iTunes Movie Store está perdendo mercado para concorrentes como Amazon e Comcast nos EUA


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
10/07/2017 às 13:42

Hoje em dia, é muito mais fácil encontrarmos pessoas que assinem algum tipo de serviço de streaming de filme ou música do que aqueles que regularmente alugam/compram essas mídias. Em se tratando especificamente da iTunes Store, já existe uma grande batalha entre ela e os serviços de streaming de música; agora, a mesma coisa está ocorrendo em relação a conteúdos em vídeo.

Conforme contou o The Wall Street Journal [matéria fechada para assinantes], a iTunes [Movie] Store tinha cerca de 50% do mercado em 2012 e, hoje, tem algo entre 20% e 35%. Pelos relatos, isso teria acontecido devido ao crescimento da concorrência, que seriam os serviços da Amazon, da Comcast e outros.

Enquanto a Apple perde terreno, a Amazon disparou e tem agora 20% do mercado graças ao Amazon Prime, seu serviço de assinatura, e também ao catálogo do Amazon Vídeo. Já a Comcast, grande empresa de TV por assinatura que permite alugar/comprar vídeos através das suas set-top boxes (algo como o NET NOW aqui no Brasil), conseguiu alcançar 15% do mercado. Ainda assim, parece que esse declínio no serviço da Apple não afeta todo o seu catálogo:

Curiosamente, a perda de fatia do mercado da Apple no negócio de filmes digitais não perpassa por todos os gêneros, de acordo com fontes. A Apple promoveu filmes independentes e assinou acordos para direitos exclusivos, alguns conteúdos produzidos fora do grande sistema de estúdio, tornando-se um concorrente mais forte nesse espaço.

Coleção de filmes - iTunes [Movie] Store

Como sempre, a Apple foi procurada a fim de tecer comentários sobre essa queda, mas um porta-voz da empresa apenas se limitou a explicar que a Maçã está focada em fornecer conteúdo de vídeo aos clientes em serviços de assinatura como Netflix e HBO na App Store. Além disso, ainda segundo a empresa, as compras e os aluguéis de filmes na iTunes [Movie] Store aumentaram ao longo da ano passado e atingiram o seu nível mais alto em mais de uma década.

Apesar de essa afirmação parecer contraditória, não é: o WSJ também revelou que todo o mercado de aluguel e compra de mídias digitais cresceu cerca de 12% no ano passado, arrecadando US$5,3 bilhões nos Estados Unidos. Portanto, ainda que a Maçã tenha perdido uma parcela do mercado, todo ele ainda continua aumentando — e ela vai com a onda.

Entretanto, ainda que a compra de filmes tenha aumentado 21%, arrecadando US$3,5 bilhões, houve uma queda em relação a 2015, quando o aumento foi de 29%. Um número ainda pior foi o de aluguel de títulos, o qual teve um declínio de 4%, chegando a perder US$1,8 bilhão graças aos famigerados serviços de streaming como Netflix e similares.

A perda de mercado da Apple nada tem a ver com a diminuição em todo o mercado, porém os dois aspectos afetam, sim, a empresa. Vale lembrar que todos os dados acima são referentes aos EUA, apenas.

Obviamente, a Apple não é boba nem nada. Ela está atenta ao mercado e, enquanto enche o seu serviço de streaming musical de conteúdos em vídeo, paralelamente contratou dois nomes de peso do mercado de vídeos e já deixou claro que apresentará novidades relevantes — o que, para muitos, foi a confirmação de que em breve nós veremos um serviço de streaming de vídeos da Maçã.

via 9to5Mac

Posts relacionados
Comentários
  • Preço

  • Christian Tavares

    E vai continuar caindo a não ser que mude a estratégia. E o preço, claro.

  • Salun Marvin

    Nunca aluguei nada pelo iTunes, mas tenho o costume de alugar uns 2 filmes por mês mais ou menos no Xbox. Mas só quando dá vontade de ver aquele filme mesmo (tipo o Rogue One, aluguei semana passada).
    Poderiam melhorar o preço, talvez alugaria mais.

  • Renato Molinaro

    Pelo crescimento da concorrência devido aos preços bem mais acessíveis!

  • Eu sempre procuro comprar os filmes que mais gosto pela iTunes, porém antes vejo via streaming em outro serviço.

  • Thiago Ribeiro

    Na minha humilde opnião, culpo a queda no aluguel de filmes aos altos preços cobrados por aqui ou até mesmo títulos com somente a opção de comprar. Eu alugo filmes na Google play e em todas as vezes os valores cobrados eram bem inferiores aos praticados pela Apple, sem falar nas vezes que nem tinha a opção para alugar.

  • Eu sempre compro os filmes na iTunes, raramente na PlayStation – caso haja alguma promoção excelente.
    Mas isso por causa da segurança. O que acontece se uma loja dessas “acabar”? iTunes Store é a mais segura em relação a isso.

  • Gustavo B.

    Eu tenho vários filmes comprados pelo iTunes também… mas pela qualidade ofertada atrelado ao preço praticado é uma porcaria.

    Sinceramente, só compro no iTunes pelas legendas (esposa)… porque o serviço não vale o valor.

  • Gustavo B.

    Concordo em pleno.

    Minha única queixa é o aplicativo da google em smart TVs que é uma porcaria. E aqueles absurdos de release diferentes para portugues/inglês, que não faz o menor sentido hoje em dia.

  • Jivago Achkar Jrieje

    Cara, eu sempre baixo os filmes que eu compro na iTunes Store e deixo no HD. Apesar do conteúdo só conseguir ser aberto no QuickTime ou no iTunes (pelo Mac), é uma forma de não depender da conexão da internet, né?

  • Jivago Achkar Jrieje

    E eu só compro na iTunes se os filmes conterem os Extras. Fora isso, não compensa pagar 10 dólares por um filme sem extras/menu e tal.

  • Rob Simões 

    Nunca que um serviço de streaming de filmes vai superar uma boa biblioteca pessoal. Eu assino Netflix e outros serviços de streaming, mas tenho uma biblioteca de mais de 200 filmes comprados no iTunes e pretendo continuar comprando, afinal esses serão sempre meus e estarão sempre disponíveis, bem diferente dos filmes da Netflix que saem de catálogo de tempos em tempos.

  • Cássio Teixeira

    Tbm concordo.
    Acho muito justo um aluguel de um não lançamento a R$6,90. Ainda que qualquer um hj tenha um gmail, vai nas lojas americanas ou casas bahia e compra gift card em real, pagando da forma que lhe convém.
    Tem umas coisas que parece que a Apple se faz de morta

  • Cássio Teixeira

    Mas é até injusto a comparação. Olha o preço de um filme na iTunes Store e a mensalidade da netflix.
    Netflix é o que ta ali na hora e os originais dela. Ate pq falta muita coisa la e o contrato deles é por período com os estúdios. Mas a Apple poderia melhorar o valor a forma de acessar tais compra/aluguel

  • Thiago Barba

    Também concordo. Eu alugo muito filme na Apple TV, mas o preço realmente desanima.. é muito caro.. ainda mais por ser cobrado em Dólar. Porém é estranho ver o aluguel de filme perder espaço para serviços de streaming, porque o Netflix não traz lançamentos…. aliás eu não vejo vantangem no Netflix… não sei porque a galera pira com ele…

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço acima é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido). Em caso de insistência, o usuário poderá ser banido.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: