O site Deadline publicou ontem à tarde que a Apple teria adquirido os direitos do documentário “Clive Davis: The Soundtrack of Our Lives” (algo como “Clive Davis: a Trilha Sonora das Nossas Vidas”), conforme foi anunciado no Radio City Music Hall.

O documentário que abriu a noite do Festival de Cinema de Tribeca (Tribeca Film Festival) ontem foi baseado na autobiografia do produtor musical Clive Davis, presidente da Columbia Records de 1967 a 1975, fundador das gravadoras Arista Records e J Records, e também CEO e presidente do RCA Music Group.

Davis trabalhou e influenciou diversos artistas conhecidíssimos como Whitney Houston, Barry Manilow, Aretha Franklin, Alicia Keys, Santana, Aerosmith, Bruce Springsteen, entre outros. O produtor se manifestou acerca da compra dos direitos pela Maçã:

A Apple é uma inovadora global que revolucionou a distribuição de música. É realmente uma honra poder compartilhar a música e as histórias únicas que moldaram minha carreira com milhões de assinantes da Apple Music em todo o mundo. Estou muito contente por trabalhar com eles para continuar esta viagem incrível!

Ainda sem data prevista para a disponibilização, o documentário fará parte do catálogo do Apple Music, sendo um dos muitos conteúdos exclusivos no serviço de streaming musical da Maçã.

[via MacRumors]

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.