BlackBerry chega a 0,0% no mercado de smartphones

Imagem de destaque


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
16/02/2017 às 12:41

Não tem jeito: em um mercado que se pauta em inovações, sempre há os pontos altos e baixos. Até a própria Apple já passou por maus bocados pouco tempo antes de Steve Jobs reassumir a empresa. Agora, o dia mau bateu à porta da BlackBerry. Isto é, aquela que já foi sinônimo de smartphone, agora está com 0,0% deste mesmo mercado.

Depois que o iPhone foi lançado, há dez anos, mesmo que alguns tenham zombado de um “celular sem teclado”, houve uma revolução tão grande no mercado de smartphones, que os — até então — líderes do mercado (Nokia, BlackBerry) foram cada vez perdendo mais espaço.

BlackBerry Vs iPhone 7 Plus

Em 2009 a BlackBerry tinha 20% do mercado e, depois de sete anos em declínio progresso, a empresa anunciou em setembro de 2016 que não mais produziria smartphones.

Os números do quarto trimestre do último ano revelaram mais de 432 milhões de smartphones vendidos no mundo inteiro, de acordo com um relatório publicado pela Gartner. Dentre este número, apenas 207,9 mil eram aparelhos da BlackBerry com seu próprio sistema operacional. Portanto, agora a empresa canadense tem exatamente 0,0481% de parcela no mercado mundial de smartphones.

Gartner smartphone 2016

Como pode ser visto acima, o grande campeão em sistemas operacionais mobile é obviamente o Android, com incríveis 81,7% do mercado mundial. Em concordância com outra pesquisa, o iOS segue em segundo lugar com 17,9%, deixando com as sobras o Windows (0,3%) e outros sistemas. Em relação a marcas, a Gartner mostra a Samsung em primeiro lugar com 20% do mercado e a Apple logo atrás, com 14,4%.

Não dá para negar que a BlackBerry fez história e, talvez, ela ressurja das cinzas daqui a algum tempo. Por enquanto, a empresa canadense afirma estar se concentrando em softwares, mesmo depois de anunciar que lançaria seu último aparelho, o Mercury, o qual rumores apontam para 25 de fevereiro, durante o Mobile World Congress (MWC) em Barcelona. Além disso, a empresa também estaria fazendo pesquisas na área de veículos autoguiados.

[via MacRumors]

Posts relacionados
Comentários
  • M-O-R-R-E-U

  • Morreu mas passa bem

  • Vladimir Machado Malaquias

    Coitada…

  • Henrique

    Uma pena. Concorrência é sempre bom.

  • Guilherme Medeiros

    Creio que todos nós em algum momento de nossas vidas almejamos comprar um BlackBerry e sem dúvidas esta empresa fez história, uma pena a perda drástica de mercado e espero q se erga em outros segmentos daqui pra frente .

  • Wrecked Machines

    Uma pena , um colega aqui no trabalho acabou de comprar um blackbarry z-30 com blackbarry OS, e olha surpreendeu a fluidez do sistema , aparelho bem acabado tela super amoled,uma pena nao existir mais este os e uma empresa estar falecendo assim, seria uma boa alternativa ja que para o android eu nao volto tao cedo,

  • Salun Marvin

    Vim aqui pra comentar isso. Os aparelhos eram muito bons.

  • Tem mas tá faltando.

  • gsanchez

    Uma pena. Eu tive o Storm, muito bom (mesmo com o BlackBerry OS levando mais de 2 minutos pra iniciar).

    Situação típica de quem não viu as mudanças e, quando tentou acompanhar, já era tarde.

  • hecnpo

    qual aparelho fez vc ter trauma de Android?

  • sincero

    Já tive um z10 e um bold. Foram excelentes celulares. Confesso que me apaixonei por esse Mercury que ainda vai ser lançado.

  • Rodolfo Oliveira

    A Blackberry não soube a hora de pular fora do OS proprietário nem de lançar os aplicativos centrais pra outras plataformas. Tivesse o BBM sido liberado pra outras plataformas em 2009 ou 2010 WhatsApp seria um nada…
    Ainda bem que a Microsoft sacou que vale mais a pena oferecer seus produtos em outras plataformas mobile do que tentar forçar a venda do próprio OS. Até o Google que é dono do Android nunca deixou de lançar seus aplicativos no iOS pra não deixar de lucrar com os aparelhos dá Apple e até a Apple percebeu que vale mais a pena no caso do Apple Music ter um App no Android que manter exclusivo do iOS.

  • Iggor Pereira

    Realmente espero que a RIM/Blackberry volte das cinzas, ter outro fabricante na corrida com um nome de peso, iria fazer diferença na corrida de novos designs, OS e melhoria de hardware.
    Hoje com iOS e Android fica digamos no “mais do mesmo”, torço muito para que a BB volte ou até venha outro fabricante e cresça em relação aos dois..
    Quando saiu o Playbook, depois abertura à aplicativos Android (que sempre foi o pecado da BB, falta de apps) eu realmente achei que eles iriam voltar, mas aí vem a noticia que o suporte ao OS iria parar.
    Tive dois Blackberry’s e nunca me decepcionaram, nunca travaram, sempre lisos, elegantes e acabamento excelente, sou fã e gostaria de ter um ao lado do meu iPhone.

  • Wrecked Machines

    cara nao tive trauma de android, acontece que eu usei a vida toda, e acabei me enjoando queria testar outro sistema entao vim pro ios, so que nao sei se volto para o android, estou gostando bastante fluides sistema e tal, o que ta quebrando um pouco e bateria.

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: