Apple divulga novo comercial focado no Modo Iluminação de Retrato do iPhone 8 Plus

Play

Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
30/09/2017 às 15:10

O recurso ainda está em beta, mas nem por isso a Apple deixou de promovê-lo num comercial do iPhone 8 Plus divulgado hoje.

Trata-se do Modo Iluminação de Retrato, que leva ao aparelho (e também estará no iPhone X, é claro) opções especiais de “iluminação” dentro do Modo Retrato que conhecemos desde o ano passado, com a chegada do iPhone 7 Plus.

O Modo Iluminação de Retrato no iPhone 8 Plus permite que você crie efeitos dramáticos de iluminação de estúdio no Modo Retrato.

Aos interessados, mostramos a novidade funcionando em nosso hands-on do iPhone 8 Plus e também publicamos um artigo com a história de bastidores sobre ele.

Que tal? 😉

Posts relacionados
Comentários
  • Luciano Assunção

    Quem dera funcionasse dessa maneira no dia a dia

  • Don Corleone

    e ainda furtou um chapéu.

  • Fábio França

    Muito paia esse modo retrato do 8. Em vez de melhorar percepção em luz baixa, os caras vêm com uns recursos que simplesmente não funcionam (é só olhar no Youtube qualquer teste mostra claramente)

  • Rodrigo Tavata

    FAKEDÓI!

  • Por isso sempre penso que nunca vale a pena comprar um aparelho por causa de um recurso recém lançado

  • Paulo Nunes

    Vale a pena lembrar que, quanto mais clara a lente, mais rápido o obturador precisa ser para usarmos uma abertura alta em condições normais de luz. Nestas condições, por exemplo, uma abertura de f/1.8 pede velocidades de 1/4000 de segundo ou maiores! Outro detalhe é que, quanto mais clara a lente, maior o seu tamanho, então as coisas não dependem tanto do passo da Apple, mas sim da capacidade deles de acomodarem conjuntos ópticos cada vez maiores num aparelho de espessura reduzida.

  • Quanto mais clara, maior a lente ? Depende. Minhas Canon 50 mm e a Sony 35 mm – respectivamente f/1.8 e f/2.8 – são extremamente compactas.

  • Dá pra fazer pelo Camera + com qualquer iPhone.

  • Paulo Nunes

    “Quanto mais… mais” é uma expressão que denota relatividade. Assim, se você muda a lente de f/2.8 para f/1.8, a segunda será maior que a primeira, e, por isso, mais difícil de acomodar — caso ela precise ser colocada num smartphone. Minha 50mm f/1.4 é maior que minha antiga f/1.8 (considerando um sensor de tamanho igual) e assim por diante.

  • iRon

    Ela devolveu no final, é que você não viu. A loja é do pai dela.
    Cada um interpreta como quer, depende dos seus olhos!

  • LEONARDO MARTINS

    Como?

  •  lover

    Mas já tem smartphone cm 1.6, capaz que um A12 da vida não de conta, se temos o A11 Bionic que é super potente, com certeza daria conta. Mas ela prefere introduzir as coisas a conta gotas. Passa anos e anos fazendo ajuste e hardware que é bom nada, não vamos ser hipócritas e dizer que ninguém gostaria de ver uma spec assim em um iPhone: bateria de 3000 Mah, câmera de 1.6 e 1.8 e modo retrato em vídeo.

  • Não é porque a spec crua da abertura das lentes não mudou que o hardware é o mesmo. Os sensores são novos, não é à toa que há tanta melhoria nas câmeras mesmo do iPhone 8 Plus (que dirá do X). Não é software.

  • Paulo Nunes

    Amigo, toda câmera compacta tem uma limitação que a tecnologia ainda não conseguiu contornar: seu tamanho (óbvio, não?). Os tamanhos do sensor e do conjunto óptico têm uma influência enorme na qualidade da imagem. A saída é tentar compensar isso com inovações na arquitetura do sensor e do seu software. Como respondi abaixo, se você aumenta a abertura mantendo o mesmo sensor, aumenta o tamanho do conjunto. Talvez os aparelhos com a abertura que você referiu tenham alcançado isso comprometendo a espessura do aparelho ou o tamanho do sensor, talvez a Apple esteja guardando cartas na manga. Mas te digo que a abertura não tem qualquer ligação com a potência do processador, é puramente uma questão óptica que permite fotografar melhor com pouca luz e trazer mais efeito bokeh às imagens. Todos queríamos um celular com as melhores “specs” possíveis, mas, além de caro, não faz o menor sentido atolar o aparelho de recursos que a maioria das pessoas sequer sabe como funciona, pra que serve ou como utilizar! Tenho certeza de que, se você sabe tirar proveito de uma lente muito clara, com certeza é porque você a utiliza numa DSLR ou numa mirrorless de qualidade, e não porque isso seja vital num telefone celular. O importante não são números e especificações — é a tônica deste site e da Apple — e sim o que você pode e sabe fazer com seu aparelho.

  • Paná Tsilfidis

    Vídeo não disponível!!

  • A Apple apagou e subiu de novo, por isso a URL foi alterada. Atualizamos o post.

  • A Apple apagou e subiu de novo, por isso a URL dele foi alterada. Atualizamos o post.

  • Saulo Victor

    Já tentei umas 6 vezes, e em nenhuma delas saiu desse jeito (quando aplica-se a Luz de Palco Mono)… Alguém conseguiu que fique direito?

  • Edson Junior

    Quem dera ficasse assim mesmo, tirei umas fotos usando o modo retrato “luz de palco mono”, ficou bem bizarro os resultados =/
    Aliás, um ano depois e até o básico do modo retrato de borrar o fundo ainda faz um servicinho meia boca.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: