Primeira possível evidência da Apple TV de quinta geração aparece em registro de desenvolvedor


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
16/03/2017 às 15:53

Em janeiro, levantamos pela segunda vez a possibilidade de a Apple estar testando um novo modelo da Apple TV — as informações, entretanto, eram bem vagas, baseadas apenas em especificações técnicas enviadas à FCC1. Depois, a Bloomberg reforçou a teoria com mais alguns palpites. Agora, temos uma evidência bem mais forte de que, sim, a Maçã está lembrada da sua set-top box e ativamente desenvolvendo a sua próxima iteração.

Ícone do novo app TV na tela inicial da Apple TV

A Firi Games, desenvolvedora de games para iOS/tvOS, percebeu uma ocorrência estranha dentro do registro de dispositivos conectados ao seu jogo Phoenix HD: uma tal de AppleTV6,2 rodando o “tvOS 11.0”. O atual modelo da caixinha preta da Maçã tem o identificador AppleTV5,3, ou seja, estamos falando de um produto ainda não lançado, rodando uma versão do sistema que também ainda não existe — considerando que o tvOS disponível ao público encontra-se na versão 10.1.

A descoberta foi relatada ao MacRumors, que, por sua vez, deixa claro que a evidência pode ser fabricada. Por outro lado, ela faz todo o sentido, considerando que, há alguns anos, um iPhone 5s rodando iOS 7 apareceu nos registros de desenvolvedores nove meses antes do seu lançamento (e cinco meses antes de o iOS 7 ser anunciado). Como a atualização da Apple TV parece ser iminente — e deveras requisitada —, não é muito difícil acreditar na veracidade da pista.

Resta saber apenas, naturalmente, o que virá neste novo modelo da caixinha. Os detalhes até agora são parcos, mas seria natural acreditar que a nova Apple TV virá, ao menos, com suporte à resolução 4K (coisa, aliás, que conferiria à Apple o famigerado selo “não faz mais do que a sua obrigação”); porém, como perguntou Eduardo Marques alguns meses atrás: será que é suficiente?

Notas de rodapé

  1. Federal Communications Commission, órgão americano equivalente à nossa Anatel.
Posts relacionados
Comentários
  • Gustavo Jaccottet

    “será que é suficiente?” O suporte 4K seria suficiente para justificar a sua adequação ao mercado, mas penso que a Apple deveria ir além, especialmente quando o aspecto Games entra em cena. Esperava bem mais da Apple TV 4a Geração.

  • sigma7777777

    Continuarei sem adquirir uma Apple TV se a atualização for o mero suporte a 4K. Ela certamente terá que cumprir o objetivo “gamer” que se propôs, ainda que não queria que a caixinha concorra com o PS4. Também precisa firmar contratos com redes de TVs e produtoras. No Brasil, gostaria de ligar a caixinha e ver lá ao menos os apps da Globo e Globosat.

  • Marcio Gleydson

    Assino embaixo, penso que a Apple deveria entrar com tudo no mercado de games, seria bem interessante e movimentaria o mercado de desenvolvedores

  • Christian Tavares

    Acredito que não será dessa vez. A mudança deve seguir o mesmo que aconteceu da segunda para a terceira geração, ou seja, melhorias de qualidade de transmissão e processamento. A ATV 4 trouxe muita novidade em relação ao modelo anterior e dificilmente a Apple vá queimar uma ficha nova assim tão cedo.

  • Gustavo Jaccottet

    Mas a questão é saber se os desenvolvedores de Games topariam as limitações impostas pela Apple. O grande negócio tem sido o Mobile.

  • Filipe Macedo

    Seria interessante adicionar as funções Airport num aparelho só na próxima geração.

  • Marco Lindoso

    Se você parar pra pensar que as especificações do nintendo Switch estão mais pra um dispositivo mobile (Tegra X1), faz mais do que sentido focar em game. Também não queria um xbox/ps4, mas algo mais pro switch, de jogos casuais mais “fortes”.

  • Marcio Gleydson

    Ao meu ver a Apple teria de rever essas politicas e limitações, ao que parece ela ate ja iniciou uma movimentação neste sentindo, aumentando o limite para o tamanho dos aplicativos e retirando a obrigatoriedade de usar o controle remoto da Appletv 4a. geração….Forte Abraço!!!!!

  • Bruno Sousa

    4K FOI A GENTE QUE PEDIU SIM

  • Flavio Alves

    Vão lançar uma nova Apple TV sem antes dar suporte suporte a todas as funcionalidades da Apple TV anterior. Parabéns, estão no caminho certo…

  • Rob Simões 

    Preciso comprar outra Apple TV mas estou me segurando por causa desse rumor, pois quero muito o 4K.

  • Gustavo Jaccottet

    4K é interessante ao extremo. Seriados não passam no cinema, há pessoas que preferem ver os filmes em casa, rever os filmes, clássicos…

  • Seriados onde? Nem o iTunes Tv Shows foi lançado no brasil quem dirá séries rodando em sites online para ser baixado. Eu particularmente prefiro que a Apple coloque receptor se TV digital na Apple TV igual o dispositivo receptor da buffalo. Ou liberte um stream de vídeos igual Netflix. Sem contar que os próprios aplicativos sem suporte oficial a Apple TV de HBO, Telecine, Fox dentre outros não existe app no brasil. O jeito do espelhamento fica igual ao Watch dependendo do iPhone para assistir algo.

  • Já cansei de mandar e-mail e pedindo. Respondem que em breve terá. Mas isso já tem 2 anos. Pra mim o mais importante que uma nova Apple TV é o receptor de TV digital que poderia ter junto com uma parceria com desenvolvedores. Até hoje. Não só Globo e Globosat, mas HBO, Fox, Sony, Telecine e muitos outros não possuem o app.

  • Gustavo Jaccottet

    Eu assisto Seriados em 4K na minha SmarTV 4K pelo App do Netflix. Mas concordo em parte contigo, assino o Amazon Prime Video e assisto por espelhamento, o mesmo vale para os outros Apps que você mencionou.

  • Deon

    também acho, vai ser a famosa atualização “s”. Caso contrário, acredito que frustrará muito quem comprou a geração atual. Fez muita propaganda de revolução, mas na verdade não mudou ou acrescentou quase nada em nossas vidas.

  • Deon

    Deveria lançar com um controle, sensor de movimentos e um óculos ou dispositivo VR. pra enfim mostrar alguma coisa das tantas aquisições que faz nesta área, e de IA também

  • Paulo Magrani

    A aTV 5 vira com a tecnologia Mesh de servidores onde o iPhone e o iPad próximos complementariam o processamentos de gráficos emprestando a CPU/GPU/Memoria para melhorar a experiencia do usuário … e inclusive com suporte pleno aos gamepads de terceiros como os novos Nintendo Switch, PS4 e Xbox….
    kkkkkk é só sonho mesmo!!!!
    Oh, meu Tim! Vou ter que perder meus $$$$ para os consoles da Nintendo e da Xbox mesmo!!!!
    Vamos esperar sentados, quem sabe um dia, né??
    Afinal nem só de iPhones e projetos mirabolantes de carros a Apple vive …
    Que venham os “citados” produtos profissionais

  • Paulo Magrani

    E agora a novidade será cancelar o suporte a apps em 32 bits, né mesmo? Imagina aos clássicos de 16 bits

  • Paulo Magrani

    No brasililililil

  • João Alves

    Sem 4K não me atrai, fico com a ATV3 mesmo.
    Muito mais barata e faz a mesma coisa que essa ATV4 no que diz respeito a Netflix/Youtube.

  • Gustavo Jaccottet

    De acordo. Me arrependi de ter comprado a ATV4. Esperava que poderia haver uma atualização por software para o suporte 4K. Uma SmartTV não me interessa pois a sua obsolência, especialmente nos modelos LG é de menos de 24 meses. O webOS 3.0 é muito bom, mas não sei até quando vale à pena confiar num software de uma SmartTV.

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: