Delações do HomePod, parte III: pausa de gravações de vídeo, captura Full HD a 240fps, suporte “multibiométrico” e mais!


Repórter MacMagazine retornando em mais uma edição extraordinária com novas informações ultrassecretas diretamente do rato do ano: o firmware vazado do HomePod.

Este boletim de notícias é, mais uma vez, em grande parte um oferecimento do desenvolvedor favorito de todo mundo, Guilherme Rambo, que continua a escrutinar os mais imperceptíveis pormenores do sistema e provavelmente merece metade dos lucros do mês de toda a blogosfera dedicada ao universo Apple.

Novidades na captura de vídeos

Vamos dar uma analisada nestas duas strings encontradas por Rambo no firmware do HomePod:

Ninguém sabe exatamente o que isso significa, mas a inscrição 1080p240 certamente só aponta o dedo para uma possibilidade: a gravação de vídeos na altíssima taxa de 240 quadros por segundo em Full HD. Atualmente, os iPhones são capazes de gravar vídeo em super-câmera lenta, mas os 240fps são habilitados somente em capturas a 720p; os novos smartphones deverão, finalmente, dar o salto — talvez não aquele esperado.

O mais intrigante é notar que a informação é referente tanto à câmera traseira quanto à frontal, o que poderia significar que estamos para ver um upgrade intenso no componente que utilizamos para tirar nossas selfies. Será?

Pausar/retomar a gravação de vídeo no iOS 11?

Outra novidade interessante relacionada à captura de vídeos está nesta descoberta do usuário @r_idn. As strings destacadas em verde falam em PauseRecording e ResumeRecording, o que poderia indicar que finalmente o iPhone ganhará um recurso já presente na concorrência há uns seis anos: a capacidade de pausar e retomar gravações de vídeo no ato.

Por fim, nosso querido Rambo traz mais uma descoberta intrigante referente a um tal de ModernHDR. HDR1, como bem sabemos, pode referir-se a dois recursos parentes, porém distintos: nas fotos, trata-se de uma tecnologia já consolidada que tira a mesma foto em várias exposições e as junta numa imagem mais equilibrada; nos vídeos, é uma tecnologia relativamente nova, que basicamente aprimora as cores e a qualidade da imagem.

Como o modo HDR já é um recurso velho de guerra na câmera do iOS, o mais provável é que os códigos acima refiram-se à captura de vídeos — o que faz muito sentido, considerando que a Apple TV deverá ser atualizada em breve com suporte a resoluções 4K e à própria tecnologia HDR. Teremos que aguardar para ver.

MultiBiometrics e o famigerado scanner facial

Já há alguns anos, a Apple escolheu um tipo específico de dado biométrico para utilizar como método de segurança nos seus dispositivos: a impressão digital do usuário. Agora, com o prospecto do lançamento do “iPhone 8”, vivemos num mar de dúvidas se o já consolidado Touch ID será substituído por outro tipo de tecnologia, como a de reconhecimento facial 3D por meio de sensores ultra-avançados.

Cada dia mais, o consenso geral aponta realmente para a extinção do sensor de digitais, mas esta singela sequência de códigos pode ser uma boa evidência do contrário:

O real significado da expressão MultiBiometrics permanece um mistério, mas não precisamos de um gênio para afirmar que uma das possibilidades mais óbvias é a de o “iPhone 8” vir dotado de mais de uma forma de autenticação biométrica (portanto… multi). Neste caso, será que ainda há uma vida para o Touch ID?

Talvez não, por causa disto aqui:

Sobre o Pearl ID:

1 – O software definitivamente o suporta para pagamentos
2 – Apps de terceiros podem utilizá-lo
3 – Você pode adicionar múltiplas faces

“Pearl ID”, como vocês já devem estar familiares, refere-se à famigerada tecnologia de reconhecimento facial. Os dois primeiros pontos levantados por Rambo já eram de conhecimento público, por assim dizer; o terceiro, entretanto, é uma novidade: seria possível cadastrar os rostos de outras pessoas, como familiares próximos, para desbloqueio do “iPhone 8”. Talvez MultiBiometrics esteja se referindo a isso? A sorte está lançada.

Além disso, outra novidade encontrada por Rambo referente ao sensor facial está no tweet abaixo:

Os strings BackPearlSupported e FrontPearlSupported apontam para uma possibilidade até agora não ventilada: de que o sistema de reconhecimento terá componentes não só na frente do telefone, mas também na traseira, para que o “iPhone 8” reconheça o seu dono em qualquer posição que esteja. De fato, não é difícil imaginar um dispositivo que está perpetuamente com o sensor ligado para “sentir a presença” do usuário a todo momento, muito embora não saibamos o efeito de tal tecnologia na bateria do dispositivo.

·   •   ·

O boletim extraordinário do MacMagazine pode voltar a qualquer momento com novas informações. Até a próxima!

via iDownloadBlog

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: