Estudo indica que iPhone não calcula um quinto dos seus passos diários (e muito disso é culpa sua)

Imagem de destaque


Se você usa o iPhone para registrar todas as suas atividades e consultá-las no aplicativo Saúde, pode já ter percebido que sua taxa de passos por dia nunca é 100% exata. Mas, de acordo com um estudo, isso tem uma explicação para lá de simples.

Um levantamento realizado pela Universidade de British Columbia comparou a taxa de acerto do pedômetro incorporado ao iPhone à de um pedômetro real, que é colocado na cintura, realizando testes tanto dentro do laboratório (em uma esteira, fazendo também a contagem manual) quanto em usos do dia-a-dia.

O resultado foi que os iPhones possuem uma taxa de “erros” do número de passos dados pelo usuário de 21,5% (cerca de 1.340 passos sem serem registrados), e a razão disso é bem óbvia: o próprio usuário.

Raras são as pessoas que de fato carregam seu iPhone para cima e para baixo, em todas as atividades que façam, sem exceção. Quer dizer, muitas vezes quando estamos em casa (ou em escritórios), nós não levamos nossos aparelhos sempre que vamos ao banheiro (será?) ou nos levantamos para beber água e, portanto, não há atividade registrada no smartphone.

Nos testes realizados em caminhada mais lenta, o iPhone sendo utilizado no dia-a-dia errou 9,4%, enquanto o iPhone no laboratório errou 7,6%. Já em velocidade de caminhada mais rápida, em ambas as situações os aparelhos registraram uma taxa de erro de 5%, o que é considerada aceitável para um pedômetro.

Ainda que o iPhone meça para menos do que deveria, o pesquisador Markus Duncan afirmou que, “no ponto de vista de saúde pública, é melhor estimar para menos do que para mais”.

Para as pessoas que já estão monitorando seus passos, elas podem ter a certeza de que, se seu telefone disser que estão alcançando os 10.000 passos recomendados num dia, eles provavelmente estão conseguindo pelo menos esse tanto e estão trabalhando para melhorar sua saúde.

Aliás, mesmo que o estudo não tenha levado isso em conta, se você utiliza um Apple Watch para medir os passos, certamente a porcentagem de erro cairá bastante, já que ele está em seu pulso e provavelmente só sai dele quando é preciso ser carregado (à noite), certo?

De qualquer maneira, se levarmos em conta o número registrado, tudo indica que estamos indo melhor do que achamos — e isso é ótimo!

via 9to5Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: