Tim Cook e outros executivos ganharam menos em 2016 por conta da queda nos números da Apple

O ano fiscal de 2016 não foi dos melhores. Resumidamente, a Apple faturou US$215,6 bilhões (contra US$233,7 bilhões em 2015) e teve um lucro operacional de US$60 bilhões (contra US$71,2 bilhões em 2015) — quedas de 7,7% e 15,7% respectivamente, o que representou a primeira redução anual nos números da Maçã desde 2001.

Foto monocromática (preto e branco) de Tim Cook em sua sala para a TIME

Nas previsões da empresa, as receitas em 2016 ficariam em US$223,6 bilhões e o lucro operacional, em US$60,3 bilhões. Como os números não foram atingidos (uma diferença de 3,7% e de 0,5%, respectivamente), os executivos do alto escalação da Maçã sentiram o baque no bolso. Conforme informou o Wall Street Journal [matéria fechada para assinantes] — com base em um documento da Apple enviado à SEC1 —, Tim Cook viu o seu salário diminuir cerca de 15%, passando de US$10,28 milhões em 2015 para US$8,7 milhões em 2016.

Cook, porém, não foi o único a sofrer com o desempenho financeiro abaixo do esperado — e nem deveria; ainda que os salários-base tenham ficado estáveis em cerca de US$1 milhão, outros executivos do alto escalão (como Luca Maestri, Angela Ahrendts, Eddy Cue, Dan Riccio e Bruce Sewell) receberam menos em 2016 levando em conta as outras compensações financeiras. A queda foi menor que a do CEO, é verdade, mas ainda assim foi de cerca de 9,6%.

Veremos como será o desempenho da Apple em 2017 — no fim de janeiro saberemos o resultado financeiro do primeiro trimestre fiscal do ano, vale lembrar.

Em uma nota relacionada, no mesmo documento enviado à SEC, a Apple confirmou a data da próxima reunião de acionistas. Ela acontecerá no dia 28 de fevereiro, como sempre no campus-sede da empresa (em 1 Infinite Loop).

[via 9to5Mac]

Notas de rodapé

  1. Securities and Exchange Commission dos Estados Unidos, equivalente à nossa Comissão de Valores Mobiliários.
  • Mattheus Lima C

    Vai Cair mais ainda se não mudarem as direções. o Macbook Pro 2016 foi com certeza a maior decepção da Apple nos últimos 10 anos,não vou trocar meu Air,Nem meu retina. To rezando para não fazerem a mesma merd* com os iMacs de 2018, se vier iMac Space Gray e Dourado,ai que eu desisto de vez da apple mesmo,a equipe de Design industrial ta mais perdida que cego em tiroteio.
    e espero que de fato,continuem com o Air e deixem ele como modelo de entrada,alem de ser meu modelo preferido,ele é o único Macbook bonito que restou.

  • frederico

    Também não havia gostado de algumas mudanças, mas capitulei. Comprei um mac bock com touch bar e estou bem satisfeito. Já vendi o meu retina.

  • Bruno Sousa

    2018?

  • Mattheus Lima C

    Sim,2018. as atualizações dos iMacs deste ano serão apenas de entradas e processadores,Ano que vem é bem provável que tenha um Re-Design,e espero Muito que não façam asneiras como andam fazendo com os portáteis.

  • Mattheus Lima C

    tentei trocar meu Air por um de 12 Polegadas,vendi e peguei o Air de novo,não serve pra mim,sem HDMI,USB-A,Magsafe e etc,pra ser usável,tem que comprar uma pilha de adaptadores. So troco meu Retina por outra marca,a apple é um trem sem freio em direção a um abismo.

  • Hudson Schumaker

    + q justo né

  • Pedro Canelas

    Não entendi, você tem um Air ou um MBP Retina?

  • Maurício

    iMac dourado? Risos

  • Bruno Sousa

    Tem alguma notícia afirmando isso?

    Meu iMac é de 2012 e estou desde então esperando por um modelo totalmente novo.

  • Hades666

    Menos firulas, menos perfumarias nos produtos, mais novidades, hardware realmente forte atualizado. Traduzindo: mais trabalho = melhores resultados Tim…

  • Jefferson Eduardo de Souza

    Se isso não é um alerta de que este não é o caminho certo, não sei o que será…

  • Rodolfo Oliveira

    Que dó dá Apple, após anos lucrando números astronômicos em 2016 lucraram numeros menos astronômicos.
    Isso não quer dizer nada. O mercado de tecnologia apenas está chegando na commoditizção, os PCs ja chegaram nesse ponto e os smartphones estão quase.
    Assim como os PCs, chegou um ponto que os smartphones atingiram maturidade, o quw faz com que fique mais difícil justificar uma troca anual de telefone. Um iPhone 5S ainda roda muito bem quase tudo por exemplo.

    A tendência é que as vendas caiam e se estabilizem, smartphones, tablets e computadores deixaram de ser a última novidade e agora serão trocados com menos frequência. Que nem TVs, não se espera que as pessoas troquem de TV todo ano, assim como não se deve esperar para smartphones.

  • Marcelo

    Excelente notícia! Quanto mais os lucros da Apple caírem, mais próxima estará a saída de Tim Cook…. Repito, tem que achar um cara arrojado igual o Satya Nadella da Microsoft.

  • Jaime Camargos

    Isto esta no acordo de acionistas. Nada de novo, menor desempenho menores remunerações. Gostaria de ver uma verdadeira pressão no Conselho da Empresa, aí sim terá algum efeito. Botem o Cozinheiro e o Afinador Ive na rua. Não entendem na de mercado, não utilizam os produtos da empresa e muito menos sonham com eles, coisa fundamental para uma empresa de tecnologia.

  • Jaime Camargos

    Cara é isto mesmo. A MS só se levantou depois que colocaram o troglodita do Steve Ballmer na rua, um cara que assim como o Cozinheiro não entende nada de tecnologia.

  • Jaime Camargos

    É aí que a Apple de Jobs fazia a diferença, reinventando o mercado, apresentando produtos que ninguém sonhava e imaginava que precisava. Botem o Cozinheiro na rua.

  • Jaime Camargos

    Com todos respeito ao trabalho da MM mas as matérias aqui reproduzidas falando de recordes atrás de recordes da Apple são uma piada (de mal gosto).

  • Rodolfo Oliveira

    Mas justamente. Os smartphones precisam passar por uma nova revolução. O primeiro iPhone na época despertou a dúvida, ninguém sabia como reagir direito. Precisamos de algo assim de novo, mesmo que não seja em smartphones. O smartwatches são chatos e previsíveis, eles não causam aquela sensação de ” se eu não tiver um vou perder muita coisa”, eles no máximo adcionam conveniência ao usar smartphones.

    Eu acho Realidade Aumentada e Virtual vão ser as grandes inovações desse fim de década, espero que a Apple faça algo interessante com isso, já que pelo menos ainda não apresentou nada ao público com essas tecnologias.

  • Wrecked Machines

    Todos aqui sabem que a qualidade nos produtos cairam, o software que a Apple tinha de melhor agora tbm começou a cair, todos sabem que o IOS10 não e essa maravilha toda, desde o ios 6 não se ouviu tantas reclamações sobre uma versão do ios, o problema que estamos em uma versão .2 e ainda continua problemas de baterias, aquecimentos e bugs, não estou falando de aparelhos antigos estou falando de iphone 6 6s e ate o ultimo iphone 7 tem muitos problemas que fazem repensar a compra do mesmo, porem como todos sabem aqui, o mundo android tbm não esta la essa maravilha toda alias nunca foi, mas esta perto de chegar ao ponto o que o IOS foi um dia, mas ainda assim o IOS pra mim acaba sendo um sistema melhor, e como uma grande maioria aqui sabe que esse e o trunfo da apple porem espero que ela não estrague isso, e que também pense melhor nos componentes de constução dos seus aparelhos, agora o I7 tbm esta com o problema de oxidação e descascamento da carcaça de aluminio, são varios relatos, fora a cagada com a cola da tela que foi entregue em cima da hora dando um tom amarelado horrivel para as telas do I7, por sorte isso ainda não esta sendo muito divulgado e as vendas ao meu ver do I7 esta indo muito bem, vejo varias pessoas que mudaram para o 7, eu so espero um IOS bom fluido quando foi o 8 e o 9.

  • Igor

    Melhor não reclamar de barriga cheia… a entrada do Satya Nadella deu início à derrocada do setor mobile. Hoje Windows Mobile está com uma participação ridícula no setor, fora que o SO está defasado, sem firmware para diversos aparelhos, sem upgrade oficial para a maioria dos usuários, promessas descumpridas e atrasos constantes, incertezas e etc. Ele também não conseguiu alavancar as vendas do Surface Book e o Windows 10 está nada menos que 1/3 abaixo da meta estabelecida pela própria Microsoft. Xbox em queda em 2016 (no YoY), Microsoft Band descontinuado, Sync abandonado pela Ford (única grande montadora a apostar na plataforma), Continnum sem grande adesão, etc. Os resultados positivos são: Azure e Office360, além da especulação positiva pela compra do LinkedIn.

    Ok, ele apresentou lindas inovações com o Surface Studio e o Hololens. Mas ainda falta traduzir isto em resultados positivos…

    Basta comparar o preço das ações da Apple e da Microsoft na Nasdaq: aquela é negociada a quase o dobro desta, que anda fazendo engenharia financeira para sustentar o preço acima de US$ 60 (ou seja, uma situação artificial). Tim Cook pode ter seus defeitos, mas é milhares de vezes melhor que o Satya Nadella, mesmo com a Apple não atingindo a meta e as parcas “inovações” que a empresa está apresentando!

    Vai por mim…. rsrs

  • Esse é mesmo o escritório dele no Infinite Loop?

  • Daqui um tempo Nadella vai estar rindo do seu comentário!
    Do jeito que a MS ta, nao duvido nada eles surpreenderem com algo inovador este ano. Ja nao basta o novo Xbox que sairá em dezembro.

  • Igor

    Ele não tem motivo para rir, até porque ele já vem sendo questionado internamente por acionistas justamente graças a isto. Você parece acreditar que basta apresentações empolgantes que o dinheiro do céu; que no dia seguinte todo mundo vai comprar. Fosse assim você veria Hololens em toda esquina…

  • Vinícius

    ele tem os dois

  • Mattheus Lima C

    os dois Pedro,e na verdade não troco nenhum dos dois,pelo modelo de 12 ou pelo novo MBP.

  • Bruno Sousa

    Se for assim, esperarei até 2018. É o jeito. :/

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.