Review: AirPods, o produto mais bacana da Apple nos últimos anos


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
24/01/2017 às 21:08

Lembram do antigo slogan “just works”, da Apple? Tem tempo que ela deixou de brincar com ele, e o motivo para isso é muito simples: no geral seus produtos *não* têm sido lançados totalmente livre de problemas, então ele basicamente não cabe mais.

Só que, depois de muito tempo, a Apple acaba de colocar um produto no mercado que se encaixa direitinho nisso. E é um produto curioso, pois quem não tem/nunca experimentou um acha que é apenas mais do mesmo. Não é.

AirPods em cima de iPhone 7 jet black

Hoje, falarei dos AirPods.

Vídeo de hands-on

Para quem perdeu, há algumas semanas eu gravei um vídeo no momento em que pus as mãos nos AirPods pela primeira vez e, em pouco minutos, dei-lhes minhas primeiras impressões sobre ele.

Aqui está:

Para mim, um review completo como este, de verdade, requer uso cotidiano por algumas semanas — e foi o que fiz desde então.

São apenas EarPods sem fio?

Resposta resumida: não, muito além disso.

AirPod sendo colocado para carregar com mãos

É fácil entender por que alguns olham para os AirPods e dão risada, achando que tudo o que Apple fez foi “cortar os fios” ali debaixo da perninha dos EarPods, torná-los cinco vezes mais caros, e vendê-los como “um produto revolucionário”. Ora, passando o olho rapidamente, é bem isso mesmo.

Mas há muito mais do que isso, ali naquelas pecinhas. E não é balela: o formato dos fones, com essa perninha, pode parecer estranho (nenhum outro fone totalmente sem fio no mercado tem isso) mas a Apple fez um aproveitamento total do espaço interno deles (com bateria, chips, sensores ópticos, alto-falantes e microfones), ele contribui para o balanceamento dos fones na orelha e ainda há o benefício de o microfone inferior ficar “apontado” para a boca.

A combinação de todos os sensores existentes nos AirPods com seu software permite que ele saiba exatamente quando está na sua orelha, interrompendo a reprodução quando uma das peças é retirada temporariamente (isso é muito legal, sério!), e possibilitando que você execute um comando dando dois toques sobre o fone sem que haja nenhum botão ou superfície sensível ao toque nele — graças ao seu acelerômetro e ao seu sensor de luminosidade.

AirPods na caixinha

Eu não sou do tipo que perco facilmente as minhas coisas, mas não é absurdo imaginar que isso pode acontecer com muitos donos de AirPods. Andar sempre com o estojo de carga deles já ajuda muito nesse sentido (você tem um local adequado para guardá-los, em vez de jogá-los no bolso da calça por exemplo), mas, quando isso acontecer, o Find My AirPods (que está chegando no iOS 10.3) poderá ser uma boa salvação.

Caso você realmente perca uma ou as duas peças, e/ou o estojo de carga, neste artigo nós informamos os preços que a Apple cobra por unidades de reposição (bem como quanto custará para “trocar” a bateria deles — não é isto que acontecerá na prática, conforme nos mostrou a desmontagem da iFixit).

Chip W1

Uma das características técnicas mais fantásticas dos AirPods, a gente nem sequer vê. É o chip W1, criado pela Apple especialmente para a sua nova geração de fones sem fio — incluindo também alguns modelos com a marca Beats.

Esse chip é, basicamente, o que viabilizou a existência dos AirPods como eles são. É ele quem gerencia toda comunicação Bluetooth dos AirPods com seus dispositivos (sejam iPhones, iPads, Apple Watches, Macs, etc.) e também entre as peças esquerda e direita dos fones.

MacBook, iPhone, Apple Watch e AirPods numa mesa branca

O W1 é que também trouxe ao mercado uma “revolução” no processo de emparelhamento Bluetooth: basta abrir o estojo de carga dos AirPods para eles serem automática e instantaneamente identificados pelo seu iPhone e, com apenas 1 (um) único toque, você emparelhá-los. Só isso; nada de abrir configurações de Bluetooth, nada de segurar botão por tantos segundos…

AirPods na caixinha ao lado de iPhone 7 com tela de emparelhamento

Uma vez emparelhado com o seu iPhone, eles já estarão automaticamente emparelhados com todos os seus outros dispositivos logados na mesma conta do iCloud. A exceção quanto à facilidade da nuvem fica na Apple TV de quarta geração, não me perguntem por que. Dá para usar os AirPods na boa com ela (funciona inclusive o gesto de tirar um fone da orelha e a reprodução do vídeo parar automaticamente), mas você precisa fazer o emparelhamento e a conexão manualmente pelos Ajustes do tvOS.

Até mesmo o emparelhamento com dispositivos não-Apple, como um smartphone Android por exemplo, é mais simples/rápido com os AirPods. Você só precisa abrir a tela de Bluetooth e apertar o botão atrás do estojo de carga. E pronto, tudo já funciona a contento e o processo é um só para o par (muitos fones totalmente sem fio ainda requerem um passo extra para você fazer uma peça se comunicar com a outra).

Aparentemente, o próprio alcance do sinal Bluetooth também é aprimorado pelo W1. Já andei pelo meu apartamento todo sem perda de sinal e, na academia, notei também que os AirPods continuam tocando numa distância que outros fones sem fio sempre começavam a falhar/picotar.

O delay da comunicação Bluetooth entre dispositivos e AirPods é mínimo, mas existe. Na verdade eu só percebo ele de verdade quando estou usando os fones com o Mac; é fácil de notar, por exemplo, quando você ajusta o volume pelo teclado e observa o efeito sonoro de retorno. Nada que comprometa o uso deles, porém.

Não cai da orelha mesmo?

Eis o ponto de maior dúvida entre os que querem comprar os AirPods, mas estão com medo de como eles ficarão na orelha. E é natural, pois, assim como os EarPods, a Apple seguiu com seus novos fones sem fio a proposta de “um único design para todos”.

É óbvio que isso não funcionará em 100% dos casos. Aliás, nenhum fone no mercado é perfeito para todas as pessoas do planeta. Mas muitos deles incluem em suas caixas adaptadores/pecinhas de silicone de tamanhos variados que ajudam na adaptação a depender do formato da orelha de cada um.

Com os fones da Apple, não; ou eles ficam bem em você, ou você basicamente deve desistir deles. É claro que, sendo um produto da Maçã, o mercado logo trata de cobrir esses “buracos” e já estão pipocando por aí diversos produtos de terceiros que prometem prender os AirPods nas orelhas de outras formas. Mas aí cabe a cada um decidir se vale o investimento extra, e isso se tais produtos realmente cumprirem sua promessa.

AirPods

A boa notícia é que são poucos, raríssimos os casos de pessoas falando que os AirPods simplesmente não ficam em suas orelhas. Notadamente, lembro do cara que escreveu o review deles para o site The Verge e, aqui entre nós, temos o exemplo do próprio Breno Masi. É evidente que eles não são os únicos, mas é incrível ver gente que dizia inclusive que os EarPods não ficavam de jeito nenhum em suas orelhas, mas os AirPods ficam (caso do Eduardo Marques).

A regrinha é basicamente essa: se você se dava bem com os EarPods, com certeza vai se dar bem com os AirPods. Se não se dava, vale experimentar (existem unidades de demonstração nas lojas da Apple para você testar); você pode se surpreender.

No meu caso, o problema com os EarPods não era caírem da minha orelha — e sim machucá-las. Ou seja, os AirPods realmente não caem de jeito nenhum das minhas. Quanto a machucar, eles não chegam a me incomodar nem de perto o tanto que os EarPods incomodavam, mas depois de mais ou menos uma hora usando os AirPods direto eu já começo a sentir algo nas orelhas; não é uma coisa que me faz querer interromper o uso, mas eu já “percebo” que eles estão ali.

O único momento que me faz “ajustar” os AirPods de vez em quando na orelha é quando estou na academia *muito* suado. Me dá a impressão de que eles vão escorregar e aí fico mexendo de tempos em tempos, mas ainda assim eles nunca caíram.

E se caírem, meus amigos, não há com o que se preocupar: os AirPods são muito, muito resistentes.

Qualidade de som

Como os EarPods me machucavam bastante, eu raramente usava eles. E era uma decepção para mim, pois gosto muito da qualidade de som deles — considerando que estamos falando de earbuds sem isolamento acústico, é claro (tem gente que só curte fones circumaurais, que cobrem toda a orelha, por exemplo).

Neste aspecto, minha dica é não esperar dos AirPods nada além do que os EarPods já oferecem. Se você tiver o ouvido bem afiado, é possível que até note um som um pouco mais claro, com graves mais acentuados, mas a maioria das pessoas simplesmente dirá que os dois são iguais neste quesito.

O que é um feito e tanto da Apple, considerando que estamos comparando fones com fio (com conexão digital, no caso do modelo Lightning de iPhones 7/7 Plus) com fones sem fio.

Ligações

Como todo fone Bluetooth que se preze, os AirPods também servem para você realizar e atender ligações quando estão conectados ao seu iPhone.

Uma coisa muito legal disso, que até me surpreendi enquanto gravava o vídeo de hands-on, é que você ouve a pessoa nas duas peças (como se fosse um som estéreo). Mas, se quiser, pode muito bem tirar uma delas da orelha e continuar falando pela outra — isso de forma automática e instantânea. Nos ajustes dos AirPods é possível definir que ele sempre use o microfone da peça esquerda ou direita, mas sinceramente eu não sei por que alguém faria isso.

Os AirPods captam a sua voz pelo microfone na parte inferior, e eles usam o segundo microfone na parte superior para analisar o som ambiente e aprimorar a qualidade da chamada para quem está lhe ouvindo por meio de redução de ruídos. Os comentários das pessoas com quem eu testei são os melhores possíveis, ninguém nem notava que eu estava falando por fones de ouvido.

pintaram por aí informações de pessoas que estão observando perda de conectividade dos AirPods durante ligações, mas aqui isso nunca aconteceu. E não é à toa: os relatos parecem estar relacionados com iPhones 6s/6s Plus; como estou num iPhone 7 Plus, não tive esse problema.

Ações por toques

Conforme citei acima, os AirPods usam seu acelerômetro embutido, combinado ao sensor de luminosidade ambiente, para permitir que você execute ações dando dois toques com um dedo sobre qualquer uma das duas peças.

Por padrão, eles vêm ajustados para ativar a Siri, mas você pode mudar isso para “Reproduzir/Pausar” ou simplesmente desligar o atalho completamente. No meu vídeo de hands-on eu troquei essa configuração pois raramente uso a Siri, mas depois reverti a mudança pois é muito mais simples/rápido pausar os AirPods simplesmente tirando um deles da orelha. Ou seja, seria meio que um desperdício da função.

O gesto em si, ao menos para mim, funciona maravilhosamente bem. Sempre que eu quis dar dois toques num AirPod para chamar a Siri, isto funcionou de primeira (também funciona para atender/desligar ligações). Mas o grande problema é que… é só isso!

Mulher asiática com AirPods nos ouvidos

Para quem acabou de testar o Dash, da Bragi (falarei mais dele adiante), foi como sair da pipoca do Carnaval de Salvador para o meio do Deserto do Saara. No Dash eram tantos comandos que eu até me perdia, enquanto que nos AirPods a Apple simplificou demais, no outro extremo.

Como os AirPods não possuem um superfície sensível ao toque, como o Dash, realmente há uma limitação grande no que pode ser feito com “gestos” dele. E eu entendo, por exemplo, que não haja um atalho para apenas um toque no fone já que isso resultaria em várias ativações acidentais (bastaria você usar as mãos para ajustar o AirPod na orelha).

Mas daria, facilmente, para a Apple oferecer ações para três ou até quatro toques nos fones, e quem sabe algumas também com você dando toques e deixando o dedo sobre o fone (tipo tocando e segurando). O fato de o dedo cobrir o sensor de luminosidade possivelmente seria suficiente para um “gesto” assim funcionar a contento.

Digo isto porque usar a Siri para avançar/retroceder faixas e, principalmente, aumentar/diminuir o volume é impraticável. Tenho sorte de ser dono de um Apple Watch e poder controlar essas coisas pelo pulso, porque se a pessoa depender de ficar pegando o iPhone toda hora deve ser muito chato.

Bateria

Oficialmente, a Apple promete até 5 horas de reprodução contínua com os AirPods carregados até 100% e até mais 24 horas de bateria armazenada no seu estojo.

As letrinhas miúdas no site da empresa não mentem:

Testes realizados pela Apple em agosto de 2016 usando unidades de pré-produção de AirPods emparelhados com unidades de pré-produção do iPhone 7, ambos com software em versão preliminar. A lista de reprodução compreendia 358 músicas diferentes adquiridas na iTunes Store (codificação AAC de 256Kbps). O volume foi ajustado para 50%. Os testes fizeram a descarga total da bateria dos AirPods, reproduzindo áudio até que a reprodução do primeiro AirPod fosse interrompida. A duração da bateria depende da configuração, do uso do dispositivo e de vários outros fatores.

Eu, como gosto de ouvir música em volume alto, dificilmente chegaria às tais 5 horas. Mas achei a performance deles absurdamente satisfatória no quesito bateria, nunca me deixaram na mão. Já notei, por exemplo, que durante ligações o consumo de bateria é maior (possivelmente por ativar os microfones, o que é óbvio) — nestes casos, a Apple promete até 2 horas.

E a praticidade do estojo de carga é simplesmente sensacional. Ele é muito leve (38 gramas), pequenininho e tirar/colocar os AirPods para recarregar não poderia ser mais simples. As peças — antes que perguntem, cada uma pesa 4 gramas apenas — ficam presas à parte inferior do estojo por ímãs (nem adianta virar de ponta-cabeça e sacudir; eles não caem) e começam a recarregar automaticamente.

Se você por acaso ficar sem bateria nos AirPods, apenas 15 (sim, quinze!) minutos de recarga no estojo são suficientes para prover até 3 horas de reprodução ou 1 hora de conversação. É, basicamente, um sistema de “Quick Charging” num produto Apple — que esperamos que chegue aos próximos iPhones também, por sinal.

Para verificar o estado da bateria dos AirPods e/ou do estojo, basta puxar a Central de Notificações no iPhone/iPad, perguntar à Siri (“Quanta bateria ainda tenho nos AirPods?”), tocar no ícone de bateria no Apple Watch ou, no macOS, ir no ícone de Bluetooth na barra de menus e abrir o sub-menu dos AirPods.

No meu uso dos AirPods, que não é “nem 8, nem 80” (uso basicamente *todos* os dias, mas não por horas a fio), minha experiência tem sido de recarregar o estojo apenas uma vez por semana. Isto, para mim, é demais!

Comparando com o Dash

The Dash (Bragi)

É inevitável, tendo recebido meus AirPods pouco tempo depois de publicar um review completo do Dash (que já citei acima), que eu dedique um capítulo para um comparativo entre eles. Farei isso de forma bem direta/resumida:

Cada pessoa precisa pôr essas características na balança a fim de determinar qual dos dois (ou se algum outro concorrente) é o mais adequado para seu uso. Pessoalmente, a única coisa que sentirei realmente falta no Dash é poder usá-lo quando estou nadando.

Devo comprar?

Esta é uma pergunta que eu costumo tentar responder com bastante cautela em meus reviews, mas neste farei diferente.

AirPods soltos

Primeiramente, é “fácil” descartar um possível investimento nos AirPods: se você não quer/pode gastar tanto em fones de ouvido, se você experimentou os AirPods eles caem facilmente das suas orelhas e/ou se você já tem um fone sem fio concorrente que lhe satisfaça.

De resto, meus amigos, minha recomendação é: SIM, compre. Este é o produto mais bacana da Apple nos últimos anos, funciona maravilhosamente bem, cumpre o que promete e usar fones totalmente sem fio é agradável demais da conta. Me sinto no futuro.

Se você acha que sabe o que é usar os AirPods simplesmente navegando pela página do produto no site da Apple ou considerando que eles são “EarPods com os fios cortados”, está redondamente enganado. Esse é um produto realmente mágico, e não estou falando isso afetado pelo Campo de Distorção da Realidade® de nenhuma keynote da Maçã, nem muito menos como alguém que nunca testou outro produto dessa categoria.

Entre o Dash e os AirPods, eu nem hesitaria optar pelo da Apple.

Preço e disponibilidade

Como todos vocês já devem saber, a Apple atrasou bastante a disponibilidade dos AirPods. Eles foram anunciados no começo de setembro do ano passado, na mesma keynote dos iPhones 7/7 Plus, e iriam chegar ao mercado no fim de outubro — porém só aterrissaram em meados de dezembro.

Felizmente, quando lançados, os AirPods já foram disponibilizados de vez em mais de 100 países — incluindo o Brasil. Nos Estados Unidos, eles custam US$159; em terras tupiniquins, o preço oficial é de R$1.399 (mas isto quando parcelado em até 12 vezes; à vista, eles saem por R$1.259,10).

AirPods voando para fora do estojo com iPhones 7 do lado

Disponibilidade, contudo, ainda é um problema mesmo mais de um mês após eles terem sido liberados para compra. É bem difícil achá-los em Apple Stores do mundo todo e, comprando online (tanto lá fora quanto aqui), o prazo atual de entrega é de seis semanas. Muita gente diz que a Apple tem entregue pedidos bem antes disso, mas é bom não criar expectativas à toa porque o prazo oficial é mesmo esse.

A caixinha dos AirPods vem com as duas peças (esquerda e direita), o estojo de carga e um cabo de Lightning para USB.

Prós

  • Excelente qualidade de som e de construção;
  • Muito fácil de emparelhar e de usar ("just works");
  • Bateria (peças + estojo) de longa duração.

Contras

  • Design com a "perninha" não é dos mais belos;
  • O preço elevado pode ser um limitador para algumas pessoas;
  • Faltam mais gestos/ações ao tocar nos AirPods.
NOTA
8,9
Posts relacionados
Comentários
  • Felipe Alex Braz

    A falta de gestos realmente é muito chato, tocar para chamar a Siri e pedir para aumentar o volume não é nada pratico, não ter dois toques para trocar de musica também é bem chato pois você ouve uma e outras mas é bem difícil continuar ouvindo cada uma que vem, muitas vezes queremos trocar de música e ter que tirar o iPhone do bolso para trocar de musica não é nada pratico.

  • barcelos

    Eu adorei muito!!! Será com certeza meu próximo gadget Apple.

    Parabéns pelo review, nota 10!

  • Lucas Gouveia

    Continuo achando um produto estupido que não vale R$500,00 tem fones muiiiiiiiito melhores no mercado.

  • Texto muito bom! Mas faltou ponderar a relação preço em reais de fato… Não vale, nem mesmo que o fone fizesse chover, valeria 1399 reais…

  • j o ã o g u r g e l

    Nem esperei o review… To bem satisfeito! (:

  • Tenho 1 e concordo com o Rafael, é mágico. Sim, existe fones melhores mas pra atender ligações e andar na rua, ele é o melhor q tem. Tenho um beatsStudioWireless mas não me vejo andando na rua com ele, uso casa e pra assistir filmes, mas o AirPods me supreendeu, só usando pra saber mesmo, é tipo o iPad ser um iPhone Grande pr quem nunca usou um iPad.

  • Ajustes

    Ótimo review, Rafael! Os AirPods são realmente surpreendente, jamais voltarei a usar um fone de ouvido com fio. A conexão deles com o iPhone/iPad/Mac é mais fácil que pegar um fone convencional e plugar o cabo no conector P2. Muitos, assim como no texto, estão falando que a qualidade é pouca coisa melhor que os EarPods e eu estranhei isso, pois achei extremamente superior, será que tinha problemas com os meus fones antigos? Se gosta de tecnologia, odeia fios, quer facilidade, vale o investimento!

  • Victor Dias

    Já estava com vontade de comprar antes, agora então…

  • Ajustes

    O que é facilmente resolvido para os que têm um Apple Watch. Basta deixar o app de Música (ou o reproduzindo) aberto, erguer o braço e controlar o volume pela digital crown. Não precisa nem olhar para o relógio. Os comandos também estão ali, para alternar as músicas.

    Eu também queria estas funções no próprio fone, mas me acostumei a usar no Apple Watch e estou satisfeito.

  • Felipe Alex Braz

    Realmente com Apple Watch ficaria ótimo a experiência, acredito que quando eles criaram eles até pensaram nesse ecossistema completo, mas como eu não tenho Apple Watch fica bem chato não ter essas funcionalidades diretas no fone, eu tenho um Bragi e gosto bastante dele no fato de ter diversos comandos apenas tocando no fone.

  • Fernando

    Então eu posso usar ele com meu iPod nano, certo??

  • Diogo Amaral

    Queria só que a Apple me entregasse os que comprei em dezembro!!! rs

  • Capaz que sim, viu. Mas teria que testar, não vi ninguém falando disso.

  • Diogo Amaral

    Até porque esses fones fazem total sentido com o Apple Watch né.. parece que foram feito para ele.

  • Por que você citou isso do “lado fanboy”, só porque eu gostei pacas do produto?

  • Nada no Brasil vale o que você paga, do tomate à gasolina à calça jeans aos AirPods. É a (nossa) vida…

  • Achei a *qualidade* de ambos muito, muito equiparada. O Dash isola bem mais o som ambiente; para quem curte isso, ele é melhor. Mas achei o volume dele baixo demais pro meu gosto.

  • Diogo Amaral

    Pô, querer comparar laranja com maça é foda… não é porque as duas são frutas que servem pra mesma coisa né? Você realmente quer comprar um… ah, nem vou mais perder tempo comentando seu comentário… valeu.

  • Evandro Maximo

    Apesar de ter um Android e o emparelhamento não ser tão mágico, estou louco atrás de um desse.

  • Tirando o “emparelhamento mágico”, dizem que funciona lindamente com Androids. Vá fundo!

  • Vitor C

    Prefiro esperar por um dispositivo com uma qualidade de som melhor, se já não acho os earpods muito bons e esse não é muito melhor para mim não tem porque comprar agora.
    Quem sabe a JBL não lance algum modelo com qualidade mais apurada para quem realmente curte música.

  • Ajustes

    Então indique um fone sem fio mais barato, portátil e mais descomplicado que os AirPods, que vendo o meu agora e compro o da sua sugestão.

  • Ajustes

    Verdade, só tendo pra saber. É um produto que te conquista diariamente.

  • hahaha! boaaa!!

  • Rafael Mendes

    Você usou eles por quanto tempo amigo? 🙂 Sério! Se usou por 5 minutos e ainda acha isso, justa a sua resposta, porque cada um tem seu gosto, agora se nunca usou, experimente. Abraço!

  • Rafael Mendes

    Amigo, converte o cambio e multiplica por 2. É o preço pra se viver num país de Indio. 🙂

  • Rafael Mendes

    Sem dúvidas é o melhor gadget da Apple, vale a pena. Eu usei ele com o Apple Music no inicio, depois com o Spotify, o que o torna mais mágico pelo efeito fading ao tirar e colocar no ouvido. A qualidade é superior aos EarPods, não fui só eu quem disse 😛
    Quando estou ouvindo música e basta tirar um para pausar é simplesmente mágico, não me imagino mais usando EarPods com fios e blablabla
    Muito top!

  • Dil Ribeiro

    Muito mas muito feliz com os meus.

  • Andre Maga

    Quando ligo pra uma pessoa via facetime e vejo que ela está em viva voz eu percebo que o fone cancela o ruido de retorno da minha voz, o famoso efeito sanduíche íche. Percebi isso hoje e achei muito bom.

  • Fábio Silva

    Eu concordo: os AirPods são reaente um produto mágico!
    Eles são muito leves e o fato de não terem fio é sensacional!
    Eu confesso que no último sábado
    por 2x eu tive perda de conexão. Creio que tenha sido por interferências ou algo assim, porque logo em seguida normalizou.
    Eu os testei num smartphone LG de um colega de trabalho e funcionaram muito bem.
    Eu testei tbm com o app Djay Pro no Mac pra escuta Pre Cue e foi excelente.
    Enfim, eu também recomendo os AirPods.

  • sigma7777777

    Lembrando que custa nos EUA $159 + imposto estadual, ou seja, cerca de $170 (o imposto geralmente varia entre 6,5% e 8,75). No meu ponto de vista os blogs de tecnologia deveriam começar a mencionar a expressão “+ impostos” após o valor em dólar.
    Minha crítica ao aparelho é na cor, que poderia atenuar o péssimo design sob o ponto de vista social e não técnico. A cor deveria ser “cor de pele”, o que demandaria vários modelos. Basta olhar as fotos de pessoas e imaginar que ele se tornaria um pouco “invisível”.

  • Fábio Silva

    Concordo. Fones pra cada atividades é melhor.
    Eu uso o Beoplay H8 pra mixagens porque isola muito bem o som quando eu preciso dessa feature numa festa. Já em casa eu uso os fones com fio do iPhone e agora os AirPods.

  • Fábio Silva

    O emparelhamento com um LG 5 (axjonque o modelo é esse) foi muito rápido.
    Bastou apenas segurar o botão do estojo dos AirPods por uns 5s pra eles se emparelharem com o telefone.

  • Luciano d’Avila

    Rafael Fischmann, uma dúvida específica para o meu caso. Um brinquedinho caro como esse vale a pena para mim, já que eu escuto apenas de um ouvido (o esquerdo)? Não vou poder usar em um só?

  • é possível comprar com meu cartão de crédito internacional e mandar entregar em portugal? Meu amigo mora lá e vem pro Brasil em abril. Obrigado.

  • Dil Ribeiro

    Exato, cara. As pessoas fazem comparações absurdas. Não temos com comparar AKG, Bose dentre outros. Eu mesmo testei um Sennheiser e não gostei, nem por isso posso dizer que o fone não presta. Eu gosto de som alto. Rs Gosto é que nem…. cada um o seu.

  • Alexander

    Pra mim o mais bacana nos últimos anos foi o apple pencil (mas a opinião é enviesada porque trabalho com desenho)

  • Lucas Henrique

    Alguém sabe se funciona no Ipod Touch 4 Geração ?

  • Lee

    Rafael, estou em dúvida entre ele e o Powerbeats 3. Qual a sua opinião? Alguém que já testou o PB3 e quiser opinar, obrigado! O uso é para corridas fora e, eventualmente, uso normal em casa.

  • Edwardz Daniel

    Kkkkkkk esse vídeo do sanduíche iche e ótimo. As pessoas nunca esquecem kkkk

  • Felipe

    Eu acho que duas questões devem ser analisadas, produto e o preço.
    Com relação ao produto nota 10, acho que não temos nada similar no mercado, ponto.
    Preço, esse fone poderia custar com impostos, frete, lucro maior que nos US, em torno de R$ 750 a 800. A conta que muita gente usa, preço do produto x cotação dolar x 2, não se aplica a um produto importado por uma empresa. Alias, as empresas adoram que o consumidor tenha absorvido essa matemática, pois ai não precisam justificar o preço alto. E no caso dos airpods, custa quase 3x mais que nos US, usando essa matemática. Compra quem quer, mas quando se torna um habito não se preocupar com preço, cria-se um mercado que subsidia outro, como no mercado automotivo, por exemplo. E nesse caso, nós estamos subsidiando o custo para US, Europa. E só para constar, também ajudo a subsidiar outros mercados, mas com algumas pesquisas prévias consigo comprar meus idevices com um custo um pouco menor. por ex. meu iphone 6 na época, foi comprado com 30% de desconto no km de vantagens do ipiranga, o 7 comprei com 27% de desconto no ponto frio. É uma prova de que alguém esta ganhando demais. Just my 2 cents!

  • Henrique

    Imagina que maravilha deve ser a bateria depois de 1 ano de uso.

  • Thiago Queiroz

    Já quero um. <3

  • Ajustes

    Vai sim. Basta colocar o fone de um lado apenas e dar play.

  • Ajustes

    Se tiver a oportunidade, teste os AirPods. Eu achei a qualidade deles bem superior à dos EarPods.

  • OverlordBR

    Na verdade, o tomate aqui é mais barato que no exterior.
    E de ótima qualidade. 😉

  • OverlordBR

    Ótimo review, Rafael.

    Nunca poderia comprar estes AirPods… não pelo preço, mas sim porque este formato de fone não se adapta ao meu ouvido. 🙁
    Todos os fones deste tipo que tive da Apple sempre ficam folgados ou desconfortáveis no meu pobre ouvido. 🙁
    Quem sabe, um dia, a Apple lança algo com adaptadores (duvido, mas não custa ter esperança).

    Quanto ao preço aqui na Banânia, o jeito é comprar no exterior.
    Já trazer uns 3 pares e revender aqui no Brasil um pouco mais barato que o preço normal.
    Se revender por 1000 reais aposto que vai chover interessados. 🙂

  • Pedro Carvalho

    Também tenho um e adoro! Agora é mais um item que carrego o tempo todo comigo no bolso!
    Só acho que ainda podia melhorar, tipo estou com ele usando no mac e toca uma ligação no iPhone e permite atender por ele.

  • Marcos Escocard

    Estou aguardando as longas 6 semanas para que cheguem os meus. Minha ansiedade aumentou muito depois do seu review Rafael, acho que agora a espera se tornará mais penosa. Rsrs…

  • Arlindo Neto

    Falando em fones, já tem um tempo que meus EarPods não aumenta nem passa música no iPhone, já testei 3 earpods nele e nada. No Mac e no iPad 1 passa tranquilo, só no iPhone que os botões não funciona. Alguém sabe como resolver?

  • Paulo Pagotto

    Será que é possível uma atualização futura de firmware acrescentar gestos aos AirPods atuais? Ou só veremos isso nas próximas gerações?

  • Sem histórico nenhum disso, é difícil afirmar. Mas acho perfeitamente possível.

  • Leopoldo Pereira

    Os meus estavam previstos para o dia 06/02. Chegaram no dia 10/01.

  • Que conta foi essa que você fez? Lá fora você compra os AirPods a US$159 + imposto local (vou considerar uns 7%) * uns R$3,30 do dólar do cartão de crédito atual + 6,38% de IOF = R$597,25 + 100% de imposto aproximado = R$1.194,50.

    Os AirPods custam, no Brasil, R$1.259,10 à vista (também pagamos à vista lá fora). E você pode pegar a nota fiscal de um vendido aqui para ver o quanto desse valor é referente a imposto; aposto que vai ficar certinho na casa dos 50%.

  • Tenho um Powerbeats2 Wireless que quebrou do nada. Não compraria de novo.

  • Mesma resposta de quem perguntou sobre o iPod nano. Acho bem provável que funcione, mas só testando.

  • Está no Top 5, sim (e eu não trabalho com isso).

  • Pode usar um só, sem problemas. É até melhor do que qualquer outro fone do mercado, porque ele automaticamente transforma o sinal estéreo em mono.

  • Rodrigo Siqueira

    Desafio lançado!

  • Fernando

    Amigo, tenho um X2.. mas acho muito ruim a espuma dos fones (eu uso o de espuma pra atividades físicas e o de silicone em casa.. caso contrário ele cai ao correr)..
    essa espuma se desintegra mto fácil.. você sofre do mesmo problema?

    Você poderia testar o AirPod com um aparelho normal? Tipo.. eu quero saber se ele funciona com o iPod nano.. que uso pra correr hoje.. eu acho que sim (obviamente funcionará meio capenga sem os comandos, mas tudo bem)..

    Ah eu uso em viagens de avião ou pra estudar um QC15 da Bose.. muito bom também..

  • Fernando

    Não que mude muito.. mas a vista eh 1259.. e lá fora tem ainda, na maioria dos estados, o Sales tax de 7 a 8% mais ou menos..

  • Fernando

    Tenta um reset..

  • Ruyther Costa

    Ainda assim sai pela metade do preço! ¯_(ツ)_/¯

  • William Godois

    Eu tive 3 jaybirds e cada um durou 1 ano por problemas de suor, não carregavam + a bateria, ficavam doidos durante o uso ligando para o ultimo número discado dentre outros problemas (mesmo depois de resetá-los), deles só me restou o case que uso para guardar meu airpods.

  • William Godois

    Fernando, tive 3 jaybirds e em todos coloquei o Tips da comply foam, vai no ebay e compre por lá que chega numa boa sem impostos.
    http://www.complyfoam.com, note que tem modelos, conforto, sports, isolamento e etc. Procure por jaybird e veja os modelos disponíveis. Essa espuma é muito boa e melhora muito o isolamento, pois ela se expande em seu ouvido se moldando a ele fazendo a vedação.

  • Fernando

    Qual produto eletrônico não sai? De qualquer marca..

  • Ajustes

    Você achou isso dos AirPods? Muitos dos últimos produtos da Apple eu não gostei, mas os fones sem fio me surpreenderam.

  • Marcelo

    Também acho top!!! E meu killer app para o Pencil, por incrível que pareça, é o OneNote. O conceito de “open canvas” do One Note facilita demais.

  • Marcelo

    Eu estou tentado a comprar, mas esse lance de não poder aumentar volume ou mudar de faixa com toques achei frustrante demais. Os controles do Earpods são ótimos, Apple deveria ter pensado em algo do tipo. Será que há alguma chance deles adicionarem novos gestos?

  • Alexandre

    Fui na Apple do Shopping Morumbi ontem e comprei meus AirPods. Porém aqui no Brasil eles não vendem as peças separadas caso você perca um dos fones e nem sabem que a própria Apple vende nos Estados Unidos!! Me falaram bem assim: se perder um, tem que comprar outra inteiro!

  • Ricardo Oliveira

    O produto deve ser muito bom mas nao pagaria 1300 nunca. Quem paga 1300 nesse fone merece pagar 1300 nesse fone, se é que me entende….

  • Cadu Schmidt

    Excelente review, agora deu vontade de comprar, até porque os EarPods são os únicos fones que encaixam bem pra mim. Tenho outros da Sony, Samsung, etc. que não aguento nem 5 minutos, caem toda hora e machucam demais. Pena que o preço esteja acima do que eu considero razoável, por enquanto fico torcendo para o dólar voltar a um patamar decente, quem sabe lá pela 2ª ou 3ª geração.

  • Alexandre

    É sim! Já fiz isso nos Estados Unidos. Mas hocê tem que comprar pelo site português! Aí muda seu endereço de entrega parano endereço português

  • Marlon Fuhlendorf

    Nesse caso ele é! Não tem nenhum outro fone no mercado, que faça o que ele faz, com seu emparelhamento inteligente, bateria que dura absurdamente bem (contando a recarga rápida na caixinha), pausar e voltar só de colocar e tirar os fones, alternando entre eles, automaticamente. Simplesmente não tem nenhum fone assim no mercado. Muito menos por esse preço. (lá fora)

  • Marlon Fuhlendorf

    Acho que a maioria que vai comprar – mesmo aqui no Brasil – vai importar. Por R$ 500,00 reais, acho caro mas que vale muito a pena. R$ 1.300,00 só quem tem muita grana mesmo e não se preocupa com isso.

  • frederico

    Tenho o Dash também. Mas ele sincroniza tb com o apple watch. O importante é que nos dois casos (airpod ou o Dash) o iphone fica dispensável.
    Mas nadar com o Dash é show.

  • Elton Fabricio ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    Depois desse review olhei para meu fone (um meizu EP-51 que me deixou totalmente satisfeito) e o vi como uma máquina de escrever, rsrsrs.

  • Essa informação ainda deve estar se disseminando aos poucos lá dentro. Venderão, sim.

  • Já respondi outro comentário com pergunta similar. Chance eu acho que há, sim. Se farão isso ou se ficará para os “AirPods 2”, só a Apple para dizer.

  • Leandro R Souza

    O que mais me atrai nos airpods é o fato de não ser intra-auricular de silicone. Até hoje não encontrei outro fone de ouvido bluetooth que não possua essa característica. Não curto fones que isolem por completo o som externo, principalmente se for fazer uma caminhada ou corrida. Por questão de segurança, é bom escutar o ruído externo.

  • Jaime Camargos

    É… Rafa. Quando você começa achar que um fone de ouvido é o produto da Apple mais bacana dos últimos anos… Putz… o produto da Apple mais bacana dos últimos anos é um fone de ouvido? Putz… as coisas estão pior que imaginava. O melhor produto de uma das maiores empresas de tecnologia dos últimos anos é um fone de ouvido? Deixa de brincadeira! Isto é matéria paga? Se for… tudo bem, compreendo perfeitamente.

  • Dil Ribeiro

    Cara, não tenho iPods então vou ficar te devendo a ajuda. Sinto muito.

  • Dil Ribeiro

    Viu, é isso que digo. Não temos como generalizar ou desdenhar das pessoas pelas suas escolhas… Acontece o mesmo com médico, o que é bom para mim, pode não ser para outro.

  • O problema não é os AirPods serem sensacionais (e são, como escrevi acima), não vejo demérito nenhum em um fone de ouvido poder ser considerado um produto excelente/diferenciado e isso também não é nem de perto ruim para a Apple. O problema está em ela não ter acertado a mesma mão nas outras linhas de produtos (e não é algo generalizado, afinal, os iPhones 7/7 Plus foram muito bem recebidos, adoro o Apple Watch, o Apple Pencil — como citaram em outro comentário — também é um acessório animal para quem trabalha na área, entre outros), mas me deixa contente e esperançoso ver, pelos AirPods, que os caras ainda podem fazer coisas maravilhosas por lá.

    Sobre a sua “pergunta” final, nem irei responder ok? Totalmente desnecessária.

  • Jaime Camargos

    Tá bom… concordo. O melhor produto nos último anos de uma das maiores empresas de tecnologia do mundo é um fone de ouvido. Olha que ponto chegou a Apple!

  • hecnpo

    Obrigado pela dica, comprei pro meu PowerBeats3.

  • o que será que o cartão de crédito cobra de mim além do valor do produto num caso desses? iof?

  • Ajustes

    Existem fones melhores com a mesma proposta dos AirPods e na mesma faixa de preço? Quais? Acredito que ainda vão surgir…

  • Gustavo Jaccottet

    Minha dúvida é para correr na rua… eu não vou investir esse valor pois apesar de concordar que o aparelho é sensacional, review deixa claro e a opinião do @rfischmann:disqus é sempre razoável, mas meu uso seria basicamente em running… não tenho tido sorte com EarPhones… alguns machucam, outros escorregam, outros são realmente muito ruins…

  • fulvioramos

    ou seja, o Dash é melhor.

  • Marcelo Melo

    Dá pra correr numa boa Gustavo.

  • Marcelo Melo

    Acho que vale a pena você testar ele de qualquer forma. Algumas pessoas que sempre tiveram problemas com os fones da Apple, se encontraram no Airpods.

  • Don Corleone

    Acho que depende também do sistema operacional instalado…

  • Don Corleone

    1259

  • Don Corleone

    Com certeza! Pena que o Watch só comporte 2 GB de musicas .

  • Don Corleone

    116 pilas os impostos dos Ais Pods Rafael… é o que consta em minha nota fiscal…

  • Don Corleone

    Também achei!

  • Hã? Só R$116 dos R$1.259?!

  • Don Corleone

    Há muita tecnologia embarcada nos fones.

  • Don Corleone

    Achei estranho também, mas quem sou eu para questionar o descrito no documento da Apple.. rs

  • Cê consegue me mandar a nota, por favor? rafael arroba o nosso domínio.

  • Direto ao ponto.

  • Só o corpo da Alpha R7 II da Sony custa R$ 18 mil (!)

  • Gustavo Jaccottet

    Hmmmmm… estou com o pedido feito aqui na Apple Store… falta só pagar! Vou pensar mais 48hrs… 🙂

  • Don Corleone

    Sim claro…estarei te encaminhando.

  • Don Corleone

    Que discrepância!! Te mandei ! Abs.

  • Jaime Camargos

    Ok, como mostrou Rafa na brilhante matéria, muita tecnologia. Agora, é duro ver uma empresa que se orgulhava de criar produtos para “mudar o mundo” tendo um fone de ouvido, mero acessório, como o “melhor” produto dos últimos anos. A realidade é esta. Tem gente que queria mudar o mundo que deve estar se revirando no tumulo em saber disto: ” o produto mais bacana da Apple nos últimos anos é um fone de ouvido.” Putz…

  • Alecs Lima

    Sobre os prazos: Eu ia comprar pelo site, mas como estava em São Paulo, dei uma passada na Apple Store para testar antes. Estava em dúvida, pois de fato, parecia que a Maça apenas cortou os fios dos EarPods. Foi então que ao emparelhar (magicamente), testar e me divertir com eles, não pensei duas vezes em levar um.
    Aí perguntei ao vendedor: “No site são 6 semanas para serem entregues; e na loja?”
    Resposta: “Sim, os AirPods vendem muito, os prazos estão altos… Mas acabou de chegar algumas peças e acabamos de colocar na área de venda, você deseja um? Eu busco para você!”
    Dei sorte, pois encontrei na Loja. E havia uns 10 apenas.
    Resumidamente: A Apple se superou, vale a pena! São legais, tecnológicos, mágicos, práticos e belos!
    Parabéns pelo review, é isso mesmo na prática!

  • Hades666

    Rsrsrsrs….
    Te amo tbem 😀

  • Luiz Felipe

    Bom, a Apple ultimamente tem lançado tantos adaptadores… Não acho difícil ela lançar um AirPod com adaptador para os diversos tipos de ouvidos kkkkkkkkkkk

  • Luiz Felipe

    Acho que funciona sim, só não terá a mágica de emparelhamento como ocorre com dispositivos atualizados para o iOS 10. O processo será como emparelhar com outro fone Bluetooth, só que um pouco mais prático, tendo que segurar o botão atrás da case dos AirPods até o seu iPod identifica-los e assim, parear 😀

  • Luiz Felipe

    Sim, o valor do euro será convertido para reais e aí terá o IOF que acho que é de 6%. Só que o valor do euro só será aplicado no fechamento da sua fatura. Caso seja maior do que o valor do dia da compra, terá um débito e se for menor, um crédito.

  • Alexandre

    além do produto tem mais o IOF… e de a compra for em Euro, a cotação é a do dia do fechamento da fatura. Espero ter ajudado

  • Lucas Henrique

    Espero que sim, odeio fios

  • Gustavo

    Cara como é a transição do AirPods do iPhone para o Macbook? Porque eu trabalho com os dois ao mesmo tempo, e tem hora que tenho que escutar audio no iPhone tem hora no Macbook.. é simultâneo? Ou tenho que ficar invertendo nos ajustes toda vez que quiser escutar o audio em um ou em outro? Se for simultâneo, meu Deus, compro hoje.

  • Para alternar entre eles é só mandar conectar no menu Bluetooth do macOS ou na área Bluetooth dos Ajustes do iOS, um único clique/toque.

    Não existe isso de um dispositivo conectar-se simultaneamente a dois aparelhos via Bluetooth.

  • Luciano d’Avila

    Obrigado!

  • Ajudou bastante

  • Fábio Silva

    Gustavo,

    Eu ainda não testei isso com o Mac. No watch, o áudio é interrompido para por uns segundos durante a transição do telefone.

  • Gustavo

    Obrigado!

  • Gustavo

    Obrigado!!

  • Tácio Lobo

    Ele não faz isso? Pela Keynote parecia que fazia…

  • Pedro Carvalho

    Infelizmente ainda não!

  • André Lopez Peixoto

    Comprei o Dash. Chegou fazem 2 dias e estou apaixonado. Como eu surfo e nado, vai ser muito útil pra mim. Comprei também uma corda para prender ele à roupa ao usar em esportes radicais para não correr o risco de perde-los. No meu caso, a escolha pelo dash se explica facilmente. Quero nadar e até surfar com ele. Memória interna vai fazer a diferença embaixo dagua. Mas antes mesmo de entrar na água com ele eu ja estou apaixonado pelo produto e as inúmeras possibilidades que ele apresenta. Sinto que a cada dia vou descobrir uma nova função ( de tantas que tem ) . Isso me motiva muito e faz com que o grande investimento que fiz vire pura diversão.

  • Vinícius Rocha Figueiredo

    Também continuo… Hoje mesmo vi como a tal saída P2 é útil sim. Quando estou utilizando player no Mac, iPhone e no Windows, posso trocar facilmente o output sem a necessidade de parear. Fone Bluetooth pode até ser bom, mas ainda não caiu no gosto do povão mesmo não.

  • Vinícius Rocha Figueiredo

    é… tá bem exagerado mesmo, mas é típico isso.

  • Luciano d’Avila

    Obrigado pela resposta! Já encomendei diretamente na Apple. Disseram que entregarão lá pelo dia 15/03. As vendas estão bem quentes, é problema de planejamento e distribuição ou estão atrasando de propósito para formar fila e parecer que está bombando?

  • Luiz Felipe

    Entendi, mas o fato do volume ser baixo, não é por questões de qualidade? Pois esses fones se o volume for muito alto distorce muito.
    PS : o The Dash realmente não transmite som debaixo d’agua conectado ao celular? Me ajudaria absurdos, pois tenho que usar aqueles tampões na piscina e com o fone seria muito interessante.

  • Lucas

    Esse é meu primeiro fone Bluetooth e até agora eu estou adorando também, nada a reclamar além da falta de opções para controlar as músicas sem a Siri.
    Pesquisando um pouco ontem, vi que no começo teve gente reclamando que estava descarregando muito rápido e que fazer um reset parece que resolvia o problema, por via das dúvidas, né, fiz… KKKKK

    Minha dúvida é como devo fazer para os fones conectarem automaticamente, tipo, quando coloco eles na caixinha carregando e tiro rapidamente para escutar, a música que toca no iPhone não vai “sozinha” para os fones mesmo se eu for nas opções de reprodução e clicar no Airpods. Eu acho que é porque eu abro e fecho o estojo muito rápido, eu tenho que abrir a caixinha e esperar parear novamente?

    Ah, na Apple Store RJ tem Airpods em estoque (no site a entrega é até 6 semanas).

  • Sim, a Bragi pode ter limitado o volume do Dash para não “estourar” o alto-falante dele. Cada fone tem uma limite; o dos AirPods é um pouco maior, por exemplo. Não há perda de qualidade.

    Sobre a transmissão debaixo d’água, isso é uma limitação das tecnologias sem fio de hoje em dia mesmo. Afeta Bluetooth, Wi-Fi…

  • Uma das informações que correram sobre o atraso seria uma dificuldade na produção em massa deles, que já pode ou não ter sido resolvida. No fim, é sempre a balança entre oferta e demanda. Não existe isso de “atrasar de propósito”, esta é a hipótese mais estúpida que levantam em qualquer lançamento desse tipo da Apple (ou de qualquer outra empresa). O que importa para ela são vendas, não dar a impressão de que está vendendo. No fim de cada trimestre, afinal, ela tem que prestar conta aos seus acionistas.

  • Henrique Araujo

    Minha dúvida é a seguinte: Tendo o Airpod conectado no Bluetooth consigo/posso conectar o fone lighting no iPhone 7 e com isso reproduzir som nos dois fones simultaneamente? Pergunto isso porque em raras situações gostaria de compartilhar a musica que estou ouvindo com minha namorada sem ter que dividir o mesmo fone.

  • Luciano d’Avila

    Então vamos acreditar que as vendas estão bem quentes. Os bons tempos voltaram à Apple.

  • Ajustes

    Comprei no dia do lançamento, a previsão era que chegasse em 4 semanas. Se não me engano, ele chegou em uma semana.

  • Luciano d’Avila

    Oba! Tomara que chegue em uma semana mesmo para eu não morrer de ansiedade antes!

  • Não dá. Quando você conecta os fones com fio, os AirPods são automaticamente desconectados.

  • Testamos aqui: os AirPods param de funcionar na hora que você espera o fio dos EarPods.

  • Gustavo Jaccottet

    Chegaram hoje. Corri e a experiência não foi legal. Escorregava e machucou a parte interna da orelha. Vou usar o direito de arrependimento e devolver.

  • Vinicius Porto

    @leopoldo_pereira:disqus no final das contas foram quantos dias? essas “6 semanas” me desanimam. rs

  • Vinicius Porto

    Já recebeu @diogoamaral:disqus?

  • Leopoldo Pereira

    O importante é que chegaram. Quando morava na Bulgária, demorava 6 meses para a mala diplomática chegar com os pedidos KKKKKKKKK

  • Vinicius Porto

    SOS 6 meses?!
    Mas e esse seu pedido da Apple que chegou dia 10/01, @leopoldo_pereira:disqus?
    Você pediu quando? Só pra eu saber o prazo real que foi…

    Pergunto porque a iPlace tá prometendo 7 dias de pré-venda + prazo correios. O que dá uns 12-15 dias. Melhor que ‘6 semanas’. rs

  • Diogo Amaral

    Não. Eles alteraram a data de entrega pra 26/02

  • Edson Teixeira 

    Quando eu quero aumentar o volume com a siri, eu uso percentual (%), Tipo: “siri, aumentar volume para 50%, 66%, 100%, etc.”

  • Diogo Amaral

    A Apple antecipou a entrega, recebi hoje. Excelente os AirPods…

  • Rey

    Somente para informar. A Apple ja lançou um fone sem fio em 2008. Também era excepcional!!! Tive um e me atendeu muito bem por alguns anos. Quando quis comprar outro, ja não faziam mais… https://uploads.disquscdn.com/images/8dbf317f59e6eeb69e6d44f88c7b28e31766112fb55c08a95284de1e465f882c.jpg https://uploads.disquscdn.com/images/4c7cd8acc7b127840da5eae365d1677bc85ce0c6fa3a238e55da7ba6be43fd1d.jpg

  • Marcelo S. Almeida

    Para que serve um Fone?
    Olá Rafael, em primeiro lugar parabéns pelo review!!
    Seu título para este review me fez refletir sobre o porque de uma pessoa tão experiente no chamado “Mundo Apple” achou este o melhor produto da Apple em anos!! E, na minha modestíssima opinião, ele foi pensado para cumprir sua função e pronto. Simples, do tipo: compre (se puder e conseguir) abra e use!!! Assim mesmo, sem funções que estariam lá e não usaríamos (como mais funções de toque). Afinal de contas qual a função de um FONE? Reproduzir o áudio de algo que você esteja visualizando (ou não) no seu Gadget, e Só!!! Essa preocupação com a simplicidade para o usuário final fez de Steve Jobs o ícone que se tornou, e a Apple de hoje parece que vinha se esquecendo disso!! Que venham menos force touch, menos modelos, e mais tecnologia que faça no vida simples e não que nos traga mais coisas o que fazer!!!
    Abraço!!

  • Thalys Dos Reis Guimarães

    Oi, Rafael. O fone que eu uso, um QC35 da Bose faz isso (pelo menos teoricamente). Consigo até 2 conexões simultâneas e a sincronia é inteligente. Se pauso uma música no Mac e dou play em um áudio do iPhone ele toca tudo certinho e tanto no menu Bluetooth do Mac quanto o widget de baterias do iPhone mostra conectado ao mesmo tempo. Logicamente não dá pra tocar coisas simultâneas (nem faz sentido), mas não precisa ficar alternando as conexões também. 🙂

  • Victor Moreno

    É incrível.

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: