Em breve, no WhatsApp: compartilhamento de músicas, grupos públicos, menções e emojis maiores


Acho que está na hora de nos acostumarmos com os tempos em que o WhatsApp vivia nas trevas do desenvolvimento, sempre anos atrasado em recursos com relação aos concorrentes. O WhatsApp da era de aquário já está entre nós, meus amigos, e ele tem sede de se mostrar bom em todos os quesitos, como um forte concorrente na cada vez mais disputada luta dos mensageiros instantâneos.

Prova disso são as informações mais recentes obtidas pelo blog alemão Macerkopf. Algumas screenshots divulgadas pelo site e pelo Twitter especializado @WABetaInfo, provenientes de versões de desenvolvimento das próximas versões do app, dão sinais de novos e interessantes recursos que podem estar a caminho.

Futuro recurso de enviar músicas pelo WhatsApp

O primeiro deles é a possibilidade de compartilhar músicas com seus contatos. Pelas imagens publicadas, será possível compartilhar qualquer canção salva localmente no aparelho, bem como as milhões delas disponíveis no Apple Music. A música é tocada diretamente na conversa, num mini-player — algo bem parecido com o que o iMessage fará a partir do iOS 10; só não me perguntem como o Facebook fez (ou fará) isso considerando as pilhas de restrições que a Apple impõe sobre o seu serviço de músicas.

Além disso, os famigerados grupos passarão a ser bem mais poderosos. Já noticiamos aqui que em breve poderão ser gerados links para convidar novos membros com maior facilidade, mas com essa nova leva de vazamentos, descobrimos também que o WhatsApp passará a ter grupos públicos na pegada do Viber — neles apenas membros específicos podem falar, enquanto um número ilimitado de meros mortais apenas acompanha a discussão.

E tem mais: aparentemente, o aplicativo incorporará também as menções, já tão utilizadas nos concorrentes. Basta digitar @ e os primeiros caracteres da pessoa em questão, e o app dará sugestões para auto-completar o serviço.

Mais algumas novidades que podem chegar ao WhatsApp em breve incluem um visualizador de GIFs inteligente que, inclusive, detecta e extrai automaticamente o GIF de um link da internet, convertendo e exibindo a animação inline na conversa, em formato MP4. Muito bom! E, por fim, a grande e milagrosa novidade (também inspirada no iMessage, diga-se) que todos estavam esperando e vão glorificar de pé: emojis maiores! Sim, agora todas as figurinhas irão num tamanho três vezes maior quando enviadas sem texto, como já acontece com o famigerado coração vermelho.

Claro que, considerando que estamos falando de versões de teste, pode ser que estes recursos demorem bastante a chegar à versão para consumidores do WhatsApp — ou até mesmo mudem de ideia no meio do caminho e cortem a onda de todo mundo. Ainda assim, é um sinal bastante claro do despertar do pessoal do Facebook quanto ao seu mensageiro onipresente em países como nossa singela república. Vamos lá, WhatsApp, quero meus emojis gigantes para ontem!

[via Cult of Mac]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: