Organização quer que a Apple libere a localização de iPhones em chamadas de emergência


Volta e meia, a Apple implementa alguma melhoria relacionada a emergências nos seus produtos. Entretanto, ainda falta nos sistemas operacionais da Maçã um recurso crucial que poderia ajudar a salvar muitas vidas mundialmente. Me refiro à disponibilização automática da localização de qualquer pessoa que efetuar uma ligação de emergência.

Este assunto é tão sério que organizações de serviços emergenciais no mundo inteiro estão pedindo à Apple que implemente o chamado Advanced Mobile Location (AML, algo como “Localização Móvel Avançada”) nos iPhones.

O AML é um recurso incorporado às redes de operadoras e pode identificar automaticamente (com precisão) a posição exata de alguém que faz uma chamada de emergência. Ele é até 4.000 vezes mais preciso do que aqueles sistemas que dependem de triangulação de sinal móvel. O Google adicionou suporte a isso no Android no ano passado, mas a Apple até agora não respondeu aos pedidos para implementá-lo no iOS.

A European Emergency Number Association (EENA) — representante de mais de 1.300 serviços de emergência em 80 países no mundo — explica que este sistema não interferirá em nada na privacidade, como nós bem sabemos que é algo valioso para a Maçã.

A instituição ainda reconhece os ótimos recursos presentes nos dispositivos da Apple, como a funcionalidade do Apple Watch de enviar a localização para um contato na agenda, porém afirmou ser necessário que essa informação chegue também para os serviços de atendimento emergencial.

A EENA também afirmou que o AML somente será ativado para enviar a localização de alguém quando a pessoa fizer uma ligação de emergência e, assim que a chamada for encerrada, o sistema é desativado.

A associação compartilhou diversos casos ocorridos pelo mundo, como quando crianças na Estônia ligaram para a emergência mas não sabiam exatamente o seu endereço; ou quando, na Nova Zelândia, alguém ligou com intenções suicidas e a única coisa que os atendentes sabiam é que a pessoa estava em uma estação de trem. Em todos os casos, com o AML foi possível saber exatamente a localização das pessoas e, assim, enviar socorro prontamente.

Diversas ligações são feitas mundialmente, a todo momento, e esse tipo de recurso traria uma melhora grande que poderia literalmente salvar a vida de várias pessoas. Não é apenas capricho. Por isso, é extremamente importante que a Apple se atente para isso.

A empresa não está se negando a aplicar isso, ela apenas não respondeu ainda aos pedidos, o que não é um bom sinal já que se tratam de organizações sérias que tentam melhorar o sistema de emergências. Todavia, é possível que a mídia contribua para fazer coro à instituição e chamar a atenção da Maçã. Caso haja alguma resposta da empresa em relação a isso, certamente atualizaremos o artigo com a informação.

via 9to5Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: