Supostos benchmarks do iPhone X sugerem uma besta de processamento que supera até mesmo o MacBook Pro! [atualizado]


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
12/09/2017 às 19:36

Já é tradição: um novo produto da Apple é lançado e logo aparecem supostos benchmarks dele no Geekbench para que possamos especular sobre o seu (quase sempre) poder de processamento aparentemente bestial. Desta vez, com o iPhone X, foi um pouquinho diferente: os supostos números do aparelho apareceram na internet antes mesmo da sua apresentação, ainda no final da manhã de hoje.

Obviamente, com o turbilhão das notícias da tarde, todos acabaram esquecendo temporariamente dos números, mas agora que as coisas estão mais calmas e podemos nos debruçar sobre eles com mais algum cuidado, a primeira coisa que podemos dizer — caso eles sejam reais, claro — é: caramba!

Supostos benchmarks do iPhone X

De acordo com o benchmark do chamado iPhone10,5 (ao que tudo indica, o iPhone X), o chip A11 Bionic do aparelho traz uma pontuação de núcleo único de 4061, enquanto o score multi-núcleos chega a 9959. Se estes números isoladamente não fazem muito sentido para você, basta compará-los com as medições de outros excelentes smartphones:

Não está satisfeito? Pois compare as medições do iPhone X com outros dispositivos, digamos, um pouco maiores:

Pois é. Se os números referentes ao iPhone X estiverem corretos — e geralmente estão —, estamos olhando para algo muito além de uma tela infinita com um recorte esquisito: teremos nas mãos um poder que muitos computadores completos não trazem. O que é bom, eu suponho: alguns dos recursos do novo dispositivo certamente serão bastante exigentes deste poder de processamento, como aqueles baseados nas tecnologias de realidade aumentada e até o próprio sistema de reconhecimento facial.

O mais impressionante, a meu ver, é pensar como a Apple conseguiu — ou ao menos afirma ter conseguido; teremos que ver na prática — aumentar a capacidade de bateria do iPhone X em relação ao iPhone 7, mesmo com este salto aparentemente tão alto. É bom notar, aliás, que o novo dispositivo é apenas 0,4 milímetros mais gordinho que o iPhone 7, então, não, a Apple não aumentou significativamente a espessura para encaixar uma bateria muito maior no iPhone X.

Agora, estou curioso para saber quais serão os números do iPhone 8 e do 8 Plus. Teoricamente, deveremos ver uma medição razoavelmente parecida, afinal, os três dispositivos trazem — ao que parece — o mesmíssimo chip de processamento. É possível, entretanto, que a Apple tenha “capado” ligeiramente o A11 Bionic nestes outros aparelhos para criar uma diferenciação maior ou economizar bateria; teremos que aguardar para tirar a prova.

via AppleInsider

Atualização 15/09/2017 às 13:40

Os números relativos ao iPhone10,2 e ao iPhone10,3 — certamente, o iPhone 8 e o 8 Plus, respectivamente — também já surgiram no Geekbench e provam que toda a nova linha de smartphones da Maçã traz um poder de processamento incomparável no mundo dos smartphones. Em se tratando de números, pelo menos.

O iPhone 8 conseguiu pontuações de 4201 e 10211 nas medições de núcleo único e multinúcleos, respectivamente; o iPhone 8 Plus, por sua vez, ficou com scores de 4219 e 10215.

Obviamente, números frios nunca contam toda a história da performance de um dispositivo, mas ao menos agora já temos algumas certezas: em primeiro lugar, que todos os iPhones mais recentes — do mais “barato” (ênfase nas aspas, por favor) ao mais absurdamente caro — oferecerão um nível de desempenho similar. Sabemos, também, que os novos smartphones da Maçã têm total condição de competir com (ou superar) seus concorrentes mais poderosos.

Os vídeos com comparações de performance serão divertidos. 😝

via MacRumors

Posts relacionados
Comentários
  • Eu sinceramente achei muito bonito o iPhone X tirando a parte do corte.

  • Fernando Araujo Leiria

    numeros de 1 imac 2015

  • Caio

    Concordo com você. O que matou ele foi esse corte.

  • Ué bruno, ela disse que o A11 é 70% mais eficiente que seu irmão mais velho A10.

    Logo, se deduz que ela diminuiu a arquitetura do novo chip. Com menos dinamômetros, o chip consome muito menos energia.

    Basta sabermos o quão menor ele é, rs.

  • Junior

    Sinceramente, não achei esse corte feio do jeito que estão falando. Achei bem legal, pois usa o máximo de espaço da frente do cel.

  • Bruno Araujo de Oliveira

    Tirando o TouchID como fica a segurança para pagamentos com o ApplePay? Fala sério que será pelo FaceID que pode ser burlado???

  • Gabriel Moura

    Pode ser burlado?

  • Rodrigo

    FaceID é 20x mais seguro que o TouchID de acordo com a Apple.

  • Patrick Dill

    E tu acha que eles falariam que não é mais seguro?

  • Patrick Dill

    Vai ver é o MacBook “PRO” que não é tão potente quanto deveria…

  • Well

    queria saber da onde as pessoas estão tirando que o faceid pode ser burlado… tão achando que é o leitor do s8?

  • Gabriel Moura

    Pois é kkkk

  • Victor Moreno

    Na próxima atualização ela atualizará os aplicativos para terem o mesmo layout do Apple Music. No video, o Apple Music ficou muito bonito nessa tela.

  • Rodrigo

    E tu achas que eles substituiriam o Touch ID, que serve para fazer transação bancária, e eliminariam o mesmo por algo que seria menos seguro? É basicamente isso que você está me dizendo.

  • Patrick Dill

    Acho, eles não conseguiram o Touch ID em baixo da tela, se tivessem conseguido isso certamente não teriam dado tanta ênfase no Face ID, não fique pensando que as empresas se importam tanto assim pra essas coisas, o lucro será sempre o mais importante…

  • Lucas Ramos

    Agora que eu compro o iPhone 8!
    Imagina um processador desses sem ter que ficar por conta de Face ID, realidade aumentada e tela gigante.

    Vai voar baixo! Vai rodar até Tibia!

  • Rodrigo

    É… “grande lucro” eles vão ter se no primeiros dias de uso isso começar a falhar e sair um estardalhaço na imprensa. Não faz o menor sentido isso. O prejuízo em valor de ação e principalmente na imagem da companhia vai ser 100x maior que qualquer tipo de economia que você pensa que eles tiveram. Touch ID na tela foi rumor que não se confirmou, assim como carregamento sem fio pelo ar.

  • Tu viu o vídeo passando (assistindo video no iPhone) com aquele recorte ali né? Aquilo achei uma aberração.

  • wilson santos

    Achei bonito e grande, vou de 8, uma pena.

  • Verdade!

  • É mesmo, uma parte que se perde, até no game que demonstraram, uma parte do botão de menu do game pega em baixo do recorte, acho que não tiveram um tempo pra adaptar aquilo direito…

  • Sem contar que se pessoas fizerem fraudes no Apple Pay com face Id eles vão perder muito dinheiro. E os lojistas justamente aceitam o pagamento por Apple Pay pois tem taxas mais baixas que do cartão por conta de justamenet ser muito mais seguro e ter menos fraudes.

  • E pelo que falaram, nem mesmo foto, nem mesmo as melhores mascaras de cera o burlaram…

  • Real hahaha

  • Ouvi dizer que se você apontar uma arma para cabeça do usuário você pode ganhar vantagem significativa para poder mandar ele desbloquear o celular e assim burlar a segurança. É um absurdo.

  • Ronaldo Rodrigues

    Nesse caso, é um assalto à mão armada!

  • Paul

    A Intel nesse momento deve estar preocupadíssima! Só que não…
    iOS vs macOS? x86 vs ARM? Enfim…

  • Luciano Assunção

    O que pode acontecer até mesmo se o aparelho tiver Touch ID Em um assalto e sob ameaça, não importa o tipo de segurança, você estará sendo coagido e nesse caso não há barreira de segurança que impeça isso

  • Na minha humilde opinião os MacBooks Pro (principalmente o de 15″) deveriam vir com a linha Xeon, da Intel e não a família i5 e i7.

  • Como a performance do Air é vergonhosa…

  • Patrick Dill

    A Samsung faz cagada até hoje e continua lucrando horrores, os prejuízos por essas coisas não são tão grandes para as empresas, até porque tudo tem falhas, inclusive o Touch ID. Carregamento sem fio pelo ar não é rumor, é paranoia.

  • Vinice WebDesig

    kkkkkkkkkkkkkk… coitado.. deve ser o corretor automático

  • Pedro Novak

    Pois, pra mim, só vai fazer algum sentido esse poder de processamento todo quando eu começar a ver apps desktop – class no iphone, como o Photoshop ou Final Cut. Bater quase 10k no geekbench pra jogar Cut the Rope não Anima!

  • Lee

    Você esquece que as operadoras de cartão precisam certificar a segurança do sistema para funcionar com o Apple Pay e elas são muito exigentes. Outro detalhe é que a Apple comprou a empresa que desenvolveu o Touch ID em 2012 (AuthenTec) e a que desenvolveu o Face ID em 2013 (PrimeSense), então do ponto de vista de segurança ambos os sistemas tiveram muito tempo pra amadurecer. Talvez em precisão e velocidade aconteça o que houve com o Touch ID.

  • Lee

    O corretor traidor… Acho que quis escrever nanômetro.

  • Igor Flores
  • Jonas S. Marques

    Ah não, não acredito que tu tá sugerindo meter um processador de servidor num notebook pra depois vir reclamar que a bateria dura 25 minutos.

  • Wilan

    Xeon? Ai você já sonhou de mais.

  • Wilan

    Aquela velha história, pegar uma Lamborghini para andar na estrada de chão.

  • Meu MacBooK Pro vive conectado na energia quase que em 100% do tempo que estou trabalhando nele.

  • E você acha que todos que compram um simplesmente usam para acessar a internet e abrir textos no Word?

  • Wilan

    Por isso que eu disse, Lamborghini em estrada de chão. A arquitetura no Macbook PRO não suporta o que um processador desses tem a oferecer.

  • André Brockhof

    Chegou a hora de dar adeus a Intel!
    O próximo passo será a integração do iOs com o macOS talvez em 2020 teremos um OS e uma linha única de processadores para todos os hardwares, excluindo os MacPros!
    Queria ver a cara de alguns que acharam absurdo a Apple ter investido na fábrica de processadores ARMs lá atrás…

  • André Brockhof

    Isso me lembra o final da linha com os PPC G4, G5 adeus Intel!

  • Carlos Lemos

    Bem capaz deles largarem a ARM também e adotarem um conjunto de instruções proprietário.

  • Jonas S. Marques

    Não, compram por ser um notebook com processamento razoável e com duração boa de bateria. Turnos de trabalho duram de 8 a 10 horas, não e´atoa que a bateria do Macbook pro dure 10 horas, né

  • Jonas S. Marques

    Então tu deveria comprar um Imac e não um Macbook.

  • Jonas S. Marques

    Imac esse inclusive que olha só, aí sim vem com os processadores que tu queria ver num notebook.

  • Jonas S. Marques

    Vá com calma, jovem, vá com muita calma. Além de as arquiteturas serem diferentes existem outros princípios que se devem levar em conta. Vai demorar mais uns 2 ou 3 anos pra Apple ter condições de dar tchau pra Intel, considerando que a Intel não evolua muito seu portfólio.

  • Leonardo Rocha Dias

    A senha da conta no banco é numérica de seis dígitos. Pense nisto!

  • Renato Molinaro

    Essas comparações são bem superficiais, Processadores ARM executam tarefas simples enquanto X86 tarefas complexas, seria o mesmo que comparar a viagem de um trem e de um ônibus ambos em via reta. O Trem seria X86 e o ônibus ARM, ambos chegam ao mesmo tempo porém o trem com muito mais passageiros.

  • Renato Molinaro

    O de 15 de boa, agora o de 13 é vergonhoso chamar de Pro com processadores U e vídeo integrado.

  • André Brockhof

    E você acha que a Apple já não esta estudando essas alternativas? Esse “rumor” já foi bastante discutido, eu escrevi em um outro post que antes de 2020 não teríamos muitas novidades.
    O crescimento do poder de processamento dos processadores da Intel estão muito aquém dos da Apple. A Intel será igual a IBM quando decidiu deixar de fabricar processadores para computadores pessoais e ir para os consoles de games, que também não sei até onde tem futuro.

  • André Brockhof

    Não duvido nada, talvez para não pagar royalties… hehehe

  • André Brockhof

    Na verdade pelo que percebo ela já sabe que perdeu a Apple, não vejo mais aquela sinergia que existiu lá no começo da aliança entre elas. A Apple esta trabalhando muito e silenciosamente no desenvolvimento dos processadores mas muitos ainda desdenham, uma das concorrentes fabricante de chips para androids daria muito para ter os mesmos chips desenvolvidos pela Apple…

  • O leitor do S8 que pode ser burlado é o de reconhecimento facial por ser 2D e usar apenas a câmera. Mas ele também oferece leitor de íris que é extremamente seguro e rápido.

  • Paul

    Sabe que eu tbm às vezes tenho essa impressão? Sei lá, Apple e Intel parecem tão assim, distantes. O que é bem diferente entre a MS e Intel(talvez pela MS ser dominante na área e tal). Acho que a Apple sabe que o mercado desk cada dia que passa fica mais ”irrelevante” , por isso que nos últimos anos tem apostado com FORÇA no iOS/iPhone(TODO O LUCRO da empresa mostra isso a cada divulgação dos ganhos) e deixado o mercado desk de lado.
    Eu acredito que eles(Apple) já estejam há um bom tempo com alguma versão do macOS compilada para ARM sendo testada. Mas que não chegaram a um resultado ideal ainda, pois não dá pra comparar o iOS com o macOS que é um sistema completo. Sem dúvidas os processadores A são poderosos, mas limitados apenas ao iOS que lida com MUITO MENOS que um sistema desk. É difícil superar anos de P&D da Intel, que sempre dominou o x86(mas que penou no ARM).
    Por isso esses benchmarks não valem nada na prática(se tratando do x86 vs ARM). Necessidades e aplicações diferentes.

  • Paul

    É o que eu vivo dizendo por aí. Mas, né….

  • Hades666

    Todo esse “suposto” poder de processamento amarrado pelo seu software que capa o aparelho com a “suposta” alegação de segurança, uma pena.

  • Luciano

    Que viagem o.o

  • Anderson Freitas

    Resumindo: Apple cobrando caro por laptops “PRO” fracos. É assim que eu vejo

    Ja tive 2 MB Pro 13, legalzinho, mas fraco.

  • Peralta

    E ainda tem embutido o processador de Inteligência Artificial. Arrebentou Apple!

  • gersonjunior87

    Poderia ter uma versão com Xeon, mas acredito que a linha HQ já é suficiente.

  • gersonjunior87

    Depende da versão do MacBook Pro né?
    A linha com Intel HQ deve ganhar.

  • gersonjunior87

    Eu já achei o S8 da Samsung muito mais bonito. Mas é gosto né…

  • Gustavo Jaccottet

    Será que vai esse o tal coprocessador ARM que equipará o iMac Pro ou veremos já uma versão do A11X?

  • Thunderiano – HO!

    Agora pra comprar um iPhone, não basta apenas um rim, agora troca-se por massa encefálica.

  • Ridículo, até desliguei essa porcaria. Faço uma análise toda legal e me mostra isso.

    Problema é que no dia-a-dia tem muito erro de digitação e o corretor ajuda.. :-/

  • Vinice WebDesig

    pior foi quando digitei hummm e saiu hímen… pior que a mensagem era pra minha namorada

  • Vinice WebDesig

    Vai demorar demais! A Intel literalmente ditou os padrões nos últimos 20 anos. E vc tem que se lembrar que as instruções também dependem das DDR, dos sockets… Enfim, não é só o processador, mas a placa lógica quase toda.

  • Gustavo Michels

    Ja ja deve sair aplicativos ai que a parte de cima é preto dando a impressão que o aparelho tenha uma borda em cima

  • Gustavo Michels

    Vocês estão falando algo que podem queimar a língua depois. Daqui a pouco deve sair aplicativos como o Instagram, Facebook, WhatsApp e por aí vai deixando a parte de cima superior das laterais preto, parecendo assim uma “borda” Tenho certeza que apps irão fazer isso colocar o fundo preto.

  • E quando viajar a trabalho o coloco na mala? Eu tenho um Mac Pro, mas a necessidade de viver viajando (e trabalhando) me faz praticamente usar o MacBook Pro de 15″ mais do que o Mac Pro.

  • Mas o Geekbench não usa o mesmo algoritmo de teste em todos os dispositivos? Nesse caso, rodando em x86 ou ARM, o trabalho executado para aferição é o mesmo, o que nos dá uma certa isonomia.
    Seria a comparação de dois trens, com a mesma quantidade de passageiros, em linha reta, onde um é pilotado por um chinês e o outro por um taiwanês e o manual de instruções é em inglês.

  • macOS ARM pode ser uma realidade sim.
    Já viu a demonstração do Windows 10 ARM rodando em um Snapdragon 820 com o Photoshop X86 aberto? É lindo.
    Eu teria uma máquina dessas fácil.

  • Alexander

    Achei lindo menos a parte que achei feio

  • Philippe Brunner Pazinatto

    Percebi que foi erro de digitação ou corretor mesmo, achei muito engraçado! Boa análise mano! Tamo junto!

  • Jay Silva

    Sim amigo, faz todo o sentido do mundo colocar uma GPU de servidor em uma carcaça com menos de 2 centimetros de espessura…

  • Jay Silva

    Se vc tem real necessidade de uma maquina tão parruda, tem vários cases de viagem para Mac Pro e monitores que podem ser facilmente transportados em um porta malas ou despachados no avião.
    Em campo usa o MacBook e quando chegar no hotel ou outro local com acesso a uma tomada, usa o Mac Pro para finalizar o job.

    O consumo e calor de um Xeon simplesmente o torna impossível de ser colocado em um notebook. A não ser que seja um MacBook pesando uns 6 kilos sendo uns 4 de bateria e com uns 5 centimetros de espessura, custando uns U$S 20.000 o que a Apple jamais faria.

  • Jay Silva

    Não vai me admirar se até 2020 a Apple anunciar um MacBook com processador próprio.
    Lembro que o saudoso Steve falou que o Mac OS viveu uma vida dupla Intel e PPC do 10,0 até o 10,4 quando foi oficialmente anunciado os Macs Intel.
    Não me surpreenderia saber que a Apple nos subterrâneos de Cupertino tem o OS X rodando nos processadores dela faz bastante tempo.

  • Pois é, não entendi quando vi notificação escrito “Dinanômetro”, pensei “Ué nem comentei no notícias automotivas”! AHAHAHA

    De bota, foi meu pensamento bem na hora que disseram “70% a mais de eficiência”.

  • Hades666

    MacBooks que estão bem longe dos melhores hardwares do mercado….prova esta aí em um simples celular. Apple anda jogando confete em alguns iProdutos, esquecendo que com isso esta atirando barro nos outros…rsrsrs

  • Hades666

    Fato….

  • helmygalindo

    Isso indica que daqui uns anos, a Apple poderia voltar a fabricar seus próprios processadores para MacBook.

  • Jhon

    Melhor hardware é diferente de hardware mais potente. Pra mim os MacBooks tem sim o melhor hardware, apesar de não serem os mais potentes.

  • Dyorgio Nascimento

    Tem dois pontos importantes a serem lembrados, alem do consumo energético já bem discutido:
    1) O tamanho do socket (não existe Xeon fabricado pela Intel com o tamanho reduzido necessário para um notebook (mesmos os i7 de notebooks são menores que os i7 de desktop)
    2) O Xeon é um processador server class (muito cache L1, L2) otimizado para execução de serviços, você não gostaria de usá-lo no dia-a-dia se comparar com um i7 ou i9.

    O i9 sim seria uma boa pedida, desde que com um bom gerenciamento energético, porem acho que a Intel não fez uma versão menor dele não.

  • Phillip César

    Sinal que os processadores X86 estão bem longe de obter o desempenho escalável dos ARM’s.

    Cada ano o desempenho dos chips ARM melhoram 40-50% de desempenho, enquanto os X86 só evoluem 15%.

    Um dia Arm’s irão dominar os processadores. E ainda consomem BEEEEEEM menos.

  • César Citatini

    kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Tiago

    Vendo isso eu fico mais certo de que a apple falhou em não oferecer o recurso que existe no S8 que é o DEXT. Se a apple fizesse isso poderia substituir pelo Mac mini.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: