Brasil é o país cujos usuários de smartphones abrem o maior número de apps por dia, em média


A App Annie, uma das maiores firmas de estatísticas referentes ao mundo dos aplicativos de smartphones, liberou ontem um belo relatório [PDF] mostrando os hábitos dos usuários destes aparelhinhos ao redor do mundo. A partir dele, temos uma boa noção de alguns fatores deveras importantes, como o crescimento do uso de apps no mundo inteiro e as diferenças regionais quanto à adoção deles.

Um dos pontos mais importantes da pesquisa, entretanto, refere-se a um mercado por vezes esquecido mas em franco crescimento: o brasileiro.

Os dados, referentes ao primeiro trimestre de 2017, servem basicamente para provar algo que já está claro na cabeça de muitos de nós já há algum tempo: os aplicativos tornaram-se o epicentro da experiência digital e certamente assim continuarão pelo menos por uns bons anos. Entretanto, há diferenças de país a país, como podemos ver neste primeiro gráfico abaixo, que mostra o número de aplicativos utilizados (azul escuro) e instalados (azul claro) num mês, em média, num determinado smartphone:

Relatório de uso de apps por país da App Annie

Como é possível observar, o Brasil — atrás apenas da Índia — tem um dos maiores números de aplicativos utilizados num determinado mês (superior a 40), e os brasileiros ainda têm como hábito possuir um enorme número de apps instalados no seu smartphone; muitos dos quais, aparentemente, ficam lá apenas por honra da firma, sem serem efetivamente abertos por um bom tempo.

Relatório de uso de apps por país da App Annie

Nesta outra métrica acima — a da média de aplicativos utilizados num dia —, o Brasil é o campeão. Nos aproximamos de 12 apps abertos num período de 24 horas, enquanto os franceses, no extremo oposto da pesquisa, abrem menos de 10.

O gráfico abaixo leva em conta apenas o universo Android — ao contrário dos anteriores, que contabilizam tanto o sistema do Google quanto o iOS —, mas ainda assim é interessante notar como a média de minutos gastos num dia em aplicativos está crescendo vertiginosamente. E, nesta corrida ascendente, o Brasil continua no segundo lugar, atrás apenas da Coreia do Sul:

Relatório de uso de apps por país da App Annie

Outro gráfico legal, embora não dividido por região, mostra quais são os tipos de aplicativos mais baixados em cada plataforma. A diferença nas nomenclaturas tem a ver com a organização própria da App Store e do Google Play, mas, no geral, é possível perceber que os apps utilitários são os mais baixados pelas pessoas, seguidos pelos de comunicação/redes sociais e de produtividade:

Relatório de uso de apps por país da App Annie

Relatório de uso de apps por país da App Annie

E então, acham que os resultados da pesquisa refletem os seus hábitos? Discutamos nos comentários.

[via TechCrunch]

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: