Quanto o Google paga para a Apple a fim de ser o buscador oficial do Safari em iPads, iPhones e iPods touch? Nós já discutimos bastante o assunto aqui no site, com o número pulando de US$100 milhões em 2010 para US$1 bilhão em 2012/2013. Esses valores não passavam de suposições, afinal, as empresas nunca falaram publicamente sobre esse acordo. Agora, porém, por conta de um processo entre Google e Oracle1, esse número foi revelado — conforme informou a Bloomberg.

De acordo com informações divulgadas por Annette Hurst (advogada da Oracle), o valor pago pelo Google à Apple em 2014 foi mesmo de US$1 bilhão. As empresas têm um acordo no qual o Google repassa à Apple uma porcentagem da receita gerada pelas buscas no Safari do iOS. Ainda segundo a advogada, essa porcentagem é de 34% (ainda que não esteja claro se o Google paga 34% ou mantém essa porcentagem para ele, repassando 66% para a Maçã).

Robert Van Nest (advogado do Google) não gostou nada de Hurst ter divulgado esses números e pediu ao juiz responsável pelo caso que bloqueasse essa informação da transcrição que fica disponível para o grande público (pedido este negado). O Google, então, pediu para o juiz William Alsup selar e redigir a transcrição, afirmando que a divulgação das informações pode afetar bastante a capacidade da empresa de negociar acordos semelhantes com outras companhias. Até mesmo a Apple entrou na jogada — em um pedido separado —, dando mais peso à solicitação do Google.

“Os termos financeiros específicos do acordo entre Google e Apple são altamente sensíveis a ambas as empresas. Tanto a Apple quanto o Google sempre trataram esta informação de forma extremamente confidencial”, disse o Google em seu pedido. A transcrição então desapareceu sem deixar vestígios, sem nenhuma indicação da decisão do tribunal sobre o pedido do Google e da Apple selá-lo.

Hurst também divulgou outro dado importante que mostra bem a diferença entre a estratégia comercial da Apple e a do Google. Segundo a advogada da Oracle, o Android gerou até hoje (desde o seu lançamento) uma receita de US$31 bilhões e um lucro de US$22 bilhões — outra informação que o Google também disse que não deveria ser publicada, conforme disse a Bloomberg.

Enquanto o Google faturou US$31 bilhões com o Android (durante toda a vida do sistema operacional), apenas no trimestre fiscal passado a Apple gerou US$32,4 bilhões com vendas de iPhones. Sim, um único trimestre da Apple foi suficiente para bater mais de 7 anos de história do Android. 😱

Como eu disse, são estratégias bem diferentes: enquanto a Apple faz o seu próprio sistema operacional para impulsionar as vendas de hardwares, o Google ganha apenas com a sua parte do Google Play (loja de aplicativos) e com os anúncios veiculados no seu sistema operacional — a tarefa de rentabilizar em cima de aparelhos fica por conta das parceiras como Samsung, LG, HTC, Sony, etc.

Mas voltando aos números, por mais que o Google — e a Apple — queira esconder as informações, a internet está aí e o estrago está feito. Afinal, todos agora já estão “por dentro”.

[via The Verge, 9to5Mac]

Notas de rodapé

  1. A Oracle alega que o Google utiliza o Java (software que pertence à Oracle) para desenvolver o Android e que não paga por isso. Por conta disso, abriu um processo contra a gigante de buscas em 2010 que se arrasta até hoje.
  • Agora imagina só o quanto que ele vai ter que pagar se quiser a integração com a Siri…

  • hecnpo

    Foi a primeira coisa que pensei… a Siri ainda usa o péssimo Bing.

  • Gerson

    Você acha péssimo o Bing?

  • Wanderley Gigante

    Eu acho. N gosto do buscador n é nem por birra. Acho q o Google elevou muito o patamar dos buscadores. O Google nesse aspecto é muito mais completo.

  • Gerson

    Entendo.

  • Fabio Santos

    Péssimo é pouco o bing é ridiculamente tudo de ruim que existe

  • Gerson

    Entendo. Mas então as buscas na Siri não lhe agradam?

  • Marlon Fuhlendorf

    Pra mim o bing na siri me satisfaz. Nada q eu pergunto volta sem resposta…nem que seja uma pagina na web com os sites q eu preciso.

  • hecnpo

    Isso quando ela entende a pergunta. Muitas vezes ela simplesmente abre uma busca no Bing (ngm merece) pq não entendeu a pergunta.

  • Matheus Siqueira Moreno

    Se a Siri utilizasse dados do Google, os serviços como pesquisa de filmes, web, aquelas mordomias que os americanos tem, funcionaria aqui no Brasil. Estou na torcida para isso acontecer.

  • Anderson Siqueira

    E eu, ganho oq tendo que usar o Google?

  • hecnpo

    ganha o melhor buscador

  • Lucas Ramos

    Juiz filho da mãe.
    Qual a necessidade de liberar esses dados?
    O Google trabalha vendendo informações e esse juiz fdp acabou de liberar duas informações mega valiosas da empresa.
    Até a Apple entendeu isso e entrou no meio. Mas como eu disse, foi idiotice do juiz.

  • Leonardo Vieira

    Alguém tem informação de quanto tempo é esse contrato?

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.

O MacMagazine faz parte do grupo iMasters, mantido pelas seguintes empresas: