Anatel homologa o Magic Keyboard com teclado numérico

Imagem de destaque


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
04/07/2017 às 11:25

Lançado “silenciosamente” na Worldwide Developers Conference (WWDC) 2017, junto de novos Macs, o Magic Keyboard com teclado numérico acaba de ser homologado pela Agência Nacional de Telecomunicações.

O teclado — identificado pelo modelo A1843 — vem para substituir o anterior da Apple que também tinha uma área numérica à direita, mas era com fio (agora descontinuado).

O Magic Keyboard com teclado numérico tem controles para você percorrer documentos com facilidade e setas em tamanho padrão, ideais para jogos. Um mecanismo scissor sob cada tecla dá mais estabilidade e otimiza o movimento das teclas, e um novo design oferece uma experiência de digitação mais precisa e confortável. O teclado numérico também é ótimo para planilhas e aplicativos financeiros. A duração da bateria interna recarregável é surpreendente. Ela mantém seu teclado funcionando por cerca de um mês ou mais, até que precise de carga novamente.

Eis o Certificado de Homologação emitido pela Anatel:

Teclado na Anatel

O Magic Keyboard com teclado numérico já consta na loja online brasileira desde o anúncio, mas ainda continua indisponível para compra. Agora, com a liberação da Anatel, ele deverá ser liberado a qualquer momento.

No Brasil, o novo teclado custará R$809,10 (ou em até 12x de R$74,92). Nos Estados Unidos, ele sai por US$129.

Posts relacionados
Comentários
  • Luiz Felip Gonçalves

    Ola Rafa, bom dia…só pra saber como ficou a questão das notificações, realmente não tá chegando no app do celular, só pra confirmar se é um bug mesmo, se você(s) já tem alguma posição, valeu pela atenção

  • Pedro Baasch

    Porque alguns produtos precisam de homologação da Anatel, enquanto outros podem começar à serem vendidos imediatamente? Entendo que este é um modelo wireless, mas os MacBook’s também tem conexão sem fio, mas tiveram a liberada sem a necessidade de homologação, correto?

  • Ainda não resolvemos, estamos trabalhando nisso.

  • O teclado provavelmente usa um novo chip Bluetooth que não fora homologado antes pela Anatel, daí a necessidade.

  • Luiz Felip Gonçalves

    Tranquilo, valeu!

  • rmonaco

    Pq o teclado em português não vem para o Brasil?

  • Junior Souza

    Uma coisa bizarra da atualidade , nao so da Apple são os aparelhos com teclado sem “a parte numérica ” , quem trabalha com planilhas vive um inferno com estes equipamentos.Eu não compro, tenho um dell aqui que pesa uns 5kg mas nao troco por outro pela dificuldade em encontrar aparelhos com boa relação custo beneficio e teclado numérico

  • Aquele teclado é justamente… português. É parecido, mas não é o ABNT brasileiro.

  • Perceva

    A Smart Keyboard do novo iPad Pro de 10.5 já tá disponível pra compra e tem em estoque.
    Agora o iPad Pro 10.5 em questão nada de novidade.

  • rmonaco

    E este teclado portugues de portugal, não seria mais prático para nós? https://uploads.disquscdn.com/images/6cea040d5844891b85858addddd911138c20e8d02c6c0b48868c2c443e4e1d8c.jpg

  • É o que eu falei, esse é o português. Não tenho dúvidas de que alguns aqui prefeririam um assim, “parecido”, mas esse não é o nosso padrão. Pessoalmente, prefiro o internacional mesmo — costume.

  • paulobr

    Mais um erro da Apple.
    Tinha que manter o teclado USB.
    Além de mais barato, você tinha portas USB de fácil acesso.

    Aparentemente a Apple está decidindo pelo caminho mais fácil, nesses últimos tempos…. =

  • paulobr

    No passado a Apple já trouxe o teclado de Português de Portugal para o Brasil para os primeiros iMac.

    Nem preciso dizer que virou piada por não ter @ em plena revolução da internet!
    😀

  • Vinícius Miranda

    Sabe me explicar porque só em 2017 a Apple criou um teclado numérico embutido no teclado normal ? Havia alguma desculpa de design ou outra coisa para não fazerem ?

  • Ela sempre teve um, mas era um design antigo com fio.

    Por que ela demorou tanto para criar essa versão nova do Magic Keyboard, eu não sei.

  • 199X KID

    pelo preço até entendo mas se vc quiser usar esse teclado com fio vc pode tmb

  • 199X KID

    um teclado número é ótimo nesses casos mas quando vc não tem ele vc acaba se acostumando com os número no topo do teclado

  • paulobr

    Sim, o ponto chave é o preço.

    Mas também perde as 2 portas USB que o teclado tinha, e era muito mais prático do que plugar um pendrive atrás do iMac…

  • Phillip César

    De fato, mas hoje em dia, quem usa portas usb??

    Eu rarement uso pendrives e mesmo meu mouse é bluetooth, bem mais prático.

    Acho que estamos caminhando para o mundo sem fios e servidores na nuvem. Mas entendo o seu ponto.

  • Além do preço, tem a questão da bateria, você usar algo sem fio do lado praticamente gastando bateria a toa, ter que ficar recarregando, mouse eu até entendo sem fio porque o fio pode atrapalhar o uso, mas teclado…

  • Eu até queria comprar um teclado da Apple para usar no meu Macbook, mas com esses preços atuais não dá, vou continuar usando um teclado da Microsoft mesmo….

  • O teclado sem fio pode ser usado com qualquer dispositivo Bluetooth. E, cara, a bateria dele dura muitos meses.

  • paulobr

    Eu reconheço que esta diminuindo o uso do USB.

    Mas pendrives ainda são bem usados, as câmeras semi-profissionais ganharam bastante popularidade, E tem ainda dispositivos mais específicos como joysticks, microfones, pranchetas digitalizadoras, teclados (musicais), etc. Isso para não falar naquelas traquitanas que ainda fazem sucesso, como aquecedor de canecas, ventilador, luz, tocador de vivil… e por aí vai! 😀

    E também, carregar o iPhone!
    Ou você compra um cabo, apenas para deixar preso no iMac, ou fica se debruçando por sobre ele para achar a porta toda vez.

  • Lin RS
  • Phillip César

    Entendo seu ponto mais uma vez, mas se nenhuma marca promover essa mudança de fios para sem fios, como vai haver a revolução nesse sentido?

    Daqui a pouco mesas digitalizadoras, teclados controladores de midi e esses cacarecos que voce mencionou, estarão usando conexão sem fio.

  • ricardopilatti

    R$809,10. Risos. Muitos risos. Pra não chorar.

  • Marcos

    Os teclados com layout português (e todos europeus de alfabeto latino) seguem ordem de caracteres especiais da tabela ASCII, e os símbolos em cima das teclas numéricas do bloco alfanumérico são diferentes do layout brasileiro (que segue a orientação do americano, com única diferença de a trema estar na tecla ‘6’ e circunflexo deslocado para uma tecla extra junto com o til)… essa é a maior, mas teclados europeus também também têm algumas outras diferenças, como a barra normal não ter tecla especifica, presente tanto no americano quanto brasileiro (ruim para quem programa), tecla Return reduzida horizontalmente e ampliada verticalmente, os shifts reduzidos (isso comum nos ABNT, e ainda pior no ABNT 2, que tem 3 teclas extras, e o direito apenas 1/4 maior que as teclas normais)… enfim, para quem não aprendeu neles a adaptação não é instantânea e a velocidade e precisão da digitação podem piorar pra sempre… como o Rafael, prefiro o americano por costume e também pela melhor organização de teclas e caracteres, e nesse caso acho que vale mudar, não o inverso.

  • paulobr

    É, mas esses dispositivos também pegam energia pela USB para poder funcionar.
    Se eles virar wireless, precisa ligar na tomada (o que na maioria dos casos é pior!)

    Ou seja, ainda falta muito para abandonarmos a conexão física.
    Quem sabe se a Apple lançar aquele carregamento sem fio a distancia no tal iPhone Edition, o senário começa a mudar! 😀

  • Phillip César

    Mas podem ser usadas baterias, como já é hoje em dia… Veja só, eu comprei um mouse bluetooth da logitech em 2013 na noruega e usei-o até 2017 sem problemas e utilizando pilhas para alimenta-lo. Nesse período eu gastei muitas pilhas, pois a autonomia era de aproximadamente 3 meses de uso…

    Dai esse ano, após a quebra desse mouse supracitado, comprei outro da mesma marca, logitech e que tem uma autonomia de bateria de quase 1 ano… veja como a tecnologia bluetooth evoluiu de 2013 para 2017… Resumo da ópera:

    Cara, o futuro é muito incerto e cheio de novidades, principalmente para protocolos de comunicação sem fio, muita coisa vai mudar, talvez até energia sem fio apareça (Nosso senhor Nikola Tesla ficaria muito feliz). =p

  • rmonaco

    Excelente explicação!!! Obrigado!

  • paulobr

    Sim, não tenho nada contra o teclado bluetooth!
    Apenas sei que antes eu podia comprar um teclado praticamente idêntico a este por 1/3 do preço.

    R$300 estava bem pago pelo teclado da Apple…
    R$900 já começa a ficar palhaçada.

    E mesmo nos EUA o disparate de preços não faz sentido. Vi relato de quem correu comprar um teclado USB enquanto ainda tinha em estoque… =


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: