Apple volta a ser a maior fabricante de dispositivos vestíveis do mundo


Depois de alguns trimestres conturbados, a divisão de vestíveis de Cupertino parece ter voltado a voar em velocidade de cruzeiro. Ao menos é o que indicam os números da mais recente pesquisa de mercado da Canalys, que colocou a Apple como a maior fabricante de wearables do mundo no terceiro trimestre de 2017.

De acordo com a firma de análise, a Apple despachou 3,9 milhões de Apple Watches no período, conquistando, com isso, 23% do mercado de vestíveis. Outras duas empresas chegaram perto, mas não superaram a Maçã: a Xiaomi ficou com uma share de 21% e a Fitbit conquistou 20%. Na parte de trás do pelotão, vemos ainda a Huawei (6%) e a Samsung (5%); ainda há a categoria “outros”, com uma enorme fatia de 25% — o que mostra que esse ainda é um mercado no qual dispositivos baratos, de empresas pequenas, ainda têm uma força bastante considerável.

Pesquisa da Canalys sobre o mercado de dispositivos vestíveis, terceiro trimestre de 2017

Falando especificamente da Apple, as 3,9 milhões de unidades enviadas representam um crescimento de mais de 50% na comparação ano a ano, já que a Maçã despachou 2,8 milhões de relógios no terceiro trimestre de 2016. Segundo a Canalys, o crescimento se dá principalmente pelo Apple Watch Series 3 (lançado em setembro — ou seja, na metade do período analisado), embora o modelo com LTE não represente a maioria deste número: segundo a firma, foram 800.000 de reloginhos da Maçã com conectividade celular despachados no trimestre, ou cerca de 20% do total.

Mas o potencial existe, como afirma a empresa:

“A alta demanda pelo Apple Watch Series 3 com LTE dissipou as dúvidas das operadoras sobre uma possível falta de interesse por smartwatches com conectividade celular da parte dos consumidores”, diz o analista da Canalys Jason Low. Apesar dos bons números de despachos, o Apple Watch Series 3 não atingiu o ápice do seu potencial no terceiro trimestre. Ele sofreu com disponibilidade limitada, já que a demanda foi maior que a oferta em mercados importantes.

Com as notícias, Cupertino pode agora aumentar o ritmo de produção do Apple Watch sem preocupações — certamente, o período das festas de fim de ano trará mais um ciclo de prosperidade para seus vestíveis.

via 9to5Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: