Apple está testando deixar produtos sem travas de segurança em suas lojas

CNET

Imagem de destaque


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
17/10/2016 às 11:44

Quem já brincou com um iPhone ou iPad numa loja da Apple deve ter notado que eles têm uma trava de segurança colada na sua parte traseira, e isso é padrão da empresa em qualquer país (antes que o complexo de vira-lata acorde e achem que é só aqui no Brasil).

Mas a Maçã já está realizando, em algumas lojas, um programa-piloto que busca eliminar essas travas. Eu notei isso durante o MM Tour V, na semana passada, tanto na Apple Union Square (em San Francisco) quanto na Apple Stanford (em Palo Alto). Nesta última, conversei com um empregado da loja para entender o porquê de apenas algumas lojas não contarem com as travas.

O empregado me explicou que a mudança ainda está em fase de testes, em poucas lojas, e aplica novas camadas de segurança nos produtos em vez da trava física. Caso alguém tente furtar um iPhone/iPad desprotegido, assim que o device sai da loja ele já é totalmente travado com uma mensagem de orientação para que seja devolvido. Caso a pessoa insista em continuar se afastando do local, o aparelho começa a emitir um som de alerta bastante alto e ininterrupto.

A mais nova loja a adotar o novo sistema — segundo contou a CNET — foi a Apple Regent Street (em Londres, no Reino Unido), que foi totalmente reformada e reinaugurada no último sábado. O MacRumors também adiciona que a Apple Yorkdale, em Toronto (Canadá), é outra que está participando dessa fase experimental.

A mudança certamente contribuirá para que visitantes das lojas tenham experiências com os produtos em exposição mais de acordo com as que teriam no dia-a-dia, sem um fio segurando-o e/ou fazendo peso pela parte de trás. No caso de iPhones, isso também permite por exemplo que a pessoa teste o smartphone com a case da sua preferência.

Fica aqui a torcida para o projeto vingar e logo ser aplicado a todas as quase 500 lojas da Maçã pelo mundo, inclusive no nosso país.

Posts relacionados
Comentários
  • No Brasil uma pessoa muito inteligente vai desenvolver um aparelho para bloquear esse sinal e roubar os iPhones. Amo meu país, mas não duvido nessa nossa “genialidade”.

  • só imagino isso aqui no Brasil… O que daria de iPhone tocando sozinho dentro das lixeiras nos shoppings que tem AppleStore kkkkk

  • Paulo Fonseca

    Já podem usar isso como uma função de segurança e, por exemplo, parear com um Watch, caso eles se afastem emitem o mesmo sinal e, mais importante, não seja permitido desligar o aparelho.

  • Hades666

    Garanto que não é com o Brasil que eles tem que se preocupar, além de um bando de ladrões eles tem loucos com metralhadoras e outros…. esqueceu?!

  • Hades666

    Parabéns….lojas devem oferecer condições melhores para que clientes testem seus produtos.

  • Pedro Ivo

    [OFF] O Disqus no app da MM não está carregando e dando uma mensagem, o que devo fazer?? https://uploads.disquscdn.com/images/541891653c241af4fb9a2d9f1181607e825433c3927e3e024b92dadbcd5a2ebd.png

  • sim o pior são aqueles que tão amarrados com cinta plástica

  • Tarso Müller

    Apenas acho que no Brasil continuará com as travas de segurança..

  • Patrick Dill

    E esses loucos com metralhadoras vão numa Apple Store estourar iPhones e Macs?

  • Rodrigo Siqueira

    Penso ná prática, pessoas pegando os aparelhos para testar com capas, fones de ouvido e passeando com o aparelho pela loja. Outra pessoa chega para ver o aparelho e não tem nenhum disponível, seria até mesmo difícil para os funcionários da loja ficar procurando quem está usando o iPhone no momento.

  • Rony Costa

    Também acho que no Brasil continuará com travas, pois aqui aqui as peças são utilizadas no mercado negro então mesmo inoperante o produto ainda tem valor comercial

  • Leonardo Rocha

    Alguém do MM Tour V conseguiu adquirir iPhone 7 Plus de 128Gb? Se sim de qual operadora ? Foi exigido alguma comprovação de conta ativa ?

  • Hades666

    Pelo país em questão…todo dia implodem um edifício, entram em boates, escolas, ônibus de turistas metralhando todo mundo, acho bem provável 😉

  • Hades666

    Pois é…..

  • Patrick Dill

    Bom, nesses países esses indivíduos tem uma peculiaridade, entrar em espaços super lotados para matar o máximo de pessoas possíveis, não destruir o máximo de iPhones possíveis.

  • César Krentzenstein Borman

    Na loja não pedem comprovação, tanto AT&T quanto T-Mobile, pelo menos.

  • Victor Hugo

    Continuará e melhor que seja assim KKKKKKKKK

  • Cristian Kleuser

    Ou trava só nas portas da loja. Enquanto o consumidor avalia os dispositivos sem trava, a loja fica trancada pra ninguém sair sem querer ahahahhahaaha

  • Leonardo Rocha

    Valeu demais César, muito Obrigado

  • Carlos Dasmer

    Aqui no Brasil, o aparelho vai explodir e manchar de tinta vermelha quem tentar levar escondido na roupa hehehe – Brincadeira

  • Felipe Campos

    Rolezinho vai ser intenso daqui pra frente

  • Cássio Teixeira

    Olha ai o complexo acordado kkkk

  • Emmanuel Kalispera

    Bem notado!

  • Emmanuel Kalispera

    Mesmo apitando?

  • Rony Costa

    Ue, basta desligar e desmontar. Qual a dificuldade nisso?

  • Diogo Amaral

    Na loja do Rio as Apple Pencil nunca tiveram travas, nem o controle da Apple TV.

  • Diogo Amaral

    Só na França

  • Tarso Müller

    Sim, tenho conhecimento disso.

  • Diogo Amaral

    Ligar para o suporte ou pedir ajuda pelo twitter @rfischmann hehehe

  • Diogo Amaral

    Ah então era só uma graça né… hahaha

  • Fico pensando nas lojas abarrotadas de pessoas se vai ser tão fácil verificar a ocorrência…

  • vicegag

    Aqui eles tirarão as travas…., mas colocarão portas giratórias com detectores de iproducts não pagos.
    Só para os esquecidinhos.

  • Tarso Müller

    Mas isso é fato, né meu querido!? rs

  • Rogergalli

    Complexo acordado e gritando alto !

  • Se bloquear o sinal ele começa a apitar de dentro da loja mesmo, o certo seria imitar o sinal pra que o telefone pense que está dentro da loja, não?
    Sem contar que não vai poder ser utilizado, já que a Apple sabe bem o telefone que foi roubado pelo serial e rastrearia ele. Mas mesmo assim, usar o telefone 100% do tempo com um imitador de sinal seria chato né não?

  • Rodrigo Freijanes

    Não entendo porque as fabricantes não se importam com isso.
    Com jailbreak é possível ao menos evitar que alguém desligue o 4G para ajudar nas buscas do iPhone, mas se o cara retirar o SIM card já era.
    Queria que por padrão fosse obrigado a confirmar com o Touch ID pra mudar qualquer coisa referente à conexões na central de controle e que, para ejetar a bandeja de SIM, fosse necessário entrar nas configurações de sistema e fazer o mesmo.

  • Rodrigo Freijanes

    Pior que não é. hehe

  • Rodrigo Freijanes

    Até o padrão saber que acontece isso, já aconteceu. hehe


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: