“iPhone 8” poderá vir com laser traseiro 3D para melhorias em autofoco e realidade aumentada

Imagem de destaque


Contribuindo com os últimos rumores, a Fast Company publicou informações vindas de fontes anônimas as quais afirmam que o suposto “iPhone 8” virá com um laser traseiro 3D, que ajudará a melhorar tanto o sistema de autofoco da câmera quanto seus recursos de realidade aumentada.

De acordo com a fonte, o novo aparelho da Maçã terá o sistema de lasers semicondutores de emissão vertical (VCSEL1) na sua câmera traseira, sobre o qual já se especulou anteriormente.

Os sistemas laser VCSEL calculam a distância que a luz percorre do laser até o alvo e volta ao sensor, gerando uma medida de tempo de voo (TOF2). O sistema consiste em uma fonte (o laser VCSEL), uma lente, um detector (sensor) e um processador. O sistema inteiro custa cerca de US$2 por telefone.

Como o analista Ming-Chi Kuo (da KGI Securities) afirmou em fevereiro, provavelmente veremos esse sistema de laser 3D na câmera frontal e, pelo que a fonte da FastCo relata, também teremos o mesmo na câmera traseira.

Em se tratando de realidade aumentada, nós temos nos surpreendido com o ARKit, que atualmente funciona através de algoritmos complexos com informações ópticas fornecidas pela câmera iSight do iPhone. Se de fato o “iPhone 8” vier com esse laser traseiro 3D, a maneira como se mede a profundidade dos objetos ao nosso redor será melhorada drasticamente e contribuiria muito com RA.

ARKit

Além de RA, o sensor ajudaria a melhorar o autofoco, que se tornaria mais rápido e preciso. A fim de comparação, a partir do iPhone 6 as câmeras iSight dos aparelhos da Maçã possuem o que foi chamado de “Focus Pixels”, que é um autofoco com detecção de fase. Para chegar ao resultado desejado, esse tipo de autofoco detecta e compara dois ou mais conjuntos de raios de luz incidentes recebidos.

Em contrapartida, o novo autofoco com sistema de laser mediria a profundidade ao contabilizar o tempo que levaria para um pulso de luz chegar até o alvo. Assim, a câmera conseguiria obter o foco em meros milissegundos. Esse tipo de autofoco já tem sido utilizado em smartphones do Google, da Huawei, da OnePlus e da ASUS.

É esperado que a Apple utilize os lasers VCSEL das fornecedoras Lamentum, Finisar e II-VI. Já o sensor de tempo de voo pode ser obtido da STMicro, da Infineon ou da AMS. E, como é natural, alguns outros componentes poderão ser adquiridos da LG Innotek, da STMicro, da AMS ou da Foxconn.

Ainda que inicialmente todos esses rumores apontem para que o sensor 3D esteja no aparelho a ser anunciado neste ano, pode ser que essa tecnologia não esteja pronta para lançamento no “iPhone 8”, vindo posteriormente nos próximos aparelhos.

via AppleInsider

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: