Usuários continuam reclamando de oxidação no iPhone 6s; empresa não está mais trocando aparelhos


Há alguns dias, noticiamos que alguns usuários de iPhones 6s estão passando por uma dor de cabeça daquelas: a pintura de seus aparelhos, sem mais nem menos, começa a descascar/oxidar. Nós entramos em contato com a Apple Brasil e, até o momento, tudo o que sabemos é que o problema está sendo apurado internamente. Entretanto, recebemos algumas informações nada animadoras de diferentes fontes.

Uma delas — que preferiu se manter em anonimato — disse trabalhar no suporte da empresa (AppleCare) e nos informou que, durante alguns meses, todos esses casos que chegavam eram devidamente encaminhados para o suporte sênior. Ao “subir de nível” na escala de atendimento, era então gerada uma exceção para que o aparelho pudesse ser substituído sem custos. Hoje, contudo, isso não ocorre mais. A resposta final da empresa é de que se trata mesmo de um “dano cosmético”, que não afeta o uso do dispositivo.

Resultado? Caso o cliente queira, o “reparo” (não existe reparo para o caso, e sim a substituição do aparelho) é pago. Desde o começo de junho, nenhum caso relacionado a pintura descascando/oxidação teve uma exceção aberta e *todos* foram tratados como fora de garantia.

Já o leitor Victor Selymes disse que conversou com cinco atendentes nos últimos dias e que todos alegaram a mesma coisa: uma investigação sobre o assunto já foi feita e a conclusão da empresa é que seria um dano cosmético, que não altera a usabilidade do aparelho.

O setor de engenharia não aceita mais esses aparelhos, ou seja, não estamos mais realizando nenhuma troca.

Pelo visto a Apple já chegou a uma conclusão — a meu ver, errada. Eu não estou sofrendo com este problema; na verdade, ninguém da equipe do MacMagazine está. No meu circulo de amigos/familiares também não me recordo de ninguém que tenha relatado isso. Todavia, não quer dizer que ele não existe. Quer dizer, sim, que não é generalizado.

Imagens compartilhadas por leitores do MacMagazine; clique/toque para ampliá-las.

Ainda assim, é impossível olhar para as imagens acima e achar que isso é um problema causado pelo usuário. Eu concordo com a Apple quando ela diz se tratar de um dano cosmético. É, de fato, algo que danifica o visual do aparelho e não influencia em nada as capacidades do dispositivo. Agora, isso não dá a ela o direito de negar assistência pois claramente estamos falando de algo que não foi causado pelo usuário.

A não ser que a pessoa tenha pego uma faca/lixa e tenha feito isso de propósito, eu não consigo imaginar uma única situação em que o aparelho chegue a esse estágio, em tão pouco tempo de vida, “por culpa do usuário”. Entendo a Apple não abrir um programa de substituição (o famoso recall) para o iPhone 6s já que, como disse, não é um problema que afeta a todos. Mas deveria, sim, existir um direcionamento no suporte da empresa para que todos esses aparelhos fossem trocados sem custo — inclusive independentemente de estarem ou não dentro da garantia! Até mesmo alguns iPhones 6s que estão expostos em lojas apresentam o problema, o que tornaria ainda mais fácil para a Apple reconhecer não se tratar de algo proposital.

Como dissemos acima, a empresa ainda não deu uma declaração oficial sobre o assunto. Mesmo que uma decisão interna já tenha sido tomada e não comunicada, eu espero que tudo seja revisto e que o bom senso prevaleça. Estamos falando de um smartphone topo-de-linha, de última geração.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: