Rio de Janeiro e São Paulo receberão a exposição “Steve Jobs, o visionário”

Há um ano nós falamos que Rio de Janeiro e São Paulo tinham tudo para receber uma exposição sobre Steve Jobs em algum momento do segundo semestre de 2016. Com um pouco de atraso, eis que a mostra do cofundador da Apple finalmente chegará ao Brasil.

Segundo informou o G1, a exposição “Steve Jobs, o visionário”, terá mais de 1.000 metros quadrados, será dividida em seis áreas/momentos da vida de Jobs (de 1955 a 2011) e contará com fotos, reportagens, filmes, objetos pessoais e até peças do Apple I, do Macintosh e do iPod — sem falar, é claro, de todos os produtos cujas criações tiveram participação de Jobs.

Exposição "Steve Jobs, o visionário"

As tais seis áreas serão: Sonhos (o trabalho de Jobs na criação da Pixar), Falência (exemplos dos momentos que não deram tão certo na vida de Jobs, como o Apple I e o Lisa), Competição (área que retrata seus embates com a IBM, Bill Gates, Samsung e até dentro da própria Apple), além de Negócio, Inovação e Espiritualidade.

No Rio de Janeiro, a exposição será montada no Prédio do Touring (no Pier Mauá), entre os dias 28 de março e 7 de maio — com entradas saindo a R$10; em São Paulo, ela ficará instalada no Museu da Imagem e do Som (MIS), entre 15 de junho e 20 de agosto.

  • Allan Travassos

    Estarei lá 🙂

  • Pablo Oliveira

    Estarei aqui. 🙂

  • meduza

    Vai rolar uma notificação do MM quando começar a venda dos ingressos? hehehe….

  • Victor Hugo

    Up!

  • Elton Fabricio ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    Irei com certeza!

  • conhecendo o MM, com certeza!

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.