Apple continua caindo e conquista um amargo 84º lugar em lista dos melhores lugares para se trabalhar


Caneta Para notificar nossos editores de um erro no post, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.
Por
06/12/2017 às 17:18

O fim de ano está entre nós e, com ele, todas as velhas figurinhas carimbadas como Papai Noel, Roberto Carlos, o vídeo de retrospectiva do Google e, claro, o ranking da Glassdoor com os 100 melhores lugares para se trabalhar nos Estados Unidos. O site de empregos faz a lista anualmente com base nas avaliações dos próprios funcionários das empresas em questão e, seguindo uma tendência de alguns anos, uma certa companhia de Cupertino tem ido cada vez pior nessa avaliação interna.

A Apple conquistou agora um desonroso 84º lugar — de longe a sua pior colocação desde a primeira edição do ranking, em 2009. Aliás, desde 2012, quando a empresa conquistou a sua melhor posição (10º lugar), a tendência tem sido a queda, com a exceção de 2015. De lá para cá, a Maçã ficou respectivamente em 34º, 35º, 22º, 25º e 36º — agora, entre as 20 piores.

O Facebook, após perder o topo da lista no ano passado, voltou ao cume neste ano — é a quinta vez que a gigante de Mark Zuckerberg ganha o título. Outras empresas de tecnologia na lista incluem o Google (5º lugar), a Salesforce (15º), a Nvidia (24º), a Adobe (31º), a Microsoft (39º), a Electronic Arts (56º), o Yahoo (65º) e a Cisco (89º).

Claro, claro: estar entre as 100 melhores empresas para se trabalhar dos EUA já é um feito por si só, mas é necessário parar para analisar os motivos dessa queda — afinal, é bom ter em mente que a avaliação é realizada pelos próprios empregados, e insatisfação é a receita para a derrocada de qualquer companhia. É óbvio que a Apple não vai falir por isso, mas é bom começar a investigar as causas agora em vez de esperar o problema potencializar-se, não é mesmo?

via Apple World Today

Posts relacionados
Comentários
  • Gustavo Michels

    Já já vem um besta e diz: Jobs se revirando no caixão. CHATISSEE!!!!

  • Alexander

    Por enquanto a contagem tá baixa

  • Filipi

    Tipo isso “Apple tem a melhor posição de melhor empresa a se trabalhar 1 ano após a morte de Jobs” nada a se falar, “Apple perde colocação de melhor empresa a se trabalhar…” “que falta que o Jobs faz…”

  • Douglas da Cunha Knewitz

    Eu acho que essa avaliação dos funcionários deve levar em conta mais a liberdade que se tem no trabalho, seu uso criativo do que salários e estrutura.
    Quando vc olha o Facebook e o Google vc sente que eles têm muita liberdade pra dar sugestões e até criar e quando vc olha pra Apple a impressão que se tem é que todos obedecem ordens da diretoria, baseadas em expectativa de crescimento e metas. E claro, ninguém se sente feliz em um lugar onde não se pode ter a liberdade de expressão e por ae vai ….

  • Eliézer Madeira De Campos

    19 The Church of Jesus Christ of Latter-day Saints

    Sério?!?!

  • Jaime Camargos

    Ironia do destino. Na época de Jobs todo mundo tinha medo de entrar no elevador com ele e sair no próximo andar despedido. Era sabão atrás de sabão e assim mesmo era a melhor empresa para se trabalhar no mundo. O Cozinheiro passa a mão na cabeça de todos e é altamente tolerante com os erros. Vide o episódio recente do atraso das caixinhas de som. Cabeças não rolaram e nada aconteceu. Viva a nova Apple e as ironias do destino. Podem espernear que as bestas não calam.

  • Jaime Camargos

    Kkkkk Jobs estava c… e andando se a Apple era a melhor empresa para se trabalhar no mundo. A capacidade de impor desafios e fazer com que as pessoas acreditassem que conseguiriam supera-los é que fazia dela a melhor do mundo. ‘Quer continuar fazendo água com açúcar (Pepsi) ou quer fazer algo que mude o mundo’. O Cozinheiro é fraquinho, não sonha com os produtos, não os usa e não pensa no que as pessoas realmente necessitam. Criatividade ZERO. Fazedor de barrinhas e fones de ouvido. Deve ser muito chato trabalhar numa empresa de tecnologia deitada em berço esplêndido focada em produzir telefones e reloginhos.

  • Gabriel Cruz

    Talvez os 90% de funcionários homens e brancos estejam insatisfeitos com as primeiras tentativas mais ou menos significante de inclusão da empresa começou.

  • Henrique

    Electronic Arts? LOL

  • Gabriel Cruz

    Essa na verdade é uma reclamação de ex funcionários da Google que reclamam de se sentirem sufocados pela exigência de resultados e dados.
    É sim verdade que eles têm liberdade maior para expressar opinião e criar novos projetos mas a empresa exige muito resultados.
    Recentemente uma funcionária disse que amava trabalhar na Google mas saiu porque se sentia que a empresa era tão grande que ela em si era insignificante e que mesmo desenvolvendo projetos haviam tantos outros que ela não faria diferença.
    A Apple também é uma gigante e talvez por não estimular tanto a autonomia, criatividade e inclusão dos funcionários eles se sintam ainda mais insignificantes para a empresa e não é exatamente ficar com a sombra constante de que você é insignificante, substituível e que não faz nenhuma diferença no seu local de trabalho. É algo até muito depressivo e alguns comentários se assemelham aos de suicidas.

  • Rodrigo Barreto

    Tenho um palpite:
    O excesso de “inclusão” e de “politicamente correto”.
    Essas coisas acabam com motivação para os realmente competentes e inferniza quem não é um ofendido profissional.

  • Hades666

    Numeros caindo nunca é bom, se não tratar a causa pode ter problemas no futuro. Ainda temos os numeros que a empresa “puxa o assado para seu braseiro”, coisa que a Apple sabe muito bem fazer.

  • Bruno Santana

    Seu palpite está automaticamente cancelado quando vemos o Facebook em primeiro lugar e o Google em quinto na mesma pesquisa

  • Luiz Victor

    Nossa cara, viajou legal hein…

  • Pepe

    Exato.

  • Renata Porfirio

    Por isso mesmo seu argumento é inválido, empresas como o Google e Facebook chegam e demitir funcionários que não seguem sua cartilha de inclusão, pela sua lógica elas seriam as últimas do ranking, o fato delas serem as primeiras talvez mostre que a Apple deve sim ir por esse caminho aumentando a inclusão.

  • Rodrigo Barreto

    Olha só…
    Toda essa lenga-lenga de diversidade e inclusão só serve para a empresar posar de SJW enquanto os competentes ficam insatisfeitos.
    Quem é BOM não precisa de nenhuma etiqueta que o diferencie.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: