Se você quer uma prévia de como (possivelmente) ficarão alguns apps no “iPhone 8”, então toma!


Então… vocês sabem do que eu estou falando. Aquele provável smartphone que será lançado em alguns meses por aquela certa empresa. Permitam-me não mencionar o seu nome ou descrevê-lo novamente neste texto — sinto que, se o fizer, entrarei em colapso. E vocês também, creio eu.

O fato é que o designer Maksim Petriv pegou a provável forma do tal aparelho, com sua distinta tela recortada na parte superior, e resolveu fazer um exercício a partir da ideia: como ficariam alguns dos mais populares aplicativos e telas utilizados pelos usuários do dispositivo em questão? Baseado em informações prévias, delatadas por um certo aparelho de boca grande, acerca da possível “adaptação” do iOS ao recorte, Petriv chegou à seguinte hipótese:

Novo Mockup da interface do "iPhone 8"

Além da tela de Início, com um visual muito parecido com o de todas as simulações conhecidas até hoje, temos três aplicativos muito populares entre os usuários do ecossistema da Maçã: Netflix, Spotify e App Store. É interessante notar a decisão de Petriv de posicionar o relógio abaixo do recorte; a meu ver, a ideia não faz muito sentido, pois criaria toda uma área praticamente “morta” na interface e, de quebra, ainda tornaria inútil a porção da tela aos lados do recorte.

A ideia, entretanto, bate com a hipótese abaixo levantada pelo desenvolvedor Matt Bonney, então eu não duvidaria de que o produto final realmente se pareça com isso.

Com base em tudo que está vazando, Matt Bonney resolveu montar o quebra-cabeça de como seria a nova tela do “iPhone 8”. Em vermelho, temos a nova “área de função" e barra de status; em azul, a área de conteúdo atual do iPhone 7; e em amarelo, um espaço extra minúsculo para conteúdos. Será?

Uma publicação compartilhada por MacMagazine.com.br (@macmagazine) em

Já na parte inferior, temos a tal da “área dinâmica” dedicada ao novo botão de Início virtual. O visual no mockup até é agradável, mas é impossível não pensar em um aproveitamento melhor para todos aqueles pixels desperdiçados. Seria um pesadelo de usabilidade tornar o botão de Início visível somente com um deslizar dos dedos? Eu fico em cima do muro.

Será que estamos totalmente errados em relação a tudo? Será que estamos tentando forçar a interface de hoje num paradigma totalmente novo e não pensando em soluções diferentes, porém óbvias? No fim das contas, teremos que esperar até setembro1 e o tal do aparelho para obtermos as respostas definitivas.

via MacRumors

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: