que tal ficar na bateria um pouco?

    O que a Apple quer fazer é o mesmo que ela fez no MacBook… te tira uma entrada pra te forçar a andar com 1001 periféricos.
    Lamentável, na minha opinião.

  • Luiz Fernando

    Aham, ela vai fazer isso

  • Vinícius Rocha

    Espaço é o de menos. Conseguiram miniaturizar uma placa lógica de um MacBook no tamanho de um iPhone. Olha os circuitos do iPhone e me diga se ocupam muito espaço.
    Evolução é melhorar a qualidade, não forçar uma coisa diferente que faz a mesma coisa. Fones com lightining é o mesmo que ter um P2, ou seja, fio do mesmo jeito. Bluetooth já existe há anos, mas trocar um P2 pelo lightning é para forçar o consumidor a comprar um acessório a mais. Esse padrão do P2 já existe desde 1878.
    E fio quebrado é por pura falta de cuidado. Eu já percebi isso. Comprei um fone da Sony com estojo, onde sempre deixo ele guardado. Nunca deu nada. E olha que uso ele todos os dias.

    Existem conceitos que são fundamentais e mexer nisso vai dar problema. Os fanboys vão falar que é inovação, mas na realidade é pura obsolência programada.

  • Adriano Pacheco

    Pensemos: o que estamos pedindo a muito tempo? Carregamento sem fio
    O que falta? Espaço
    Quem sabe trocar o P2 por Lightning dará espaço sem ter de aumentar a espessura do iPhone. O espaço que este dispositivo deixará, poderemos ter o carregamento sem fio. Enquanto o Lightning será para fones e troca de dados.

  • que venha os fones Bluetooth… afinal é o futuro os fios sumirem, certo? Tomara que seja Lightning, pois não poderemos usar em outros aparelhos.

  • Fred Cintra

    Essa imagem, ao meu ver, não tem nada a ver com ter ou não a saída do fone, a string só diz se o fone tem ou não input (microfone ou controles) o som em si é output

  • Tiago Santos

    Tecnologia bluetooth, o que julgo ser uma excelente saída. Uso desta tecnologia no meu PS4 e acho extremamente vantajosa, sem perda de qualidade.

  • Fred Cintra

    A inovação vem na possibilidade de ter fones de alta qualidade que não é possível com a saída normal de fone

  • Tiago Santos

    Isso!

  • Renato Miranda Gonçalves

    Espaço não é de menos, é um dos maiores fatores que limitam, por que todos falam “deixa um pouquinho mais grosso”? Porque o pouco espaço que isso disponibiliza é suficiente pra ter um impacto grande. Os circuitos do iPhone são pequenos, agora, eles são pequenos e evoluíram porque não têm que seguir um molde, eles podem mudar qualquer aspecto da placa a qualquer momento. Então, se há tanta vantagem, se podemos substituir uma entrada que data de 1878, que é, sem dúvidas, um fator limitante e que não pode nunca evoluir e precisa seguir um molde, por uma tecnologia sem fio que ocupa um espaço tão pequeno que, por agora, é insignificante, porque ainda não foi feito? Achar que um padrão de 1878 é a melhor solução para 2016 é… impossível, não que voce tenha dito isso. Mas isso, convenientemente, funciona como obsolescência, mas nem de longe é puramente isso. Eu acredito que a intenção da Apple é que os consumidores utilizem bluetooth, e não adaptadores e manter vivo esse formato (os adaptadores servirão pra não inutilizar esse formato, até porque data de 1878 e quase tudo usa ele). Vai dar problemas, mas nada gigantesco, eu diria necessário mas evitável pois uma transição para bluetooth podia e devia ter sido de forma natural, com o p2 caindo no desuso, não inutilizado desta forma. Mas não aconteceu e chegou o dia em que ter um formato limitante está difícil de contornar e que o p2 cresce cada vez mais como um empecilho à evolução. Eu vejo mais como evolução como inovação, e acredito que outros também.

  • Renato Miranda Gonçalves

    alem de tornar fones necessariamente sem fio, sem fio! não é isso que queremos?

  • Jim Nadab

    Alguém tem ideia de com é feita essa “revista” no iOS?

  • César Krentzenstein Borman

    A única que vejo é tornar o aparelho super resistente/a prova d’água, já que o fone pode ser um grande problema. Mas concordo com vc, não acho que essa seja a prioridade da Apple, e sim deixar MAIS FINO ainda…

  • Adriano Pacheco

    Sim, exato! mas a maioria aí parece estar querendo uma outra alternativa.

  • Lucas Ramos

    Pega o Arquivo binário ipsw da versão do iOS que vc quer.
    Passa para caracteres em Hexadecimal;
    Nevega de 8 em 8 (a cada 8 se tem um endereço/registro diferente).
    Pega o valor nesse ponto e transfere para ASCII (texto).
    Vai lendo e vê se descobre algo interessante. (mas vai demorar)

  • Molinaro

    Jamais virá, mas vc poderá adquirir um por apenas 379,99 frete grátis e ficar cheio de adaptadores

  • Molinaro

    Não? Pra que serve o sinal óptico que tem nos Macs e idevices?

  • Jim Nadab

    Peguei o ipsw e “descompactei” com 7zip, ele criou uma pastas com vários arquivos. Alguns consigo ler com o bloco de notas, outros nem abrem. Pode indicar algum outro leitor?

  • Gustavo Gonçalves

    Se tirarem a entrada P2 e tirarem o fone da caixa, seria uma mancada das grandes. Ainda mais colocar um fone com entrada p2 e não ter uma entrada dessas no cel .-.
    Ou eles colocam um fone bluetooth novo
    Ou eles vão dar o adaptador junto com o fone antigo (acho)

  • Vinícius Rocha

    Não digo que um padrão antigo seja melhor, mas que, por ele estar tão presente em nossas vidas, qual a necessidade de trocá-lo, sabendo que muitos não irão seguir o mesmo padrão da Apple. Cara.. pensa na realidade. A Apple não é a única fabricante de eletrônicos do mundo, e não será ela quem vai impor determinada porta para fone de ouvido. Para isso existe a ISO, etc, que define esses padrões. A Apple está querendo ser exclusiva, mas para quem tem um iPhone 6S, 6, 5s, 5, 4s, 3GS, 3G e 2G e quiser trocar, isso não vai ser um impedimento, pois quem utiliza um Apple sabe a postura da empresa. Mas para o comum que quer ter o telefone, quando quiser plugar um outro fone, não poderá, pois a Apple, com a sua exclusividade, não permitirá. Não é à toa que muita gente prefere ter um telefone com Android que aceita praticamente tudo que se faz nele e não fique preso às amarras de uma empresa que quer ditar o que pode ou que não pode. Veja só o caso do processador… Ela teve que abandonar os PowerPC para colocar Intel, para poder rodar Windows, já que há demanda para isso. Mesmo que ela coloque, depois ela vai ter que fornecer alguma forma de conversão, pois vai exisitir a necessidade. Para uma pessoa comum, vai ser muito frustrante ela fazer essa modificação.

    É que nem os cabos VGA e HDMI.. O VGA passou a ser abandonado, gradativamente, mas ainda há a compatibilidade. Tem computadores novos que suportam VGA ainda, mas impor uma tecnologia em favor de ‘evolução’ (ou melhor dizendo, de impor uma obsolência programada), não vale a pena não.

  • OverlordBR

    Sinceramente: se isto é inovação, prefiro ficar sem ela!

    Inovação útil seria uma bateria com tecnologia diferenciada…

    Isto aí é só uma firula da Apple.

  • Andre Chuma

    O problema ao meu ver é que nao vejo isso como uma inovação, tá, legal, vai reduzir o espaço, mas… pra que ? pra ficar mais fino ? vai melhorar a qualidade do som? vai trazer mudanças significativas ? não ! Vai fazer com que fiquemos limitados ao formatado dela ( Apple ) e ainda por cima nem tera como carregar o celular e ouvir musica ao mesmo tempo… n vejo isso como evolução

  • Ravagnani

    Boa discussão, até eu fiquei na dúvida agora, vamos olhar em outra hipótese então.

    Se o novo iPhone vier sem entrada para fone de ouvido, na caixa vem o fone Bluetooth sem nenhum fio, ele vem mais fino, com a mesma autonomia de bateria e à prova de água e poeira.

    Ai sim seria uma inovação na opinião de vocês?

  • OverlordBR

    Eu acredito que a intenção da Apple é que os consumidores utilizem bluetooth,

    Utilizar bluetooth sem uma boa melhora na bateria é uma decisão, na minha humilde opinião, estúpida.

    Quer dizer então que vou ter que gastar mais bateria para ouvir música por causa da porcaria de fone bluetooth ao invés de utilizar o P2 só porque o P2 é um padrão velho?

    Isto não tem a menor lógica!

  • Halan Prado Dos Santos

    O problema é o uso dessa tecnologia constantemente sem melhorias na bateria. Se essa retirada da entrada P2 for com a intenção que imagino (deixar o iphone mais fino), duvido muito que venham melhorias significantes para a bateria.

  • Renato Miranda Gonçalves

    o que voce disse realmente não faz sentido, to com vc nessa

  • Fred Cintra

    Você conhece algum fone de ouvido com sinal óptico? Eu não conheço.

  • Luiz Fernando

    Pois é, retirar a entrada P2 vai ser uma atitude muito rebelde da Apple, algo que ta no sangue dela e nós usuários sabemos disso, entretanto vai contra a filosofia que ela está tendo nessa geração 6 e 6s de iPhones, que foi praticamente pra atrair os usuários androids, e ela se orgulha de mostrar as porcentagens, mas eu não acho que os usuários androids vão ser fiéis a ela caso retire a entrada P2, eles são muito chatos e gostam de opções e não limitações

  • Lucas Ramos

    Notepad++
    Mas para ser sincero nunca fiz esse procedimento. Talvez consigam te orientar melhor lá no Fórum.

  • Luiz Fernando

    Só sei de uma coisa, se a Apple retirar a entrada P2, o plano dela de atrair os usuários do android vai por água abaixo

  • Molinaro

    Seria revolucionário não???

  • cesar 1989

    espero q nao se confirme, apple tem q parar com essa palhaçada, mexa com tudo menos com musica…escutar musica no iphone tem que ser um processo simples, onde a gwnte compra qualquer fone e enfia no buraco , pronto acabou. para amiga.

  • Eu não gosto de fios. Curtiria se a solução viesse junto ao iPhone e que não fosse necessário recarregar o fone todos os dias. Caso não seja algo parecido, ainda prefiro que invistam numa bateria melhor.

  • João

    Eu acho q o SIMcard cai tb!

  • Bruno Ciro do Nascimento

    Oi? Não é possível ter fones de alta qualidade com a saída normal? Não concordo com isso. Meu fone de ouvido também não concorda com isso.

  • Bruno Ciro do Nascimento

    Bluetooth com certeza gastará mais. Tenho fone bluetooth e fone comum, e utilizando o bluetooth o consumo de energia sempre é maior

  • Bruno Ciro do Nascimento

    Não. Não tem necessidade fazer um celular mais fino.
    Fora que aqui no Brasil, quando o fone quebrasse… seria no mínimo 300-500 contos pra comprar um fone bluetooth de qualidade.

  • Fred Cintra

    Seu fone de ouvido não suporta 24 bits de áudio

  • Fred Cintra

    Seria se não fosse impraticável, o cabo óptico é sensível demais pra ser usado em fones de ouvido

  • Fred Cintra

    Com certeza vai melhorar a qualidade do som entre outras melhorias como a possibilidade de um fone com redução de ruído sem precisar de pilha ou bateria pois a porta Lightning pode enviar energia, ou então um fone e ouvido com DAC próprio embutido para melhorar a qualidade sonora

  • Quem tem que suportar 24 bits é o DAC do aparelho. Não sei sobre o dos iPhones, mas no meu Mac eu consigo reproduzir áudio de 24 bits com sample rate de até 96.000Hz. Mais que isso gera downsample. Esse argumento de que a saída tradicional de fone de ouvido não suporta alta qualidade é totalmente infundado. Usar uma saída digital (seja a porta Lightning ou outra) simplesmente ignoraria o DAC interno do iPhone e teria que haver um no fone (ou no adaptador para fones comuns).

  • Acho que fones com DAC embutidos seriam um tiro no pé. Melhor deixar no iPhone mesmo. Existem muitos fones maravilhosos no mercado. Pra quem fizer questão de uma qualidade superior, dá pra usar um DAC externo.

  • Bluetooth tem perda de qualidade de áudio sim.

  • Bruno Sousa

    Se for assim será ótimo!

  • Rooney

    Acredito que esse problema ocorria nos iPhones mais antigos. Hoje possuo um iPhone 6 e 6s e com a inteligência do sistema, consigo usar a bateria de ambos por até 1,5 dias tranquilamente.

    Mas a Apple pode realmente remover a saída do fone, temos o exemplo do MacBook.

  • Bruno Ciro do Nascimento

    Assim como disse o amigo abaixo… suportar ou não suportar 24 bits não cabe ao fone, e sim ao aparelho. Tenho um ótimo fone, que tenho certeza que consegue reproduzir com fidelidade as músicas que escuto. Não posso dizer que é o melhor dos melhores, pq vivemos nesse brasilzão em que tudo é caro… Mas o fone é excelente.

    PS: Meu celular reproduz arquivos de áudio com 24 bits. :]

  • Bruno Gouveia

    Pra que tirar uma entrada tão universal quanto essa? De que melhora, a não ser frustar e decepcionar os consumidores? Será que precisamos de um iPhone tão fino?

  • Gustavo

    Até porque aqueles fones são muito bons… Fone bluetooth é muito caro

  • Henrique Accioly

    E quem usa fones decentes (Audio Technica, AKG, etc), ja era, né..

  • Henrique Accioly

    Essa é a minha esperança..

  • Henrique Accioly

    Inovar para pior? Dispenso, obrigado. A porta de audio analógica ainda viverá muito tempo no resto do mundo..

  • Vinícius Rocha

    Pode esperando sentado esse adaptador para P2…

  • Lin RS

    Nao concordo com voce sobre fio, se não incomodasse não existiria os microfones sem fio, eu uso um Beats sem fio e a sensação de liberdade para prática de atividades é incomparável.

  • Lin RS

    Se vc pesquisar verá que a saida lighting abrirá caminho para audio de alta fidelidade que a saída P2 não consegue atingir.

  • Lin RS

    Perfeito!

  • Maganeses

    São fios que amarram tuas mãos para, quando não usarem, não te sentires “livre? Tsc tsc

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.

O MacMagazine faz parte do grupo iMasters, mantido pelas seguintes empresas: