Apple está testando deixar produtos sem travas de segurança em suas lojas

CNET

Imagem de destaque


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
17/10/2016 às 11:44

Quem já brincou com um iPhone ou iPad numa loja da Apple deve ter notado que eles têm uma trava de segurança colada na sua parte traseira, e isso é padrão da empresa em qualquer país (antes que o complexo de vira-lata acorde e achem que é só aqui no Brasil).

Mas a Maçã já está realizando, em algumas lojas, um programa-piloto que busca eliminar essas travas. Eu notei isso durante o MM Tour V, na semana passada, tanto na Apple Union Square (em San Francisco) quanto na Apple Stanford (em Palo Alto). Nesta última, conversei com um empregado da loja para entender o porquê de apenas algumas lojas não contarem com as travas.

O empregado me explicou que a mudança ainda está em fase de testes, em poucas lojas, e aplica novas camadas de segurança nos produtos em vez da trava física. Caso alguém tente furtar um iPhone/iPad desprotegido, assim que o device sai da loja ele já é totalmente travado com uma mensagem de orientação para que seja devolvido. Caso a pessoa insista em continuar se afastando do local, o aparelho começa a emitir um som de alerta bastante alto e ininterrupto.

A mais nova loja a adotar o novo sistema — segundo contou a CNET — foi a Apple Regent Street (em Londres, no Reino Unido), que foi totalmente reformada e reinaugurada no último sábado. O MacRumors também adiciona que a Apple Yorkdale, em Toronto (Canadá), é outra que está participando dessa fase experimental.

A mudança certamente contribuirá para que visitantes das lojas tenham experiências com os produtos em exposição mais de acordo com as que teriam no dia-a-dia, sem um fio segurando-o e/ou fazendo peso pela parte de trás. No caso de iPhones, isso também permite por exemplo que a pessoa teste o smartphone com a case da sua preferência.

Fica aqui a torcida para o projeto vingar e logo ser aplicado a todas as quase 500 lojas da Maçã pelo mundo, inclusive no nosso país.

Posts relacionados
Comentários

Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: