Recentemente publiquei aqui no site o meu review completo do Apple Watch Series 2, mas outro dispositivo que está comigo desde a mesma época é o iPhone 7 Plus. E, com a iminência do seu lançamento no Brasil, é hora de lhes contar o que estou achando do aparelho.

Vale notar desde já que esta não é uma análise que meramente sucede à que fiz do iPhone 6s, há pouco mais de um ano. Isto porque, pela primeira vez, optei pelo modelo trambolhudo maior, de 5,5 polegadas. Ou seja, este review trata tanto das evoluções da nova geração do iPhone quanto da minha experiência na troca de tamanho.

iPhones 7 e 7 Plus

Tem alguns bons minutos aí? Vem comigo! 😉

Vídeos de unboxing

Caso você não tenha visto:

Por que o Plus?

iPhone 7 Plus preto de costas e iPhone 7 jet black de costasVamos diretamente ao ponto.

Desde que a Apple introduziu os tamanhos atuais dos iPhones, em 2014, pus os dois modelos na balança (uma imaginária, ok?) e acabei optando pelo menor tanto no iPhone 6 quanto no 6s.

Em ambos, os diferenciais dos modelos Plus eram três:

  1. Estabilização óptica na câmera iSight;
  2. Bateria com maior autonomia;
  3. E a tela/resolução em si, é claro.

Neste ano, a Apple finalmente levou a estabilização óptica para o modelo de 4,7 polegadas também. Porém, no lugar dela e se juntando aos outros dois diferenciais que permanecem, entrou uma segunda câmera traseira — com uma teleobjetiva.

Não foi à toa que, na keynote de lançamento dos iPhones 7/7 Plus, a Apple fez questão de demonstrar o modo Retrato (Portrait) que chegaria futuramente: o zoom óptico de 2x na câmera é interessante, mas é esse modo que faz toda a diferença e que me fez querer o modelo maior desta vez. Felizmente o iOS 10.1 já está entre nós, e isso merece um sub-tópico à parte mais abaixo.

Na verdade não foi só isso: minha experiência com a bateria do iPhone 6s estava terrível. Tive o azar de realmente enfrentar problemas técnicos com a minha unidade, a qual felizmente foi trocada semanas antes de eu comprar o iPhone 7 Plus. Mas, mesmo na normalidade, a autonomia dele estava me irritando. Eu ouvia tão bons comentários sobre a bateria do Plus que resolvi, desta vez, matar dois coelhos com uma cajadada só.

Vale constar aqui que há ainda um quarto diferencial entre os dois modelos, este ano: o iPhone 7 tem 2GB de RAM, enquanto o iPhone 7 Plus pulou para 3GB. Mas eu nem considero muito isso porque testes já deixaram claro que não é uma característica a qual traz reais benefícios para o usuário; o 1GB extra é exatamente para suportar os recursos extras (principalmente os ligados à câmera) do modelo maior.

Performance

De ano em ano, a Apple apresenta um novo processador para equipar seus iGadgets. Em 2016, não foi diferente: desta vez a novidade foi o A10 Fusion (com o coprocessador de movimento M10), que se chamaria simplesmente “A10” não fosse o fato de a AMD já usar essa marca.

A10 Fusion

Além de ganhos significativos em CPU1 e GPU2, o A10 Fusion é o primeiro system on a chip (SoC) da Apple com quatro núcleos. Dois deles trabalham “a todo vapor” e dois são menos potentes porém bem mais eficientes em consumo energético. A ideia é só utilizar os mais potentes quando necessário, economizando bateria.

Resumindo, o iPhone 7 é muito rápido. Mas o 6s também já era, e eu seria hipócrita em lhes dizer aqui que realmente senti diferença prática no dia-a-dia. Não tenho dúvidas de que esses avanços surtem diferenças mais perceptíveis em apps e jogos complexos, mas não costumo fazer uso destes no iPhone.

O chip 4G (LTE) dos iPhones 7/7 Plus também vai agora até 450Mbps, mas obviamente isso não fará diferença nenhuma para quem está acostumado com as redes de telefonia celular brasileiras.

Bateria

Já que citei a dita cuja, vamos lá.

É normal e natural que, em meus reviews, eu compare a minha experiência com a bateria do iPhone em relação à do modelo do ano anterior. Só que desta vez, conforme expliquei no comecinho deste texto, eu troquei de tamanho e, como sabemos, as baterias dos modelos Plus são (bem) maiores que as dos normais.

Obviamente, a tela e a resolução dos modelos Plus também consomem mais bateria e, no caso do iPhone 7 Plus, ainda temos 1GB de RAM para contribuir com esse consumo diferenciado. Mas, no fim das contas, a maior capacidade da bateria contribui para uma autonomia diária muito maior nos modelos Plus. E estou sentindo isso na prática.

É importante eu pontuar isso tudo porque, se tivesse simplesmente trocado o meu iPhone 6s por um 6s Plus, este sub-tópico por si só já teria comentários absurdamente diferentes. Posso resumir a minha experiência com a bateria do iPhone 7 Plus de forma muito simples: é a que eu esperava há anos num iPhone.

Estou sendo, é claro, o mais realista possível diante dos atuais avanços tecnológicos. Sonho com o dia em que ou só teremos que recarregar nossos smartphones uma vez por mês ou com a bateria indo de 0% a 100% em 5 minutos. Enquanto isso não se concretiza, ter um aparelho em mãos o qual me permite usá-lo da forma como um smartphone de 2016 deve ser usado (isto é, intensamente) durante o dia inteiro, sem preocupações, me agrada demais.

Para os fanáticos por especificações técnicas: o iPhone 7 tem uma bateria de 1.960mAh, contra 2.900mAh do iPhone 7 Plus. Os números comparam-se a 1.715mAh e 2.750mAh, respectivamente, nos iPhones 6s e 6s Plus — o aumento médio em capacidade foi, portanto, de 12%. Na prática, em média, o que Apple prometeu foram 2h a mais no iPhone 7 em relação ao 6s, e 1h a mais no iPhone 7 Plus em relação ao 6s Plus.

Tela

Nada consome mais bateria em um smartphone do que a sua tela; não é à toa que as baterias evoluem bastante mas a autonomia para o usuário não muda tanto, afinal, as telas também continuam evoluindo.

No iPhone 7, a Apple não alterou nem tamanhos de telas e nem as suas resoluções: continuamos com 750×1334 pixels para o modelo de 4,7 polegadas e com 1080×1920 pixels para o de 5,5 polegadas. Isso lhes dá 326 e 401 pixels por polegada de densidade, respectivamente; apesar da diferença, eu não achei a tela do Plus mais nítida que a do normal, ou algo do tipo.

Tela/display do iPhone 7

O que mudou mesmo nesta nova geração foi a gama de cores suportada pelos aparelhos — agora P3 — e o brilho — que chegou a 625cd/m2, seja lá o que esses números signifiquem. Sinceramente, eu esperava que o ganho no brilho fosse mais perceptível; não achei a nova tela ruim, mas às vezes ainda tenho um pouquinho de dificuldade de enxergá-la quando o iPhone está no carro, preso ao painel, com um sol forte batendo diretamente nele. Acho que meus óculos (com lentes polarizadas) também contribuem para isso, mas não deveriam.

Vale notar que a Apple afirma que o novo brilho máximo dos iPhones (até 25% mais, segundo ela) só é atingido quando “Brilho Automático” está ligado em Ajustes » Tela e Brilho, até para evitar um consumo exacerbado/desnecessário de bateria. Mas é assim que eu uso e sempre usei, e, aliás, tenho a minha própria experiência com a tela do Apple Watch Series 2 para dizer com certeza que, nesse quesito, o iPhone ainda pode evoluir sim.

Alto-falantes

Taí outra coisa que vem evoluindo a curtos porém constantes passos, desde as primeiras gerações do iPhone. Desta vez, a Apple achou até que a novidade merecia um comercial só para ela.

Em vez de simplesmente trabalhar na qualidade e na potência do som emitido pelo alto-falante da parte inferior do iPhone, a Apple também tornou o alto-falante que até então só era usado para ligações (quando posicionado na orelha) como uma segunda fonte de som potente. Com isso, ela pode dizer que o iPhone tem agora um sistema de som estéreo — ainda que a proximidade de um para o outro não nos permita diferenciar o L do R, de fato.

Mas sim, ele está bem(!) mais potente no geral. Até o iPhone 6s, a menos que eu estivesse num ambiente muito silencioso (ou com a esposa do lado, hehe), era normal eu sempre assistir a vídeos ou ouvir música com o volume no máximo. Agora, com o iPhone 7 Plus, o mais comum é eu ficar ali nos 70-80%. Está muito bom.

Sem falar que temos agora um “alto-falante frontal”, que é direcionado a nós. Ao menos aqui, isso marcou o fim daquele gesto de “concha” com a mão no alto-falante inferior para ele ser direcionado aos meus ouvidos.

Cadê a saída de 3,5mm?

E então chegamos à polêmica decisão da Apple de remover a saída de 3,5mm para fones de ouvido do iPhone, um rumor que surgiu originalmente há quase um ano. Dificilmente alguém vai comemorar a remoção de alguma coisa, mas a Apple deu lá seus motivos para ter seguido esse caminho.

Pessoalmente, isso não me afetou em absolutamente nada. Odeio fios, então há tempos sou usuário de fones sem fio — o mais recente, um Powerbeats2 Wireless. Também já estou na fila para comprar os AirPods, embora já não saiba quando exatamente conseguirei pôr as mãos em um. Desta forma, provavelmente conseguiria contar nos dedos das mãos as vezes que pluguei algum fone na porta do meu iPhone 6s.

AirPods em cima de iPhone 7 jet black

Em casa (isto é, no meu escritório) também deixo sempre conectado ao Mac um Dock Lightning do iPhone — que, por sinal, é uma das alternativas dada pela Apple para quem quer ouvir música enquanto recarrega o aparelho. Ou seja, nem nesse raro cenário — ao menos para mim — a minha experiência foi prejudicada.

Todavia, embora eu reconheça que essa decisão da Apple — a qual já está sendo seguida por outras fabricantes e assim continuará daqui pro ano que vem, podem anotar — contribuirá para o aquecimento do mercado de fones de ouvido sem fio e que a porta por si só era prejudicial para tornar o iPhone mais resistente a água (falarei disso adiante), compreendo totalmente os que odiaram essa “novidade”. Como falei, é difícil comemorar a remoção de qualquer coisa e há por aí milhões de pessoas com fones não-wireless das mais diversas qualidades que serão agora obrigadas a usar o adaptador incluso na caixa do iPhone 7/7 Plus — ao menos esse erro (o de não inclui-lo), a Apple não cometeu —, bem como não poderão recarregar o aparelho ao mesmo tempo (a menos que adquiram um acessório qualquer à parte).

Mas, no fim, todos temos que reconhecer que este é um período transitório. Se em 2017 ninguém nem mais citar a ausência da saída de 3,5mm como um ponto negativo em smartphones a serem lançados (não sei se já será no ano que vem, mas pode ser que sim), tenham certeza de que a Apple contribuiu bastante para isso.

Design

É engraçado este sub-tópico não ter sido um dos primeiros do review, como normalmente seria, mas há uma explicação: pela primeira vez em anos, a Apple não nos trouxe um design significativamente mudado num “iPhone não-s”.

Explico: tirando o iPhone de primeira geração, a Apple manteve um ciclo religioso de mudar o design do aparelho num ano e, no ano seguinte, trazer novidades/refinamentos mantendo a carcaça (praticamente idêntica). Foi assim com os iPhones 3G/3Gs, 4/4s, 5/5s e 6/6s. Com o 7, houve uma quebra.

Não quero dizer que o iPhone 7 é idêntico ao 6s, longe disso. Mas bem pouca coisa mudou, considerando os saltos passados. Isso já pode ser visto pelo fato de que as dimensões e os pesos dos aparelhos praticamente não mudaram, salvas diferenças imperceptíveis.

Olhando de cima, de frente e nas laterais, nada mudou. Na parte inferior, a saída de 3,5mm à esquerda da porta Lightning deu lugar a furinhos idênticos aos da direita — mas não é um segundo alto-falante ali, e sim somente um microfone (como antes). Na traseira estão as maiores mudanças: as linhas de antenas que cruzavam o iPhone foram eliminadas e ficamos com apenas algumas nas extremidades, o que eu pessoalmente adorei. A câmera iSight aumentou e mudou ligeiramente de posição, ficando agora elevada pelo próprio alumínio da traseira.

Todas as cores dos iPhones 7 e 7 Plus

E por fim, temos as cores — é claro: foram mantidas a prateada, a dourada e a ouro rosa, enquanto a cinza espacial virou preta matte (fosca) e a Apple introduziu uma quinta e polêmica opção, o iPhone preto brilhante (jet black). Todas são aplicadas sobre uma carcaça feita em alumínio série 7000, tal como os iPhones 6s/6s Plus.

Voltei da nossa ida à Alemanha com um iPhone 7 Plus prateado, mas por falta de opção. Semanas depois, no MM Tour V, consegui comprar o que eu queria desde o começo: o preto matte. Achei o brilhante muito bonito, mas não conseguiria ignorar tantas marcas de dedo e muito menos os “micro-arranhões” que ele recebe tão facilmente. Oh, well…

Novo botão de Início (Home)

Simplesmente olhando para ele, parece o mesmo. Mas o botão de Início também recebeu uma mudança significativa no iPhone 7.

Desde o primeiríssimo iPhone, o botão de Início era um… botão. Digo, uma pecinha física, que se pressiona. No iPhone 7, não mais: ele ainda é uma pecinha à parte do painel frontal do aparelho, mas é fixo — mais uma mudança criada para tornar o smartphone resistente a água, tal como falarei a seguir.

Mas o legal é que, se alguém pegar um iPhone 7/7 Plus sem saber dessa mudança, dificilmente perceberá que o botão não é mais físico. Talvez até sinta algo de diferente, mas porque ao “pressionarmos” o botão agora o iPhone usa o seu Taptic Engine (motor interno de vibrações) para dar uma resposta física que simula bem o clique real.

Ouvi por aí alguns comentários de gente que odiou esse novo botão, mas no geral é algo com que você se acostuma (e até esquece de como era) em poucos dias. E, sinceramente, estou até curtindo mais ele do que antes pois a resposta é super-rápida; para mim a experiência de dar dois “cliques” para chamar a multitarefa do iOS, por exemplo, ficou melhor com ele.

E ainda temos outra vantagem, além de contribuir com a resistência a líquidos: como o botão não se move mais, as chances de ele quebrar (embora ainda existam) despencam exponencialmente. Então, por favor: digam adeus ao AssistiveTouch, de uma vez por todas! 😝

O Touch ID, de segunda geração, continua tão bom quanto já era no iPhone 6s; as queixas que eu tinha na época do iPhone 5s e do 6 se foram. Ele agora raramente não consegue ler a minha digital mesmo com a mão suada.

Resistência a água

Há quem diga que a Apple não precisava ter retirado a saída de 3,5mm para tornar o iPhone resistente a água, mas os testes que já fizeram por aí mostram que ele pode ser hoje o smartphone mais resistente que existe — e a ausência da porta com certeza contribuiu para tal.

Resistência à água - iPhone 7 e 7 Plus

Oficialmente, a Apple afirma que o iPhone 7/7 Plus é resistente a respingos, água e poeira com classificação IP67 sob o padrão IEC 60529. iPhones de gerações passadas já eram até bastante resistentes nesses quesitos, mas é a primeira vez que a Apple está assinando embaixo.

É preciso deixar bem claro que resistência à água é bem diferente de ser de fato à prova d’água, como é o Apple Watch Series 2. A ideia *não* é que donos de iPhones 7/7 Plus mergulhem o aparelho na piscina para tirar fotos subaquáticas, até porque se você fizer isso provavelmente terá problemas e, pior, a Apple nem os cobre na garantia.

A ideia da Apple é evitar que iPhones sejam quebrados/inutilizados devido a qualquer respingo ou mergulho acidental, algo que é bem comum de acontecer por aí. Como o aparelho é agora bem mais resistente, as chances de ele continuar funcionando perfeitamente após um incidente do tipo são enormes. Com o iPhone 7/7 Plus, você também não precisa se preocupar em atender uma ligação urgente, pedalar ou correr na chuva — só para citar alguns exemplos corriqueiros.

Câmeras (e o modo Retrato)

Pegando só o iPhone 7 como base, já tivemos boas melhorias nas duas câmeras do aparelho: a frontal (FaceTime) passou de 5 para 7 megapixels, ainda com abertura ƒ/2.2, enquanto a traseira (iSight) manteve seus 12 megapixels mas passou de uma abertura ƒ/2.2 para ƒ/1.8, o que permite uma entrada de luz muito maior. Além disso, como eu já havia citado, ela agora também tem estabilização óptica e passa a ser construída com um sistema de seis elementos em vez de cinco.

Câmeras do iPhone 7 Plus

A opções de captura de vídeos, algo que muito me interessa, não mudaram: resolução 4K com 30 quadros por segundo, Full HD 1080p com até 60qps ou câmera lenta a 120qps (1080p) e 240qps (720p). A câmera FaceTime agora também suporta vídeos até 1080p, enquanto antes só ia a 720p.

Posta essa introdução, o que temos é um ganho em qualidade de imagens — especialmente em ambientes com pouca luminosidade — bastante perceptível, mais do que foi a mudança do iPhone 6 para o 6s. O foco é bem rápido, há detecção automática tanto de corpo quanto de rostos, e em caso de necessidade o flash True Tone também melhorou: agora ele conta com quatro LEDs, para uma maior iluminação (50% mais, segundo a Apple).

Meu iPhone 6s já foi devidamente passado a um parente que mora em outra cidade e, como eu não conseguiria um emprestado por um dia inteiro para fazer fotos comparativas sob diferentes luminosidades, usei o iPhone 5s da esposa mesmo. É legal, pois podemos observar bem o salto da câmera num espaço de três anos:

iPhone 5s vs. iPhone 7 Plus
Clique/toque nas imagens para ampliá-las.

Em suma, quem vai optar pelo modelo de 4,7 polegadas não se arrependerá. As novas câmeras estão excelentes e as melhorias são perceptíveis mesmo em relação ao iPhone 6s, embora sempre o salto seja maior quando se compara um modelo com o de dois anos atrás (ou mais).

Só que, obviamente, neste sub-tópico a grande novidade mais uma vez ficou no modelo Plus. Ali atrás temos uma segunda câmera, também de 12 megapixels, porém com uma teleobjetiva que funciona como uma espécie de “zoom óptico 2x” para a grande angular convencional. Essa, porém, tem uma abertura de ƒ/2.8 e não conta com estabilização óptica — ou seja, só funciona para valer em ambientes bem iluminados.

Eu odeio e não recomendo que ninguém utilize zoom digital, até porque na prática é como se você tirasse a foto sem zoom nenhum, depois recortasse (crop) um pedaço dela e a ampliasse digitalmente. Não tem magia: haverá perda de qualidade e, quanto mais zoom você der, pior ficará. A boa notícia é que, partindo dos 2x da teleobjetiva, pelo menos podemos combiná-lo com o zoom digital — se você insistir mesmo em usá-lo — com uma perda menor de qualidade. No extremo, dá agora para chegar a 10x (contra 5x de antes).

A seguir, alguns exemplos de fotos tiradas com a grande angular e a teleobjetiva, para que vocês possam entender o que são os 2x na prática:

iPhone 7 Plus: sem vs. com zoom 2x
Clique/toque nas imagens para ampliá-las.

E um rápido vídeo:

Contudo, como falei lá no comecinho, o que me interessou mesmo no iPhone 7 Plus foi o seu modo Retrato. O que este recurso do iOS 10.1 faz é ativar as duas lentes do aparelho simultaneamente, usando a teleobjetiva para focar a pessoa (ou o objeto) e os dados da grande angular para desfocar bem o fundo e gerar um efeito comum em câmeras DSLR profissionais.

Já tem um tempo que existem apps que prometem isso e recentemente até lançaram um que promete especificamente simular o modo Retrato do iPhone 7 Plus, mas os resultados são muito aquém dos obtidos nativamente. E nem este é perfeito, é claro: estamos combinando dados de duas lentes, mas gerando todo o efeito por meio de inúmeros algoritmos de softwares que, inevitavelmente, falharão. No caso de uma DSLR com lente de grande abertura, a coisa é totalmente física — então a comparação é até um pouco injusta, ainda que o iPhone ofereça um grande diferencial em relação a elas: pré-visualização do efeito em tempo real, na tela.

Tendo tudo isso em mente, o que dá para se obter brincando com o modo Retrato é fenomenal, muito divertido. Confiram:

iPhone 7 Plus: sem vs. com modo Retrato
Clique/toque nas imagens para ampliá-las.

A boa notícia é que, como boa parte dos resultados do modo Retrato é graças ao software em si, a tendência é que ele melhore com futuros updates do iOS sem que precisemos aguardar a chegada do “iPhone 7s” ou do “iPhone 8”.

Capacidades

Se tem uma coisa que ocupa bastante espaço nos iPhones são fotos e vídeos. E, para a felicidade de todas as nações, neste ano a Apple foi bastante generosa: ela *dobrou* as três opções de capacidade dos iPhones, mantendo obviamente a mesma estrutura de preços de antes.

Ou seja, passamos de 16GB, 64GB e 128GB para 32GB, 128GB e 256GB. Acho que o “sweet spot” continuará sendo o intermediário, embora agora seja possível dizer que 32GB atenderão às necessidades de muito, muito mais gente. No outro extremo, acho os 256GB até demais; nem eu, que me considero um usuário avançado, optei por ele. Mas acho superbacana que exista essa versão.

Para quem quiser um iPhone 7/7 Plus na cor preta brilhante (jet black), porém, as opções são apenas 128GB ou 256GB.

iOS 10

É muito comum iPhones novos chegarem ao mercado com recursos do iOS exclusivo deles. Neste ano, com exceção do modo Retrato do iPhone 7 Plus, isso não aconteceu.

iOS 10 num iPad e num iPhone

As funções do 3D Touch (pressão sobre a tela) continuam evoluindo, mas todas as que funcionam nos iPhones 7/7 Plus também são compatíveis com iPhones 6s/6s Plus. Aprimoramentos na Siri, no app Mensagens (Messages), no recurso Memórias do Fotos, em outros apps nativos do sistema, etc. estão disponíveis para praticamente todos os aparelhos. Até mesmo uma das novidades que mais curti dele, que é a possibilidade de atendermos ligações do Facebook Messenger, do WhatsApp, do Skype e de outros como se fossem nativas (graças ao novo framework CallKit), também não é exclusividade dos últimos modelos — que é excelente.

Mas o iOS 10 trouxe um novo recurso que mudou bastante a forma como interajo com o meu iPhone, e que é compatível com os modelos do ano passado para cá (ou seja, 6s/6s Plus, SE e 7/7 Plus): o “Elevar para Despertar” (“Raise to Wake”), dentro de Ajustes » Tela e Brilho. Ele foi criado basicamente para resolver o “problema” de o Touch ID agora ser rápido demais, mas independentemente disso eu acho que o comportamento faz todo o sentido — assim como os novos MacBooks Pro ligarem logo quando a sua tampa é aberta.

Mais visões dos aparelhos em fotos

Quando ainda estávamos na Alemanha, publicamos aqui no site uma galeria de fotos enorme dos aparelhos que compramos.

A seguir coloco algumas delas, para você ter mais algumas visões dos iPhones 7/7 Plus além das fotos oficiais da Apple — só como aperitivo:

Conclusão

Até os 45′ do segundo tempo, eu ainda não tinha certeza se pegaria o iPhone 7 ou o iPhone 7 Plus. E não me arrependo nem um pouco da minha escolha.

Caixa do iPhone 7

Continuo achando os iPhones de 5,5 polegadas bem “trambolhudos”, mas me acostumei com o tamanho dele muito mais rapidamente do que imaginava. No dia-a-dia nem penso mais nisso, só me incomodo de vez em quando ao tentar usá-lo com uma mão só.

Chegar a ser inacreditável pegar o iPhone 5s da minha esposa, dá a sensação de ser um smartphone de brinquedo — sem exagero nenhum. Ao mesmo tempo, quando uso um iPhone 6s ou 7 ainda sinto que aquele ali é o tamanho ideal para mim, porém colocando todos os benefícios do Plus na balança creio que seja agora uma migração sem volta. Isso não quer dizer que qualquer pessoa conseguirá se adaptar como eu, é claro.

A geração deste ano do iPhone trouxe mais mudanças/melhorias do que parecia à primeira vista; não é à toa que este é possivelmente um dos maiores reviews que eu já escrevi aqui no site. O aparelho está mais bonito (de novo: adeus, listras de antena! Olá, lindo preto fosco!), mais resistente, mais rápido do que nunca, traz câmeras (bote plural nisso: são três!) sensacionais, alto-falantes com a potência que eu sempre quis num iPhone e, finalmente, opções de capacidade interna de respeito desde a versão de entrada.

Caso você não tenha visto o nosso vídeo de hands-on ainda, aqui está:

Apesar dos ótimos avanços, há também os contrapontos: se você tem um fone de ouvido com fio e odeia adaptadores, bem como se é comum para você recarregar o iPhone enquanto o fone está conectado, prepare-se para se irritar. Se você não cogita migrar do modelo de 4,7 para o de 5,5 polegadas e acha a bateria dele ruim, não espere nada muito diferente nesta geração.

Eu sempre costumo dizer, e é um fato, que a troca de uma geração para a imediatamente seguinte não gera melhorias tão perceptíveis assim. Neste ano não é lá muito diferente, a menos que você se foque em determinadas novidades bastante específicas — se o iPhone é a sua câmera fotográfica principal, então, o salto deste ano é realmente visível. Portanto, para quem tem um iPhone 6s/6s Plus, a avaliação é muito pessoal; para os que estão no 6/6 Plus ou anteriores e tiverem condições de investir num 7/7 Plus, recomendo demais.

Posto tudo isso, minha avaliação de novos iPhones ano a ano continua totalmente baseada na minha experiência restrita ao ecossistema Apple — o que não é ruim, pois, mesmo algumas diferenças aqui e ali, vantagens/desvantagens para um lado ou outro, sabemos que ela tem há anos um dos melhores (se não o melhor) smartphones do mercado. Não nego, porém, que ainda devo a vocês — há anos, diga-se — aquela minha experiência do #DesafioAndroid. Então, se alguém do Google estiver lendo isto aqui, saiba que eu *adoraria* passar um mês com um Pixel XL a fim de compartilhar com os leitores do MacMagazine uma visão de alguém que nunca teve um Android e usou um para valer no dia-a-dia.

Dizem por aí que 2017 marcará um dos maiores saltos na história do iPhone, em “comemoração” aos seus dez anos de vida. Estou bem ansioso para ver o que virá por aí, mas enquanto isso estou satisfeitíssimo em ter nas mãos um dos computadores portáteis mais avançados que já foram criados.

Review: iPhone 7 Plus, o meu primeiro com tela de 5,5 polegadas
Design9.5
Performance10
Resistência/durabilidade9
Câmeras9.5
Tela8.5
Som (alto-falantes + fones)7.5
Prós
  • Câmeras sensacionais, especialmente no modelo Plus;
  • Design aprimorado, novas cores, mais resistente;
  • Capacidades dobradas (adeus, 16GB!).
Contras
  • Remoção da saída de 3,5mm — impossibilidade de recarregar o iPhone enquanto tem um fone conectado;
  • O visual não mudou tanto assim em relação à geração passada;
  • Bateria, especialmente do modelo de 4,7 polegadas, ainda deixa a desejar.
9Geral

Notas de rodapé

  1. Central processing unit, ou unidade central de processamento.
  2. Graphics processing unit, ou unidade de processamento gráfico.
  • Ótimo review/análise principalmente na parte do modo retrato. Mal posso esperar para colocar as mãos no meu… Estou realmente ansioso com esse lançamento, mais do que em qualquer outro ano!

  • Fernando

    Bem bacana o review!

    Estou aguardando para comprar o meu sexta.. Você ta usando capinha no Preto Fosco? Eu queria não usar.. mas o medo dele arranhar é enorme.. (sempre usei no 6S)..

  • Bruno Santana

    #googlemandaumpixelprorafa

  • Marcelo Pinheiro

    Gostei do review, mas o que menos foi falado foi sobre sua experiência real com o iPhone de 5.5″. Somente nas conclusões! Eu sempre curti telas grandes, então, sem novidades pra mim. Mas é sempre interessante ver a opinião de uma pessoa que muda de uma tela pequena pra uma grande. E não vi isso no review. Tirando isso, tudo excelente.

  • Claudio Guerra

    Rafael, parabéns por este artigo bem elaborado sobre a sua experiência com o iPhone 7 Plus.
    Principalmente essa parte de trocar de 4,7 para 5,5 polegadas.
    Aconteceu isso comigo quando troquei de 6 para 6s Plus e não me arrependo disso.
    Realmente os iPhones de 3,5 e 4 polegadas pareceram como brinquedos.
    É incrível que as coisas evoluem e, assim, as opiniões também mudam para melhor.
    Abraços.

  • Guilherme

    Estou com um Plus. E eu não consegui me adaptar. Ainda prefiro o modelo de 4,7. Acredito ser mais equilibrado.

  • Kalino Pereira

    iPhone 7 plus abriu definitivamente as portas do mundo trabolho…rssrs o 6s plus foi apenas um pequeno start.

    Parabéns pela materia.

    Definitivamente o tamanho do iPhone 4.7 é o ideal. Espero de verdade que os engenheiros consigam aproveitar melhor as bordas da tela…quem sabe tudo tela? Seria perfeito!!!

  • Ronaldo Rodrigues

    Agora vai ter que ser o pixel XL, haha

  • Lucas Henrique

    Estou querendo vender o meu )=, se alguém tiver interesse

  • ricardopilatti

    Só acho que essa questão do design da antena do iPhone 7 já poderia estar presente desde o 6. Mas é que aí não teria nada de “novo” nas próximas versões. Acredito que coisas que vemos no iPhone atual a Apple já tenha há pelo menos 2 anos.

  • Adam Santos Gonçalves

    Muito bom o Review, mal posso esperar para pegar meu “trambolhudos”.

    Alguém mais aqui fez a compra no sábado no iPlace e o pagamento ainda não foi aprovado ??
    Fiz a compra do 7 Plus 32GB Preto Matte, meu cartão foi confirmado a compra mais nada do iPlace.. =

  • Rafa, ao ler o seu post hoje teria certeza que iria comprar. Mas já estou com o meu há quase 20 dias! Sai do iPhone 6 Plus 64GB para o 7 Plus 128GB (mesma cor Silver Gray). Para mim a diferença de performance foi enorme!!! Senti um salto significativo. Sei que o celular, visto por um olhar de quem não é do mundo da tecnologia, são idênticos. Mas para mim que adotei os iDevices já alguns anos (Só não tenho família Mac), estou muito feliz.

    Agora assim como você, o Pixel me intriga. Estou bem curioso assim como novo aparelho da Xiaomi com quase nada de borda.

    Enfim, pensando em ser um segundo device não apple. Vamos avaliar daqui alguns meses.

  • Achei as fotos do 5s melhores. Só perdeu na frontal e no efeito do Plus. :s

  • Ajustes

    Ótimo review, agradeço pelas menções no texto!

    Única coisa que me desagradou no iPhone 7 foi a pouca evolução no design. O que temos hoje deveria ter vindo no 6S.

  • Ajustes

    Parece que têm mais saturação, as cores são mais vivas no 5S.

  • Sim. E o efeito “bokeh”, agora que abri as fotos grandes… tá uma bosta. Tipo. Passa pra uma fotinha casual. Mas eu que uso pra trabalho (faço minhas fotos da minha marca com um 5s), esse recorte não passaria jamais…

  • Ajustes

    Sempre gostei de tirar fotos borrando o fundo e nunca precisei de duas câmeras para isso, ou apps específicos (sou totalmente amador). Vou testar o efeito no iPhone 7 Plus, espero que não me decepcione.

    https://uploads.disquscdn.com/images/481cc8d8742896b8aa60f30e3fc40d722ff561a7c45e51d1de9d4c5bc245a559.jpg

  • Douglas Cauê

    ótimo review! estou nesse dilema 7 ou 7+, ja tentei utilizar o modelo Plus algumas vezes, mas nao consigo acostumar ficar sem utilizar com apenas uma mao

  • Seu efeito tá melhor sem as duas câmeras. E isso é doideira. Se colocaram duas câmeras, era pra chegar destruindo já. Não pra fazer efeito que a gente consegue em 20 segundos de edição em qualquer app…

  • João Ninguém

    Review muito bem feito. Parabéns.

  • sigma7777777

    Se já estou satisfeito com meu Moto X Pure Edition, imagine então se não ficaria feliz com as melhorias do Pixel XL, como a qualidade de construção, o “touch ID”, Android 7.0 com exclusividades, o armazenamento ilimitado de fotos na qualidade original, dentre outras coisas.

  • Esse ano perdi para ladrões, 2 iPhones 6. Comprei um 6sPlus para ver como é (uma antiga vontade). Com exceção do tamanho para usar com 1 mão e na hora de colocar no bolso da frente, não sinto falta da tela de 4,7″.

    E, além do Touch ID mais rápido e do 3D Touch, pasmem: o que mais uso e adoro no meu 6sPlus, é o Levante para Acordar. Usamos menos o botão Home por causa dele. Acho que, quem experimenta, se apaixona.

    Acho que Rafa foi mais um “capturado” pelo Plus.

  • Ricardo Cesar

    Adam, fiz a compra na sexta e o pagamento foi aprovado hoje à tarde. Não recebi e-mail, só consegui checando no próprio site. Minha dúvida agora é com relação à entrega… queria receber ainda esta semana haha

  • Vinicius Cidreira

    Eu coloquei a capa transparente da Spigen. Vende aí na MM Store, apesar que eu comprei a minha aqui nos EUA. Mas ela não adiciona quase nada de volume e não esconde a bela cor do aparelho.

  • Adam Santos Gonçalves

    Que bom Ricardo, você pelo menos eles aprovaram, enchi o saco deles o dia todo hoje, todos atendentes pedem para esperar de hoje para amanhã que vão aprovar, só me resta esperar.. Qual modelo você comprou ?
    Meus sonho receber antes de sexta..haha, me falaram na iPlace que vão faturar no máximo até segunda 14/11 e assim vai começar a valer o tempo de espera.

  • Vinicius Cidreira

    Quando eu mudei do 6 para os 6S Plus, também tive receio de não me adaptar facilmente. Mas foi muito rápido. Hoje não consigo segurar um iPhone menor sem achar estranho.
    Também estou muito satisfeito com meu 7 Plus preto fosco.

  • que review foda. parabéns MM, apesar de eu não comprar o 7+, fiquei tentada depois que vi as fotos no modo retrato, mas vou me contentar com o meu 7 normal mesmo que tá ótimo.

  • Ricardo Cesar

    Abri um chat hoje de manhã e me falaram a mesma coisa, que até amanhã estaria aprovado. Dai entrei no site no fim da tarde e estava ok. Comprei o 7 preto matte de 128gb. Fiquei bem tentado com a câmera do 7+ mas como estou saindo do meu 5s, fiquei com medo de não me acostumar. E vamos torcer pra receber ainda esta semana! E você escolheu qual modelo?!

  • Lucas Mateus

    também esperei um tópico dedicado a isso, mesmo assim foi um ótimo Review

  • Adam Santos Gonçalves

    Peguei o 7 plus 32gb preto matte, espero me acostumar com tamanho e capacidade, estou vindo de um 6s 64gb..

  • PedroGearhead

    7 Plus de 128GB devidamente comprado e chegando na sexta-feira! Contando os dias para a semana passar voando, hehe. Meu 6 e meu 6s foram de 4.7″, vai ser meu primeiro Plus também.

  • PedroGearhead

    Cara… Aí você vai ter que ponderar algumas coisas. Se você baixa muitos apps, vídeos, tem muitas fotos e músicas, seria melhor pegar o 7 de 128GB. Caso contrário, pegue o Plus de 32GB, que é suficiente para um uso moderado. Aí você tem que decidir entre armazenamento do 7 ou novidades do 7 Plus. Ah, fora que o 7 de 128GB é 200 reais mais barato que o Plus de 32GB, com esse dinheiro você já conseguiria por uma película e comprar um case.

  • Vitor C

    Se a Apple trabalhase melhor o aproveitamento de tela nos iPhones tenho certeza que muitos se sentiriam mas confortáveis com o plus.
    o aproveitamento é terrível, bordas enormes em todos os lados, um galaxy note por exemplo é menor que um iPhone 7 plus e tem uma tela consideravelmente maior, assim como um s7 edge é pouquíssima coisa maior que um iPhone 7 tendo bem mais tela.

  • PedroGearhead

    Eu, que tive o 6 de 4.7″ e o 6s de 4.7″, ou seja, dois anos seguidos com esse tamanho, quando eu pego em um Plus por um minuto e meio e depois volto para meu iPhone, já acho o meu consideravelmente pequeno. É questão de costume, quando você se adapta a um tamanho maior, o menor automaticamente se torna estranho. Eu tive essa mesma percepção quando saí do 5s para o 6.

  • Lucas Mateus

    Verdade verdade, irei comprar nos EUA mas qualquer centavo conta

  • PedroGearhead

    Então realmente será mais fácil achar o 7. Dizem que o 7 Plus ainda tá muito complicado de achar nos EUA, ainda mais o jet black e o matte black.

  • Paulo Fonseca

    Opa! Curti demais o review. Estou com um 7 prata (queria o matte mas não rolou pela disponibilidade e foi trazido dos EUA) e aaacho que no 7s ou 8 talvez role de pegar um modelo plus. Ainda acho trambolho e não vejo a dual câmera como algo que vá mudar minha vida, mesmo sendo fotógrafo, ainda sou amante da boa DSLR. De tudo, acho que a bateria é algo que me deixa muuuito tentado. O 7 dura o dia inteiro, mas por volta das 21h-22h já pede recarga e isso em um final de semana de trabalho ou em uma sexta-feira de happy hour, faz tooooda diferença! Concluo que pela bateria vale o trambolho, afinal é melhor ter um aparelho maior que levar aquela capinha (tosca) da Apple (apesar de preservar a bateria por mais tempo).

  • Daniel Belo

    Faltou mostrar fotos de pessoas no modo retrato, afinal, foi para isso que ele foi desenvolvido e onde temos os melhores resultados. Mas, pelo que já andei testando com meu 7plus, essa função ainda tem muito a melhorar. E em ambientes que não se tem a luz do dia, as fotos ficam com muito ruído.

  • PedroGearhead

    Ainda está em beta, parece. Acho que à medida em que lançarem novas atualizações, corrijam os erros. Um iOS 10.3, quem sabe?

  • Paul Nunes

    OFF:Achei essa planta mega parecida com a Cannabis… kkkkkkkkkkkkkk

  • Marshal

    Caramba, desculpe a pergunta. Mas o que vc faz da vida? Eu custo para comprar um iPhone a cada 2 anos

  • Marshal

    Realmente achei incrível essa função de “Elevar para despertar”. Quando vi no 6s de uma amiga fiquei impressionado e até comentei com ela. Deus da asas pra quem não sabe voar mesmo pois ela nem tinha se ligado disso rsrs
    Porém isso ferrou com a vida de quem tem um < iPhone6. Agora eu tenho que ficar punhetando o botão para desbloquear e já está dando raiva isso
    Resumindo, comecei no iPhone4 e vim trocando a cada iPhone não-s. Pela primeira vez não estou tendo que me segurar pra trocar. Antes queria um celular mais fino, com a tela maior… hoje já tenho isso c o 6
    No fim das contas meu bolso agradece e da pra apostar na tão aguardada comemoração do 7s ou 8

  • Fábio ZC

    Parabéns pelo Review! Estava doido para pegar o Plus.. mas não consegui encontrar de jeito nenhum enquanto estava passando uns dias na florida e acabei ficando com o 7 normal mesmo. Mas se alguem quiser comprar…. =P tento dar um jeito de trazer o plus de lá!

  • The Untwit

    Que bom que dessa vez falaram das melhorias da GPU, e não da “placa gráfica”.
    Ótimo review!

  • Isaac Andrada

    TCC! rsrs

  • Não é isso, o primeiro (6) usei os pontos da Vivo, abati a percebei. O segundo (6s Plus), sem ter terminado de pagar o primeiro, comprei usado. Porque uso para o trabalho. Mas veja: comprei o 6 em 2014, e não comprei o 6s em 2015. Pela 1a vez em 5 ou 6 anos, não havia comprado o do ano. E assim vai….

  • R. Monnerat

    Rafael Fischmann, você não vai beber a sua cerveja personalizada da Heineken Experience?

  • Ajustes

    Sim, é idêntico! Estas folhas são de uma árvore, se não me engano chamada bordo japonês verde, que há em toda a extensão das avenidas de Gramado-RS.

  • Guilherme

    Claro!

  • Leonardo Souza

    o tamanho e peso do 7 plus é inviável pra mim… e como o 7 não tem mudanças significativas pro 6s… fico com ele por enquanto.

  • Dian de Paula

    Tbm achei!
    Pelo jeito as “mudanças” não são tão grandes não..

  • Dian de Paula

    hahahahah muito!!

  • Bruno Alves

    Eu fiz a compra ontem, porém, segundo um atendente da iPlace, o pagamento só se dará como aprovado na sexta, dia no lançamento, e daí que farão a entrega, o que me decepcionou um pouco porque achei que enviariam antes para que as pessoas pudessem receber no dia do lançamento 🙁

  • Fernando

    Boa..

  • Adriano Roberto de Araújo

    Mas o “elevar para despertar” dá para desativar no menu acessibilidade. 🙂

  • Cloud_edge

    Achei um ponto favorável na câmera frontal do 5S contra a do 7 Plus
    Na imagem da Selfie do Rafael no 5S ele parece ter 18 anos, e na do 7 Plus ele parece ter 40.
    Qual das duas ele usaria ?

  • Flavio Pugliese

    Rafael, mais uma vez: Perfeito! Obrigado pelo Review.

  • Kloeckner

    vixe cara, vc só ta comprando pra ladrões, sai fora desse lugar, aqui não tenho problemas com isso.

  • Levi Pinheiro

    hahahah igual!

  • Levi Pinheiro

    Excelente Review!! O melhor que já vi! Acabei de comprar um 7… aguardando a chegada dele pra testar tudo!

  • Como ainda tem bastante tempo de garantia, melhor esperar e ver se uma atualização do iOS não resolve.

  • Fernando Rodrigues

    Falei agora com um atendente da iPlace pelo chat e ele informou que estão tentando com a Apple o envio amanhã, quarta-feira. Vamos torcer!

  • Bruno Alves

    Tomara! Tô mega ansioso, e a compradora do meu 6S também hahaha

  • Rudimar Serves

    Ué! Deletaram meu comentário? Que fiz hj de manhã?

  • Rudimar Serves

    Eu mesmo me respondo! Coisa do meu navegador! Atualizei ele e apareceu!

  • Geovane da Silva Coelho

    Rafael, há alguma diferença na qualidade do som e o volume máximo do iPhone 7 ao Plus? Como está sendo a sua experiência no consumo de conteúdo no Plus, você acha que concorre com iPad Mini?

  • Geovane da Silva Coelho

    Eu vou aguardar o próximo lançamento para adquirir uma versão Plus. Tomará que Apple melhore o aproveitamento da tela com relação ao tamanho do aparelho, assim não terei mais a necessidade de um iPad para consumo de conteúdo.

  • Edwardz Daniel

    Foto que tirei da minha paixão, na minha opinião esse e uns dos melhores recurso da câmera, o zoom com maior qualidade é bom mas não e um negocio que se usa o tempo todo.
    https://uploads.disquscdn.com/images/452a1c98295f1cced17f02885be666320608c7e6106135a36a5cd5565e829618.jpg

  • Edwardz Daniel

    No meu iPhone 7 Plus 256gb 10.1 vire e mexe acontece dos dois botes, home e o sleep parar de responder, o sistema não trava madness eles não respondem. Aí passa uns minutos volta sozinho.

  • Ah eu fiquei tentado de vez a comprar o 7 plus, mas só por causa da bateria. Como eu imaginava esse negócio de câmera dupla é pra português vê.

    Eu vi um vídeo outro dia que nem sempre o iPhone usa a segunda câmera pra dar o zoom duplo, muitas vezes é digital ainda. E o modo retrato qualquer aplicativo de edição de fotos faz e talvez até melhor.

    Mas acho que vou testar esse trambolho, porque se o rafael conseguiu, talvez eu consiga, haha.

  • To meio nessa dúvida. Quero bateria maior, mas saber que vou usar uma ou outra calça com o bolso menor na frente e ele não conseguir se quer entrar, já me decepciona.

    Sem contar que tem que usar o Reachability a cada segundo pra tocar no topo da tela. Acho que vou sossegar e ficar com um 7 mesmo, pelo menos pego logo com 256gb pra compensar a frustração ! hahah

  • Guilherme

    Cara, a bateria é EXCELENTE, quando estou em casa sozinho vendo vídeos no youyube acho PERFEITO.

    Quando estou no trabalho ou em qualquer outro local o celular é muito desajeitado e grande. E NADA discreto, mesmo eu tendo pegado preto c/ capa azul escuro. Fica GRANDE demais, chama atenção.

    Se for pra usar em casa prefiro o Plus, mas no geral equilíbrio e mobilidade ainda acredito o 4,7 o modelo perfeito, ano que vem quando o celular não aumentar de tamanho e aumentar de tela vai ser ÓTIMO!

  • Guilherme

    Trambolho é bom pra usar em casa.. em qualquer outro local é muito ruim.

  • Adam Santos Gonçalves

    Meu pagamento foi aprovado hoje. Faturamento na sexta.

  • Bruno Alves

    O meu ainda consta como “Pendente de Aprovação” 🙁

  • Guilherme

    Comprou por onde que já chega sexta? O meu vai ser faturado neste dia, até o deslocamento vai um tempo.

  • Fernando Rodrigues

    Entra em contato com eles via chat. Pelo que tenho visto estão pedindo o código de pré aprovação do cartão.

  • Adam Santos Gonçalves

    Pertuba eles, eu não dei sucego um minuto até eles aprovarem, de primeiro liga na operadora do seu cartão e pega o numero da autorização depois não de tempo para iPlace até aprovarem o seu.. é arriscado eles cancelarem e vc ficar sem..

  • Adam Santos Gonçalves

    Fernando, você falou com atendente loja física ou no site ?
    Você também fez a compra no iPlace?

  • Ivan Sinigaglia

    Realmente pela câmera, vale comprar uma câmera de verdade. Continua nada além de uma boa câmera de celular, bem abaixo de qualquer câmera SLR. Plus? pra quem tem mala pra carregar toda dia, até vale. Fico no meu SE e torço para lançarem um SE com o hardware do 7.

  • Ai vai nascer o AndroidMagazine rsrs

  • Fernando Rodrigues

    Adam, falei com atendimento do e-comerce via chat. Sim, também comprei na iPlace sexta-feira.

  • Adam Santos Gonçalves

    Seria ótimo se enviassem amanhã… =

  • Luiz Felipe

    Eu to com essa dúvida fritando meus neurônios aqui 🙁 Hoje fui dar uma volta no shopping e dei uma passada na Fast Shop e na TIM pra dar uma olhada no 6s Plus e ter uma noção do tamanho e tal… E, pra minha surpresa, eu adorei. Depois de brincar um pouco com o Plus, peguei o 6s normal e ele parecia pequeno D: O problema pra mim não é o tamanho que até que ficou bom em minhas mãos (não deu pra testar direito, tem uns negócio de segurança imenso que prejudica o manuseio), mas sim o preço, já que quero o de 128GB. Agora não sei se pego o Plus ou o normal mesmo… Pra mim, a câmera dupla do 7+ não faz diferença, visto que a uso muito pouco. Mas a bateria melhor e a tela maior pra consumir mais conteúdo, me deixam louco pra ter o “trambolhão”! O tamanho, apesar de ter ficado bom em minhas mãos, me preocupa um pouco pra usar em público e as bordas gigantes não ajudam muito na experiência de uso…

  • Bruno Henrique

    Um editor do Androidpit fez isso passou um mês com o iPhone 7, elogiou algumas coisas do aparelho e do sistema mas não gostou muito da experiência.

  • Luiz Felipe

    Eu estou tentado pela bateria e tela + resolução melhor! O tamanho não ficou ruim nas minhas mãos – fiz um hands on hoje na Fast em um 6s+ e os negócios de segurança atrapalharam pra testar, mas pelo que vi ficou confortável. O que me preocupa um pouco o uso em público. Sem contar o preço mais caro que a versão normal ://

  • Yago Rodrigues

    Um exemplo do modo Portait com fotos de pessoas achei muito legal!
    Não sei se a qualidade está legal !

  • Yago Rodrigues
  • Cara, a apresentação das fotos do rafael aqui tá muito ruim, ficaram com desproporcionais e viradas de lado. Precisa mudar o plugin, sei lá.

  • ah, pra mim não funcionaria, eu testei o 6S+ por algumas horas e não consegui acostumar, acho que eu teria que passar alguns dias ou semanas com ele pra me adaptar, uso muito só com uma mão e vivo com ele no bolso, o tamanho ideal pra mim 4.7″ mesmo, talvez no iPhone 8 eu pegue um Plus.

  • eu achei o modo retrato sensacional, as fotos estão tão sensacionais que podem ser comparadas a fotos de câmeras profissionais, mas eu conto as vezes que usei minha câmera traseira do iPhone, só em viagem e olhe lá, pq selfie reina, então é sempre câmera frontal, e o tamanho é grande demais pra quem tem o costume de usar só com uma mão como eu, e viver com ele no bolso, teria que mandar fazer bolsos sob medida pra levar um 7+.

  • sensacional!

  • Luiz Felipe

    Também concordo que o ideal é o de 4,7″, mas eu to super em dúvida. “Ainda bem” que só vou poder comprar o meu em janeiro e até lá eu decido qual comprar. A bateria do seu 7 dura bastante?

  • Bruno

    Eduardo, eu uso um 5 de 16GB. E acabei de comprar o 6s Plus de 128GB que ainda não chegou. Vc acha que era melhor migrar logo para um 7 Plus de 128? PS: uso o fone de ouvido direto com o iPhone carregando e, antes da leitura do review, não achava que haviam tantas mudanças assim, mas vejo que o multimídia do aparelho (áudio/vídeo) melhorou consideravelmente. O que acha? Melhor trocar?

  • Guilherme

    Eu testei os dois. E o modelo de 4,7 parece mais equilibrado. Quando tivermos um modelo semelhante só que com maior área de tela será perfeito, abs.

  • Leonny Dalmaso

    Daí a pessoa tem 1.60 de altura; mãos pequenas e, não curtindo o iPhone PLUS, não se contenta apenas em não comprá-lo, precisa criticar quem curte, tem e vive feliz! 🙂

  • Ih cara, é uma decisão muito pessoal essa. O 6s Plus é um ótimo aparelho, mas obviamente o 7 Plus tem os seus diferenciais. Escolha difícil a sua.

  • André Alves

    Comprei um 7 Matte de 128GB na iPlace no último sábado. O status do pedido só mudou ontem mesmo, e mudou duas vezes, primeiro para “Pendente de aprovação”, e depois para “Pagamento confirmado”, mesmo a cobrança tendo sido realizada no meu cartão instantaneamente no ato da compra rsrs. Como é pré-venda, acredito que está tudo dentro da normalidade, por isso nem me preocupei muito.

    Minha mãe disse que ligaram lá em casa para confirmar o endereço de entrega também ontem, mas eu já estou conformado de que, provavelmente, irei receber o aparelho somente semana que vem. Agora, se chegar antes, melhor ainda rsrs

  • Bruno Alves

    O meu pedido foi cancelado. O cartão não estava no meu nome e então, por medida de segurança, creio que cancelaram devido ao alto valor. Pra mim já não compensa comprar pelo site. A ideia era comprar com antecedência pra receber na sexta. Como cancelaram, vou deixar pra tentar comprar numa loja física depois de amanhã!

  • André Alves

    Entendo, inclusive eu também estava pensando em comprar em loja física mesmo, só comprei pelo site por conta de um desconto de 5% na iPlace que um leitor aqui do site postou no tópico da pré-venda do aparelho. Pena que não pude comprar a vista, mas de toda forma foi o melhor valor que consegui p/ comprar no cartão.

  • dura sim, ta durando entre 10 e 12h, mas acho que é pq a bateria ta novinha. mas comparado ao meu 6, que é oq eu tinha antes, deu uma melhorada grande, mesmo quando meu 6 tava novo, ele durava entre 8 e 10h.

  • Adam Santos Gonçalves

    O meu foi faturado hoje, será que vão enviar ? No site está em transporte, mais não tem código de rastreamento.. =

  • Adam Santos Gonçalves

    Fizeram a postagem do meu hoje, como é pac creio q não cheguei na sexta..
    Gostei muito de ter feito a compra no iPlace sem contar no desconto!!

  • André Alves

    Bacana! Valeu pela informação, Adam. Aproveitei para dar uma olhada agora no status do meu, porém ainda não foi postado, ou se foi, não atualizaram no site, mas acho que ainda não deve ter sido mesmo.

    De toda forma, como eu disse, minha expectativa era e continua de receber o aparelho lá pra semana que vem, e torço p/ que o feriado não “atrapalhe” o prazo de entrega dos Correios rsrsrs.

  • Adam Santos Gonçalves

    Verdade não estava lembrando do feriado, espero que o meu cheguei antes..rsrs

  • Jaime Camargos

    Seria tão legal se os iPhones tivessem um projetor de vídeo e fotos como acabei de ver em um Moto. Adoraria compartilhar meus vídeos em uma parede ou camisa de alguém. Considerava os Moto fora do baralho e nunca imaginei que despertariam mais minha cobiça. Come poeira Apple, continue enrolando-nós com suas barrinhas.

  • José Américo

    tive um 6S plus desde o lançamento e migrei para o SE pq é muito inconveniente um celular de 16cm, só serve pra ficar em casa mesmo, não compraria de novo jamais esse tamanho

  • “Em casa (isto é, no meu escritório)”
    Sim, bateu uma inveja forte aqui.

  • Fodelício Santos

    Onde tá o link do review do lumia 950? Não consegui encontrar

  • Fodelício Santos

    Participar da discussão

  • Fodelício Santos

    Eu quero participar dessa discussão dando a seguinte opinião que se faça um comparativo dos três primeiros celulares tops de linha no momento iphone 7 samsung s7 e lumia 950

  • Fodelício Santos

    onde está minha opinião?

  • Adam Santos Gonçalves

    E ai André, o seu já foi postado ? O meu já está a caminho de casa..rsrs

  • David Diniz

    A apple store em SP já está vendendo os air pods sem fio por R$ 1500.

  • Bruno

    Ok. Valeu!

  • André Alves

    Sinceramente, não sei dizer exatamente rsrs. Ontem (10), recebi a NF por email, e então fui verificar no site. O status mudou de “Pagamento Confirmado” para “Faturado”, e no gráfico de etapas do processo foi para a etapa “Produto em Transporte”, mas não sei até que ponto essa informação é válida, até porque não há nem mesmo o código de rastreamento e nem recebi confirmação alguma de envio. Resumo de tudo: acredito mais na hipótese de que só será enviado hoje (11) mesmo, e deve chegar lá p/ semana que vem. Será uma “boa” espera rsrsrs

  • Leonardo Negrisoli

    Review sensacional…
    Tbm acabei comprando o 7 Plus prata por falta de opção. O preto fosco é o mais bonito de todos

  • Luiz Felipe

    Hoje tava testando um 7 Plus na Fnac e aconteceu exatamente isso! Rsrs

  • Anderson Camões

    Galera, acabei de chegar do Villagge Mall com o meu. Comprei o 7+, o que mais me fez decidir foi que a bateria do meu 6+ já não durava mais o dia todo.
    Isto posto, instalei ele com um novo iPhone (tenho esta mania sempre que mudo de aparelho) e estou até agora, ou seja a cerca de 4 horas usando a todo vapor. Instalando apps, Apple Music, configurando algumas coisas como o que quero que vá para o backup do iCloud, alguns ajustes como o som do teclado que não gosto, Apple Watch, etc.
    Achei ele bom demais. Top. Não apareceu o modo retrato, acho que deve ser alguma atualização, o que vou verificar antes de dormir.
    Alguém sentiu alguma diferença entre as três opções do botão início???

  • Anderson Camões

    Galera, mais uma dúvida: como eu acesso a tela bloqueada? Só de encostar no botão início o celular já desbloqueia…

  • Larissa Motta

    Melhor texto de review que li até agora! Devo dizer que nunca me interessei por smartphones de 5.5 polegadas porque sempre preferi tela de 4 polegadas por motivos de mobilidade, praticidade e também por se ajustar muito bem às minhas mãos. Já tive smartphone android de 4.7 e 5.0 polegadas e nunca gostava desse tamanho de tela, portanto um smartphone de 5.5 não me agradaria… bem, é aí que está: o iPhone 7Plus Matte foi o primeiro smartphone em anos que me fez querer sair da preferência pela tela de 4 polegadas por todos os motivos já citados aí no texto quanto porque a forma como a Apple está lidando com os modelos Plus faz eu entender que as especificações dos iPhones de 4.7 deixam a desejar.

    Não vejo a hora de por as mãos no iPhone 7Plus Matte!

  • PedroGearhead

    Comprei na própria loja física da iPlace, no sábado, dia 5. De fato, como eles prometeram, chegou sexta, dia 11. Quando fui pegar, tinham várias pessoas na loja recebendo os seus também, mas já estava esgotado para vendas, pelo menos o 7 Plus.

  • Adam Santos Gonçalves

    E ai André blz? Me conta já postaram o seu ? O meu deve chegar só na quarta. =

  • Luiz Felipe

    Você diz em ver as notificações na tela bloqueada? Se for isso vá em Ajustes > Geral > Acessibilidade > Botão Início e aí é só desativar/ativar a opção Mantenha o Dedo para Desbloquear. Pronto! 😀

  • Gustavo

    Foi este review que me convenceu a comprar o 7 Plus ao invés do 7. Fiquei totalmente satisfeito com os mesmos pontos que o Rafael comentou (o modo retrato e a bateria são realmente excelentes).

    Resolvi arriscar e peguei o Jet Black. Realmente ficam marcas de dedos na carcaça e na maçã. Mas não sou neurótico quanto a isso, portanto não me incomoda. O grip dele é melhor do que esperava. Ele fica “preso” à mão sem escorregar.

    A tela maior me facilitou demais a vida ao digitar (tenho mãos grandes) e ao usar o sistema SAP da empresa. Uma ótima compra no geral.

  • TF Mendes

    Parabéns pelo REVIEW,fiz a migração do 6 para o Plus e tenho que admitir que valeu muito a pena,achei que não fosse me acostumar com l tamanho dele,mas agora depois de1 mês de uso,digo uma coisa: NÃO LARGO NUNCA MAIS HAHAHAHAHA

  • André Alves

    E ai Adam. Postaram sim, como eu havia presumido, na sexta (11/11), mas até onde sei, de acordo com o rastreamento, nem saiu de SP ainda, e como moro em BSB, tenho dúvidas se chega ainda essa semana rs. Resta aguardar mesmo.

  • Adam Santos Gonçalves

    Bom dmais nos resta so aguardar mesmo, que arrependimento de não ter preferido sedex… O meu desde do dia 10 não muda status do rastreio.

  • Tem seus pontos negativos também, viu…

  • Ué, aqui está tudo certinho…

  • Hahaha!

  • Never.

  • Fotos estão “deitadas” e “esticadas”, vejas como as garrafas estão curtas e largas. As outras imagens estão ok, só as que você colou de exemplo tiradas no iPhone estão assim. Chrome no OSX El CApitain( não atualizei pro macOS) https://uploads.disquscdn.com/images/2b8b6f8507881bc250f0c079f66e050b300c72bf979e4ee67098dbfc902b1dfc.png

  • Eu não tenho nenhum Mac com o El Cap aqui para tentar reproduzir, infelizmente. Mas no Sierra está okay em todos os navegadores — Chrome, Safari, Firefox… Que louco esse bug!

  • Rafael Coelho

    Xará, esse review fodástico que me fez comprar o 7 plus ontem. Comprei o Jet Black, queria o fosco, mas não tinha, mas não me arrependi. Pelo pouco tempo de uso, já tô gostando. Eu tinha um 6s, então em quesito velocidade, não percebi muitas mudanças. O que gostei mesmo, foi a câmera e o modo retrato e o Touch ID, que mesmo você estando com dedos molhados ou humidos, ele desbloqueia! Só tô tentando me acostumar agora com esse tamanho todo hahaaha.

  • Alcijone Rangel

    Nunca havia lido algo tão completo sobre as características do iPhone 7/plus. Vc descreveu minuciosamente cada modelo, ressaltando pontos relevantes e permitindo que quem leia seu review tenha certeza de qual modelo escolher. Parabéns!

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.