iFixit

Imagem de destaque

Aí, sim: novo iMac com tela Retina 4K de 21,5″ traz RAM substituível e CPU modular, confirma a iFixit


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
08/06/2017 às 09:46

Pós-evento da Apple com lançamentos de hardware significa momento de novas desmontagens da iFixit! E o primeiro teardown desta vez foi feito no novo iMac com tela Retina 4K de 21,5″.

Felizmente, começamos com o pé direito. Parece que a Apple ouviu algumas preces e está usando alguns componentes padronizados dentro deste novo iMac de 21,5″, embora nenhum deles seja facilmente acessível ao usuário.

Só para retirar a tela e acessar a parte interior já é um certo parto, e depois a depender do que você quiser trocar é preciso prosseguir ainda mais fundo na desmontagem. Mas as duas excelentes novidades deste modelo — que ainda leva o código A1418, tal como o anterior — é que a RAM é uma SO-DIMM tradicional com dois slots, e a CPU (no modelo que eles abriram, um Intel Core i5 “Kaby Lake” de 3,5GHz) é modular.

Então sim, quem quiser poderá futuramente atualizar a RAM desse iMac e até trocar o seu processador. Mas, se quiser fazer isso, terá que tomar bastante cuidado no processo ou deixar que algum especialista técnico cuide do pepino.

Não por menos, a iFixit deu uma nota 3/10 em “reparabilidade” para este iMac — ainda um tanto baixa pela dificuldade de acessar os componentes, mas bem melhor que o 1/10 conquistado pelo modelo anterior. Aliás, já havia anos que a Apple tinha adotado memória soldada à placa lógica nos iMacs de 21,5″… bom avanço.

Até 64GB de RAM no modelo de entrada de 27″

RAM de iMac na OWC

A iFixit não abriu ainda o novo iMac com tela Retina 5K de 27″, mas a Other World Computing já confirmou que mesmo o seu modelo de entrada suportará até 64GB de RAM — enquanto a Apple só permite que ele seja configurado com até 32GB.

Não só a novidade é boa, como fazer esse upgrade “por fora” fica obviamente muuuuito mais em conta. A Apple cobra US$600 para atualizar a RAM desse iMac de 8GB para 32GB; na OWC, o kit de 64GB sai por US$580 — são 4 pentes de 16GB cada.

via ZDNet, Apple World Today

Posts relacionados
Comentários
  • Phillip César

    Acho que a Apple só deveria melhorar o acesso a esses componentes, ter que recorrer toda vida a uma assistência técnica é dose, uma coisa tão simples.

  • Junio Melo

    Descobri só agora com esse post que apenas o slot de memória da versão de 27 é acessível 🙁 agora minha dúvida diminuiu em relação a qual modelo comprar, 21.5 ou 27. Querendo ou não é uma boa vantagem trocar a memória com mais facilidade.

    Quem já teve ou tem o iMac de 21.5 comenta aqui se vale a pena investir um pouco mais e pegar o modelo de 27. Trabalho com design gráfico (Photoshop, Illustrator e AE).

    E aí alguém pode me ajudar aí… rsrs.

  • Lucas Veiga

    Só pela tela já vale a pena pegar o de 27.

  • Western Dutra

    Tenho os dois tamanhos de tela. Quando saio do de 27 e vou pro de 21.5, parece que o irmão menor é de brinquedo.
    Vá de 27 sem medo de ser feliz. 🙂

  • Junio Melo

    Hahaha… estou saindo de uma tela de 13 (MacBook Pro Retina), imagino que a diferença pro de 21.5 já seja compensadora, mas aí penso, e quando eu abusar de 21. vou achar pequena. O lado positivo do de 21.5 é que dá pra economizar uma boa grana.

  • Rafael Gil

    Bom, mesmo sendo difícil, pelo menos dá pra trocar né? Pelas fotos parece que dá pra trocar o HD tb.
    Fazer um upgrade de CPU, memória e armazenamento pode dar uma sobrevida enorme pra esse modelo.
    Um i7 kaby lake + 64Gb de RAM e um bom SSD vai fazer esse iMac durar mais uns bons anos.

  • Percevejo voltou

    Aguardando eles informarem quantos gigas de RAM tem o novo iPad Pro.

  • Marlon Fuhlendorf

    O modelo antigo do iMac de 21 vinha com a RAM soldada, esse novo não! Só comprar o modelo novo…

  • Western Dutra

    Pois é! Também uso um MBP de 13 em viagens, que na verdade é o que mais uso, devido ao maior conforto na hora de transportar. Neste caso, a sensação é de claustrofobia. Sem falar no “zoom” constante que os olhos são obrigados a dar. hehehe
    Repito, não tenha medo de ser feliz!

  • paulobr

    Se você trabalha com imagem, quanto mais tela melhor.

    Mas recomendo comprar um monitor externo para colocar o menu, dock, ferramentas, etc…. e deixar a tela do iMac apenas para a imagem. Depois de usar por 1 dia um mac com 2 telas, você nuca mais vai querer usar ele com uma tela só!

    Vale muito mais um iMac de 21, e um monitor do lado, do que um de 27. E fica mais barato!
    😉

  • Pelo que li por aí, 4GB.

  • phensalves

    palha-assada…uma máquina de US$5k vir com 4GB ein?

  • phensalves

    no mínimo uns 7, 8 anos…

  • phensalves

    Cara, qual ano é seu MBP? Dependendo vale MUITO MAIS a pena, gastar num monitor Super Wide, ou 4K de 27″ ou até 29″. Você gastaria BEM menos e teria o resultado esperado.

  • Neilton Vieira

    4GB seria o iPad Pro que o amigo questionou e não o iMac que vira com 8GB inicial!

  • Adolfo Andrade

    E não entendo pra que mais RAM num aparelho que roda iOS e com desempenho melhorado de CPU e GPU.

  • Percevejo voltou

    Quanto mais melhor! O finado lançado ano passado tinha apenas 2GB de RAM. E isso num iPad que se chama Pro!

  • p_churros

    Só com possibilidade de adicionar mais memória e trocar o HD já estava feliz, muito bom poder trocar tb o processador.
    Que a Apple siga isso nos MacBooks também.

  • isto. agora deixem poder trocar a memória dos notes como antigamente e ta galo.

  • Ele perguntou do iPad Pro, não do iMac Pro — este virá com pelo menos 16GB de fábrica, provavelmente 32GB (e será expansível para 128GB). Nenhum Mac sai com 4GB, há anos.

  • 4GB dá e sobra pro iPad Pro hoje em dia.

  • Akinaga

    Se você tiver grana compre o de 27, a tela é fantástica, caso a grana esteja curta, invista em um upgrade do seu MBP é um bom monitor externo e você terá o melhor dos 2 mundos.

    Sou designer, tenho um iMac 27 e já trabalhei no 21. O ganho de produtividade no 27 é maior do que se você usasse o de 21 com um segundo monitor externo por causa do Mac OS, no Windows eu iria de 2 telas. Já trabalhei destas 3 formas.

  • gnc03
  • Percevejo voltou

    O AIDA é melhor que este aí! Basta saber se tem 3D Touch.
    Mas acho que devia ter uma tela 4K e 6GB de RAM.

  • Percevejo voltou

    Mas acho que o modelo de 12,9 já devia vir com tela resolução 4K e sai desse 2K de vez.
    O modelo mais caro dele($1229) é quase o preço de um novo iMac 4K lá nos Estados Unidos.
    E podiam vir como uma nova Pencil que tivesse borracha como ja visto em outra fabricante.
    E a Smart Keyboard sem teclado retroiluminado não entedi ainda.
    A Logitech agradece.

  • Eu até hoje não vi vantagem em telas com densidades de pixels acima do que nossos olhos podem discernir. Acho que é sobrecarregar o hardware à toa.

    De fato, o modelo topo-de-linha ficou bem caro.

    Isso de borracha em styli eu já li especialistas dizendo que é a maior besteira, que é mais rápido usar uma ferramenta de borracha do que virar o lápis. Mas não posso afirmar com certeza, até porque não trabalho com isso.

    Um Smart Keyboard com retroiluminação seria muito bem-vindo, essa foi uma das críticas a ele no review que publiquei aqui no site há uns meses. Mas não vejo com maus olhos, também, a Apple deixar espaço para outras fabricantes como a Logitech.

  • Rafael Arnaldo Scheid

    E os SSDs

  • Alexander

    Poderiam fazer uma caixa externa (como essas que servem para gpu’s externas) com a motherboard. Quer fazer upgrade, bastaria abrir a caixa facilmente e trocar a memória, o processador ou os ssds, mantendo a mesma tela. 5 minutos e upgrade feito. Ia facilitar também a troca da tela, era só manter a caixa. Um dia alguém inventa uma caixa assim

  • Alexander

    Borracha em caneta é de fato gimmick – é muito mais rápido um flick gesture com a outra mão para mudar a ferramenta ou mesmo apertar uma tecla no teclado. Mesmo na cintiq, é mais comum estabelecer a borracha numa express key (ou mesmo em um dos botões laterais da caneta) do que virar a caneta para apagar. Questão de workflow

    Sobre 4k, em uma tela de apenas 12.9 polegadas só iria servir pra gastar bateria, isso é certo. Já uma telona amoled com aquele deep black seria interessante… Quem sabe no ipad pro 3?

  • joao antonio

    Alguém poderia me dizer se as frenquencias das telas dos novos Imac sao ainda 60 Hertz ?

  • Bruno Santana
  • Caixa Para Unidades! Seria um bom nome.

  • Cadu Schmidt

    As opiniões variam bastante, é muito subjetivo. Eu tenho um iMac 27 com um monitor externo e não acho a combinação ideal, preferia uma tela única maior. Na época não havia opções melhores, mas se fosse hoje optaria por um hack (ou MBP como o seu mesmo) com um monitor wide de 34″. Por aqui, a Dell tem a linha mais completa, com monitores IPS de 2560×1440 a partir de R$ 1.219,00, o que eu considero uma pechincha, comparando com os preços absurdos da Apple BR. Vale a pena dar uma conferida antes de decidir.

    Agora, entre 21.5 e 27 nem tem o que pensar, vai no maior com certeza, a diferença é considerável.

  • Alvaro

    Hehehehe i see your point

  • Junio Melo

    Obrigado pela sugestão, mas odeio segunda tela, por isso a escolha em ir pra um iMac. E meu MBP é um meados 2014, mas pro que faço já pesa um pouco, imagina colocar uma segunda tela, né?! Abraços!

  • Junio Melo

    Verdade, cansa muito. E a produtividade fica abaixo.

  • Junio Melo

    Eita… tô balançando mais pro lado do de 27 🙂

  • Junio Melo

    Oi, Cadu. Obrigado pela sugestão. Realmente, as opiniões variam muito e o gosto é subjetivo mesmo. Por exemplo, odeio ter uma segunda tela. Já pensei logo quando comprei o MBP em adquirir uma Dell, mas não tava afim de gastar ainda mais na época. Hoje tenho uma grana pra investir em um iMac mesmo, aí nem penso em comprar uma tela, até por que meu MBP não está aguentando tanto o trampo.

  • Frederick Montero

    Tenho um iMac de 27, mas uso uma segunda tela de 15 apenas para emails e WhatsApp. Na segunda tela, mantenho estes programas em tela cheia ou dividindo a tela ao meio entre eles. Desta forma, a tela de 27 fica somente para o trabalho, sem me distrair com as idas e vindas entre programas para conversar com clientes ou responder emails. Descobri que o gerenciamento de ambientes de trabalho é a melhor coisa do MacOS.

  • Junio Melo

    Legal. Eu gosto de usar Mesas separadas para isso. Sem dúvida uma vantagem muito massa fazer isso. Obrigado pela tua sugestão!

  • San Alves

    Mas aí nao seria tipo uma Cpu? rs

  • Alex Ruski

    por acaso vc é o Emilio Man? se não for desconsidere!

  • Glaucio

    Sim, acho que essa é a piada…


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: