WWDC’17: Apple apresenta o iOS 11, com muitas melhorias, nova App Store e foco em realidade aumentada [atualizado]


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
05/06/2017 às 15:52

Craig Federighi voltou ao palco do San Jose Convention Center, na keynote de abertura da Worldwide Developers Conference (WWDC) 2017, para falar sobre as novidades do iOS 11, a nova versão do sistema operacional móvel — e, sob muitas perspectivas, o mais importante — da Apple.

O primeiro app a ser destacado como ganhando novidades no iOS 11 foi o Mensagens (Messages), que ganha uma gavetinha de aplicativos embutidos e, levantemos as mãos para o céu, finalmente terá as mensagens sincronizadas com o iCloud — todo o seu histórico é puxado da nuvem e tudo se reflete imediatamente em todos os dispositivos. Tava precisando — e, claro, o espaço ocupado localmente é otimizado e tudo continua criptografado de ponta a ponta.

iOS 11 no iPad e no iPhone

O Apple Pay agora, finalmente, oferece a possibilidade de transferência de dinheiro entre pessoas, que se junta aos sistemas de pagamento em lojas físicas e na web. O sistema é integrado ao iMessage, para que você envie quantias facilmente a seus contatos, e tudo é acessível por todos os dispositivos compatíveis.

A Siri ganhou um novo ícone e uma nova voz natural, ainda mais “humana” — isto é, ao menos em inglês, nas outras línguas ainda teremos que ver. A assistente eletrônica da Maçã ganha um recurso de tradução, que funciona com uma série de idiomas, mas nosso querido português parece não ter entrado nesse primeiro momento. O framework SiriKit também está sendo expandido, e desenvolvedores poderão integrar a assistente a mais uma série de tipos de aplicativos, como gerenciadores de tarefas e mais. E ainda: a Siri agora entende melhor mais o contexto, seus interesses e até como você usa o seu dispositivo. Ela está mais inteligente, prevendo o que você quer fazer a seguir.

Mais um aplicativo que está recebendo melhorias no iOS 11 é o Câmera — um que é um pouquinho importante, considerando que os usuários tiram 1 trilhão de fotos por ano com seus iGadgets, como Federighi fez questão de destacar. Agora, os vídeos capturados pelo app serão codificados em HEVC em vez de H.264, trazendo até 2x melhor compressão com a mesma qualidade de imagens. Já as fotos passarão de JPEG para HEIF, com a mesma qualidade e metade do tamanho. O Modo Retrato tem aprimoramentos para fotos com baixa iluminação, com mais estabilização e HDR, e há uma API de profundidade para desenvolvedores.

O app Fotos foi também melhorado, com melhor organização e filtro de fotos, assim como no macOS High Sierra. Agora, em Live Photos, é possível editá-las e trocar o quadro (frame) para ser o principal; as fotos “animadas” ganharam novos efeitos e também podem ser transformadas em loops, transformando-as basicamente em “Boomerangs”. Na área de Memórias, o histórico de imagens é organizado de forma mais inteligente.

GIF de foto em loop no iOS 11

A Central de Controle ganhou um redesenho completo, agora apresentando todas as informações em apenas uma página. A operação é baseada no 3D Touch, que expande os controles disponíveis.

Já a tela bloqueada e a Central de Notificações passam a ser uma coisa só: quando o usuário desliza o dedo da parte de cima da tela, um espelho da sua tela bloqueada aparece com as notificações mais recentes; basta um outro deslize do dedo para ver as notificações anteriores. Com isso, a Central de Notificações em duas páginas também foi efetivamente eliminada.

O app Mapas traz agora suporte aos mapas de shopping centers e aeroportos, com suporte a uma série de estabelecimentos nos Estados Unidos e alguns outros países neste início. O modo de navegação agora virá com alertas de limite de velocidade e guia de faixas. Também há uma nova interface dedicada aos usuários dirigindo, chamada de “Do Not Disturb While Driving” (Não Perturbe Enquanto Dirigindo), que detecta quando o usuário está dirigindo e, basicamente, desliga o telefone, mostra uma notificação avisando que o usuário não deve fazer aquilo e manda mensagens para usuários que tentem falar com você. Claro que você pode informar que não está dirigindo para desativar o modo.

O HomeKit agora traz suporte a alto-falantes, podendo configurá-los pelo app Casa (Home) e sincronizando tudo pelo novo protocolo AirPlay 2, com áudio multi-cômodos. Você pode reproduzir músicas em toda a sua casa, e até pedir sugestões de músicas de quem está na sua casa com você; várias fabricantes de alto-falantes já estão se comprometendo com o HomeKit/AirPlay 2. A Apple TV também pode controlar a reprodução em dispositivos existentes que se comunicam com ela.

O Apple Music trará agora um recurso social que mostrará o que seus amigos estão ouvindo, mais ou menos como o Spotify tem feito há quase dez anos. Aplicativos de terceiros poderão se comunicar com a plataforma através da API MusicKit — o Shazam, por exemplo, pode adicionar uma música identificada à sua biblioteca automaticamente com a ferramenta.

App Store

Para falar sobre novidades na App Store, Federighi chamou Phil Schiller no palco. Já foram US$70 bilhões pagos aos desenvolvedores e 180 bilhões de downloads feitos até hoje, sem contar re-downloads e updates – ou seja, sim, este é um negócio importantíssimo para a Maçã. Por isso, hoje a Apple tem algumas novidades sobre a loja, como uma redução drástica dos tempos de aprovação e um novo recurso de lançamento em fases, onde desenvolvedores poderão liberar suas atualizações aos poucos, para usuários selecionados geograficamente ou por outros parâmetros.

App Store no iOS 11

A grande novidade da App Store no dia, entretanto, é um visual totalmente novo no iOS 11 — que lembra, para o bem e para o mal, o Apple Music, com títulos grandes, cartões coloridos e animações mais agradáveis.

Há uma aba chamada “Hoje”, atualizada todos os dias e que destaca as novidades na loja, trazendo ainda textos e dicas de como usar alguns aplicativos populares. Outra aba, denominada “Jogos”, destaca os games recentes na plataforma; uma terceira chamada “Apps” faz o mesmo mas com aplicativos “comuns”.

No geral, o intuito da Apple é deixar a App Store ainda mais atrativa para os desenvolvedores, colocando foco máximo na valorização do produto — e um exemplo disso é, por exemplo, a possibilidade de atribuir aos apps pequenos sub-títulos, descrevendo-os em poucas palavras para atrair atenção; outros recursos como reprodução automática de vídeos promocionais e destaque para compras internas (In-App Purchases) também devem agradar aos desenvolvedores.

·   •   ·

No quesito de aprendizado de máquina, o iOS 11 traz uma série de novas APIs de visão, linguagem natural e muito mais — todas estas construídas sobre a plataforma Core ML.

Já a realidade aumentada (AR) ganhará um grande salto no novo sistema com um novo API denominado ARKit — Federighi fez uma demonstração no palco com objetos virtuais integrando-se com a superfície de uma mesa capturada pela câmera, comportando-se quase como objetos reais em termos de realismo. Com o ARKit, segundo a Apple, o iOS será a maior plataforma de AR do mundo, e trará parceiros importantes como a IKEA, a Lego, a Nintendo e a Wingnut AR, criada pelo cineasta Peter Jackson.

iOS 11

Muitas melhorias a usuários chineses, especificamente, também virão ao iOS 11. A Apple não comentou sobre a disponibilidade do novo sistema — falta de tempo? Esqueceram? —, mas o mais provável é que, assim como o macOS High Sierra, uma Developer Preview esteja disponível hoje, com beta público disponível proximamente e a versão final do sistema lançada no segundo semestre. Atualizaremos o post quando recebermos as informações concretas.

Atualização 16/08/2017 às 16:10

Como esperado, a Apple confirmou — após apresentar todas as novidades do iOS 11 no iPad, que ficaram separadas para uma parte separada da keynote — o cronograma de lançamentos do seu novo sistema móvel.

O Developer Preview do iOS 11 estará disponível hoje, enquanto o primeiro beta público chega no fim do mês; a versão final do sistema aterrissa em alguns meses.

Posts relacionados
Comentários

Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: