Adivinhe qual smartphone o chefão do Windows Phone utiliza fora da Microsoft! [atualizado]


Isso já aconteceu dezenas de vezes com artistas/atletas patrocinados pela Samsung — que não necessariamente utilizam o aparelho da sul-coreana no dia-a-dia. Mas com um executivo desse nível da Microsoft, acho que é a primeira vez.

Joe Belfiore, chefão do Windows (para smartphones, tablets e PCs), tweetou o seguinte:

Ei, estranhos! Hoje em Kyoto nós tropeçamos em um santuário de cabelo!
Paguei meus respeitos, pensando em todos vocês!

A mensagem em si não tem nada demais. Porém, alguns clientes como o Tweetbot mostram o app/aparelho utilizado pela pessoa.

Tweet - Joe Belfiore

E a internet não perdoa…

Twitter para iPhone, hein!?

Obviamente, depois do tweet, muitos seguidores de Belfiore o questionaram sobre isso.

Vlad Savov (editor do The Verge) “comprou a briga”, dizendo que seria estranho se Belfiore não estivesse usando um iPhone, afinal o executivo está tirando um ano sabático e se utilizasse um aparelho com Windows Phone durante o período, seria como se ainda estivesse trabalhando.

Ok, Savov. Você tentou. 😝 Eu só queria ver o que aconteceria se Steve Ballmer ainda fosse o CEO da Microsoft. Afinal, como sabemos, ele não engolia bem a ideia de um empregado usar o telefone da concorrência.

Mas é isso aí. A própria Microsoft deixa claro o quanto gosta/investe no iPhone ao levar para a plataforma iOS a Cortana (sua assistente virtual) e o teclado virtual do Windows Phone.

Se empregados da Microsoft já utilizavam o iPhone antes dessa investida da empresa, imagine agora… 😜

Atualização · 29/01/2016 às 15:43

O próprio Belfiore resolveu acabar com a polêmica ao comentar no post do The Verge. Eis a nossa tradução livre:

Joe aqui — eu queria comentar pois acho que é útil para quem trabalha com tecnologia… ou aspira trabalhar em tecnologia… a pensar sobre os trade-offs [trocas] envolvidos no que de alguma forma aparece como uma decisão “dramática”! Eu suspeito que a maioria significativa de vocês ficará do meu lado nessa questão…

Meu trabalho nos últimos anos tem sido: 1. fazer a curadoria da experiência do Windows em PCs (incluindo tablets); e 2. fazer a curadoria da experiência do Windows Phones. Em ambas, é muito importante para mim entender produtos como iPhones e Androids, que são muito utilizados por usuários de PCs ao redor do mundo e que representam a competição para o Windows Phone. Os consumidores e usuários corporativos esperam que os seus PCs e telefones trabalhem sem problemas — então, para satisfazer os nossos clientes, temos que considerar os dispositivos os quais eles utilizam, bem como os dispositivos que nós gostaríamos que eles utilizassem.

Nesses nove meses de ausência, eu tenho uma oportunidade enorme e inusitada de conhecer esses produtos profundamente. Para entender as vantagens e as desvantagens de um ecossistema completo, como o Windows, o Android e o iOS, você tem que viver nele. Você tem que sentir os seus pontos fortes e fracos, ser decepcionado, ter prazer. E você não pode fazer isso apenas “brincando” com um dispositivo por alguns dias. Você tem que aprender a interface do usuário, fazer upload das suas fotos, usar aplicativos e ferramentas multiplataformas… tudo isso.

Quando estamos desenvolvendo uma versão do Windows, nós temos que usá-lo o tempo todo, em todos os dispositivos, a fim de encontrar os erros, fazer iterações de design. Não há realmente nenhuma escolha ou então não conseguiremos construir o Windows tão bem como deveríamos. Existem muitas pessoas talentosas de licença que fazem isso todos os dias, o que me dá a possibilidade de passar a me aprofundar em outros dispositivos, usando o Windows de forma muito parecida como você, Insider, fazer, sem o pleno conhecimento do que está acontecendo “por trás da cortina”.

Além disso, há muito trabalho acontecendo na Microsoft para integrar PCs com Windows ao iOS e a dispositivos Android — como levar a Cortana para esses telefones para que o seu assistente inteligente possa ajudá-lo onde quer que você esteja. Quero experimentar e compreender todo esse trabalho profundamente, também.

Então… eu acho que Vlad tem razão quando diz que “é OK”. (Obrigado, Vlad.) Mas eu iria mais longe e digo que seria loucura não fazer isso! Na verdade, quando eu postei no Facebook que eu estava tirando uma licença, eu falei explicitamente que faria isso… e (o terror dos terrores) eu segui o plano, investindo muito tempo usando Google Maps, Spotify, Periscope, um MacBook, um telefone Nexus, etc. E… na Microsoft de hoje, esta atitude prática com foco no cliente é bem celebrada e apoiada. (e… aliás… eu amo o meu Surface Book!)

Isso é tudo. Vou voltar a dedicar tempo à minha família, bem, pensar sobre o (obviamente-ainda-motivo-de-chacota) que eu poderia fazer agora com o meu cabelo…

É claro que ele tem razão. Mas vamos analisar algumas coisas por um minuto. Alguém aqui acha que os executivos da Apple não testam/usam aparelhos e sistemas da concorrência para ver e conhecer o terreno do vizinho? Alguém acha que o Google não faz a mesma coisa? É claro que sim!

Isso é algo muito normal quando estamos abordando desenvolvimento, criação, etc. Na Microsoft não seria diferente, ainda mais agora, sob o comando de Satya Nadella (estamos diante de uma Microsoft muito mais focada em serviços do que em hardware em si, ainda que a empresa esteja lançando vários produtos interessantes).

O “problema” (se é que podemos falar assim) é quando isso se torna público. Você não vê o Craig Federighi twittando por aí de um Android. E nunca verá. Isso não quer dizer que ele não teste exaustivamente aparelhos Galaxy ou Nexus para ver seus defeitos/qualidades.

Rebatendo alguns comentários aqui, sim, eu acho esquisito um executivo da Nike usar um tênis da Adidas; um da Fiat ter um carro da Renault; ou um da Coca-cola ter a geladeira de casa cheia de Pepsi. Simplesmente não condiz com o que ele faz (ao menos não quando estamos falando de executivos com cargos importantes, com visibilidade “pública”).

De novo: do ponto de vista técnico, isso faz todo sentido. Mas não precisa ser “escancarado”.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: