Recebemos os prováveis preços dos iPhones 7/7 Plus quando forem lançados no Brasil [atualizado: errata!]


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
17/10/2016 às 16:54

Ainda não é nada oficial, até porque por enquanto apenas as diversas baterias dos iPhones 7/7 Plus foram homologadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), mas a nossa fonte tem um histórico de anos de acertos, então nós assinamos embaixo.

A seguir, apresentamos a provável tabela de preços dos novos iPhones quando eles forem lançados no Brasil:

iPhonePreço nos Estados Unidos*Provável preço no Brasil**
7 de 32GBUS$ 649R$ 3.499
7 de 128GBUS$ 749R$ 3.999
7 de 256GBUS$ 849R$ 4.299
7 Plus de 32GBUS$ 769R$ 3.799
7 Plus de 128GBUS$ 869R$ 4.899
7 Plus de 256GBUS$ 969R$ 5.399

(*) Preço original, sem a taxa variável dos Estados americanos — cobrada à parte.
(**) Valores parceláveis em até 12 vezes. À vista, há 10% de desconto no Brasil.

Se eles forem mesmo quentes, acredito que os valores de entrada estejam dentro — ou até abaixo — do esperado. Mas me encucou bastante a maior diferença entre os modelos de 32GB e 128GB para os de 128GB e 256GB, quando nos Estados Unidos o “pulo” é sempre o mesmo (US$100).

No caso dos modelos Plus, então, o salto entre as capacidades é ainda maior e o modelo topo-de-linha poderá chegar a esse preço assustador de cinco fuck**** mil e quatrocentos reais. Brasil… il, il!

Por ora, mantemos também a informação que soltamos há algumas semanas no Instagram: a data prevista para lançamento dos iPhones 7/7 Plus é 18 de novembro, uma sexta-feira — com uma pré-venda podendo ocorrer uma semana antes, em 11/11. Caso algo mude (em preços ou na data), obviamente, avisaremos aqui no site.

Atualização, por Eduardo Marques · 01/11/2016 às 19:45

Ainda que os valores acima estejam um pouco estranhos (com saltos diferentes entre modelos), as informações vieram de uma fonte bastante confiável, que nos passou corretamente os preços de iPhones no passado. Infelizmente, tudo indica que alguns valores estão errados.

Nesta semana nós recebemos novas informações que fazem mais sentido, com um preço de entrada igual e pulos entre os modelos mais de acordo com o que a Apple costuma trabalhar. Eis os preços repassados para o MacMagazine:

iPhonePreço nos Estados Unidos*Provável preço no Brasil**
7 de 32GBUS$ 649R$ 3.499
7 de 128GBUS$ 749R$ 3.899
7 de 256GBUS$ 849R$ 4.299
7 Plus de 32GBUS$ 769R$ 4.099
7 Plus de 128GBUS$ 869R$ 4.499
7 Plus de 256GBUS$ 969R$ 4.899

(*) Preço original, sem a taxa variável dos Estados americanos — cobrada à parte.
(**) Valores parceláveis em até 12 vezes. À vista, há 10% de desconto no Brasil.

Os preços são bem parecidos com os que foram divulgados pelo TecMundo — com exceção apenas do iPhone 7 Plus de 32GB, que não está batendo.

Como sempre, até que a Apple confirme os valores (o que pode acontecer ainda até o fim desta semana), tudo não passa de rumor.

Posts relacionados
Comentários
  • Guilherme Goncalves

    e a logica? kkkkkk

    Pra mim essa falta de logica deixa mais do que claro que os preços praticados no Brasil sao muito bem estudados, e são formatados de acordo com o mercado daqui. Não existe nenhum tipo de conversão direta (dolar vs real + impostos). O preço de custo é convertido sim, mas o preço final deve sofrer uma formatação de acordo com o mercado/procura.

  • Marcvs Antonivs

    Que venha o Google Phone!

  • Rodrigo Barreto

    Aposto em erro de digitação no caso do 7/128. Os preços sempre são iguais entre o iPhoneX e o IphoneX Plus de capacidade imediatamente superior.

  • Matheus Dilon

    Não faz sentido saltos de preços tão grandes entre iPhones 7 Plus…Acho que isso deve mudar…

  • Bruno Martins Mendes Vieira

    5400 ?? A culpada pode não ser a Apple, mas isso é uma vergonha, como que uma pessoa de classe média vai poder comprar ? Nos USA consegue suave, já aqui não, ai ou Temer, vamos dar aquela padronizada nos impostos né ? ( p mim o certo seria 10% de impostos em todos os produtos comerciáveis)

  • Rodrigo Vieira

    Só eu achei que viria mais caro? Mais barato que o lançamento do 6s

  • Gean Nunes

    Parabéns MacMagazine sempre noticias em primeira mão.

  • Hugo Demiglio

    Então já temos o fechamento do dia!

    Dolár comercial: R$ 3,20
    Dolár turismo: R$ 3,37
    Dolár da Apple: R$ 5,57

  • Adriano Marques

    Pelo menos no quesito preço, creio que será a mesma coisa 🙁

  • WasoBH

    7 de 128GB US$ 749 R$ 3.999
    7 Plus de 32GB US$ 769 R$ 3.799

    A lógica é 0.

  • Matheus Dilon

    Se eu fosse apostar seriam:

    7 de 32GB – R$3.599,00
    7 de 128GB – R$3.999,00
    7 de 256GB – R$4.399,00

    7 Plus de 32GB – R$3.999,00
    7 Plus de 128GB – R$4.399,00
    7 Plus de 256GB – R$4.799,00

    (Pelo menos na linha nova do iPad as escalas de preços são constantes entre os tipos diferentes de armazenamento)

  • Márcio Dias

    Passo…. e o meu iPhone 6 Plus de 64 GB comprado no Paraguai agradece!!!

  • Matheus Marcos Maus

    Tenho quase certeza que os preços do iPhone 7 plus não estão corretos! Nunca que 20 dólares comparados entre o iPhone 7 256GB e o iPhone 7 plus de 128GB, chegue a um valor de R$600,00! Isso está completamente errado!

    Os preços dos iPhones com tela 4,7 eu até aceito! Porém no Plus tem algo de errado!

  • Não é a Apple que cobra tudo isso, Hugo. São os impostos… lembrando que o iPhone mais caro do mundo, é aqui.

  • Concordo

  • Espero muito que o preço do topo de linha do plus seja 4,8k.

  • Fiquei horrorizado com isso!! Espero que seja menos, BEM MENOS!

  • Diego Tietz

    Já saiu algum indicativo que virá pro BR? Assim como a fabricação, a logística de venda do aparelho está a cargo da HTC, que não opera mais no Brasil. (Operava, mas temos um ambiente de negócios tão acolhedor que ela foi embora).

  • Matheus Dilon

    Certeza q os valores dos seguintes…

    7 de 128GB
    7 Plus de 128GB
    7 Plus de 256GB

    Estão errados…

  • Ubirajara Batalha

    Aumenta R$ 1.000 no modelo plus de 32GB para 128GB?!? Que absurdo! Nem é coerente com o aumento do seu irmão menos, o 7…

  • Também temos que levar em consideração que esse valor da Apple no EUA é com imposto de lá. Então tem que retirar um pouco do valor, calcular o dólar e colocar o imposto do Brasil, que é absurdamente alto. Mas com certeza a apple aproveita para aumentar mais ainda os lucros.

  • Diego Tietz

    Os tops de linha estão chegando todos por esse preço, tb. A diferença é que os Androids baixam de preço com o tempo. Os iPhones, só no próximo lançamento.

  • Heitor

    Já recebi notícias de que a fila da doação de órgãos começou também.

  • Ygor Nascimento

    Sinceramente, não consigo engolir essa de que a culpa não é da Apple (respeito a opinião de todos os que acreditam que sim, a culpa é somente dos impostos), pois não existe lógica nos preços praticados por ela aqui no Brasil. Como disse o @Hugo Demiglio:disqus, “parece” que a Apple tem sua tabela própria do dólar aqui no Brasil, só pode. Gente, 4k em um telefone ou 3k que seja, é um roubo sem precedentes, pelo menos pra mim. Tudo bem que não estamos nos tempos áureos do dólar à dois reais mas, está muito loco isso. Com 4k se compra uma boa TV, um bom HT, um bom PC, uma viagem mediana ou qualquer coisa do tipo…. Desculpem o desabafo.

  • Marcelo Maricate

    Ainda arrisco o valor começa em 3999 espero que eu esteja certo, quanto mais caro, melhor

  • Heitor

    Que venha, não. Que vá lá buscar, haha. Dificilmente vai aparecer por aqui, e os preços lá nos EUA são praticamente os mesmos do iPhone 7.

  • Jayme Prado

    Nao faz muito sentido o 7 de 128gb ser mais caro que o 7 Plus de 32gb. Nos EUA é 20 dólares mais barato.

  • Maxuel Lazzarotto

    Na verdade não, nos EUA o imposto (que varia de estado em estado) só e agregado ao valor no momento da compra, só então você sabe o custo real do aparelho. Por exemplo, se comprar o iPhone 7 de 256gb em Miami que custa 849$ Você tem que pagar 909$.
    Até existem muitos aplicativos que só servem pra dar o preço real
    https://uploads.disquscdn.com/images/d02ea1d6f978a0ebc37e792f0c78cb2de65b9c2a51384883ee8b3fd5c2035fac.jpg

  • Maxuel Lazzarotto

    Mas é isso, é pra comprar quem quer…

  • Vinicius Patrinhani

    Mais uma vez o Brasil no top do Ranking …. Só assim mesmo! 🙁

  • Quero mais infos sobre compras de produtos Apple no Paraguai. Estou pensando comprar meu Macbook lá.

  • Hugo Demiglio

    Hahaha Sim Eduardo, foi apenas uma piada… =P
    Faltou destacar que esse valor é sem o imposto estadual americano, que reduz um pouco a diferença entre o Brasil e os EUA… Mas mesmo assim, estamos comparando preço de varejo, a Apple Brasil certamente não paga esse valor em dólar para importar, acredito que o preço aqui poderia ser menor… =/

  • Luiz

    Acho curioso que tem uma galera que está achando “barato”

    porra é quase 4 mil reais em um celular!!!
    Saudades quando iPhone que era CARO custava 2100-2500 reais…

  • Gustavo

    O esquema é comprar com o plano para ficar mais suave. Mas 5400 é muito dinheiro.

  • joker-rs

    poisé, estranhei isso também

  • hecnpo

    Em alguns estados como o Oregon, esse imposto é ZERO.

  • hecnpo

    Provavelmente é pq vai vender mais… coisas da terrinha.

  • Emmanuel Kalispera

    5399!

  • Don Corleone

    Certas coisas são verdadeiras, acreditemos nelas ou não…

  • hecnpo

    Só no ML.

  • Gaius Baltar

    Uma sugestão para vocês: calcular o preço de um iPhone nos EUA e no Brasil com e sem impostos, para tirarmos de vez a dúvida do que é “custo Brasil” e o que é a Apple metendo a mão. Poderiam calcular em cima do imposto da Flórida, estado mais visitado por brasileiros. Para efeito de comparação, deixo o exemplo de Portugal:
    iPhone 7 de 32 GB (sem impostos)
    EUA – US$ 649
    Portugal – US$ 696

    iPhone 7 de 32 GB (com impostos)
    EUA (Flórida) – US$ 687
    Portugal – US$ 856

    OBS: No caso do comprador ser brasileiro há que incluir o IOF e ter em atenção que cerca de 90% do valor dos impostos é devolvido na saída da Europa.

  • Evandro Sousa 

    ” preçoR$ = 6,14(preçoUS$) – 649 ” e assim é calculado o preço do iPhone no Brasil, é um reta no excel haha

  • Gustavo Henrique

    Não sei se essa fonte trabalha na Apple, mas se for o caso, avise que eles estão precisando de ajuda em matemática. Como assim R$ 1.000,00 de diferença do Plus de 32 GB pro de 128 GB

  • Jayme Prado

    Se formos ser realistas, como conhecemos a Apple Brasil, vamos chutar o preço pra cima, faria mais sentido:

    7 de 32GB – R$ 3.499
    7 de 128GB – R$ 3.999
    7 de 256GB – R$ 4.399
    7 Plus de 32GB – R$ 4.199
    7 Plus de 128GB – R$ 4.699
    7 Plus de 256GB – R$ 5.199

  • Don Corleone

    Analistas da revista infomoney sugerem preços menores…

  • Thiago Lopes

    Ãhn? Quanto mais caro melhor?

  • Don Corleone

    Sim.

  • Roger

    – Passagem para Orlando, uma semana com hotel inclusos, saindo de SP: R$ 1950
    – iPhone 7 ou iPhone 7 Plus: de R$ 2080 a R$ 3106 com o cambio de hoje
    Total máximo: R$ 5056 no modelo mais caro… quer dizer… não entendo.

  • Ricardo Monteiro

    Não é só imposto a Apple sabe q brasileiro gosta de pagar mais por produtos premium.

  • Ricardo Monteiro

    Exatamente. A Apple sabe que mesmo cobrando absurdos aqui ainda tem tr0uxa que vai comprar. Parcela em 24x e vai que vai.

  • PedroGearhead

    Também estou sem acreditar! Eu quero pegar o 7 Plus de 128GB, mas é muito improvável que o salto de um a outra versão seja de R$ 1100! Qual a lógica disso? Ou estes valores estão errados ou a Apple definitivamente está louca.

  • Tarlan Brunet

    Correção, venda. kkk 😛

  • Walter Martinelli

    6S que aliás tá com umas promoções ótimas. Peguei um de 64GB por 2800 em 10x sem juros mês passado.

  • Bruno d’El-Rey

    Se for isso mesmo tá mais que claro que o preço do iPhone vai além do x-rate né. Um 7 Plus em 32Gb custar menor que um 7 de 128gb não faz sentido.

  • PedroGearhead

    Não tem lógica o Plus 32GB custar 3,8k e o 128GB custar 4,9k. Porque não colocaram o preço do de 32GB em 4,4k? Tá muito estranho isso aí…

  • Abdias Oliveira

    Isso. Quanto mais caro melhor para Apple.

  • Porque não colocaram o preço do de 32GB em 4,4k?

    Porque eles querem VENDER.

  • Gustavo Jaccottet

    A Apple nunca foi boazinha na sua política de preços, basta ver o preço do Apple Watch. Da mesma forma, a carga tributária é extremamente alta, associa-se isto ao “custo brasil” e à exclusividade de um produto, o que gera status diante dos demais observadores. O iPhone é elemento muito relevante para se definir qual a colocação de uma pessoa num determinado estamento social, não sou eu quem afirmo isto, senão todos os que idolatram outrem que “tem um iPhone enquanto, ah, pobre de mim, tenho um mero Android Dual-SIM”.

  • Sinto cheiro de muambeiros tristíssimos com a notícia. 😛

  • Humberto De Sá

    Se realmente os preços forem confirmados, parece que a apple adotou uma estratégia de preços muito parecida ao lançamento do iPhone 6 com um porem ao valor aplicado ao Plus de 32GB que sempre teve preço pareado ao modelo de 4,7″64GB. Acredito que a mesma tenha reconhecido no lançamento do 6S que aparelhos de 16GB ja não tinham tanto atrativo. Vou torcer pra o 7 128GB vir com preço menor a 3.999,00.

  • Gustavo Jaccottet

    Todo e qualquer produto no Brasil é pelo menos 53% mais caro que no exterior. Tens que considerar que a Apple não fixa o preço dos iPhone pelo valor dos EUA, em que já existe a margem de lucro e sim pelo preço de custo para a Apple, Inc. que vende o iPhone por um determinado preço para a Apple Brasil Computer Ltda. que por sua vez tem um preço x que é o custo e a este agrega o lucro, além do recolhimento dos impostos, a fim de ter o preço final. É algo bem mais complexo do que uma simples multiplicação.

  • Paulo Pagotto

    Fiz umas contas aqui considerando o dolar em R$3,42 (valor de hoje numa corretora)…

    Capacidade Valor EUA Valor em R$ Valor Brasil Variação %
    32GB $649.00 R$ 2,526.68 R$ 3,149.10 25%
    64GB $749.00 R$ 2,916.00 R$ 3,599.10 23%
    128GB $849.00 R$ 3,305.32 R$ 3,869.10 17%

  • Gustavo Jaccottet

    Tens que incluir mais 6,38% de IOF… não sei se pusestes este fator no teu cálculo.

  • Diego Tietz

    Esse preço é um absurdo para um celular? É, mas se converter US$ 700 (o que um americano paga num iPhone) hoje dá R$ 2.240, sem considerar nenhum imposto nacional.
    É igual carro. Temos que nos adaptar ao cenário. E detalhe que a história do “tem que boicotar” não funciona. As vendas de carro diminuíram 30% em certos meses (no primeiro trimestre caiu 25%) e os preços ao invés de cair, subiram.
    Aqui no Brasil é assim: se for pra ganhar menos de X% em lucro, as empresas preferem ir embora.

  • Elton Fabricio

    É… com estes preços vou ter que fazer um “downgrade” na tela.. vou sair do 6S Plus para o 7 de 4.5″. 🙁
    Espero que esta re-adaptação não seja tão difícil quanto parece.

  • Douglas Phillip

    Um pouco mais barato do que o 6s ná época do lançamento ano passado, mas nem aumentaram o preço, né?
    Mas a mesma média de preço.
    Quanto ao de 256 era de se imaginar que seria esse preço “Bacana”.

  • Paulo Pagotto

    Já está incluso na conta quando converti para valor em R$

  • Luiz Felipe

    Para os modelos desse ano, a diferença do Plus pro normal é um pouco grande, já que o maior tem câmera dupla e tal ://

  • Kloeckner

    Eu estava esperando a partir de 4k.

  • Luiz Felipe

    Digamos que se você declarar, vai sair mais caro do que comprar aqui. Antigamente com o dólar mais barato, compensava comprar fora, mesmo declarando imposto saia mais barato, mas agora…

  • Luiz Felipe

    Se os valores divulgados forem pra compras parceladas, então desconta 10% desses 4k que vai sair um pouco mais barato. E o valor tá dentro do esperado, visto que não teve muitas mudanças em relação ao 6s, assim como o 6 não teve mudanças tão grandes em relação ao 5s, apenas a tela maior e melhorias previstas…

  • Ajustes

    Vou comprar o iPhone 7 Plus de 32gb, pensei que gastaria a partir de R$ 4.399,00 e não R$ 3.799,00.

  • Damyhonn Paulino

    Sem entrada para fone?
    Passo, obrigado.

  • Viny Azevedo

    Peguei um 6S de 128gb pra minha esposa por 2690 na semana passada. Levando em conta que vendi o 6 de 64gb dela por 2500, foi um ótimo negócio.

  • Ajustes

    Ok, se te incomoda, faz certo!

  • Bruno Martins Mendes Vieira

    compra um case ou adaptador por uns 500 reais, mt simples

  • Damyhonn Paulino

    Pois é.. o 6S será meu último iGadget.
    A menos que o 7S venha com a entrada.

  • Ajustes

    2 mil mais barato que alguns modelos que surgiram no Mercado Livre.

  • Luiz Felipe

    O que é bom pra revender depois rsrs. Mas de vez em quando tem algumas promoções que dão um pouco de desconto nos iPhones!

  • Luiz Felipe

    Gente, vocês esqueceram que temos uma nova cor, a Jet Black e que ela só está disponível para iPhones a partir de 128GB? Então povo, muitos vão querer essa nova cor e como ela quer lucrar em cima disso, vai distanciar os preços pra ter mais lucro!

  • Thiago Moura

    infelizmente esses preços não vão abaixar mais, o mercado já se adaptou. Hoje, se você buscar qualquer top, seja Samsung, Moto, Sony, Lg ou Asus, o valor já é muito próximo disso. Antes todos vinham com essa piada do iPhone em 24x e etc, mas quantas pessoas fazem o mesmo por um Samsung?

  • Elton Fabricio

    Bom, com exceção do tamanho da tela, acho que as diferenças são apenas 2: O sistema de câmera com duas lentes e os 3 GB de RAM do Plus.
    Sinceramente, não me importo com as duas lentes, pois tenho uma DSLR. Os 3 GB de RAM também não deve fazer diferença durante o uso que faço no dia a dia.
    Então sobra o tamanho da tela mesmo… é basicamente esta a principal diferença, já que até o modelo de 4.7″ agora também possui o estabilizador de imagem.

  • Kloeckner

    Smartphone não paga imposto de importação, uma unidade pra uso pessoal.

  • Luiz Felipe

    Realmente os 3GB de RAM não farão a mínima diferença, visto que ele é maior e tem duas câmeras pra sustentar, então esses 1GB a mais é mais pra sustentar esses duas coisas. Mas se essas diferenças não fazem diferença pra você, o de 4,7″ tá de bom tamanho e preço… Ops, tamanho não, já que o Plus é o que você queria rsrs

  • Elton Fabricio

    Além do iOF acho que seria interessante adicionar mais 10%… que é o imposto local aproximado de cidades como Miami, NY, Vegas, etc..
    Faltou fazer também o mesmo cálculo com a linha Plus.
    [EDITED] Esquece, acabei de ver que foi considerado 7%, rsrs. Então queria ver os preços do Plus mesmo.

  • Luiz Felipe

    O que diferencia os preços dos Androids, é que depois de uns meses eles ficam mais baratos, coisa que no iPhone é difícil de acontecer…

  • Luiz Felipe

    Verdade, mas temos situações em que pode acontecer de ter que pagar imposto, rsrs.

  • Elton Fabricio

    kkkkkkkkkk, exatamente!
    Posso pegar um bom valor na revenda do meu 6S Plus e não precisar tirar tanto do bolso pra pegar o 7 de 128.
    Massss tem este detalhe né… já uso a linha Plus há 2 anos e migrei pra ela justamente por ter acostumado rapidamente com a tela de 4.7 do iPhone 6.
    Dizem que é muito mais fácil você se adaptar à uma tela maior do que uma menor… será que é verdade? Hoje pego um iPhone de 4.7 na mão e parece tão pequeno… não sei se vou conseguir me adaptar… que lama.

  • Ciro

    Quero entender…no lançamento do 6s o dólar comercial estava 3,90 aproximadamente. Hoje, 17/10/16, o dólar comercial está 3,20 aproximadamente.
    Não faz sentido a Apple manter o preço dos iPhones tão alto… são extremamente gananciosos.

  • Thiago Moura

    O mercado todo já se adaptou a essa política de preços, toda marca tem seu top de linha à beira dos 4k. Muita gente fala que tem uma galera que parcelou iPhone em 24x, será que não tem mais gente fazendo isso por um S7? Infelizmente todos os preços de smartphone está surreal 🙁

  • Alessandro Amanajás

    Não achei caro está até abaixo do que estou acostumado a pagar pelos produtos Apple

  • Elton Fabricio

    Os preços estão bem abaixo do que os que encontramos no “mercado paralelo”.
    Compensa mais comprar direto direto com a Apple, ou seja, não está tão caro assim.

  • Damyhonn Paulino

    Pois é.. é bem provável que não volte mesmo. Mas como sempre é o mercado que dita as regras e não uma empresa em particular, ainda tenho esperanças.
    De qualquer forma, mesmo que só sobre os Androids para me aventurar, é certo que alguma empresa fará um aparelho com a entrada “vintage p2” mesmo em um futuro longínquo.

    Eu sou um amante de boa música, investi algumas de minhas boas economias em bons fones de ouvido e, como é de se imaginar, nenhum deles é bluetooth.

    A Apple capou a entrada P2 para suprir uma necessidade que ninguém tinha. Nunca incomodou a ninguém aquele buraquinho ali nos aparelhos.
    E, assim como as ondas sonoras que chegam por sinais analógicos inclusive em equipamentos hi-end, a P2 sempre cumpriu muito bem sua função com um design muito bem resolvido por décadas.

    O iPhone sempre teve um chip DAC bem decente, de boa qualidade. Mesmo não sendo um ES9018, por exemplo, ficava acima da média dos smartphones e mp3 players (com exceção de alguns mais caros, como o HIFIMAN HM901).
    Por isso que nunca vi necessidade de investir em outro aparelho para ouvir minhas músicas. Agora o DAC do iPhone 7 vem embutido naquele adaptador bizarro (detesto adaptadores). Ninguém vai me convencer que tem a mesma qualidade do que vinha na placa lógica do aparelho.

    Enfim, torço de verdade para que o mercado responda de forma dura e a Apple veja que ela tem que resolver seus problemas de espaço interno do aparelho de outra forma que não seja capando funcionalidades externas úteis a diversos usuários.

  • Luiz Felipe

    Até no varejo encontramos iPhone 6s de 16GB mais caro que os de 32GB vendido pela Apple!

  • Thiago Moura

    Mais ou menos, e ainda tem a questão que o iphone tem valor maior de revenda, então isso às vezes faz compensar.

  • Luiz Felipe

    Com o tempo vai se adaptar sim, a diferença entre os dois não é tão gritante como sair do Plus pra um SE, por exemplo. E como você disse, ainda economizará uma boa grana… capaz de sobrar até!

  • Luiz Felipe

    Bom, parece que o iPhone 7 está sendo um sucesso nas vendas, então creio eu que isso faz a Apple pensar que a retirada da entrada foi tipo, “tanto faz, como tanto fez” para os consumidores.

    E sobre o que você disse de Androids com entrada vintage: A Motorola que retirou a entrada no Moto Z, fez um tal de Moto Z Play que conta com essa entrada!

  • Luiz Felipe

    É que pra Apple, a diminuição de 70 centavos no dólar não diz nada. Agora se fosse um aumento de 70 centavos, você já sabe o que aconteceria né…

  • Diogo Nóbrega

    Ou os fones bluetooth da Apple por 1.400 reais, mt simples

  • Onde, cara?

  • Que bacana, cara… Onde?

  • Elton Fabricio

    Se esta tabela que o MM divulgou estiver certa, pode ser mesmo que ainda sobre uma grana! rsrssr.. Ainda mais se eu for de 32 GB. 😀
    Vamos ver… vou aguardar o lançamento. 😉

  • Ajustes

    Acho interessante seu ponto de vista, mas tenho uma dúvida. Você realmente consegue notar com tanta facilidade assim as diferenças na qualidade da música, entre fones P2 e bluetooth? Consigo perceber a variação de qualidade entre um fone e outro, mas se for o mesmo fone, espetado em uma P2 e depois no adaptador, com certeza não notaria nada.

  • Luiz Felipe

    Tomara que esteja certa, mas que os preços do iPhone 7 Plus estejam errados! Eu iria comprar o iPhone 6s, mas acho que vou de 7 mesmo… Gostaria de ir no de 128GB porque quero o Jet Black, mas vamos ver né…

  • Pra que tirou o modelo de 64gb??? Aff pagar 4900 num tá difícil. Ainda tem um segurinho pra manter vivo ainda

  • Mas comprar em 24x quer dizer o que?

    Eu prefiro comprar em 10x do que 24, óbvio que se vc for inteligente e observar, vc vai ver que 24x possui juros embutido.

    Porque eu prefiro comprar em 10x?
    Porque é um produto de longo prazo, vc vai usar e terminar de pagar estará com ele em mãos… então não há a necessidade de descaptalizar… pra que descaptalizar se eu posso aplicar o dinheiro a 1,11% em banco, aliás estamos em tempos de pagamentos de juros altos não tão alto quanto impostos mas isso não quer dizer que eu seja pobre… e sim controle do seu dinheiro.

    “Ahhh porque eu gosto de comprar à vista, eu tenho dinheiro pra pagar”… ótimo, assim como tem gente que adora parcelar (meu caso) que prefiro investir o meu capital… aliás minha taxa de Funcionario em minha instituição financeira em que trabalho é muito mais atrativa que eu perder um pouco de juros.

  • Vinícius

    Desde Fernando Henrique tenta-se padronizar os impostos, mas o congresso cai em cima.

    A reforma tributária do FHC ficou no Congresso por mais de 10 anos e sequer foi aprovada. Lula tentou também, mas desistiu, Dilma nem tentou.

    Presidente não faz tudo no país, sem o congresso ele não tem poder nenhum.

  • PedroGearhead

    E eu o 7 Plus de 128GB. Pensava que ia gastar entre 4,4k-4,6k, mas pelo visto vai ser 4,9k. Acho esses valores incoerentes entre si, mas né… esperemos pacientemente novembro! Haha.

  • Aitunes

    6s Plus de 32gb – R$3.599
    7 Plus de 32gb – R$ 3.799

    Quem vai deixar de comprar o 7 Plus por conta de R$200, Apple? Esse preço vai empacar as vendas do 6s Plus. Melhor baixar mais o valor.

  • Vinícius

    pô, muita gente não compra o plus por conta do tamanho

  • Felipe

    Centro do RJ já tem por R$ 3200,00

  • Ricardo Monteiro

    Que bom.

  • Felipe

    Ainda existe gente que admira outra pessoa por um celular?

    VEM LOGO METERO! NOS MATE DE UMA VEZ!

  • Felipe

    Mas os modelos Plus não subiram lá fora por conta da câmera dupla. Se diferença é maior podem dar qualquer motivo, menos esse.

  • É, que bom cara… então poderia ter feito um comentário mais legal , ao invés de criticar em compra parcelado seja.

  • Alex Favilla

    Google Pixel, aí vou eu!

  • Fernando

    O povo cai nesse papo de impostos. Hahaha.

  • Ricardo Monteiro

    Tá muito exaltado fera. Não critiquei quem compra parcelado, critiquei quem aceita pagar os preços abusivos da Apple no Brasil, parcelado ou à vista. Só tr0uxa.

  • Luiz Felipe

    Pagando 10k ou 3k reais, ainda vai vender que nem água… e seja ele vendendo á vista ou parcelado, vai vender rsrs

  • 75% de imposto meu caro, é o imposto e mais o custo de logística. O preço quase dobra só com o imposto. Sem o imposto ela cobraria na faixa de 200 ou 300 reais mais caro que convertendo dos EUA.

    Mesmo valor que é cobrado na Austrália, sem o imposto (gst).

  • Ricardo Monteiro

    Não tenho essa certeza. O imposto é um absurdo sim, mas a Apple tem histórico. Aqui no MM mesmo já foi divulgado vezes onde os preços cairam em outros países após lançamentos de novos modelos e aqui aumentaram.

    Na época da Lei do Bem também a Apple recebeu os mesmos benefícios que outras fabricantes de smartphones, mas os devices dela não ficaram mais baratos.

  • Tô do boa, só seu comentário acima que me permitiu colocar meu ponto de vista. Não adianta você pensar assim, a maioria das pessoas compra o celular no seu país inde vive, aliás a maioria (se não todas) as empresas só aceitam troca de celulares homologados pela anatel (pena que pagam pouco), se você for um cara inteligente e vender um iPhone (por fora) vc vai abater no preço original.

    Infelizmente quem manda não é a Apple e sim os impostos.

    Em 2012 eu comprei meu MacBook Air 13′ em por 3800,00 no site da Apple, iPhone 4S a 1999,00 na loja iplace, e meu iPad 2 por 1500,00 e hoje estão o triplo do preço. Então não espere que as coisas permaneçam no comodismo, eu não tenho condição (tempo) de viajar para comprar iPhone lá fora, que de todo jeito vc vai ter que pagar caro pela conversão do dólar e à vista.

  • rodrigofante

    Exato, e lembrando que neste caso, tanto a Apple Inc, quanto a do Brasil tem que lucrar…

  • Ricardo Monteiro

    No fim é da escolha de cada um se vai pagar os preços abusivos da Apple, se vai comprar de segunda mão, se vai comprar de outra marca, se vai pedir pro parente trazer de fora.

    Meu iMac comprei de segunda mão, paguei mais barato que na loja e só tinha uns 6 meses de uso. Valorizo muito minha grana pra pagar esses preços abusivos. E só comprei um iMac pq era um investimento pra minha área, senão teria escolhido uma outra marca.

  • Leonardo Wille

    Mas cara, tem um adaptador incluso (com a qualidade 1% inferior em termos de volume e dynamic range).
    E o audio stereo ja basta p ver series e filmes enquanto carregar o cel.
    Acho um motivo meio bobo pra dizer nao ao cel – apesar de concordar que eh absolutamente desnecesaria essa retirada dos fones.
    E nao, a Apple n vai voltar msm com a entrada p fone.

  • Dersão Rodrigues

    Nossa iPhone 7 por 3,5k ? Na versão de entrada? Tem que glorificar kkkkkk, mas o custo Brasil é mto carro e isso faz que td que consumimos seja carro também. Na minha opinião é a as questões políticas que interfere na economia brasileira como todo, inclusive na vida das pessoas de classe média para baixo.

  • Leonardo Wille

    Sem ofensas mas essa ai da uma abalada no mercado paralelo que superfaturou bastante esse ano.
    Teve cara me sacaneando falando que “por 4 mil reais eu compro 10 iPhones 7 pra revender, so me dizer onde acha”.

    Pena da eh de gente falando q paga 4 mil numa boa num celular nos foruns.

  • Bruno Sanzio

    Aguardando os vendedores do fórum vender o 7 por menos de 3mil.

  • Junior Souza

    Eduardo negativo , outros fabricantes também importam seus aparelhos e chegam aqui custando muito menos

  • Braulio Barcellos

    Daqui pra frente será assim. Os concorrentes vão abandonar o P2 também. Será uma tendência. Assim como o USB-C. Questão de tempo.

  • Não tiraram, foi substituído pelo 128gb pelo mesmo preço.

    Pelo mesmo preço o de 16gb virou 32gb. 64gb = 128gb e de 128gb = 256gb.

    Todos iPhones dobraram de capacidade mantendo o mesmo valor. Só benéfico ao meu ver.

  • Na realidade eles repassaram o que “analistas” disseram. E foi mais caro. Na infomoney tá 3.999 o 7 de entrada e 4.599 o topo, do 4.7″…

  • Se for o caso de quem é “obrigado”, ou já, paga por ele, sai normal. O ruim é 12 meses de fidelidade.. Fica na mão dos caras.

  • Tiago Freitas

    a apple não se enquadrava na lei do bem

  • Edwardz Daniel

    Comprei hj 7 plus 256gb 5 mil, estava morrendo de medo de quando a Apple lançar mais barato do que eu comprei, as pessoas estão metendo a mão, tem gente vendendo plus 128gb por 6 mil, a galera quer vender um iPhone e não precisar mais trabalhar na vida

  • Rangel S

    Sacanagem porque ano passado o dólar estava mais alto, o Plus de 128GB custava 949 dolares, esse ano o JetBlack de 256Gb custa 969 dólares no Estados Unidos eu esperava pelo menos o valor igual do top de linha do ano passado ou mais barato, parece que esses modelos não serão fabricados no Brasil também infelizmente

  • Ronaldo

    Infelizmente nosso imposto é salgado mesmo. Comprei o Thunderbolt Display da Apple por 3299 reais em 2013 e na epoca paguei de tributo mais de 1800 reais.

    Segue o print:
    https://uploads.disquscdn.com/images/0e144d9ecdab92ab79ad6b17db7b388648e9ba9a0abb53c8f6ab006dbb6506f5.png

  • Vinícius

    eu também

  • Jayme Prado

    Como os portais vão noticiar:

    Os puxa-saco da Apple: “Novo iPhone 7 custará a partir de R$ 3499 no Brasil” com uma foto do iPhone 7 Plus Jet Black

    Os anti-Apple: “iPhone 7 chega ao Brasil custando até R$ 5399” com uma foto do Tim Cook dando risada

  • Ricardo Monteiro

    Vc esta correto. Me enganei.
    Ela recebia descontos e isenções fiscais para o iPad fabricado no Brasil, mas o preço continuou o mesmo.

  • João Gabriel Sacco

    Houve aumento de 20 ou 30 dólares nos modelos do 7 Plus lá fora!

  • Fernando

    Impostos? Amigo, eu nao acredito em desculpas dos impostos. Nao nao…. Tambem nao duvido q exista trambiques entre grandes empresas e o governo brasileiro para as desculpas dos “impostos” e eles embolsarem grandes volumes de dinheiro. No Brasil, nada é impossivel, e a politica do país atual mostra isso. Nada é impossivel. O impossivel é possivel quando o assunto é dinheiro.

    Depois que vi pessoalmente em uma de minhas viagens aos EUA um MAC PRO por R$ 3 mil dolares, e o dolar era cotado na epoca à R$ 2.50 (totalizando R$ 7.500 aproximado) e aqui, no Brasil já era vendido por R$ 25 mil reais. Nada, ninguem, conta alguma, até hoje, me fez provar que a diferença de R$ 17.500 são impostos. Voce acredita que é impostos?

    E como a regra vale pra todos, e o imposto tambem, o mesmo se aplica para iPhone, macbooks, e todos os outros. Fora q o imposto de um iPhone é o mesmo de um Android. O mesmo baixa seu preço, mesmo nos EUA custando o mesmo que o iPhone. Já o iPhone, no Brasil, nunca baixa o preço até o proximo lançamento.

    Ou seja, posso estar enganado, mas nao acredito na historia da culpa dos impostos para os produtos Apple e nao acredito nas desculpas esfarrapadas da Apple Brasil em justificar o injustificavel (preços).

    Agora, acredite quem quiser nessas teorias 🙂

  • Cássio Teixeira

    Ta… Então desses 849 dólares, vai 100% pra Apple?? O governo dos EUA fica com apenas 7% disso?? Nunca entendi isso completamente

  • Walter Martinelli

    .frio

  • Edwardz Daniel

    EU vi gente vendendo iPhone 7 plus 128gb por 6 mil. haha

  • Victor Dias

    Eu apostaria em algo assim (com base na lógica de preços nas capacidades do 6s):

    iPhone 7 32GB – 3599

    iPhone 7 128GB – 3999

    iPhone 7 256GB – 4399

    iPhone 7 Plus 32GB – 4199

    iPhone 7 Plus 128GB – 4599

    iPhone 7 Plus 256GB – 4999

  • Maurício

    Quem quer o Plus Jet Black se ferrou.

  • Nos EUA para incentivar o consumo os imposto em produtos e serviços são baixos, mas no IR é pesadíssimo. No Brasil como a sonegação é recorde – pessoa tem empresa, viaja pra Miami direto e reto e declara sempre o “mínimo”, não paga nada e quer exigir segurança, saúde e escola de 1ª – o imposto vai no consumo e serviços.

  • Rubber Duck

    sobe mais o preço que ta pouco

  • Matheus Siqueira Moreno

    Olá, vejo muitos comentarios que a culpa é da Apple, outros que a culpa são dos impostos. Faço contabilidade, e quando se calcula o custo unitário do produto, leva-se em conta, o custo fixo, variável + despesas(fixas e variáveis) + impostos(no caso do iPhone 51 ou 52%). O valor de $649 americanos, não é usado como base, visto que o custo para enviar o produto ao Brasil é bem maior. Mas voltando a falar do preço cobrado, já esperava isso, só o plus que me surpreendeu, chutava a partir de 4k.

  • Pra mim tá muito estranho, R$ 3.999 pra começar…

  • Só não esqueça que o preço deveria ser FOB, ou seja, de custo e não de revenda. Mas aqui aceitamos qualquer preço…alto.

  • Marcelo A R Dias

    Ótima hora pra comprar um 6S Plus de 128

  • Vinicius Cidreira

    Deve baixar o 6S quando chegar o 7…

  • Bruno Campos

    Não dá pra falar de impostos e livrar a cara da Apple, certamente a margem de lucro dela no Brasil é enorme e fora do padrão mundial. iPhone aqui é vendido como item de luxo, é tipo comprar uma bolsa Louis Vuitton, se paga alto pelo status que representa. Já em países desenvolvidos como os EUA não é chique ter iPhone, é um produto visto como bacana mas que muitos podem pagar.

  • Igor Silva Barros

    verdade, tem uns sites que trouxeram de fora, que estão vendendo de 5k pra cima D:

  • Eu sei, mas a diferença do 6s plus 16gb para o 64gb não era 900,00 igual está agora e sim 400,00 por isso perguntei o porque que retiraram

  • Rodolfo Oliveira

    O preço até que tá bom na verdade. Só de não ter continuado a crescente de preços que tava antes. E ainda tem o desconto à vista.

  • Paulo Henrique Guedes

    Ricardo, sinto informar, mas os impostos são super pesados. Minha experiência atual. Tenho um case de sintetizador da Gator que quebrou já três fechaduras. Entrei em contato para eles mandarem pra mim fechadura de reposição. Só que pela política deles, eles não mandam direto pra mim. Eles precisam mandar pra um revendedor autorizado e ele me passa. Aí entrei em contato com esse revendedor do Brasil. Resumo, 3 fechaduras, 450 reais. Isso porque o revendedor me explicou que eles não estão cobrando nada. Nem a gator. A gator fornece de graça. Só que por ir pra pessoa jurídica, mesmo que seja “doação”, você recolhe imposto em cima do valor da NF do produto. Cara, mais de 100 reais por cada fechadura. O Revendedor ia tentar falar com a Gator pra mandar as fechaduras direto pra mim, pessoa física, pra tentar isentar dos impostos.

  • Damyhonn Paulino

    Não, não. Com o aptX e A2DP o Bluetooth resolveu o problema de qualidade de áudio nos fones. Mesmo que ainda não seja a mesma qualidade de uma transmissão por cabos, fica praticamente impossível perceber a diferença para a maioria das pessoas.
    Os problemas principais para mim são dois: primeiro é que os fones bluetooth necessitam de algo mais além de cabo e um plug p2 (bateria, necessidade de carregamento, perda de vida útil dessa bateria, quase sempre vir em tamanhos exagerados. A segunda é a pouquíssima variedade de fones de boa qualidade ou hi-end, e quando são, os preços são assustadores.
    Com até $250,00 eu consigo comprar um fone excelente de entrada analógica. Por ex.: Sennheiser IE8, JVC FX700, Klipsch Custom 3, etc. Se for gastar um pouco mais tem alguns fantásticos como o Shure SE530 ou Audio-Technica ATH-CK100. E por aí vai.
    Não conheço nenhum fone bluetooth que chegue próximo em qualidade de qualquer um desses que dei como exemplo. Não conheço sequer algum fone bluetooth que seja de armadura balanceada.
    Enfim.. é isso.

  • Viny Azevedo

    No Submarino, usei um cupom e paguei a vista no cartão submarino.

  • Junior Rinaldi

    hj no magazine luiza esta 2900, 6s 64 ou 2800, 6s 16

  • Junior Rinaldi

    amigo, trouxa é meio pesado! paga quem quer, ninguem é obrigado a nada. tendo dinheiro ou nao, a vista, parcelado em 10/ 24…

  • Rodrigo

    Aumentam a capacidade e, disfarçadamente aumentam a diferença de preços. E nego achando vantajoso.

  • Luciano d’Avila

    Gente, NADA TENHO CONTRA OS IMPOSTOS. Tenho contra impostos mal aplicados, desviados, roubados etc. Nesta modalidade, o Brasil é medalha de ouro.
    Nos anos 80, um economista definiu o Brasil como BELÍNDIA! Por quê? Porque tinha os IMPOSTOS da Bélgica e a qualidade dos SERVIÇOS PÚBLICOS da Índia (olha que a Índia já melhorou bastante desde aquela década!). Na Suécia, por exemplo, o Governo morde pesado no imposto de renda. Mas veja, se as pessoas morrem esperando atendimento no SUS deles, qual é o número de homicídios por 1.000 habitantes e grau de instrução médio da população,

  • Augusto B. Tremarin

    Acho que serão mais caros que isso.

  • Leonardo Negrisoli

    Levei uma semana pra me acostumar que o meu celular nao tem mais a entrada do fone, ainda mais com o adaptador que veio na caixa para usar com fones com a entrada “antiga”.
    Tenho certeza que vc vai se acostumar tbm e nem vai sentir falta do “passado”

  • Leonardo Negrisoli

    Concordo 100% contigo

  • Thiago Andrade

    Pensei o mesmo amigo. Compraria tranquilamente, lembrando que ainda temos mais fuc*** 10% pagando a vista no site da apple.

    Estava vendo os anúncios de alguns lojistas em BH que atravessam iPhone vindo dos Estados Unidos, e os preços que eles estão cobrando estão bem próximos a esses divulgados acima.

  • se4n

    O preço do 7Plus de 128GB tá bem surreal, bem desproporcional com o americano.

  • Leonardo Negrisoli

    Isso não se aplica pros nossos preços no Brasil

  • Elton Fabricio

    6 mil? Hahahahahahaha!

  • Sair do 64gb e cair para 32GB é tiro no pé. Infelizmente terei que pensar se trocarei de iPhone. Mas está tentador o iPhone 7 plus

  • Thiago Andrade

    Concordo contigo.
    Unica pergunta que faço aos Haters amigo @leonardowille:disqus é a seguinte.
    Se o cara quer realmente fidelidade de som, e tem “ouvido” pra isso, você acha realmente que eles vão usar earpods que vem com o aparelho?
    É tão simples pegar o adaptador e usar. Sabe, parece rebeldia sem causa, eu acho.

  • Damyhonn Paulino

    Esqueci de citar o mais bizarro dos problemas, não conseguirei carregar o aparelho e ouvir música ao mesmo tempo.
    O local que trabalho tem um sinal péssimo de celular, fica praticamente em um subsolo de um conglomerado de edifícios. A bateria some rapidinho. Então ele passa o dia todo no carregador enquanto escuto música.

  • Elton Fabricio

    Nos Classificados do Fórum MM, os valores estão bem acima destes que, possivelmente, serão praticados pela Apple Br.

  • Paulo de Tarso Luchesi Coelho

    Lembram do imposto da sony no ps4, com a explicação para ele chegar custando 4 mil reais?

  • Ajustes

    Acredito que a quantidade e o preço vão melhorar, com a popularização da tecnologia. E o iPhone 7 com certeza contribuirá para isso.

  • Fernando

    A velha lenga lenga que a culpa é dos impostos. Sempre. As empresas são super prejudicadas e ficam de mãos atadas. Tadinhas…..

    Esse cartel (governo + grandes empresas) revolta.
    Revolta mais ler quem acredita que a culpa é dos impostos mesmos, e ainda acha que as empresas sao vitimas e não complô junto com o governo.

    Tantas empresas no Brasil, empregando tanta gente, de varios setores. Se os impostos realmente prejudicassem o negocio delas, com certeza, uniriam-se para bater de frente com o governo, algo como: mude ou mudamos nós.

    Mas como elas fazem parte do cartel do governo, nada fazem, porque está bom como está.

  • Ronaldo

    Pra quem não acredita que o imposto influencia vou posta de novo a nota de um produto apple que comprei.

    Preço Base sem desconto: 3.599
    Preço: 3.268.64
    Imposto: 1845.21

    Em Resumo: Vc paga 1 monitor a apple e outro ao governo.

    https://uploads.disquscdn.com/images/5cb825a960ad8afa9f4d8f079ef8ec39cd98642a9f87d0e63342495bf480f464.jpg

  • Matheus Campos

    Mais barato que os 6s do ano passado

  • Anderson Siqueira

    O imposto é calculado sobre o valor final do produto… se colocaram lucro alto, somado ao valor de custo do produto, lógico que o imposto final vai ser alto…
    Se o iPhone custasse R$ 1000,00 o imposto seria de R$ 500,00… mas como o iPhone custa R$ 4000,00 o imposto é de R$ 2000,00. Quanto maior o valor do imposto, maior o custo do produto + lucro da empresa. ponto final…

  • Lucas Lira

    Cara, que batalha. Você toca onde amigo?

  • Lucas Lira

    KKK, bichinho, acreditou… rsrs. Desculpa, não resisti.

  • Rafa

    É isso mesmo. No Brasil, cobra-se a maioria dos impostos indiretamente, “escondidos” no preço final do produto. Todos pagam a mesma alta carga tributária, independente de serem ricos ou pobres (e adivinha quem sai mais prejudicado?). No mundo desenvolvido, os impostos indiretos são baixíssimos, para incentivar a produção, enquanto os diretos (IR) são bem salgados, mas paga mais quem tem mais renda. Não é à toa que eles são ricos…

  • Lucas Lira

    Cara, você falou exatamente o que penso, com toda certeza o preço Apple aqui é injustificável.

  • Lucas Lira

    Exatamente isso!

  • gu_arauj0

    Gostei dos valores. Tem uns dois meses e peguei o 6s plus de 64 pelo valor do 7 plus de 32gb. Até que não veio tãããão alto.

  • Ah, sim. Entendi, mas cara a diferença na realidade é de 1.100.

    Eu acredito que esta tabela esteja com um pequeno erro. Na realidade seria como o Jayme Prado (Leitor) comentou:

    7 de 32GB – R$ 3.499
    7 de 128GB – R$ 3.999
    7 de 256GB – R$ 4.399
    7 Plus de 32GB – R$ 4.199
    7 Plus de 128GB – R$ 4.699
    7 Plus de 256GB – R$ 5.199

    Faria mais sentido..

  • Rodrigo Gomes da Silva

    Preços cair no resto do mundo e no Brasil não, foi principalmente na época da explosão do dólar q de R$2,50 pulou pra quase R$4 em poucos meses.. tanto q vc pode comparar o preço dos iphones 7 de entrada que cairam de preço em relação aos lancamentos do 6s, sendo q o dolar tb caiu de la pra ca

  • Rodrigo Gomes da Silva

    Pq não? Na realidade a apple eua tem q manter a margem de lucro por aparelho para questões de balanço e se ela não cobrar essa diferença por completo na venda para a Apple Brasil ela teria de repatriar a grana depois que provavelmente vai deixar muito mais caro.
    Acho improvável que tenha interesse da apple brasil deixar qualquer tipo de margem de lucro aqui, pois não temos praticamente nada a apple, nem fabricas, nem centro de desenvolvimento, para que valha a pena o reinvestimento do lucro.
    Com isso, ainda é capaz da apple Brasil colocar uma margem de lucro por aparelho em cima do q já comprou dos Eua pra manter de forma auto sustentável as lojas daqui do pais.

  • kkkkkkkk

  • Hugo Demiglio

    Rodrigo, eu realmente não posso afirmar. Mas qualquer compra feita no atacado é mais barata, até para empresas que não sejam distribuidoras. Algum desconto a Apple Brasil deve ter sim. E não sei onde fica a central de distribuição da Apple, pode ser que a compra dos aparelhos da Apple Brasil sejam feitas diretamente da China, afinal aqui ainda sim é um grande mercado. E sim, no Brasil nós temos fábrica da Apple, já vi iPhone 5c, iPhone 5s e iPad Air escrito atrás “Indústria Brasileira”.

  • Diego Tietz

    A Suécia começou com o estado do bem-estar social depois que ficou rica.

  • tenho um iphone 3g, acho que tem problema na bateria, e tenho que comprar um cabo carregador para ele, nao sei se o meu cabo tem problema que fez a causa do problema na bateria, sera que na apple, eles ainda o concerta, ou eles nos da endereço de pessoas que podem concertar? e como o iphone 3g foi um sucesso, muito amado, por quanto tempo eu devo ficar com ele, cuidando com cuidado ele, para depois vender por 1 milhao de reais, dolares, igual como os americanos fazem, os primeiros iphones, os americanos ja estao conseguindo vender eles por 100 mil dolares para mais, sera que nesse momento, um iphone 3g em bom ou otimo estado ja vale 50 mil dolares ou mais?

  • vicegag

    E o Brasil quer lucrar mais que a Apple que o fabrica.

  • Guilherme

    Preço ridículo. O Brasil teria muito mais Iphones e seria um país muito mais digital…
    Até países africanos com menos liberdade econômica que a gente na frente.
    Que tal fazer o próximo MM Tour pra Botsuana ou outro país africano pra comprar os iphones ? Quem não tem visto americano vai adorar.

  • Luciano d’Avila

    O Brasil é pobre? Ou distribui muito mal a sua riqueza? É considerado uns dos países com pior distribuição de renda do todo o planeta.

  • Gabriel C.

    Essa história de culpar imposto é balela. A queda do preço do 6s no Brasil após o anúncio do 7 comprova isso.

  • Diego Tietz

    O Brasil é pobre, além de distribuir mal a renda. Nosso PIB per capita (isto é, se toda a riqueza fosse dividida igualmente) é de cerca de US$ 8600. Ou seja, não dá nem um Celta 0km por pessoa.

  • Leonardo da Fonseca Martins

    Entre os leitores do MM não tem nenhum contador, tributarista ou economista?
    Sempre colocamos a culpa nos outros – neste caso a Apple. O culpado por termos o iPhone mais caro do mundo somos nós, mais de 200 milhões de brasileiros representados pelo Congresso e Governo Federal que só pensam em resolver a própria vida e não estão nem aí para os problemas da nação. Não vejo saída pro Brasil, pois o cidadão não compreende como realmente funcionam as coisas e acreditam que há sempre um capitalista ganancioso.
    É claro que o culpado não são apenas impostos – há ainda os demais elementos do “custo Brasil”. Não sabemos quanto a Apple Brasil paga na nota por cada unidade que vende, mas ela tem de pagar II, IPI, ICMS, IR, despacho no porto, licenças, alvarás, seguro de carga, fretes, CSLL, PIS, COFINS, contador, 13º, INSS, FGTS, 1/3 de férias, carimbar papel em cartórios e repartições públicas, arcar com altos custos para realizar e manter os registros fiscais, além de custos da ineficiência de serviços brasileiros e da baixa produtividade da nossa mão de obra. Quanto isso representa no custo unitário que cada iPhone vendido? Além disso, tem de lucrar.
    Acorda povo!
    Aceito opiniões divergentes para o bom debate de ideias.

  • Lucas Sandoval

    A questão não é se está caro ou não….mas sim ter vergonha na cara ou não. Um smartphone simplesmente não vale 3,500 ou 4,000 reais.

  • Jefferson Soares

    Esses preços só me mostram que devo ficar mais alguns anos com meu iPhone SE. ( ͡° ͜ʖ ͡°)

  • Jayme Prado

    Essa conta não é correta, pois o valor do produto não é só o dólar convertido, $ 969 é o preço de venda da Apple com o lucro embutido, no Brasil não vem por esse valor, então já mexe muito nessa lógica da conta que vc fez.

  • Paulo Magrani

    Qual é a política de assistência técnica nos EUA da Gator? Se puder enviar para PF por lá, …, tlvz ficasse mas barato enviar para um serviço postal e de lá enviar como “presente” de PF para PF para o Brasil.

  • Paulo Henrique Guedes

    Sul de Minas, Itajubá

  • Marcelo

    Tá até bom, na época do PS4 o dollar da Sony foi a R$ 10,00.

  • Paulo Henrique Guedes

    Fala Paulo… cara, dentro da garantia, elas cobrem tudo. Meu case é de um teclado 76 teclas. Quando vim para o Brasil com ele, após alguns meses a alça quebrou. A gator enviou uma nova, de um modelo novo mais reforçado e com instruções para a troca. Cobriram todos os custos alfandegários. Porém, essas trancas agora são peças para reposição, por isso não posso acionar a garantia. Na política da Gator, em casos assim, eles resolvem com um revendedor autorizado no Brasil. Como o revendedor não tem as fechaduras, eles falam com a Gator. A Gator não cobra por elas, porém, há valor na Nota e é taxado na alfandega (por ser Pessoa Jurídica para Pessoa Jurídica). O revendedor está negociando com a gator para verificar se eles abrem a exceção de enviar diretamente pra mim. Se o valor não passar de 50 dólares (e outra, são três pequenas trancas), dificilmente será taxado, e aí eu poderia receber. Enfim, a assistência deles é boa. Brasil que é muito burocrático.

  • Luciana

    Eu ia comprar o de 256, mas nesse preço, vou pegar o de 128 mesmo…

  • Luciano d’Avila

    De fato, é um país pobre com uma população das classes mais pobres que não pára de se multiplicar. E nossas elites políticas e econômicas, além de corruptas e corruptoras, são ultra-atrasadas. Querem continuar ganhando dinheiro com benesses governamentais, obras superfaturadas e inúteis, extração de bens naturais não renováveis e agricultura básica. Além do quê, nunca ouviram falar (nem querem saber) de um conceito chamado valor agregado. A Apple em particular e os EUA em geral são especialistas nisso.
    O custo da Apple em seus produtos é X e tem um lucro de 5 X. Por quê? Porque pesquisam, investem em design, marketing etc. Já Nova Iorque recebe, sozinha, 3 vezes mais turistas que o Brasil inteiro por ano. Por quê? Porque investem em divulgação, hotéis, atrações, segurança, serviços de qualidade e na criação nas pessoas do mundo inteiro o desejo, através da sua indústria cultural (filmes, clips musicais, reportagens, produtos etc.), de conhecer Nova Iorque. E faturam bilhões de dólares (e o custo é em dólar, o que não barato). Quem não conhece o “I love NY” (no lugar do “love” o coração)?

  • Gustavo Zanandrea

    Só no Brasil que o dólar dá uma baixada e os preços do iPhone sobem. Aliás esse desparate de diferença do plus 32 para o 128 achei ridículo, sem noção mesmo…. Aliás o por quê a diferença do iPhone 7 de 32 para o 128 é 500 reais e o plus na mesma configuração tem uma diferença absurda de 1100 reais ????????

  • Gustavo Zanandrea

    Cada um faz o que quer com o dinheiro não ???? Isso está me cheirando a inveja pura ……

  • Bom, acabei de receber a confirmação de compra do meu 7 Plus 128gb, no cartão bateu hj em 3168,00 ( contando os impostos de Vegas mas nao o iof ) .. se a gente for pensar, até q não tá tão fora da realidade o valor que tão cobrando aqui …

  • ahahahahhaha

  • Lucas Lira

    Legal, também toco teclado, em banda de igreja.

  • Odailson Souza

    vamos la. dolar agora (3.17) iphone 7 plus 256gb, US$969.. em reais (3,17×969= R$ 3.071,73).. caro? (pro meu bolso, nao… agora vem os 60% de impostos.. 60% de 3.071,73 é R$1.843 (valor que o governo leva, ainda ha as taxas estaduais, fora o frete).. agora vamos ao valor final de um iphone plus 256gb.. 3.071,73+1.843= 4.914,93.. junte a esse valor a taxa estudual, mais o frete, e tera um valor bem proximo dos que a apple pratica no Brasil. Querendo ou nao, os impostos pesam bastante.. se fosse no maximo 20%, pagariamos muito menos no mesmo aparelho, e teriamos mais empresas lançando aparelhos no brasil. Mas a burocracia aqui, fora outras coisas sao foda.. Brasil um país lindo, so os politicos que estragam. (se usassem esses impostos pra desenvolver o país, ainda teria alguma logica, paga-lo)

  • Ricardo Monteiro

    Q isso jovi!? tá muito exaltado senta aqui, vamos conversar. Vc leu q eu falei q é da escolha de cada um?

    E eu nem moro no Brasil agora, posso comprar um iPhone por um preço mais justo se quiser. Então seu papo de q é inveja é furado.

  • Gustavo Jaccottet

    O Brasil demanda uma logística complexa e talvez isto justifique a demora no lançamento, pois abastecer todos os 26 estados e o DF, por igual, seja pela Apple On-Line, seja pelas operadoras e redes de varejo, é um trabalho e tanto.

  • Matheus Dilon

    O custo por repassar esses 20 ou 30 dólares aqui é muito mais caro em termos de vendas do que aplicar em outros mercados. A Apple se fosse mais sensata não venderia um celular com armazenamento intermediário a R$4.900!

    Em breve não pretendo comprar mais meus aparelhos em território nacional…é uma vergonha!

  • Victor Barros

    Acho bem improváveis estes preços, visto que o iPhone 6 em janeiro de 2015 estava saindo por 3.499 (o básico) e o dólar estava 2,60. Hoje com o dólar a quase 3,30 acho difícil o iPhone sair com o mesmo preço de 2015.

  • Diego Ramalho

    Acho que so faltou vc colocar o imposto nessa conta ai do “dolar da apple”. Sabe qual eh o lucro do iphone no Brasil? Menor do que no USA =)

  • Marcvs Antonivs

    Antes a culpa era da Dilma e dos “seus impostos”…e agora???

  • Marcvs Antonivs

    Na China a Apple não tem esse problema?

  • Gustavo Jaccottet

    Os iPhones são produzidos lá, ou não? Ainda mais, na China houve o desenvolvimento de una logística própria, a abertura de diversas Apple, modelos de iPhone específicos ao mercado chinês, mas claro, são deduções. No Brasil não existe uma logística própria, há apenas duas Apple, a produção de iPhones é “devagar quase parando”.

  • Vlw!

  • Ajustes

    Do Temer.

  • Ajustes

    Não sei o motivo, mas acho que sua imagem de perfil não combina muito. hahaha

    Apple e Brasil não tá dando certo…

  • Felipe Moura

    Sera que R$3.499 sera o valor para o pagamento a vista ou será para pagamento parcelado?

  • Sai o novo iPhone e o 6s cai mil reais no Brasil. Tem gente que ainda culpa somente os impostos, livrando a cara da Apple. Ela tem culpa sim.

  • sigma7777777

    Ô loco, cerca de R$ 1.500 de diferença no modelo 7 Plus de 128 GB para o similar norte-americano. Quem puder deve ao menos aguardar os preços de varejo e tentar utilizar algum cupom para obter um desconto.

  • Kloeckner

    A Samsung vender por um preço menor. Cade o imposto?

  • No caso dos modelos Plus, então, o salto entre as capacidades é ainda maior e o modelo topo-de-linha poderá chegar a esse preço assustador de cinco fuck**** mil e quatrocentos reais. Brasil… il, il!

  • Lucas Lira

    Sem noção mesmo…


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: