Parceira da Apple acende especulações sobre um possível futuro HomePod com Face ID


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
13/11/2017 às 19:38

O frenesi pelo iPhone X pode nos ter feito esquecer, mas é salutar lembrar que a Apple está a poucas semanas de entrar num mercado totalmente novo: o HomePod, afinal, será a primeira incursão da empresa no (já bastante aquecido) segmento dos alto-falantes inteligentes quando for lançado no mês que vem. Mas dele, já sabemos quase tudo — que tal, portanto, falarmos do possível futuro em vez disso?

A especulação da vez é cortesia da Nikkei, que, em matéria de hoje, cita o presidente da Inventec Appliances, David Ho. A Inventec é uma das parceiras da Apple na montagem do HomePod (a outra é a Foxconn) e Ho, na última conferência de resultados da empresa, falou um pouco sobre os prospectos para o segmento.

Nós vemos tendências em que engenheiros estão projetando alto-falantes inteligentes que não só virão com reconhecimento de voz, mas também incorporarão recursos como reconhecimento facial e de imagem. […] Esses recursos relacionados à Inteligência Artificial serão utilizados para tornar a vida das pessoas mais conveniente e fazer o produto mais fácil de operar.

As palavras de Ho, embora não citem a Apple especificamente, dão uma pista do que a Maçã pode estar planejando, e as razões não são poucas: além de Cupertino ter abraçado com força total as tecnologias de reconhecimento facial recentemente, com o iPhone X, a Inventec não fabrica alto-falantes inteligentes para muitas companhias — além da Apple, apenas a Sonos e outras empresas menores que não têm aspirações tecnológicas tão profundas como Tim Cook e sua turma.

Consultado pela Nikkei, o analista Jeff Pu, da Yuanta Investment Consulting, afirmou que a Apple poderia lançar HomePods com reconhecimento facial já em 2019 — talvez numa segunda geração do produto?

Bom, de qualquer forma, essas são apenas especulações. Antes disso, a Maçã precisa nos confirmar a data de lançamento da primeira versão do alto-falante e provar ao mundo que sabe fazer equipamentos de áudio de sucesso — a tentativa anterior, como bem sabemos, não deu lá muito certo.

via MacRumors

Posts relacionados
Comentários
  • Bruno Santana

    Vade retro (em relação à uva passa)

  • Henrique Mafra

    Interessado no HomePod

  • Gabriel Carvalho

    Nível da Siri nos br: Não encontrei “Homem pode” na sua biblioteca.

  • Douglas Knewitz

    Eu desisti de usar em português!

  • Douglas Knewitz

    A Apple no mínimo vai usar o TrueDepth pra mapear a casa da gente, assustador e bonito ao mesmo tempo! Imagina 1.2 bi de rostos ao dispor da Apple ☺️.

  • Rafael Oliveira

    já fico imaginando o uso do TrueDepth em uma Apple TV (no siri remote) onde finalmente teríamos o tão esperado multiusuário com experiência personalizada no aparelho

  • Pepe Fraccini

    vou estar lá mês que vem… será q o HomePod vai valer a pena? 😛

  • Paul

    Para usar a Siri em PT? NÃO…
    É mais negócio o Google Home, pois a garantia de funfar em ambos os idiomas é certeira.

  • Pepe Fraccini

    nao uso a Siri em PT não xD meu aparelho fica todo em ingles :33

  • Paul

    A vdd é que NENHUM dessas coisas servem aqui no Br.
    As habilidades(aquelas que são conectadas à serviços) só funcionam nos EUA, CA e possivelmente UK.
    Isso inclui Alexa, Cortana, Home e esse Homepod.

  • Frederico Martins

    Não.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: