Apple praticamente confirma o seu serviço de streaming de vídeos com a contratação de ex-presidentes da Sony Pictures Television


Sabe aquela história de a Apple estar investindo cada vez mais em conteúdo em vídeo? Pois é, nesta semana tivemos mais um indício de que a empresa está levando isso mesmo a sério.

Conforme a Apple informou, Jamie Erlicht e Zack Van Amburg, até então copresidentes da Sony Pictures Television desde 2005, foram pescados e agora são responsáveis pela programação global de vídeos da Maçã.

Eles responderão diretamente a Eddy Cue (vice-presidente sênior de serviços e softwares para internet). Na Sony, foram responsáveis por algumas das séries mais populares e aclamadas como “Better Call Saul”, “The Blacklist”, “Bloodline”, “Breaking Bad”, “The Crown”, “Damages”, “The Goldbergs”, “Justified”, “Preacher”, “Rescue Me”, “The Shield”, “Sneaky Pete” e muito mais — juntas, elas ganharam 36 Emmys e dezenas de Globos de Ouro, prêmios AFI e WGA.

Sob a liderança deles, a equipe de estúdio da séries originais mais do que triplicou. Ambos possuem ampla experiência em produção de televisão para públicos globais e criação de programação para uma ampla gama de serviços, incluindo programas para Amazon, Hulu e Netflix.

Logo da Sony Pictures Television

Eis a declaração de Cue:

Jamie e Zack são dois dos mais talentosos executivos de TV do mundo e têm sido fundamentais para a era de ouro da televisão. Temos planos interessantes para clientes e não podemos esperar por eles para trazer os seus conhecimentos para a Apple — há muito mais por vir.

Agora, a de Erlicht:

Será uma honra fazer parte da equipe da Apple. Queremos trazer ao vídeo o que a Apple tem tido tanto sucesso em seus outros serviços e produtos de consumo — qualidade incomparável.

Por fim, a de Amburg:

A Apple tem um foco implacável em deliciar clientes com os seus produtos. Vamos trazer a mesma intenção para a programação da Apple e não poderíamos estar mais entusiasmados com o que está por vir.

Ou seja, temos aqui basicamente uma confirmação de que um “Apple Video” (ou seja lá qual for o nome do serviço de streaming de vídeos da empresa se chamará) finalmente sairá do papel. Há algum tempo nós batemos na tecla de que esse tipo de conteúdo não caberia mais dentro do Apple Music. Enquanto as criações são diretamente ligadas ao ambiente musical — e de apps —, tudo “ainda se encaixa”. Mas, invariavelmente, investindo nesta área da forma que a Apple está, é preciso criar um serviço exclusivo para abrir tais conteúdos — que, obviamente, casa perfeitamente com a Apple TV.

A pergunta é: será que vai demorar muito para o serviço de streaming de vídeos ser lançado? 😜

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: