Fabricante chinesa anuncia o primeiro smartphone com leitor de impressão digital escondido na tela, em parceria com a Qualcomm


Há muitos meses, os rumores acerca do “iPhone 8” (ou “iPhone X” ou “iPhone Edition” ou whatever) já dão como praticamente certo um novo design com a tela ocupando quase toda a sua parte frontal, porém o grande mistério é se a Apple conseguirá ou não esconder o Touch ID debaixo dela.

Até hoje, fabricantes de aparelhos com Android que migraram para esse novo conceito de design todas “moveram” seus leitores de impressão digital para a traseira do aparelho — ou, em raros casos, para o botão liga/desliga lateral. É praticamente consenso na indústria de que, no momento em que for possível implementar o leitor atrás da tela, isso se tornará um padrão.

E, tal como também já ocorreu em anos passados, enquanto ficamos nos deliciando com os rumores (ou não), outras fabricantes correm para tentar anunciarem as grandes novidades aguardadas antes da Apple. Foi o que fez hoje a fabricante chinesa Vivo — pois é, homônima da nossa operadora de telefonia celular.

No Mobile World Congress (MWC) Shanghai 2017, a Vivo anunciou o primeiro smartphone do mundo com um leitor de impressão digital escondido na tela. A façanha será possível graças a uma nova tecnologia desenvolvida pela Qualcomm — que, vejam só, está numa batalha feroz contra a Apple na justiça.

O grande pulo do gato na história toda é que a dupla Vivo/Qualcomm está provavelmente querendo registrar pioneirismo da novidade, porém a expectativa é que a tecnologia só fique pronta no início de 2018. Sim, a Vivo basicamente anunciou hoje um protótipo de smartphone sem data para chegar ao mercado.

O Engadget está em Xangai e teve a oportunidade de brincar com uma unidade de desenvolvimento do aparelho. Veredito preliminar dos caras: não está nada legal. Segundo eles, a área de reconhecimento é muito pequena e a performance de reconhecimento também está bem aquém do que estamos acostumados com leitores tradicionais de hoje em dia.

Como se não bastasse isso tudo, o vídeo promocional dos caras utiliza inúmeros ícones do iOS(!) e até adota uma fonte espessa à la San Francisco bem no estilo que a Apple tem utilizado em suas interfaces:

A parte boa disso tudo é que temos agora um indício ainda maior de que, sim, o “iPhone 8” terá o Touch ID escondido na sua tela. Ora, se a Qualcomm consegue fazer isso, a empresa que colocou o primeiro leitor de impressão digital realmente decente num smartphone também consegue.

E se você não fizer isso, dona Apple, se prepare para ser massacrada.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: